COLÉGIO JORGE AMADO
Buerarema
Pref ilheus junho
Plansul
Ieprol

QUASE 60 kg DE ENTORPECENTE, ARMA, MUNIÇÕES E ANFETAMINAS SÃO APREENDIDOS PELA PRF EM VITÓRIA DA CONQUISTA

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) deteve, nesta quarta-feira, 25, dois homens por crimes distintos durante fiscalização realizada no sudoeste do estado. As prisões foram registradas por volta das 10h30, no KM 836 da BR 116, trecho do município baiano de Vitória da Conquista.

Durante fiscalização a um veículo de transporte de passageiros, os PRFs encontraram no interior de uma bagagem de mão, um revólver calibre. 38, seis munições e 90 comprimidos de anfetamina (substância inibidora de sono, conhecida popularmente como “rebite”). O motorista do veículo, um homem de 49 anos, assumiu a propriedade do material bélico e do medicamento, relatando não possuir autorização para porte, bem como receituário médico para uso.

Posteriormente, ao continuar as verificações, a equipe de policiais encontrou em uma mala de cor preta, 10 kg de crack, 5,4 kg de cocaína e 42 kg de maconha. Os ilícitos, pertenciam a um homem de 37 anos, que seguia como passageiro do minibus modelo Fiat/Ducato para Campos do Brito, em Sergipe.

Os homens foram presos e encaminhados juntamente ao material apreendido à delegacia de polícia judiciária local onde poderão responder por porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas.

Leia mais...

OPERAÇÃO CONJUNTA PRENDE A MAIOR TRAFICANTE DE DROGAS DA BAHIA

A maior traficante de drogas da Bahia, Dama de Copas do Baralho do Crime da Secretaria da Segurança Pública foi capturada, nesta quarta-feira (25), na cidade de Mogi das Cruzes, em São Paulo. Jasiane Silva Teixeira, a ‘Dona Maria’, foi alcançada por equipes da Polícia Civil e da Superintendência de Inteligência da Secretaria da Segurança Pública.

Além da distribuição de drogas, a criminosa tinha envolvimento com homicídios, corrupção de menores, roubos, falsificações, tráfico de armas, entre outros crimes. Natural de Vitória da Conquista, ela comandava uma facção atuante na região Sudoeste da Bahia, com ramificações nos estados de Minas Gerais e São Paulo. Possuidora de três mandados de prisão e condenação, Dona Maria será trazida para Bahia onde responderá pela extensa ficha criminal.

“Excelente trabalho de inteligência. É este tipo de resultado que coloca a polícia baiana entre as melhores do Brasil. Parabéns aos policiais civis. A população baiana agradece”, comemorou o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa.

Leia mais...

URUÇUCA: PROJETO SOPA SOLIDÁRIA SERVE 150 FAMÍLIAS SEMANALMENTE

Com a intenção de amenizar o frio e principalmente ajudar na alimentação das famílias, cujo os filhos estudam na creche, o projeto da Sopa Solidária da creche Irmã Angelina, entrou em ação mais uma vez em 2019. O projeto já é uma marca da unidade de ensino que durante todo período do inverno garante às famílias dos alunos uma alimentação rica e diversificada nutritivamente.

O projeto da Sopa Solidária iniciou na gestão 2009/2012 e continuou nesta gestão “Acolhendo a nossa gente”. É uma ação da Prefeitura de Uruçuca, através da Secretaria de Educação, que apoia e incentiva os funcionários da creche, que preparam a sopa com amor e dedicação para servir aproximadamente 150 famílias semanalmente.

“Muito mais que um reforço alimentar para as famílias que precisam, é uma forma de acolhimento. Um ajudando o outro, assim somos mais fortes”, disse a diretora Michele Midlej.

Leia mais...

