Movimenta Bahia
CVR
diabetes
Buerarema
Plansul
COLÉGIO JORGE AMADO
Pref ilheus junho
Ieprol

ITABUNA: VEREADORES EXALTAM IMPORTÂNCIA DO RESPEITO AO RESULTADO DA ELEIÇÃO 

A primeira sessão ordinária do Legislativo itabunense após o resultado da eleição foi marcada por posicionamentos pelo respeito à democracia. Para o vereador Manoel Porfírio (PT), correligionário do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva, “vivemos um momento histórico e temos a missão de unir o país”.

O edil Ronaldão (PL), filiado ao mesmo partido do atual presidente, Jair Bolsonaro, ressaltou a importância de a população ter comparecido para escolher seus candidatos, inclusive com redução no número de abstenções. “Temos que respeitar o que a urna decidiu; o que importa é que o brasileiro teve coragem de votar”, observou.

Na mesma linha, o vereador Ricardo Xavier (Cidadania) considerou que “a democracia é o melhor regime e tem que ser respeitada”. Ele chamou a atenção, inclusive, para o recado que o resultado de um pleito deixa. Tanto para ganhadores como para os que não vencem. “Quem perde também contribui”, afirmou.

Na mesma linha, Wilma (PCdoB) falou do “retorno legítimo de Lula”, parabenizou o governador eleito Jerônimo Rodrigues e ressaltou a relevância do respeito ao que disseram as urnas. Ela clamou para que sejam cessados os conflitos. “Não queremos esse país norteado pelo ódio e pela intolerância”, enfatizou.

Índices a superar

Já o edil Israel Cardoso (Agir) parabenizou os eleitos e agradeceu pela votação expressiva recebida em Itabuna pelo então candidato a governador ACM Neto (UB). Ele obteve 68.739 votos no município. “Nosso projeto não acabou; tudo tem seu tempo e a Bahia saberá dar oportunidade ao crescimento e ao progresso”, opinou.

O edil Solon Pinheiro (Solidariedade) também enalteceu a democracia e lembrou torcer para que o governador eleito possa superar índices negativos em áreas como saúde, educação e segurança. “Nosso partido apoiou ACM Neto, mas fica nosso desejo que Jerônimo possa colocar a Bahia no seu devido lugar, nos próximos quatro anos”, completou.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.