Cerveja Je assunção
uruçuca novo
Buerarema
Plansul
Ieprol
Navegação na tag

ACI

ACI APOIA E PARTICIPA DO EVENTO DE CRÉDITO PARA MICRO E PEQUENAS EMPRESAS, DIA 12

A Associação Comercial e Empresarial de Itabuna estará participando e apoiando o evento que vai levar aos pequenos empresários itabunenses, mais conhecimento sobre as linhas de crédito disponíveis para micro e pequenas empresas, na próxima quarta-feira, 12, às 18h30, no Teatro Candinha Dórea. As vagas limitadas e as inscrições gratuitas já estão sendo feitas através do link: http://bit.ly/creditoitb

O evento é uma realização da Prefeitura Municipal de Itabuna, através da Secretaria de Indústria, Comércio, Emprego e Renda e Sebrae Bahia, com apoio das seguintes instituições: ACI, CDL, Núcleo de Apoio ao Crédito (NAC), Sindicom, Desenbahia, Banco do Nordeste, Banco do Brasil e Sicredi.

No encontro, os representantes das instituições financeiras farão uma apresentação sobre as condições para acessar recursos financeiros de forma diferenciada. Além disso, o Sebrae dará dicas sobre a gestão financeira dos pequenos negócios.

Leia mais...

OITO EM PONTO ABORDA HOSPITAL COSTA DO CACAU E COMÉRCIO INFORMAL EM ITABUNA

O Programa Oito em Ponto desta sexta-feira, 23, no Canal iPolitica Bahia no YouTube, abordou dentre diversos assuntos, a gestão do Hospital Regional Costa do Cacau e a desorganização do comércio informal em Itabuna.

No primeiro bloco, Gabriel Guedes conversou com o Diretor Técnico do HRCC, José Américo Resende Júnior, sobre a gestão da unidade hospitalar. “Uma verdadeira aula”, comentou o apresentador.

Já no segundo bloco, o entrevistado foi o empresário e dirigente da Associação Comercial de Itabuna, Mauro Ribeiro. A pauta foi sobre o comércio informal na cidade, considerado desorganizado pela ACI, e pelo classe empresarial.

Diretor da ACI, Mauro Ribeiro

O Programa Oito em Ponto vai ar de segunda a sexta-feira, ao vivo, no Canal iPolitica Bahia no YouTube.

Veja as entrevistas, na íntegra:

Leia mais...

ITABUNA: EMPRESÁRIOS DEBATEM COMÉRCIO INFORMAL COM A SECRETÁRIA MARIANA ALCÂNTARA

A necessidade de reorganização do comércio informal foi uma das temáticas debatidas na Reunião Ordinária da ACI, nesta segunda-feira, 19, com a participação dos empresários associados e a secretária de Segurança e Ordem Pública da prefeitura de Itabuna, Mariana Alcântara. O encontro reuniu ainda representantes da Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL de Itabuna e do Sindicato do Comércio Atacadista e Varejista de Itabuna – Sindicom.

A ideia, segundo o presidente da ACI, Sérgio Velanes, é unir as entidades em torno da resolução de demandas relacionadas ao comércio de Itabuna, principalmente no período da pandemia, momento em que o setor produtivo tem buscando apoio do Poder Público Municipal, através de isenções tributárias e auxílios financeiros para continuar funcionando e gerando emprego e renda.

Um dos principais assuntos debatidos na reunião foi a insatisfação dos empresários com a desorganização do comércio informal no centro da cidade. As calçadas têm sido ocupadas diariamente com barracas e carros de mão portando até produtos alimentícios. Nesse sentido, foi sugerido a realização de ações enérgicas por parte do município, para a reorganização desses camelôs, visando moralizar o comércio informal.

