Plansul
FICC
CVR
Buerarema
COLÉGIO JORGE AMADO
Pref ilheus junho
Ieprol

“JERÔNIMO RODRIGUES VAI USAR ESTRATÉGIA DE COMPRAS PÚBLICAS PARA TURBINAR AGRICULTURA FAMILIAR”, AFIRMA PRESIDENTE DO LEGISLATIVO DE PAU BRASIL

Uma série de reuniões estão sendo realizadas em Salvador entre o governador Jerônimo Rodrigues, a Secretária de Educação Adélia Pinheiro, o Secretário Osni Cardoso, do Desenvolvimento Rural, a Secretária Elisângela Araújo da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Bahia, do Diretor da CAR Jeandro Ribeiro e o Superintendente da BAHIATER Lanns Almeida.

De acordo com Nego Elder, Presidente da Câmara de Vereadores de Pau Brasil, o foco das reuniões é garantir que sejam comercializados através do Programa Nacional de Alimentação Escolar – PNAE produtos da agricultura familiar para serem distribuídos nas escolas baianas.

A legislação prerroga que até 30% dos recursos do PNAE sejam aplicados através de chamada pública para compra de produtos oriundos da agricultura familiar, isso significa milhões de reais diretos na renda do agricultor baiano e o governador tem intensificado o processo.

” O governador Jerônimo Rodrigues já no início da sua gestão a frente da SEC iniciou um diálogo com as Cooperativas e os empreendimentos da agricultura familiar, realizamos diversos encontros em 2019, onde o processo estagnou dada a pandemia. Agora nesse novo ciclo, já está sinalizado que nós da agricultura familiar vamos vender nosso produto para as escolas públicas estaduais, vale salientar que ano passado o ex-secretário da educação e hoje governador aumentou significativamente o valor da alimentação escolar por aluno, o valor eram centavos hoje está acima de R$ 2,00. Mas a gente tem que se organizar para garantir o processo, as unidades escolares e os NTE’s tem que ajudar, estarem sensíveis ao processo ” declarou Nego Elder.

A Bahia contém 27 territórios, todos tem um núcleo territorial com milhares de escolas e alunos, um excelente ambiente para comercializar, mas também uma forma pedagógica seria informar aos alunos de onde vem esse alimento é o que reivindica os agricultores familiar.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.