Ieprol – Matrículas Abertas – Desktop Mobile
AACRRI – Reconstrução PIX – Desktop/Mobile
Itajuípe – Dengue Novo – Desktop/Mobile
Buerarema – Fevereiro Roxo e Laranja – Desktop/Mobile
Plansul – 31 anos – Desktop/Mobile

OPERAÇÃO PRENDE UMA PESSOA E INTERDITA SEIS FARMÁCIAS EM ALAGOINHAS

O Ministério Público estadual, por meio da 5ª Promotoria de Justiça de Alagoinhas, participou de uma operação em Alagoinhas que resultou na interdição de seis farmácias e na prisão de uma pessoa em flagrante por comercialização irregular de medicamentos na última quarta-feira, dia 1º. Segundo o promotor de Justiça Dario Kist, também foram apreendidas 4.800 caixas de remédios expostas à venda de forma irregular.

A operação foi realizada em conjunto com o Conselho Regional de Farmácia da Bahia (CRFBa) , a Vigilância Sanitária Municipal de Alagoinhas, e as Polícias Militar e Civil. Em um dos estabelecimentos, a equipe apreendeu medicamentos do Sistema Único de Saúde (SUS) e de laboratórios públicos localizados em outros estados que são distribuídos gratuitamente, mas que estavam sendo comercializados para a população. Os fiscais também encontraram cartelas de Pramil contrabandeadas do Paraguai, além de anabolizantes e comprimidos fracionados de forma inadequada.

Além disso foram constatadas diversas irregularidades administrativas incluindo falta de alvará de funcionamento e sanitário, ausência de profissional farmacêutico, ausência de licenças sanitárias que autorizam o funcionamento, vendas e depósitos de medicamentos sem registro da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), e comercialização de medicamentos vencidos, proibidos e sem nota fiscal. Além do promotor de Justiça Dario Kist, participaram da operação a coordenadora do setor de fiscalização do CRFBa, Lorena Almeida; Rusely dos Santos, representante da Vigilância Sanitária de Alagoinhas; o delegado da Polícia Civil Fábio Santos; e o tenente coronel da Polícia Militar Ântonio Ávila.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.