AACRRI
Plansul
Buerarema
Ieprol

ITAJUÍPE: MARCONE AMARAL COMENTA “TÁBUA DE GRAXA” NA PREFEITURA

Em entrevista neste domingo, 26/11, na 104 FM de Itajuípe, o ex-prefeito Marcone Amaral comentou a série de demissões na semana passada, assinadas pelo prefeito Léo da Capoeira (PSD), surpreendendo muitos pela maneira intempestiva.

Segundo Marcone, a “tábua de graxa” é um episódio muito triste na história de Itajuípe e que o seu sentimento, hoje, é de decepção pela forma como está sendo conduzida a gestão pública da cidade. “Eu coloquei muita confiança em Léo, achando que o nosso caminho ia continuar”, ponderou.

Marcone classificou as dispensas como um ato de retaliação aos que estavam na prefeitura com uma visão política mais alinhada e mais próxima que a sua. Ponderou, no entanto, que ainda que as demissões estivessem evidenciadas numa aproximação dos demitidos consigo, Léo da Capoeira errou porque demitiu as pessoas que mais precisam de emprego na cidade, pessoas que só têm a prefeitura como forma de sustento de suas famílias e que demitir por não concordar com a ideologia de um funcionário é ter uma mentalidade muito pequena.

Disse também que, ainda que não esteja com a caneta na mão, se sente corresponsável pelo atual momento de dificuldades em Itajuípe porque foi ele (Marcone) quem colocou Léo da Capoeira na condição de prefeito, mas avisou que já está em movimentos mais contundentes com vistas às eleições de 2024, apontando que, num prazo de 15 dias, deverá trazer novidades para o povo itajuipense.

Em tempo, o site iPolítica abre o espaço necessário para que o prefeito Léo da Capoeira possa manifestar-se, já que foi diretamente citado na entrevista.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.