ITABUNA: DEPUTADO PEDRO TAVARES SUGERE AUDIÊNCIA PARA DEBATER SITUAÇÃO DO RIO CACHOEIRA

O deputado estadual Pedro Tavares (DEM), sugeriu nesta quarta-feira, 25, durante reunião da Comissão de Meio Ambiente da Assembleia Legislativa da Bahia – ALBA, a realização de uma audiência pública, no município, com o objetivo de discutir a revitalização do curso de água.

O parlamentar enfatizou a necessidade de ações com o intuito de recuperar o ecossistema do rio e medidas de conscientização para a adoção de práticas sustentáveis. Segundo ele, é preciso um esforço conjunto do Governo e das gestões municipais a fim de promoverem um plano de revitalização.

“O rio Cachoeira é um patrimônio histórico da região, serve como referência para a história e geografia de Itabuna, mas, infelizmente, a sua flora está ameaçada. O desmatamento e o esgoto lançado na água tem prejudicado o rio”, lamentou, sugerindo também a participação de especialistas para debaterem o problema.

O presidente da Comissão de Meio Ambiente, deputado José de Arimateia acatou a sugestão e prometeu colocá-la em votação para que o evento seja realizado ainda este ano. O parlamentou lembrou que recentemente esteve em Itabuna, onde discutiu a saúde pública do município e como presidente do colegiado corroborava com a discussão sobre o rio, na cidade.

Leia mais...

ILHÉUS: 5º GBM REALIZARÁ I SIMPÓSIO SOBRE “VALORIZAÇÃO DA VIDA”

O 5º Grupamento de Bombeiros Militar de Ilhéus, realizará na próxima sexta-feira (27), às 08:00, o I Simpósio sobre “valorização da vida”. O evento, que faz referência ao setembro amarelo, acontecerá na própria unidade, onde ocorrerão palestras com o psiquiatra Dr. Gentil A. Neto e a psicóloga Alice Menezes.

Há quatro anos, setembro é considerado o mês de prevenção ao suicídio. De acordo com dados da OMS (Organização Mundial de Saúde), nove em cada dez pessoas que tiram a própria vida podem ser salvas. Os militares são expostos diariamente a situações estressantes e de alto impacto emocional, e a cada ano, o número de tentativas de suicídio nessa classe só tem aumentado. Por isso, é necessário, sim, falar sobre o tema.

Leia mais...

JEQUIÉ: MINISTÉRIO PÚBLICO REALIZA AÇÃO DE COMBATE A SÍFILIS

Uma ação idealizada pelo Ministério Público estadual para combate à sífilis foi implementada hoje, dia 24, no município de Jequié. Testes rápidos para identificação da doença foram aplicados em colaboradores da indústria Total Flex, que aderiu à iniciativa do MP denominada ‘2020 sem sífilis congênita em Jequié’. Segundo a promotora de Justiça Juliana Sampaio, a iniciativa integra o ‘Projeto Cegonha: efetivando a dignidade’ e visa “a ampliação da testagem para atingir, sobretudo, o público masculino que geralmente acessa menos os serviços de saúde, principalmente para medidas de prevenção”. As atividades , que vão até amanhã, acontecem em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde e a Associação Comercial e Industrial de Jequié. Já na próxima semana, a ação será realizada na Petyan, indústria de alimentos. Um total de aproximadamente 800 pessoas serão atendidas nas duas empresas.

Juliana Sampaio explica que neste momento está sendo priorizado o público masculino, mas os testes também são aplicados em mulheres. A iniciativa do MP tem como foco principal erradicar a transmissão vertical da sífilis no serviço público de saúde do município de Jequié. Ela prevê ações de melhoria e monitoramento da qualidade do pré-natal, como a testagem de 90% das gestantes atendidas em pré-natal nas unidades de saúde pública, no primeiro e terceiro trimestres de gestação e o tratamento de 100% das soropositivas para sífilis; a difusão da informação sobre sífilis; as formas de prevenção; e a diminuição da prevalência da doença na população em geral, ampliando testagem e tratamento, interrompendo a cadeia de transmissão e diminuindo, por consequência, as chances de infecção das gestantes e fetos. A sífilis é uma doença infecciosa que pode ser transmitida ao feto pela gestante infectada e levá-lo à morte. Ela é a segunda principal causa de morte fetal evitável em todo o mundo, sendo que o diagnóstico e o tratamento podem ser realizados com baixo custo e pouca ou nenhuma dificuldade operacional, informa a promotora de Justiça.

