Câmara de Vereadores
Gov estado saude
Prefeitura de Itabuna
Buerarema
uruçuca novo
Laryssa Rocha
Faculdade de Ilhéus
Jequitibá
Ieprol

PARTIDO UNIDADE POPULAR DECIDE APOIAR CANDIDATURA DE BERNADETE À PREFEITURA DE ILHÉUS

O Unidade Popular de Ilhéus (UP) confirmou na noite da última segunda-feira (14) a retirada do nome de Marcolino Vinicius Vieira como pré-candidato do partido à Prefeitura de Ilhéus e anunciou o apoio à candidatura de Bernadete (PSOL).

A decisão aconteceu durante reunião municipal do partido realizada virtualmente. Durante o evento, o partido informou que, após oferecer o nome do porta voz do Movimento Reúne Ilhéus, Marcolino Vinicius, como pré-candidato nestas eleições, foi decidida aceitar o convite do PSOL na formação de uma chapa conjunta.

Neste ano, o calendário das eleições foi adiado por causa da pandemia do coronavírus. O primeiro turno acontece em 15 de novembro, e o segundo, em 29 de novembro, de acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

“No dia vinte e sete de setembro, os partidos irão realizar uma live conjunta para apresentar a plataforma de site ILHÉUS 500 ANOS SE A CIDADE FOSSE NOSSA. Campanha de construção por um projeto de cidade com participação popular nas decisões da prefeitura e câmara. É a radicalização de gestão democrática ouvindo as pessoas que moram nos bairros e vivem a cidade efetivamente para construir políticas públicas que as pessoas querem ao invés da vontade política de pequenos feudos”. Afirma Luiza Conceição coordenadora de Campanha do UP em ilhéus.

Marcolino Vinicius Vieira, porta voz do Movimento Reúne Ilhéus, Jovem negro da favela na zona sul ilheense é Graduando em gestão pública na Universidade Salvador e acadêmico da Universidade Internacionalista UNILAB. “Temos tarefa ancestral, há convicção de que o momento histórico é de nós juventude negra pela nossa existência e vida somar e multiplicar força com as mulheres, ao invés de dividir.” Afirma.

Com um programa e direção partidária similar ao Panteras Negras, partido de negras e negros do Estados Unidos da década de 60, o partido Unidade Popular (UP) no Brasil, é um partido irmão do partido Panteras Negras pelos mesmos princípios de emancipação da população negra.

“A UP nasce da vontade consciente de centenas de militantes que não foram contaminados pela burocracia dos gabinetes e não tiveram medo de ir às ruas, praças, trens, metrôs, portas de escolas, universidades e fábricas, vilas e favelas e coletaram 1,2 milhão de assinaturas de apoio para a legalização do partido”, disse à Revista Fórum, Leonardo Péricles, de 37 anos, presidente Nacional do Partido.

O UP obteve seu direito a lançar candidaturas reconhecido pelo Tribunal Superior Eleitoral em 10 de dezembro de 2019 com o número de legenda partidária 80.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.