Faculdade de Ilhéus
Jequitibá
Pref itabuna
Ieprol

PARA INTERAGIR MELHOR COM PACIENTES, EQUIPES COVID-19 DA SANTA CASA ADOTAM CRACHÁS ESPECIAIS

Com objetivo de humanizar ainda mais o atendimento nas unidades do novo coronavírus (Covid-19), psicólogos da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna implantaram o projeto Meu Melhor Sorriso. A iniciativa visa estreitar a relação entre os profissionais de saúde e os pacientes diagnosticados com a doença.

O objetivo com o projeto é fazer com que os pacientes positivos para a Covid-19 possam reconhecer e estreitar o relacionamento com os profissionais que estão sempre protegidos por diversas camadas das roupas de proteção e equipamentos individuais. A utilização das roupas é necessária para diminuir os riscos de contágio da doença.

Os psicólogos explicam que o projeto busca assegurar mais empatia em todo o processo de atendimento e visa também mostrar aos guerreiros da saúde que eles não são anônimos na batalha diária contra o novo coronavírus. Para que o paciente saiba por quem está sendo atendido, nomes e fotos serão estampados em um crachá especial dos profissionais.

COMO SURGIU A IDEIA

A psicóloga da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) pediátrica do Hospital Manoel Novaes, Talita Miranda, explica como surgiu a ideia do projeto para que o paciente saiba por quem está sendo atendido. “Quando recebemos nosso primeiro paciente com sintomas de Covid-19, percebemos que tanto ele quanto a sua família, ficaram assustados com a nossa vestimenta e pensamos na forma nos aproximar do paciente”.

Naquele momento, os psicólogos lembram-se da maneira como os profissionais nos Estados Unidos estão fazendo para estreitar essa relação nas unidades da Covid-19. “Adotarmos o modelo nossa rotina com o intuito de tornar ainda mais humanizada a prestação de nossos serviços nos hospitais da Santa Casa de Itabuna”, destaca.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.