Plansul
COLÉGIO JORGE AMADO
Buerarema
Pref ilheus junho
Ieprol

SENADOR ACUSA GOVERNO DE DESFIGURAR A CLT

O senador Lindbergh Farias (PT-RJ) condenou nesta terça-feira, 21 em Plenário, a reforma da Previdência, ainda em análise na Câmara dos Deputados. Ele ponderou que a reforma proposta pelo governo Temer cria uma modalidade de trabalhador que recebe menos de um salário mínimo, sem direito ao seguro desemprego e à aposentadoria.

De acordo com a Agência Senado, Lindbergh criticou ainda a Medida Provisória (MPV) 808/2017, que altera pontos da reforma trabalhista, que entrou recentemente em vigor. Ele considera que o texto piora a legislação, estabelece “um novo trabalho escravo”, além de desfigurar a CLT.

Essa proposta abre uma segunda fase de reformas trabalhistas onde o resultado, disse ele, será uma nova categoria de trabalhadores que chegarão à velhice sem o direito de se aposentar. “É tanta desgraça que vem neste governo Temer, que a gente não pode deixar de se mobilizar e de ficar atento à tramitação de projetos como esse” declarou.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.