Colégio Jorge amado
Plansul
Jequitibá
Buerarema
uruçuca novo
Laryssa Rocha
Ieprol

AMURC E CONSÓRCIOS INTERMUNICIPAIS PROMOVEM ENCONTRO DE PARCERIAS MUNICIPAIS PELO CLIMA

A Associação de Municípios do Sul, Extremo Sul e Sudoeste Baiano – Amurc, através do presidente Aurelino Cunha, em parceria com o prefeito de Buerarema, Vinícius Ibrann, os Consórcios do Litoral Sul, representado pelo presidente Antônio de Anízio e da Mata Atlântica, que tem como presidente o prefeito Antônio Valete, promovem no próximo dia 27 de janeiro, à 11hs, no salão da Churrascaria Los Pampas, em Itabuna, o Encontro Parcerias Municipais pelo Clima.

Atendendo as regras de distanciamento social, o evento contará com a participação do prefeito de Brusque, Ari Vequi e o vereador do município de Santa Catarina, Jean Pirola, que estarão falando sobre as experiências do projeto que existe desde 2010 para a transferência de tecnologia e políticas públicas municipais.

Além de prefeitos consorciados ao CDS-LS e a Cima, o evento terá a presença dos gestores filiados aos Consórcios da Apa do Pratigi e do Médio Sudoeste. Serão abordadas as temáticas sobre: Ciência e Tecnologia, Políticas e Desenvolvimento Sustentável – Econômico, Social/Geração de Emprego e Renda, além de Resíduos Sólidos.

O prefeito Ari Vequi vai apresentar como tem sido as relações estabelecidas por intercâmbio entre a cidade de Brusque e a Alemanha, que resultou no projeto 50 Parcerias Municipais pelo Clima. Desde 2010, o município tem obtido ótimos índices na política de desenvolvimento econômico, com a geração de emprego, tecnologias novas para as indústrias, energias renováveis, dentre outros.

Segundo Erlon Botelho, do Instituto do Chocolate, que integra a comissão organizadora, o encontro é uma possibilidade dos municípios de firmar intercâmbios de parcerias para a busca de recursos, de desenvolvimento em políticas públicas para a aquisição de tecnologias.

“Essa é a primeira investida na Bahia, onde um grupo de prefeitos se reúnem em busca, tanto dos recursos governamentais quanto dos recursos bilaterais, através de cooperações com países que queiram investir em agricultura, especialmente na lavoura cacaueira e pecuária”, destacou Erlon.

Resíduos sólidos e assistência rural

Ainda no evento, o prefeito Vinícius Ibrann vai estar falando dos investimentos firmados com uma empresa de Santa Catarina para resolver o problema dos resíduos sólidos no seu município.

Já o prefeito de Jussari, Antônio Valete estará falando da experiência do município ao estar trabalhando com a questão ambiental a partir da experiência da Serra do Teimoso e a importância de garantir assistência técnica e rural plena aos municípios.

Leia mais...

ITABUNA: SERVIDORES DO SAMU SERÃO OS PRIMEIROS A SEREM IMUNIZADOS

O município de Itabuna recebeu nesta terça-feira (19) mais de duas mil doses da vacina aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa para o uso emergencial. Em conversa com o iPolítica, a secretária de saúde, Lívia Mendes, disse que nesse momento as doses serão priorizadas aos servidores da linha de frente em combate a Covid. Quatro funcionários lotados no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU, serão os primeiros.

A aplicação das doses será realizada nos hospitais e nas bases de atendimento voltada à saúde. “Nós teremos que priorizar os profissionais da área de saúde que atuam na linha de frente em combate ao Covid”, disse Lívia.

A vacinação vai ser iniciada às 11h30, no Centro de Saúde José Maria de Magalhães, antigo Fsesp, no centro da cidade. A enfermeira socorrista Rayane Silva Brito, o condutor Rogério Araújo de Oliveira, a médica Laís Anita da Rocha Lima Santana e a técnica de enfermagem Deila Cintia Lima Souza serão os primeiros a receberem as doses no município.

Os demais grupos serão vacinados com a chegada de novos lotes, que são os idosos maiores de 75 anos e os que residem em abrigos.

Leia mais...

CANDIDATOS COM SINTOMAS DE COVID PODEM PEDIR REAPLICAÇÃO DO ENEM

Os candidatos inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 que estiverem com sintomas de covid-19 ou de outra doença infectocontagiosa devem comunicar ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Esses participantes não devem comparecer ao segundo dia de aplicação das provas, no próximo domingo (24), mesmo que tenham feito a primeira, no último dia 17.

Esses candidatos terão direito a fazer o Enem na data da reaplicação, nos dias 23 e 24 de fevereiro. A solicitação para participar da reaplicação, bem como a apresentação dos laudos médicos e documentos que comprovem a situação, pode ser feita pela Página do Participante. O sistema ficará aberto até as 12h do dia 23 de janeiro.