Leia mais...

PREFEITOS DEFENDEM ANULAÇÃO DO DESPACHO DE TRANSFERÊNCIA DE FUNCIONÁRIOS DA CEPLAC

Representantes da Associação dos Municípios da Região Cacaueira – Amurc, juntamente com a União dos Municípios da Bahia – UPB, a Confederação Nacional dos Municípios (CNM), o Instituto Chocolate e os Consórcios das regiões: Litoral Sul, Mata Atlântica, Baixo Sul, Rio de Contas e Médio Sudoeste estão articulando junto ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia e a Ministra da Agricultura, Tereza Cristina Corrêa, a Anulação do Despacho Processo nº 21000.065189/2019-74, que determina o remanejamento de todos os auditores e técnicos agropecuários da Ceplac para a Secretaria de Defesa Agropecuária.

Nos próximos dias 1 e 2 de outubro, estão previstas reuniões com senadores e a Ministra da Agricultura visando sancionar o projeto de lei PL 4.107/2019, de autoria do senador Angelo Coronel, com o objetivo de alterar a Lei nº 13.710, de 2018, que institui a Política Nacional de Incentivo à Produção de Cacau de Qualidade para valorizar a Comissão Executiva da Lavoura Cacaueira (Ceplac), órgão federal, ligado ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, que apoia a cacauicultura desde 1957.

Ainda na reunião, que contará com representantes políticos de cinco estados brasileiros produtores de cacau, serão apresentadas 10 medidas emergenciais que vai fortalecer a proposta de Assistência Técnica Rural – Ater dos consórcios públicos e dos municípios. De acordo com o presidente da Amurc e prefeito de Firmino Alves, Lero Cunha, “as instituições vêm trabalhando no sentido de fazer uma proposição estruturada sobre a revitalização da lavoura cacaueira, com base no projeto de Lei 4.107/2019 e nas 10 medidas de estruturação sustentável da lavoura”.

A articulação foi discutida em uma reunião realizada na semana passada, na sede da Amurc, com representantes da entidade, técnicos da Ceplac, do Consórcio de Desenvolvimento Sustentável – Litoral Sul e do Consórcio Intermunicipal do Mosaico das Apas do Baixo Sul – Ciapra, representado pelo presidente e prefeito de Igrapiúna, Leandro Ramos.

Consequências

A decisão do Ministério da Agricultura pode resultar no encerramento das atividades da Ceplac – Pesquisa e Extensão Rural que vem sendo desenvolvida com dificuldades, em virtude do baixo contingente funcional. Tal procedimento trará perdas irreversíveis a pesquisa, controle fitossanitário e extensão rural, bem como aceleramento das aposentadorias pelos referidos técnico.

Leia mais...

LEGISLAÇÃO OPINA FAVORÁVEL A FUNDO PARA AGROPECUÁRIA ITABUNENSE

Acompanhando o relator Babá Cearense, os membros da Comissão de Legislação, declararam-se favoráveis nessa segunda, 23, à criação do Fundo de Desenvolvimento Rural. O projeto de lei é do vereador Aldenes Meira. O Fundo objetiva, entre outras finalidades, auferir apoio financeiro e fomentar atividades agropecuárias no meio rural de forma sustentável.

