Coronavírus Ilhéus
Prefeitura de Ilhéus 1
Serra Grande
Ieprol
Ubaitaba Inst novo
Buerarema
URUÇUCA

QUATRO MULHERES BAIANAS SÃO APROVADAS EM MOVIMENTO NACIONAL QUE VISA FORTALECER A PARTICIPAÇÃO FEMININA NAS CÂMARAS MUNICIPAIS

Se as eleições de 2018 ficaram marcadas pelas candidaturas laranjas de mulheres, o movimento Vamos Juntas deseja que o pleito municipal de 2020 seja lembrado pela forte presença feminina na política. O projeto nacional contará com quatro representantes da Bahia.

Cabe ressaltar que o Vamos Juntas é um movimento suprapartidário, ou seja, sem ligação com qualquer partido, idealizado pela deputada federal Tábata Amaral, e visa potencializar as chances de eleições femininas em 2020. Ele contará com mentoria, formação política, apoio em rede e desenvolvimento pessoal.

Entre os apoiadores do projeto estão Pedro Bial, Bela Gil, Fábio Porchat, Mara Gabrilli, além de outras figuras públicas. Em todo o país. Apesar da incerteza em relação as eleições municipais, o processo de mentoria já começará a partir do mês de abril.

Selecionadas

Uma delas é a ativista pela Educação Isabela Sousa, de Campinas de Pirajá. Com 23 anos, ela é a única representante de Salvador. Atualmente, a ativista é líder estadual do Movimento Acredito, representante do RenovaBR, Raps – Rede de Ação Política para Sustentabilidade e Embaixadora do Brasil no One Young World – Maior Congresso de Jovens Líderes do Mundo.

“A política hoje, de fato, não é representativa. As mulheres são mais da metade da população, mas representam apenas 15% do Congresso Nacional. Ao nos darmos conta dessa realidade, não podemos cruzar os braços para isso. 2020 chega com o sonho de mudarmos esse cenário e é preciso ter coragem e estar preparada para fazer diferente”, ressalta Isabela.

A cidade de Itabuna também contará com uma representante. Ellen Prince, de 32 anos, é diretora executiva, também faz parte do Renova Br e do Politize e afirma que o Vamos Juntas é uma oportunidade de fortalecer a inclusão de mulheres na política. “Sou uma eterna entusiasta por mais mulheres na política e levo isso como missão de vida. O Vamos Juntas é uma grande oportunidade de fortalecer essa luta”.

Amanda Brito, da cidade de Catu, também foi uma das aprovadas do programa nacional. Ativista pelos direitos das pessoas com deficiência e especialista em Educação, a administradora de 32 anos acredita que o projeto fortalecerá ainda mais a participação feminina nas eleições de 2020.

A quarta selecionada foi a empreendedora Juci Cardoso, de Alagoinhas, que acredita que “a democracia só será plena com a ampliação da representação das mulheres nos espaços de decisão e poder”. Ela afirma ainda que o Vamos Juntas é uma representação de renovo na esperança por dias melhores.

Processo Seletivo

Elas passaram por rigorosas etapas seletivas, que contaram com entrevistas, análise da trajetória e atuação política, bem como um diagnóstico sobre os valores e objetivos para o ano eleitoral. Inclusão social, equidade, democracia efetiva, diversidade e ética na política são os principais valores do programa, e para fazer dele era necessário estar alinhado aos seus ideais.

Dados

O foco nas eleições municipais de 2020 visa reverter um conhecido quadro de sub-representação feminina na política que se acentuou em 2016. De acordo com o TSE (Tribunal Superior Eleitoral), só 641 mulheres foram eleitas para o cargo de prefeita nas últimas eleições municipais. O número representava 11,57% do total. O resultado representou queda em relação ao pleito de 2012, quando houve 659 prefeitas eleitas (11,84% do total).

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.