Plansul
COLÉGIO JORGE AMADO
Buerarema
Pref ilheus junho
Ieprol

JUSTIÇA DETERMINA QUE VOTAÇÃO SOBRE AÉCIO NEVES SEJA ABERTA

A decisão atende a uma ação popular movida pela União Nacional dos Juízes Federais.

A Justiça Federal em Brasília concedeu liminar nesta sexta-feira, 13, ao apagar das luzes, proibindo o Senado de realizar a votação sigilosa na sessão que vai decidir sobre o afastamento do senador Aécio Neves (PSDB-MG). O presidente da OAB criticou e considerou “inadmissível” a articulação para que a votação do afastamento de Aécio fosse secreta. (Relembre).

Aécio foi afastado do mandato parlamentar por determinação da Primeira Turma do Supremo. Com base nas delações de executivos da J&F, o senador afastado é acusado pela PGR de ter cometido os crimes de obstrução de Justiça e corrupção passiva. Aécio, porém, nega as acusações e se diz “vítima de armação”.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.