A secretária Mariana Alcântara disse que identificou um problema na documentação do Shopping Popular, onde está alocada uma parte dos trabalhadores informais. “Estamos trabalhando para tentar continuar mantê-los onde eles estão ou avaliar uma proposta de um aluguel em outro espaço no centro da cidade. Estaremos realizando um cadastramento in loco para identificar cada um deles e verificar a regulamentação da Associação dos Camelos”, explicou Mariana.

Conscientização

O encontro foi também uma oportunidade para a classe conhecer a campanha de conscientização sobre as medidas de combate a Covid-19 que já está sendo veiculada na televisão e em peças de outdoor, realizado em parceria da ACI, CDL, Sindicom e a TV Santa Cruz. A ideia da propaganda, segundo Sérgio, é de que, “através da união é possível encontrar o caminho, buscando a compreensão e o entendimento de todos sobre a pandemia”.

Leia mais...

ITABUNA: ACI APOIA ASSOCIAÇÃO DE BARES E RESTAURANTES SOBRE FLEXIBILIZAÇÃO DE MEDIDAS NA PANDEMIA

Integrantes da Associação de Bares e Restaurantes de Itabuna estiveram reunidos nesta segunda-feira, 19, com os promotores de Justiça, Susila Machado e Inocêncio de Carvalho para apresentar a atual situação de dos donos de bares e restaurantes de Itabuna e requereram o apoio do Ministério Público. A ACI apoia a iniciativa, tendo em vista que o setor foi grandemente afetado com a pandemia.

Franklin Bastos, diretor de eventos da Associação Comercial e Empresarial de Itabuna (ACI) falou sobre a necessidade de flexibilização responsável das medidas adotadas neste momento da pandemia, bem como da necessidade de incentivos para os empresários do setor, abrangendo também, além de bares e restaurantes, toda a cadeia de eventos. Também estiveram presentes, o empresário Rogério Sbardelotto e o empresário e advogado, Daniel Pereira.

Sobre as propostas entregues ao Poder Público Municipal para minimizar os prejuízos causados pela pandemia, os representantes da Associação disseram que não houve ainda, medidas efetivas por parte da gestão municipal para conter os prejuízos da categoria. Já a promotora Susila explanou sobre a ciência da situação dos comerciantes em meio a pandemia, destacando a importância de formação associativa para diálogo com os órgãos públicos.

Leia mais...

EMPRESÁRIOS APOIAM PEDIDO DE PROVIDÊNCIA DA CÂMARA PARA MEDIDAS DE AUXÍLIO ÀS EMPRESAS

Empresários associados a ACI participaram, nesta quarta-feira, 14, da sessão de 100 dias da Câmara Municipal de Vereadores e acompanharam a leitura do pedido de providência do vereador Israel Cardoso, que defende medidas para auxiliar as empresas que estão sofrendo com a pandemia da Covid-19 e já foi entregue a Prefeitura de Itabuna.

O documento protocolado na Câmara foi motivado a partir do debate da ACI, CDL e Sindicom, que solicita do Poder Público Municipal, a isenção de IPTU e taxas de alvará para as empresas que sofreram fechamentos por conta da pandemia; a prorrogação e parcelamento do ISS; a suspensão da taxa de publicidade; suspensão da tarifa de água (bares, restaurantes e eventos) e criação de um plano de recuperação da economia no pós-pandemia.

De acordo com o diretor da ACI, Mauro Ribeiro, os empresários destacam ainda, a necessidade de estabelecer um auxílio para as empresas, que por mais de um ano vem enfrentando dificuldades para a manutenção dos seus negócios, sobretudo as pequenas e médias empresas.

“Essas empresas precisam de um auxílio para que consigam manter os empregos que elas geram, e se manterem de portas abertas, assim como o setor de eventos, bares, restaurantes, hotéis e serviços, que sofreram um grande impacto com as restrições”, destacou o empresário.

