Buerarema
Plansul
COLÉGIO JORGE AMADO
Pref ilheus junho
Ieprol

ITABUNA: SIMPI EMITE NOTA SOBRE INELEGIBILIDADE DE INTEGRANTES DA ATUAL DIRETORIA

O Sindicato do Magistério Municipal Público de Itabuna (SIMPI) emitiu uma nota sobre a decisão da Justiça do Trabalho, que determinou a inelegibilidade de duas integrantes da atual diretoria da entidade (veja aqui) e suspendendo o direito de candidatar aos cargos eletivos, dentro do sindicato, por oito anos.

Na nota, a diretoria alegou que a ação foi movida pela chapa da oposição e que vai recorrer da decisão. Além disso, o sindicato alegou que as eleições internas só poderão ser definitivamente suspensas quando houver decisão proferida pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT).

Veja a nota na íntegra:

A Diretoria Eleita do SIMPI informa que a decisão judicial da 3° Vara do Trabalho de Itabuna, fruto de um processo movido pela Chapa da Oposição (Chapa 02), que trata da inelegibilidade de duas integrantes da atual Diretoria Sindical ainda não é definitiva, uma vez que conforme as regras constitucionais, toda decisão judicial é passível de recurso. 

A Presidente e Tesoureira do SIMPI, professoras Maria do Carmo e Maria São Pedro irão recorrer da decisão que atravessou a soberania da assembleia da categoria, bem como do parecer técnico do conselho fiscal, que aprovaram as contas das respectivas Dirigentes. Importante ressaltar que as alegações desse processo já haviam sido alvos de investigação pela Polícia Federal e Ministério Público, em que ambas as respeitadas instituições se posicionaram pelo arquivamento do caso.

Conforme as regras processuais, a decisão judicial em questão poderá ser suspensa, até que um órgão superior, no caso, o Tribunal Regional do Trabalho (TRT) aprecie a situação. Portanto, pedimos aos colegas associados que mantenham a calma, pois o trabalho continua com o mesmo compromisso de sempre. A atual diretoria atuará dentro da legalidade, como sempre fez, para garantir a proteção dos interesses da classe, bem como o respeito aos mais de 600 votos que elegeram a atual Diretoria.

1 comentário
  1. Regivana Diz

    Se nós professores não tivermos o poder de decidir em Assembléia o que desejamos para nosso Sindicato, como foi nossa a decisão de só ter eleição com o retorno das aulas, melhor que nem tenha Sindicato. Assim como foi nossa a Decisão de dá a essa Diretoria 600 votos! Que a a justiça leve nossa Assembléia em conta?

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.