Augusto
Guinho
Isaac Nery
Capitão
Son Gomes
Junior Brandão
Prefeitura de Ilhéus julho/ago
Laryssa Rocha
Faculdade de Ilhéus
Jequitibá
Pref itabuna
Câmara itb 1
Ieprol

“QUEM SENTAR NA CADEIRA DE PREFEITO VAI PRECISAR TER AUSTERIDADE COM AS DESPESAS”, DIZ JÚNIOR BRANDÃO EM ENTREVISTA

O vereador Júnior Brandão (REDE Sustentabilidade) foi o entrevistado desta quinta-feira, 2, na série de entrevistas com os pré-candidatos a prefeito de Itabuna, promovida pelo Blog ipolítica em parceria com o programa Bom Dia Bahia, da Rádio Difusora. O vereador, que é pré-candidato a prefeito, disse que apresentou a candidatura a partir de um pedido popular e de suas experiências em gestão pública, citando o Colégio Ciso, como exemplo.

Júnior foi questionado sobre diversos temas pelos jornalistas Ricky Mascarenhas e Ederivaldo Benedito. Um dos pontos abordados, foi a saída do vereador do Partido dos Trabalhadores – PT, para a REDE Sustentabilidade. Para Júnior, o desejo do ex-prefeito Geraldo Simões em ser também pré-candidato, fez com que ele buscasse um outro partido que abraçasse sua pré-candidatura. “Fiz muitas amizades no PT, o ex-prefeito Geraldo desejou ser pré-candidato. Vi que não seria bom enfrentá-lo numa prévia dentro da sigla”, disse Brandão. Vale ressaltar que fato similar ocorreu em 2012, com o então Vereador Claudevane Leite, que deixou o PT e filiou-se ao PRB para disputar as eleições para prefeito. Naquele ano, Vane terminou por vencer o pleito, evitando a reeleição do então prefeito, Capitão Azevedo, a época no DEM.

Outro ponto enfatizado por Júnior, foi a questão das políticas públicas para as minorias. Sendo cristão protestante, Brandão disse que as pessoas precisam ‘amar, respeitar e acolher’, referindo-se ao público LGBT+. “Precisamos de políticas sérias e de respeito ao público LGBT. Qualquer cristão protestante não pode praticar nenhum tipo de violência contra esse povo, precisamos sim amar, respeitar e acolher”, pontuou Júnior.

A cultura também foi pauta na entrevista, na ocasião o vereador relembrou de projetos que já existiram em Itabuna e que surtiram efeitos positivos para a sociedade, mas fez críticas à atual gestão em como vem tratando a pasta no município. “Convivemos com a falta de continuidade dos projetos de Itabuna, batem na porta da FICC (Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania) e não conseguem êxito. Precisamos de programas sérios para a nossa juventude, gosto muito de ouvi-los”, disse.

Já finalizando a entrevista, Júnior fez um breve relato sobre a situação política que vive Itabuna nesse momento e disse que o pré-candidato que for eleito, terá que ter austeridade nos gastos, ou seja, um rigor teórico nas contas. Disse também que abre mão de ser o nome, para poder compor um grupo que beneficie Itabuna. “Tenho o pé no chão para entender que se precisar recuar para um projeto que seja bom para Itabuna, eu recuo. O melhor nome e com possibilidades de ganhar, vamos apoiar. Estou aqui, nem que seja para contribuir”, finalizou.

Nesta sexta-feira, 3, o entrevistado seria o ex-deputado federal e ex-prefeito Geraldo Simões (PT), que já justificou sua ausência (Relembre aqui). As entrevistas serão retomadas na próxima segunda-feira, 6, com o vereador Jairo Araújo (PCdoB).

A rodada de entrevistas tem a produção e direção de Junior Paim, com cinegrafia e técnica de Lucas Haviner e Roberto Santos, e sonorização de Missinho Mendes e assessoria jurídica de Dr. Othon Henrique Dantas. O projeto tem o apoio do Hotel Leal Classic, Colégio Ieprol, Axé da Sorte e Fio Reto Camisaria.

Confira na íntegra a entrevista com Júnior Brandão:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.