De posse desse documento, a prefeitura precisa analisar os estudos técnicos e a parte jurídica para verificar o que pode ser feito, e, com isso, transformar em um Projeto de Lei. “A partir de agora a gente vai dialogar com a prefeitura para que eles possam construir esse projeto com os benefícios e auxílios necessários para a manutenção da economia local”.

Leia mais...

ENTIDADES SOLICITAM APOIO DO PODER PÚBLICO PARA A FLEXIBILIZAÇÃO DE IMPOSTOS

Visando buscar o entendimento do Poder Público Municipal quanto a revisão de impostos cobrados para a manutenção das empresas durante a pandemia do Coronavírus, representantes da Associação Comercial e Empresarial de Itabuna – ACI, com apoio do CDL e Sindicom, entregaram um ofício ao secretário de Indústria e Comércio de Itabuna, Ricardo Xavier nesta segunda-feira, 12, com a participação de representantes da ACI e da prefeitura.

O documento solicita a isenção de IPTU e taxas de alvará para as empresas que sofreram fechamentos por conta da pandemia; a prorrogação e parcelamento do ISS; a suspensão da taxa de publicidade; suspensão da tarifa de água (bares, restaurantes e eventos) e criação de um plano de recuperação da economia no pós-pandemia.

O mesmo ofício foi entregue na semana passada, ao presidente da Câmara de Vereadores, Erasmo Ávila, que se comprometeu em apresentar a pauta no plenário. A ideia, segundo o diretor da ACI, Mauro Ribeiro, é “iniciar um diálogo com os Poderes Públicos para que possam avaliar as cobranças, principalmente, entre os pequenos empresários que estão sofrendo com a pandemia”.

O presidente da ACI, Sérgio Velanes, representou as entidades empresariais e chamou a atenção para a necessidade de criação de um auxílio para as empresas que foram afetadas com a crise na saúde pública. “No âmbito municipal, precisamos pensar em medidas para ajudar o CNPJs, que por mais de um ano vem enfrentando dificuldades para a manutenção dos seus negócios”.

O secretário Ricardo Xavier destacou que o município tem defendido a flexibilização do comércio de Itabuna e entende a importância do setor para o desenvolvimento econômico da cidade. Sobre a proposta de auxílio às empresas e as demandas com os tributos, o Ricardo disse que estará avaliando junto ao prefeito, obedecendo aos critérios estabelecidos na lei do município.

Leia mais...

ACI É CONTEMPLADA COM O PROGRAMA CAPACITAR

A Associação Comercial e Empresarial de Itabuna – ACI firmou uma parceria com a Federação das Associações Comerciais e Empresariais da Bahia (Faceb), que conta com o apoio e parceria do Sebrae Nacional para capacitar integrantes da diretoria, do conselho, bem como funcionários e colaboradores. A apresentação oficial do programa será nesta quarta-feira, 7, às 17 horas, no auditório da ACI de Itabuna, atendendo aos protocolos sanitários.

O convênio foi assinado nesta terça-feira, 6, com a presença do presidente da ACI, Sérgio Velanes e o gestor local do programa, Franklin Bastos.

O Capacitar pretende dotar a entidade de competências específicas de apoio e disponibilização de serviços para as empresas associadas, a promoção de atividades empreendedoras e aumento da competitividade empresarial no município. “Convido a todos para participar e colaborar com a construção de uma ACI mais efetiva e comprometida”, destacou o presidente Sérgio.

Os objetivos específicos estão fundamentados em: implementar um programa de desenvolvimento organizacional na associação parceira, capacitando, além do consultor, seus diretores e executivos com ferramentas de gestão moderna associativa.

A ideia visa ainda compor portfólio de serviços e soluções para melhor atender as demandas dos associados e facilitar o acesso das empresas associadas a novos produtos e serviços, obtendo um melhor apoio no aumento de sua competitividade.

Leia mais...

