Plansul
COLÉGIO JORGE AMADO
Buerarema
Pref ilheus junho
Ieprol

PRESIDENTE, VICE-PRESIDENTE E PREFEITOS DO CIMA PARTICIPAM DO MAIOR EVENTO MUNICIPALISTA DO PAÍS

Realizada em Brasília dos dias 25 a 28, a XXIII Marcha dos Prefeitos a Brasília foi realizada pela Confederação Nacional dos Municípios(CMN) e contou com a presença de milhares de gestores de todo país, para o debate de pautas que embora sejam votadas em Brasília impactam diretamente nas gestões municipais.

O Presidente do CIMA e Prefeito de Jussari Antônio Valete, entusiasta do movimento municipalista, ressaltou a importância da união dos prefeitos na busca por soluções para a melhoria da gestão pública . “As leis acontecem aqui em Brasília, mas é nos municípios que a vida acontece, que as políticas públicas são de fato efetuadas. Antes de qualquer coisa é preciso pensar nos impactos causados nos municípios. Tivemos no início do ano a lei do piso do magistério que impacta diretamente nas finanças do município. Somos a favor das valorizações e dos reajustes salariais , mas para executá-los precisamos ter por parte do Governo Federal a destinação de recursos”.

Lideranças da política baiana como o Presidente da AMURC e Prefeito de Buerarema, Vinicius Ibrann e o Presidente da UPB e Prefeito de Jequié Zé Cocá, o Vice-presidente do CIMA e prefeito de Camacan, Paulo do Gás, a prefeita de Pau Brasil, Bárbara Suzete e o prefeito de Arataca Ferlú Mansur também participaram da marcha que contou com a participação de mais de sete mil pessoas por dia.

De acordo com o Vice-Presidente do CIMA e Prefeito de Camacan, Paulo do Gás, as pautas municipalistas são de fundamental importância para o sucesso das gestões públicas. “Vivemos realidades diferentes em um país plural, alguns municípios possuem muitos recursos e muitos municípios vivem endividados por possuírem recursos insuficientes para as despesas com folha de pagamento e investimentos em políticas públicas, mas quando se vota uma lei em Brasília todos são atingidos de maneira igualitária”.

Várias pautas defendidas na XXIII Marcha em Defesa dos Municípios dependem de votação na Câmara e no Senado, por isso, a presença dos prefeitos em Brasília é de extrema importância.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.