Ieprol – Matrículas Abertas – Desktop Mobile
Itajuípe – Dengue Novo – Desktop/Mobile
AACRRI – Reconstrução PIX – Desktop/Mobile
Plansul – 31 anos – Desktop/Mobile
Buerarema – Fevereiro Roxo e Laranja – Desktop/Mobile

PARALISAÇÃO DE PROFESSORES DA UESC NESTA SEXTA (24) REIVINDICA REPOSIÇÃO DAS PERDAS SALARIAIS

Nesta sexta-feira (24), o Fórum das ADs se reunirá com o Governo da Bahia para discutir um plano de recomposição das perdas salariais acumuladas nos últimos nove anos. Para fortalecer o movimento, professoras e professores das quatro universidades estaduais baianas vão parar as atividades por 24 horas e realizar um ato público em Salvador.

Na UESC, além da paralisação no dia 24, a ADUSC realizará uma mobilização na entrada do campus nesta quinta (23), às 07h, com panfletagem, faixas, carro de som e o tradicional mingau da resistência. A atividade tem como objetivo dialogar com a comunidade acadêmica sobre as reivindicações da categoria.

Reunião em Salvador

A reunião com representantes do governo marcada para esta sexta-feira, às 14h, tem como pauta discutir a defasagem salarial dos/as docentes das UEBA. A expectativa do movimento é que o governo apresente um plano de recomposição dessas perdas, que chegam a 42,46% entre 2015 e 2023, segundo o Dieese.

Em abril, o governo anunciou um reajuste salarial que varia entre 4% e 6,97%, a depender da categoria, dividido em duas parcelas – uma em maio e outra em setembro. A tramitação do PL na Assembleia Legislativa da Bahia, porém, não caminhou, adiando o pagamento da primeira parcela de reajuste prevista para maio, o que trás ainda mais prejuízo para a categoria.

O movimento, diante disso e dos índices insuficientes para repor as perdas acumuladas, segue em campanha pela reposição salarial.

Enquanto os representantes sindicais estarão em reunião com governo, docentes das quatro universidades estaduais baianas farão uma vigília em frente à Secretaria de Educação.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.