Gov estado saude
Prefeitura de Itabuna
Buerarema
uruçuca novo
Laryssa Rocha
Faculdade de Ilhéus
Jequitibá
Ieprol

QUASE 9 MILHÕES PERDEM TRABALHO NO SEGUNDO TRIMESTRE, DIZ IBGE

A primeira pesquisa de desemprego do IBGE a abranger três meses completos da pandemia do Coronavírus, trouxe uma sucessão de dados negativos e confirmou a percepção de que trabalhadores menos qualificados e informais foram mais atingidos pela crise. O resultado foi divulgado na íntegra pela Folha de São Paulo.

Segundo o instituto, 8,9 milhões perderam o trabalho, a maior queda no formato atual da enquete. No segundo trimestre, 83,3 milhões tinham algum tipo de ocupação, o menor patamar da série histórica.

A subutilização também foi recorde, assim como o contingente de desalentados –os que gostariam de trabalhar mas desistiram de buscar vaga. Esses números apontam que a taxa de desemprego, 13,3%, ainda não reflete totalmente o cenário.

Para os especialistas, o indicador já teria atingido a marca de 21,5% caso a pandemia não tivesse levado tanta gente a ficar em casa e evitar as ruas. A expectativa é que ele comece a subir com o relaxamento do isolamento social.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.