PARCERIA ENTRE ACI E CIEE FOMENTA A CONTRATAÇÃO DE ESTUDANTES DO PROGRAMA JOVEM TALENTO

Em uma parceria firmada entre a Associação Comercial e Empresarial de Itabuna e o Centro de Integração Empresa-Escola, as empresas associadas à ACI terão a oportunidade de contratar estudantes do Ensino Médio e Técnico, capacitados pelo programa de Estágio Jovem Talento. A iniciativa foi oficializada durante uma reunião virtual com representantes das instituições. Mais informações pelo telefone da Associação: (73) 3613-1171.

Os jovens contratados participam de um programa de capacitações de Ensino a Distância, oferecido pelo CIEE, com o foco nos setores administrativo, comércio, tecnologia e finanças/contábeis. Aliado a isso, o empresário tem os benefícios de isenção de tributos trabalhistas, pois não há vínculo empregatício e está amparada na Lei do Estágio (Lei nº. 11.788/08).

Além de contribuir para a colocação do estudante no mercado de trabalho, a supervisora da Unidade de Atendimento de Itabuna, Gersolita Dagorete explicou que “o programa auxilia as empresas na preparação de um jovem que poderá ser seu futuro colaborador, diminuindo os custos com seleção e treinamento”.

O presidente da ACI, Sérgio Velanes parabenizou a iniciativa que visa treinar e capacitar jovens que muitas vezes buscam o primeiro emprego e não têm a capacitação exigida para ingressar no mercado de trabalho. “As empresas buscam por profissionais capacitados e capazes de interagir com as novas tecnologias”.

Dados

O Programa Jovem Talento será aplicado em Itabuna, em parceria com a ACI, com o objetivo de melhorar os índices de emprego entre os jovens.

Segundo números do IBGE divulgados em novembro de 2020, o desemprego da faixa etária entre 18 a 24 anos ficou em 31,4% no 3º trimestre de 2020. Na análise por Estados, os maiores percentuais ficaram com a Bahia (20,7%), Sergipe (20,3%) e Alagoas (20%).

Leia mais...

“A ECONOMIA ESTÁ DE MÃOS DADAS COM A SAÚDE”, DECLAROU O PRESIDENTE DA ACI, SÉRGIO VELANES EM REUNIÃO DO COMITÊ DA COVID-19

A afirmação do representante da classe empresarial reflete o posicionamento defendido em todas as reuniões do Comitê de Combate a Covid-19, oportunidade em que os empresários têm dialogado de forma constante com o Poder Público Municipal, na tentativa de buscar a melhor saída para o funcionamento do comércio local, com os protocolos de segurança sanitária.

Sérgio destacou que a classe empresarial tem sido parceira do município, em defesa da saúde da população. “Esse é um momento que necessita de muita união, diálogo e cooperação. Não existe nenhuma pressão por parte dos empresários. Todos estamos no mesmo barco em busca do melhor caminho. Estamos aqui para dialogar e encontrar a melhor saída para as dificuldades”.

Nesta quarta-feira, 17, o prefeito de Itabuna, Augusto Castro voltou a se posicionar a favor do comércio aberto, após o acordo firmado com os empresários, tendo em vista a aplicação de medidas restritivas de combate a Covid-19 e a fiscalização de agentes da prefeitura nos estabelecimentos comerciais da cidade. “O comércio precisa estar em funcionamento, para gerar emprego e renda, porque sabemos que a fome também mata”.

Leia mais...

EMPRESÁRIOS MANTÉM DIÁLOGO COM A PREFEITURA DE ITABUNA PARA GARANTIR O FUNCIONAMENTO DO COMÉRCIO

Em entrevista à Rádio Morena FM – 98,7, nesta sexta-feira, 12, o diretor da Associação Comercial e Empresarial de Itabuna (ACI), Mauro Ribeiro, falou que tem mantido um diálogo constante com o prefeito de Itabuna, Augusto Castro, durante todo o período da pandemia. A ideia, segundo ele, é encontrar um caminho positivo para o comércio, como gerador de emprego e renda, e, ao mesmo tempo, atender às exigências sanitárias de combate a Covid-19.