Babá ajustou a proposta de Aldenes apresentando emendas estabelecendo normas orçamentárias e contábeis, além de garantir a gerência do Fundo por conselhos próprios, Diretor e Técnico-consultivo. O relator vinculou o Fundo à Secretaria de Sustentabilidade Econômica e Meio Ambiente. O texto emendado deve ser apreciado pelo Plenário nessa quarta, 25.

Intérprete de Libras

Na mesma reunião técnica, as Comissões de Legislação e Finanças opinaram pela ampliação do Quadro de Empregos públicos da Câmara Municipal. Dessa vez, a Mesa Diretora quer aumentar em mais uma vaga o emprego de Intérprete em Linguagem de Sinais – Libras. Atualmente a Casa dispõe de um servidor concursado nessa área. O projeto da Mesa seguiu para Plenário.

Leia mais...

AS REAIS TENSÕES INESCRUPULOSAS ENCOBERTAS POR CORTINAS VERMELHAS

É irrefutável que o teatro Candinha Dorea, nome de uma artista completa que, além de viver a arte, destacou-se pela presença crucial na fundação do Teatro ABC; para a diretoria  do Centro de Convenções, foi nomeada Claudia Dórea, neta da artista homenageada, o que foi uma escolha excelente, como também uma bela homenagem à uma artista da terra. O teatro e Centro de Convenções foi inaugurado dia 26 de Julho, e transformou-se em um dos monumentos mais deslumbrantes do município de Itabuna.

Com uma arquitetura de não dever a nenhuma outra em nossa região, com exposições de um artista local renomado de tirar o fôlego logo no saguão principal do recinto; a tão esperada obra durou de cerca de dez anos para ser finalizada, o que não surpreendeu  a disputa acirrada que houve pela população para assistir à primeira apresentação, o qual contou com a presença do OSBA, e da musa da música baiana, Ivete Sangalo e com a presença do Governador do Estado e a sua pomposa comitiva.

Para concretizar a magnífica obra,  foi imprescindível o repasse de R$ 30 milhões do Governo do Estado, através da Companhia de Desenvolvimento Urbano (Conder), Sobre o teatro, a minha opinião é que foi um grande prestígio para a classe artística itabunense, a qual não é reconhecida devidamente pelo cidadão itabunense, como também um incentivo à cultura da região, tudo mais do que merecido. Todavia os meus encômios para este monumento cessam por aqui.

Para implantar o teatro, o prefeito, na época, cedeu um terreno próprio como doação para a construção, o que num primeiro instante teve ares de benevolência, de mostrar à população a sua preocupação (fajuta) com o sucateamento da cultura local, uma tentativa de retornar o que um dia, há muitos anos, o que esta cidade representou culturalmente para toda a região sul baiana.

Como se já não fosse o suficiente uma vergonhosa placa (que foi devidamente encoberta) vinculando uma obra pública à pessoa particular (mesmo de agradecimento por ceder a área para construção), e isto não é apenas imoral, mais do que isto: é inconstitucional! Nenhuma obra pública pode ser vinculado à alguém particular, somente é permitido a vinculação ao governo que realizou a obra, sem que haja citação do nome do governante: Ex: Obra realizada pelo Governo Federal, ou Estadual e Municipal. Isto pelo motivo do famigerado artigo 37 da Constituição (que vocês devem estar cansados) que dispõe que as ações administrativa devem, não sendo uma mera faculdade, ser impessoais, vedando completamente casos similares a estes como disposto nestes termos: Art. 37, caput: “A administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios obedecerá aos princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência”.

