COLÉGIO JORGE AMADO
Pref ilhéus
Buerarema
Plansul
Ieprol

SECRETARIA DE SAÚDE PASSA A APLICAR TERCEIRA DOSE COM CINCO MESES EM ITABUNA

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Rede de Frio do Departamento de Vigilância em Saúde, comunica a redução do intervalo para vacinação com a terceira dose. O prazo que era de seis meses foi reduzido para cinco meses. Além disso, a dose de reforço será realizada em todos os adultos de forma escalonada, por critério etário.

A alteração segue decisão estabelecida pelo Ministério da Saúde e pela Comissão Intergestora Bipartite – CIB, órgão responsável pela vacinação no âmbito estadual e segundo Nota Técnica nº 15 – CIVEDI/DIVEP/SUVISA/S divulgada pela Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab).

“A oferta da dose de reforço da vacina contra o Covid-19 será ampliada para adultos de 18 a 59 anos, a partir do dia 20 de novembro. Neste contexto, serão 9.053.744 indivíduos aptos a tomar a dose de reforço no estado da Bahia, de forma escalonada com base no intervalo de 5 meses após a segunda dose”, diz a Nota.

Os idosos acima de 60 anos, trabalhadores da saúde e pessoas com a imunossupressão já vinham sendo contemplados com essa dose. Agora, toda a população está apta para a terceira dose, de acordo com os critérios exigidos acima, como a escalonidade da faixa etária.

INTERCAMBIALIDADE

Ainda segundo o documento, a intercambialidade – combinação de vacinas diferentes – aumenta significativamente a imunidade. Neste sentido, vale destacar que pessoas que foram imunizadas com a Coronavac e Oxford nas primeiras e segundas doses, recebem a dose de reforço da Pfizer.

E para aquelas que receberam a Pfizer, nas primeiras e segundas doses, são imunizadas com a dose de reforço da Astrazeneca/Oxford. No caso da Janssen, que a princípio seria dose única, “a partir de agora, uma segunda dose da Janssen será aplicada com intervalo de oito semanas após a primeira.” segundo a Nota Técnica da SESAB.

Após concluir o ciclo vacinal, uma dose de reforço também será aplicada naqueles que se imunizaram com a Janssen, respeitando o prazo de cinco meses, sendo que a terceira dose será da vacina Pfizer, partindo do princípio da intercambialidade. Atualmente, o município dispõe das vacinas Coronavac, Oxford e Pfizer.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.