Ieprol – Matrículas Abertas – Desktop Mobile
AACRRI – Reconstrução PIX – Desktop/Mobile
Itajuípe – Dengue Novo – Desktop/Mobile
Plansul – 31 anos – Desktop/Mobile
Buerarema – Fevereiro Roxo e Laranja – Desktop/Mobile

PODCAST SEM FILTRO RECEBE CONVIDADAS PARA ENCERRAMENTO DO MÊS DA MULHER

Em um formato diferente, o programa Sem Filtro, desta quarta-feira, recebeu convidadas para uma roda de conversa sobre temas que foram da política municipal aos procedimentos estéticos nocivos à saúde da mulher.

A primeira convidada para a mesa foi Tia Nem, que é conhecida no município pelas suas opiniões políticas firmes. Ao se referir a Câmara de Vereadores de Itabuna, Tia não exitou em falar que nenhum dos parlamentares a representa, nem mesmo a única vereadora mulher da casa, Wilmaci Oliveira.

“Eu não vejo muita ação da Câmara, eu vejo coisas pontuais. A população não sabe quem são os vereadores dessa cidade. Pra mim, a Câmara de Vereadores atual não me representa”, disse.

   

Em seguida, a médica e secretária de saúde de Itabuna, Lívia Mendes, fez uma denúncia ao vivo durante a transmissão. Segundo a gestora da pasta, cerca de 400 mil cartões do SUS foram emitidos no município. “De acordo o último Censo, Itabuna tem 210, 213 mil habitantes. Como podemos ter 400 mil cadastros no SUS e cartões emitidos?”, perguntou Lívia.

A gestora afirmou que essa discrepância gera demandas maiores do que o município consegue dar conta e a saturação dos cadastros afeta diretamente nos serviços prestados. A secretária ainda sugeriu que fosse feita uma visita em cada endereço cadastrado para conferir se a pessoa realmente reside no município.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.