Como se já não fosse deveras constrangedor ter uma placa encoberta logo no saguão principal sem que muitos compreendam a origem desta peculiar situação, a notícia agora é que a área gentilmente cedida pelo Prefeito Fernando Gomes (sem partido), através do uso de suas atribuições de gestor do município, resolveu arbitrariamente reverter a doação do terreno com o intuito da construção do Teatro Municipal para o seu nome novamente, o que não me causa nenhum espanto. O decreto foi publicado no dia 24 no Diário Oficial. Este fato é algo mais do que inadmissível, uma aberração de proporções homéricas. Recaindo na Lei de Improbidade Administrativa, artigo 9º, inciso I: “Constitui ato de improbidade administrativa importando enriquecimento ilícito auferir qualquer tipo de vantagem patrimonial indevida em razão do exercício de cargo, mandato, função, emprego ou atividade nas entidades mencionadas no art. 1° desta lei, e notadamente:” (..) “receber, para si ou para outrem, dinheiro, bem móvel ou imóvel, ou qualquer outra vantagem econômica, direta ou indireta, a título de comissão, percentagem, gratificação ou presente de quem tenha interesse, direto ou indireto, que possa ser atingido ou amparado por ação ou omissão decorrente das atribuições do agente público (…)”.

No entanto, já era de se esperar que esta esmola não era  imaculado, sem que houvesse uma escusa inescrupulosa obscura, uma vez que o próprio Fernando Gomes revelou, na ocasião  da inauguração, o intento de privatizar o teatro. Mais uma vez o governante demonstrou que todo o empenho, toda a begnidade e a desmesurada preocupação com o descaso pela cultura grapiuna se revelou em uma mera mesquinharia e usura.

Leia mais...

PROPOSTA DE CONSTRUÇÃO DE PRESÍDIO RECEBE CRÍTICAS DE MORADORES E PRODUTORES RURAIS DO ENTORNO DA ESTRADA DO CHOCOLATE

O anúncio da demarcação de área de desapropriação na BA-262, Rodovia Ilhéus-Uruçuca, para a construção do novo presídio de Ilhéus (Relembre), tem gerado muita discussão e críticas, por parte de produtores rurais e moradores do entorno da estrada do chocolate.

O Produtor Rural, Marcelo Abrantes, ouvido pelo iPolítica, disse que a construção da unidade prisional na localidade não combina com a Estrada do Chocolate (emergente). “Deveria identificar outro local mais recuado, pra não fragilizar projetos iniciados.”, disse.  Ele salientou que o local é na entrada do lixão (Itariri), onde será feita a requalificação de acesso para a obra do Porto Sul. “Poderia colocar  o presídio afastado da BA-262 num local mais reservado pra mitigar poluição visual para os turistas, assim como escolheram o local do Porto Sul que fica “escondido”.

Marcelo lembrou que ele está na área poligonal do Porto Sul, desapropriado desde 2011, com todos danos absorvidos sem querer e sem poder,  pelas indefinições e incertezas causadas por este empreendimento. “Sou favorável e torço muito por novas oportunidades de trabalho e renda para nossa comunidade, tão necessitada. Há lugar para todos, basta planejar melhor para mitigar os impactos negativos dos empreendimentos. Na minha visão virão muitos.”, concluiu.

O proprietário do Haras Ilha Bela, situado no coração da Estrada do Chocolate, Joca Souza, disse ao iPolitica que a estrada do chocolate é uma proposta do próprio governo do estado e o município de ilhéus é o maior beneficiado com a proposta. “O município de ilhéus tem uma extensão territorial imensa, na verdade escolher uma área nobre, em que se discute uma implantação de uma estrada que visa fortalecer o turismo rural, para a implantação de um projeto desse é realmente ‘cabuloso’. Diversas regiões que poderiam acolher esse presídio.”, concluiu.

A Produtora rural, Karina Modesto, se mostrou indignada com a questão. “Justamente quando é criada a primeira estrada temática na Bahia, onde se quer atrair o turista do mundo todo, ele escolher justamente essa estrada para construir um presídio?! Isso não pode ser aceito pela população!”

O Secretário de Desenvolvimento Econômico de Uruçuca, Águido Muniz, adiantou que no dia 7 de outubro será feita uma reunião do conselho de turismo do município com a participação de todo o pessoal da estrada do chocolate que trabalham nesse projeto.

Leia mais...