Ieprol – Matrículas Abertas – Desktop Mobile
AACRRI – Reconstrução PIX – Desktop/Mobile
Buerarema – Fevereiro Roxo e Laranja – Desktop/Mobile
Itajuípe – Dengue Novo – Desktop/Mobile
Plansul – 31 anos – Desktop/Mobile

PREFEITO COBRA AO ESTADO MELHORIA NA SEGURANÇA PÚBLICA DE MATA DE SÃO JOÃO

Em decorrência dos últimos casos de violência ocorridos em Mata de São João, o prefeito João Gualberto encaminhou em 28 de janeiro, ofício à Secretaria de Segurança Pública do Estado da Bahia solicitando a concessão de uma audiência para tratar de questões cruciais que dizem respeito aos assassinatos que vem ocorrendo em progressão geométrica na cidade, a fim de solicitar urgência na adoção de medidas para apoiar o efetivo local e proteger a população.

Esta não é a primeira vez que o gestor municipal tenta resolver a questão da violência no município. Nos dias sete de outubro e vinte e nove de novembro de 2021, o prefeito de Mata de São João esteve pessoalmente com o então secretário de segurança pública do Estado, Sr. Ricardo Mandarino. Os encontros tiveram o objetivo de solicitar do órgão ações mais efetivas de prevenção e combate à violência urbana no município.

“Reconhecemos o esforço dos agentes de segurança pública estadual, para atender as demandas do nosso município. Eles buscam prestar o melhor serviço à população. Mas se esbarram em limitações estruturais e de pessoal, para realizarem os seus trabalhos de forma efetiva”, explica João Gualberto.

Entre as demandas levadas pelo Prefeito nas duas reuniões, estava a aquisição de novas viaturas, inclusive traçadas, e o aumento dos efetivos policiais e da infraestrutura para eles trabalharem.

Quase dois anos depois, a situação da segurança no município se encontra e mais abandono pelo Governo do Estado. Apesar de ter no Artigo 144 da Constituição que a Segurança Pública é dever do estado, a gestão municipal dá suporte e busca oferecer boas condições de trabalho e moradia a esses profissionais.

A Prefeitura de Mata de São João mantém apoio aos agentes de segurança pública que atuam no município. Só em 2022, a prefeitura teve um gasto de 658.961,09 (seiscentos e cinquenta e oito mil, novecentos e sessenta e um reais e 9 centavos), com o consórcio firmado entre a Gestão Municipal e a SSP.

Entre os custos, a Prefeitura gastou com servidores cedidos ao pelotão e à delegacia, a quantia de R$172.340,16. Com veículo e combustível, o investimento foi de R$121.646,29 para a Polícia Civil e R$141.589,28 para a Polícia Militar. Só de material de expediente e limpeza, locação de imóveis e alimentação custodiados e guarnições, foram gastos R$223.385,36.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.