COLÉGIO JORGE AMADO
Pref ilhéus
Buerarema
Plansul
Ieprol

PORTO SEGURO: OPERAÇÃO NO EXTREMO SUL DA BAHIA IDENTIFICA TRÊS VEÍCULOS CLONADOS CIRCULANDO NA BR-367

No combate às fraudes veiculares, policiais rodoviários federais em ação conjunta com policiais militares da RONDESP recuperaram dois veículos nesta sexta-feira (03) durante fiscalização na BR-367, no município de Porto Seguro.

A primeira ocorrência foi registrada por volta das 09h50, na altura do quilômetro 35, quando os policiais deram ordem de parada a uma caminhonete FIAT/Palio, conduzido por um homem de 33 anos.

Durante a vistoria no veículo, foram encontradas indícios de adulterações nos caracteres do carro (motor, vidros e etiquetas). Com técnicas de análise criminal em fraudes veiculares, os PRFs perceberam elementos que indicavam outro veículo, da mesma marca e modelo, porém com placas diferentes. Essa modalidade é utilizada para tentar ‘burlar’ fiscalizações da polícia.

A polícia também analisou um Boletim de Ocorrência, registrado pelo proprietário do Pálio verdadeiro, que teve os dados clonados e estava sendo utilizado no automóvel que possuía ‘queixa’ de crime. Ele informou que estava recebendo multas em lugares que nunca trafegou e também pontos na carteira sem ter cometido infração de trânsito.

Após consulta ao sistema de dados, os agentes federais constataram se tratar na realidade de um veículo furtado em novembro/2020, na cidade mineira de Contagem.

Em seguida, em uma verificação minuciosa do Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV), as equipes identificaram indícios de falsificação e com sinais claros de adulterações nos caracteres de impressão.

Questionado, o motorista disse ainda que o Pálio foi adquirido há cerca de 4 meses por 16.000 reais na cidade de Porto Seguro.

Ele foi preso e encaminhado para a Delegacia de Polícia pelo crime do art. 180 (receptação) e mais o art. 304 (uso documento falso), ambos do Código Penal.

Já por volta 12h35, os policiais abordaram um Ford/KA, com 02 ocupantes. A ação aconteceu no Km 23 da rodovia.

O motorista apresentou uma CNH vencida e em um primeiro momento verificaram também que o para-brisa estava trincado, configurando infrações de trânsito.

Foi feita uma vistoria minuciosa no automóvel e com técnicas de identificação veicular, os policiais constataram se tratar na realidade de um carro roubado, conforme uma ‘queixa’ de crime registrada em janeiro/2021, na cidade de Teixeira de Freitas.

Aos policiais, o condutor informou que pagou pelo carro 35.000 reais. Disse ainda que parte do pagamento foi feita com a entrega de queijos e outra parte foi parcelada. A ocorrência foi apresentada a autoridade de plantão da Polícia Civil, em Porto Seguro.

Desta forma, foi possível evitar que estes veículos voltassem a circular ilegalmente, já que com a ‘expertise’ dos policiais tiveram as identidades originais reveladas e origens ilícitas expostas.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.