Câmara de Vereadores
Prefeitura de Itabuna
Buerarema
Jequitibá
uruçuca novo
Laryssa Rocha
Ieprol

“QUEM SENTAR NA CADEIRA DE PREFEITO VAI PRECISAR TER AUSTERIDADE COM AS DESPESAS”, DIZ JÚNIOR BRANDÃO EM ENTREVISTA

O vereador Júnior Brandão (REDE Sustentabilidade) foi o entrevistado desta quinta-feira, 2, na série de entrevistas com os pré-candidatos a prefeito de Itabuna, promovida pelo Blog ipolítica em parceria com o programa Bom Dia Bahia, da Rádio Difusora. O vereador, que é pré-candidato a prefeito, disse que apresentou a candidatura a partir de um pedido popular e de suas experiências em gestão pública, citando o Colégio Ciso, como exemplo.

Júnior foi questionado sobre diversos temas pelos jornalistas Ricky Mascarenhas e Ederivaldo Benedito. Um dos pontos abordados, foi a saída do vereador do Partido dos Trabalhadores – PT, para a REDE Sustentabilidade. Para Júnior, o desejo do ex-prefeito Geraldo Simões em ser também pré-candidato, fez com que ele buscasse um outro partido que abraçasse sua pré-candidatura. “Fiz muitas amizades no PT, o ex-prefeito Geraldo desejou ser pré-candidato. Vi que não seria bom enfrentá-lo numa prévia dentro da sigla”, disse Brandão. Vale ressaltar que fato similar ocorreu em 2012, com o então Vereador Claudevane Leite, que deixou o PT e filiou-se ao PRB para disputar as eleições para prefeito. Naquele ano, Vane terminou por vencer o pleito, evitando a reeleição do então prefeito, Capitão Azevedo, a época no DEM.

Outro ponto enfatizado por Júnior, foi a questão das políticas públicas para as minorias. Sendo cristão protestante, Brandão disse que as pessoas precisam ‘amar, respeitar e acolher’, referindo-se ao público LGBT+. “Precisamos de políticas sérias e de respeito ao público LGBT. Qualquer cristão protestante não pode praticar nenhum tipo de violência contra esse povo, precisamos sim amar, respeitar e acolher”, pontuou Júnior.

A cultura também foi pauta na entrevista, na ocasião o vereador relembrou de projetos que já existiram em Itabuna e que surtiram efeitos positivos para a sociedade, mas fez críticas à atual gestão em como vem tratando a pasta no município. “Convivemos com a falta de continuidade dos projetos de Itabuna, batem na porta da FICC (Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania) e não conseguem êxito. Precisamos de programas sérios para a nossa juventude, gosto muito de ouvi-los”, disse.

Já finalizando a entrevista, Júnior fez um breve relato sobre a situação política que vive Itabuna nesse momento e disse que o pré-candidato que for eleito, terá que ter austeridade nos gastos, ou seja, um rigor teórico nas contas. Disse também que abre mão de ser o nome, para poder compor um grupo que beneficie Itabuna. “Tenho o pé no chão para entender que se precisar recuar para um projeto que seja bom para Itabuna, eu recuo. O melhor nome e com possibilidades de ganhar, vamos apoiar. Estou aqui, nem que seja para contribuir”, finalizou.

Nesta sexta-feira, 3, o entrevistado seria o ex-deputado federal e ex-prefeito Geraldo Simões (PT), que já justificou sua ausência (Relembre aqui). As entrevistas serão retomadas na próxima segunda-feira, 6, com o vereador Jairo Araújo (PCdoB).

A rodada de entrevistas tem a produção e direção de Junior Paim, com cinegrafia e técnica de Lucas Haviner e Roberto Santos, e sonorização de Missinho Mendes e assessoria jurídica de Dr. Othon Henrique Dantas. O projeto tem o apoio do Hotel Leal Classic, Colégio Ieprol, Axé da Sorte e Fio Reto Camisaria.

Confira na íntegra a entrevista com Júnior Brandão:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.