Plansul
COLÉGIO JORGE AMADO
Buerarema
Pref ilheus junho
Ieprol

¨NÃO A HOMOFOBIA: MAIS DIREITOS, MENOS GRADES!”

Há cerca de 45 dias o travesti Charlene Barreto de 30 anos, foi brutalmente assassinado em Itabuna com dois tiros na nuca. Até hoje, a policia não conseguiu prender os assassinos. Sua irmã, Thalitta Drummond, que também é travesti, lamenta e sofre até hoje pela perda de quem ela considerava seu porto seguro.

Esta semana, Thallita iniciou em Itabuna a campanha “Mais direitos, menos grades”, em que encena um assassinato de um travesti por dois jovens. O vídeo fala sobre os perigos os quais estão submetidos e principalmente o preconceito de uma sociedade hipócrita. “Não a Homofobia, Mais direitos, menos grades.! Assista!

1 comentário
  1. Anônimo Diz

    Falou tudo amore parabéns #naoahomofobia

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.