Quem apresentar sintomas após esse horário e mesmo no dia da aplicação das provas não deve fazer o Enem. Haverá novo prazo para apresentar os atestados. Os candidatos poderão solicitar a reaplicação entre os dias 25 e 29 de janeiro também na Página do Participante.

Leia mais...

PRIMEIRAS DOSES DA VACINA CONTRA O CORONAVÍRUS CHEGAM À GANDU

Eram quase 6h30 da manhã desta terça (19) quando as primeiras doses de esperança cruzaram o céu de Gandu. Um helicóptero vindo de Salvador posou em solo ganduense trazendo as primeiras vacinas da Coronavac contra a Covid-19.

De acordo com a Secretaria Municipal da Saúde, nesse primeiro lote foram encaminhadas cerca de 250 doses do imunizante. Nesta fase, serão vacinados os grupos prioritários estabelecidos no Plano Nacional de Imunização, que são os profissionais de saúde que estão na linha de frente de combate ao coronavírus.

A secretaria da saúde do município, Vigilância Epidemiológica, Núcleo Regional de Saúde (DIRES) e a Secretaria Estadual da Saúde (SESAB) estão preparando a logística para iniciar a vacinação que está prevista para acontecer nesta quarta (20), no Hospital João Batista Assis (HJBA).

Leia mais...

PRIMEIRAS VACINAS CONTRA A COVID-19 SÃO APLICADAS NA BAHIA

Uma enfermeira de 53 anos, uma idosa de 83, um médico de 30, todos negros, e uma índia do povo Tuxá de 31 anos foram as quatro primeiras pessoas a serem vacinadas contra a Covid-19, na Bahia. O governador Rui Costa acompanhou a imunização histórica, que aconteceu na sede das Obras Sociais Irmã Dulce (Osid), em Salvador, na manhã desta terça-feira (19).

A vacinação se inicia apenas algumas horas depois da chegada de 376.600 doses da Coronavac no estado. “É uma emoção grande. Quase um ano que estamos nessa luta, com a população sofrendo, pessoas perdendo seus entes queridos, e hoje, após meses de muito trabalho, começamos a enxergar a luz no fim do túnel”, afirmou o governador.

Na ocasião, Rui destacou que ainda há muito a ser feito. “Ainda não é a solução, porque temos uma longa caminhada pela frente. Não tem vacina disponível para todo mundo de uma vez, e por isso vamos tentar buscar uma outra vacina. Estamos tentando, junto ao Supremo Tribunal Federal, conseguir autorização para a aquisição da Sputnik V, a vacina russa”, revelou.

A enfermeira Maria Angélica de Carvalho Sobrinha, que atua no Instituto Couto Maia; o médico Uenderson Barbosa, no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu); a índia Deisiane Tuxá, que trabalha na Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais, e dona Lícia Pereira Santos, idosa que mora, desde 2014, no Centro de Geriatria das Osid, foram as pessoas escolhidas para receber doses dos imunizantes desenvolvidos pelo Instituto Butantã, em parceria com a chinesa Sinovac Biotech.

“Estou muito feliz de ser a primeira idosa a receber a vacina aqui na Bahia”, celebrou a idosa.

Todos se enquadram no público-alvo que faz parte da fase 1 do plano de vacinação contra a Covid-19: profissionais de saúde que atuam na linha de frente do combate à doença e em unidades de saúde de urgência e emergência, idosos que vivem em instituições de longa permanência, indígenas e comunidades tradicionais.

Vacinação na Bahia

Às 22h20 desta segunda-feira (18), 376.600 doses da Coronovac chegaram ao aeroporto internacional de Salvador. Os imunizantes já foram enviados em aeronaves para cidades-polo baianas, de onde devem partir, em veículos como vans e caminhões, para os municípios menores em todas as regiões do estado. Os imunizantes são suficientes para vacinar, inicialmente, cerca de 188 mil baianos.

A bula da Coronavac aponta um intervalo de 14 a 28 dias entre a primeira e a segunda dose, e por isso é imprescindível que o cidadão a ser vacinado leve o cartão de vacinação.

Vacinas diferentes, desenvolvidas por laboratórios diferentes e com diferentes posologias serão aplicadas no Brasil, e é o cartão de vacinação que vai garantir que a segunda dose aplicada seja a mesma que a primeira e no prazo indicado. Caso não possua um, o cidadão irá receber um novo cartão com a indicação de qual vacina contra a Covid-19 recebeu.

Leia mais...

