Plansul
uruçuca novo
Emasa
Cerveja Je assunção
Buerarema
Ieprol

SINDPREV ALERTA PARA O RISCO DE NÃO HAVER NOVAS APOSENTADORIAS A PARTIR DE 2040

O Sindicato dos Trabalhadores Federais em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social Social alerta a sociedade para o risco de redução do número de aposentados pelo INSS nos próximos 20 anos. Durante discussão no VIII Congresso Estadual da entidade, que está sendo realizado em Salvador, nesta sexta-feira (30), foram abordados os riscos de colapso após a vigência da Reforma Trabalhista, sancionada pelo então presidente Michel Temer.

“Sobre a questão da aposentadoria, a gente acredita que a Reforma Trabalhista causará um impacto devastador na Previdência Pública nas próximas duas décadas. O dispositivo chamado jornada intermitente de trabalho reduz drasticamente a contribuição ao INSS, pois o trabalhador fica no dilema entre comer e pagar a parcela que garante a sua aposentadoria”, pontua Valdemir Medeiros, diretor do Sindprev.

Ele explica ainda que a Previdência Social é um fundo solidário. “Na medida que não tem contribuição, ela [previdência] vai quebrar lá na frente e não terá pagamento para o aposentado”, completa.

Segundo Medeiros, a crueldade com o trabalhador se completou com a reforma previdenciária e tende a ser maior, caso a PEC 32 seja aprovada. “A reforma Administrativa não é só a retirada de emprego, mas o fim dos concursos públicos. Quando não tem concurso público, o capital vai deter a oportunidade, porque ele é que manda. Quando não tem concurso público, o trem da alegria é que vai fazer indicações para os trabalhos e a preocupação da PEC 32, é passar sem que a gente se mobilize e movimente”, finalizou.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.