ITAJUÍPE: MUNICÍPIO SE PREPARA PARA RECEBER AS VACINAS CONTRA COVID-19

O município de Itajuípe se prepara para iniciar a campanha de vacinação contra o coronavírus. A Secretaria de Saúde de Itajuípe receberá, ainda esta semana, as primeiras doses da vacina contra a covid-19 e organiza a sua estrutura para o correto armazenamento das doses.

Uma grande preocupação neste processo para o recebimento das vacinas é o acondicionamento adequado das doses. Para tanto, o município de Itajuípe aguarda a chegada de uma nova câmara fria para imunobilógicos para conservação de vacinas, medicamentos, oncológicos, termolábeis com o intuito de ampliar a capacidade do município na iminente campanha de vacinação contra Covid-19.

Para o prefeito Marcone Amaral “o município de Itajuípe tem se preparado desde o início da pandemia com o intuito de proteger a população contra a Covid-19. Com a chegada da vacina, estamos preparados para dar continuidade ao trabalho desenvolvido pela Secretaria de Saúde, agora com a tão esperada vacina que nos ajudará a sair deste estado de pandemia”, declarou.

Leia mais...

BAHIA RECEBE MAIS DE 376 MIL DOSES DA VACINA CONTRA A COVID-19

A tão esperada vacina contra a Covid-19 já está em solo baiano. As 376.600 doses da Coronovac – imunizante desenvolvido pelo Instituto Butantan, em parceria com a empresa chinesa Sinovac Biotech – chegaram em voo comercial ao Aeroporto de Salvador, às 22h20 desta segunda-feira (18).

Em seguida, a carga foi encaminhada para a sede do Grupamento Aéreo da Polícia Militar (Graer). No local está montada uma estrutura para recebimento e armazenamento temporário do imunizante, sob os cuidados de técnicos da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab).

Conferência e separação já foram iniciadas a fim de viabilizar o envio para o interior do estado, por meio de sete aeronaves, que vão aterrissar em cidades-polo de diferentes regiões do estado. Nesses locais, 243 caminhões, vans e outros veículos farão o transporte do imunizante para os demais municípios.

“Iremos distribuir as vacinas para todos os núcleos de saúde durante a madrugada. Os aviões sairão do Graer e pousarão em cidades-polo. A partir de lá, elas serão distribuídas para os 417 municípios baianos. Às 5h sairão helicópteros para as cidades mais próximas de Salvador, de modo que possamos começar a vacinação em todo o estado nesta terça-feira [19]”, explicou o secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas.

O superintendente estadual do Ministério da Saúde na Bahia, Glauber Almeida, destacou que “a chegada desta primeira carga de vacinas é um momento histórico. A parceria do Ministério da Saúde com a Secretaria da Saúde do Estado e os municípios será constante. Vamos fazer a vacina chegar a toda a população baiana”.

Vacinação

Os imunizantes, que são suficientes para vacinar inicialmente cerca de 188 mil baianos, serão aplicadas na população enquadrada na primeira das quatro fases do plano de vacinação. São profissionais de saúde que atuam na linha de frente do combate à Covid-19 e em unidades de saúde de urgência e emergência, idosos que vivem em instituições de longa permanência, indígenas e comunidades tradicionais.

A professora Dora Tourinho fez questão de ir ao Aeroporto de Salvador para acompanhar o aterrissagem do avião que trouxe a vacina. “O sentimento é de gratidão a Deus. Depois de um ano tão difícil, ver a chegada dessa vacina é uma esperança para a gente”, contou.

A primeira pessoa a ser vacinada na Bahia receberá a primeira dose da Coronavac na manhã desta terça-feira (19), no Hospital Santo Antônio, que fica no Largo de Roma, na capital baiana. O governador Rui Costa irá acompanhar o início da vacinação no estado.

A bula da Coronavac aponta um intervalo de 14 a 28 dias entre a primeira e a segunda dose e, por isso, é imprescindível que o cidadão a ser vacinado leve o cartão de vacinação.

Vacinas diferentes, desenvolvidas por laboratórios diferentes e com diferentes posologias, serão aplicadas no Brasil e é o cartão de vacinação que vai garantir que a segunda dose aplicada seja a mesma que a primeira e no prazo indicado. Caso não possua um, o cidadão irá receber um novo cartão com a indicação de qual vacina contra a Covid-19 recebeu.

 

https://www.instagram.com/tv/CKNdwP5Bnrt/?igshid=38if6cep72m0

Leia mais...

CANAVIEIRAS JÁ ELABOROU PLANO DE VACINAÇÃO

A Secretaria Municipal de Saúde de Canavieiras informa que, após liberação da vacina “Coronavac” contra o coronavírus na data deste domingo (17/01/21), a previsão feita pelo Núcleo Regional de Saúde do Estado é que a vacina chegue em nosso município ainda essa semana.

A equipe da secretaria de Saúde, desde o princípio, não mediu esforços para garantir que todas as providências fossem tomadas para proteger a nossa população, estando preparada e em constante atualização com o estado.

Foi elaborado o plano municipal de vacinação contra a COVID-19 seguindo as diretrizes do Ministério da Saúde , além da aquisição de todos os insumos que garantam a sua efetivação imediata.

Nos próximos dias divulgaremos as fases e organização municipal para a vacinação nos canais oficias da prefeitura.

Leia mais...

ITABUNA PREPARA A EXECUÇÃO DO PLANO MUNICIPAL DE VACINAÇÃO CONTRA COVID-19

A Prefeitura de Itabuna, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, pretende vacinar grupos prioritários contra o novo coronavírus, tão logo receba os lotes dos imunizantes Coronavac da Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab). A vacina foi aprovada para uso emergencial pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no domingo.

O Plano de Vacinação do município prevê que sejam imunizados inicialmente profissionais de saúde, em especial quem trabalha em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) que tratam pacientes com a doença, UPA 24 Horas e ambulatórios de atendimento à Covid 19.

De acordo com o Departamento de Vigilância a Saúde os quantitativos serão definidos depois da chegada das doses. O grupo a seguir de pessoas a serem vacinados será idosos, com idade acima de 75 de anos, preferencialmente aqueles que vivem em asilos e casas de permanência.

A vacinação dos itabunenses é motivo de preocupação do prefeito Augusto Castro, desde que asssumiu o cargo no dia 1º. Por diversas vezes ele manteve contato com o Instituto Butantan, em São Paulo, em busca de informações sobre a vacina produzida pelo centro de pesquisas em conjunto com a chinesa Sinovac.

A secretária municipal de Saúde, Lívia Mendes, disse que na Rede da Atenção Básica há 30 salas de vacina aptas ao trabalho de imunização das pessoas, que funcionam satisfatoriamente de acordo com o calendário do Programa Nacional de Imunizações (PNI). Essa será a estrutura utilizada para vacinação contra o Covid-19, além das vacinações nas unidades de sáude para vacinar os profissionais.

Além disso, a Rede de Frios sob a coordenação da enfermeira Camila Brito, é bem estabelecida e conta com todo o suporte de equipamentos e de profissionais para deslanchar o Plano Municipal de Vacinação. No local, são armazenadas vacinas e outros imunobiológicos.

Leia mais...

PREFEITURA DE SALVADOR E GOVERNO DO ESTADO INICIAM VACINAÇÃO CONTRA COVID-19 NESTA TERÇA-FEIRA (19)

A Prefeitura de Salvador e Governo do Estado iniciam nesta terça-feira (19) a vacinação contra a Covid-19. Para esse primeiro dia de estratégia, as gestões municipal e estadual pretendem imunizar cerca de 2.500 pessoas entre idosos abrigados na Instituição de Longa Permanência das Obras Sociais Irmã Dulce (OSID), na Cidade Baixa, além dos trabalhadores que atuam na Base Central do SAMU 192, no Pau Miúdo, na UPA e Gripário de Pirajá/Santo Inácio, UPA e Gripário Barris, UPA e Gripário Brotas, Hospital Municipal de Salvador e abrigo Dom Pedro.

Para o início da estratégia no município, o Governo Federal encaminhou cerca de 42 mil doses vacina Coronavac. Esse quantitativo tem a capacidade de proteger cerca de 21 mil pessoas, uma vez que o imunizante prevê uma dose de reforço após 14 dias da primeira aplicação. Para essa primeira remessa, está previsto a imunização dos idosos abrigados em Instituições de Longa Permanência do município, trabalhadores da saúde que atuam na rede de urgência e assistência direta aos pacientes com o novo coronavírus – UPAs, Gripários, SAMU 192 e hospitais e hospitais de campanha.

A estratégia utilizada para essa primeira remessa será através de equipes 11 volantes nos próprios locais elencados, por isso, a população não deve se direcionar a nenhum ponto de vacinação. A programação segue recomendação de informe técnico emitido pelo Ministério da Saúde.

Um cronograma será construído diariamente na capital, de acordo com a disponibilidade de vacinas. A cada nova remessa encaminhada ao município, a SMS ampliará a imunização dos grupos prioritários.

“Essa primeira remessa encaminhada pelo Ministério Saúde será utilizada para reforçar neste primeiro momento a proteção dos profissionais da linha de frente no enfrentamento à Covid-19 e os idosos dos abrigos de Salvador. À medida que novas doses cheguem na cidade, seja por envio do Governo Federal ou por aquisições por esforços próprios da Prefeitura, seguiremos ampliando a implementação das fases, de acordo com o previsto em nosso Plano Municipal de Imunização”, explicou Leo Prates.

A imunização acontecerá após o envio de cerca de 42 mil doses vacina Coronavac por parte do Governo Federal para capital baiana.

Leia mais...