Nesse sentido, o empresário fez um apelo a toda sociedade e aos lojistas para seguirem os protocolos de combate ao vírus, colocando demarcação de distanciamento social nos estabelecimentos, incentivando o uso da máscara e do álcool em gel 70%. “Estamos felizes em ter conseguido abrir o comércio no sábado, em horário normal até as 14 horas. Mas é importante que as pessoas usem máscara, evitem aglomerações. Esse é o caminho, enquanto não temos a vacina para toda a população”.

Na próxima segunda-feira, 15, às 16hs, Mauro estará se reunindo com o Comitê de combate a Covid-19 do município, para tratar sobre o fechamento, anunciado esta semana, da avenida Cinquentenário para o fluxo de carros. “Iremos verificar, junto ao comitê, outros caminhos que possam ser tomadas que não seja o fechamento da avenida central de Itabuna”.

Leia mais...

ACI VAI CONTAR COM UMA CÂMARA PARA MEDIAÇÃO E ARBITRAGEM EMPRESARIAL

Oferecer celeridade à resolução de conflitos entre partes (pessoa física e jurídica), sem a necessidade de processo judicial é o foco da Câmara de Mediação e Arbitragem, que será instalada na sede da Associação Comercial e Empresarial de Itabuna (ACI). O lançamento virtual vai acontecer no dia 10/03, através da plataforma zoom – http://bit.ly/3qMuerE, com a participação de representantes da Federação das Associações Comerciais da Bahia, Confederação das Associações Comerciais do Brasil e autoridades locais.

A Câmara de Arbitragem é uma prática que já é regulamentada pela Lei 9.307/96, e segundo o coordenador da Câmara Brasileira de Mediação e Arbitragem (CBMAE), Eduardo Vieira, tem o poder de fomentar o diálogo entre as partes, de forma que elas não precisem judicializar as questões comerciais do dia a dia.

“Sabemos que em média, um processo fica 8 anos no Poder Judiciário, e quando a gente busca uma conciliação na Câmara, esse procedimento dura em média 30 dias, e tem um índice de 80 % de acordo dos casos em um tempo muito curto, o que gera um grande benefício às partes, seja de tempo, de custo, ou nas relações continuadas”.

Assim que a Câmara estiver funcionando, o associado poderá buscar a entidade, onde será feito um requerimento simples, contando o problema e as partes envolvidas para que ambos sejam convidados por uma equipe capacitada da Câmara a passar por uma mediação, quando for algo mais simples do dia a dia, ou no caso de uma arbitragem quando for questões mais complexa.

A Câmara contará com profissionais treinados e capacitados pela CBMAE. Logo após a capacitação online, que vai acontecer ainda neste mês de março, a previsão de instalação está prevista para abril. O presidente da ACI, Sérgio Velanes, vê a instalação da Câmara de Arbitragem como um avanço super positivo para Itabuna. “Destravar as demandas jurídicas das empresas e ter uma solução mais rápida de todos os problemas jurídicos”.

A delegada do Conselho Regional de Contabilidade – CRC da Bahia, em Itabuna, Viviane Fernandes, destacou que se trata de um equipamento “muito importante, pois busca por um entendimento mais rápido com relação ao tempo para a solução dos problemas e menos litigioso, com um custo mais acessível para a classe”.

Leia mais...

ITABUNA: SECRETÁRIOS E EMPRESÁRIOS DEBATEM CAMINHOS PARA FLEXIBILIZAR O COMÉRCIO

O funcionamento do comércio de Itabuna foi tema de uma reunião nesta segunda-feira, 1º de março, entre secretários municipais e empresários no Teatro Candinha Dórea. O objetivo foi encontrar alternativas para manter as lojas abertas, já que o governador Rui Costa, estendeu as medidas restritivas a atividades não-essenciais até quarta-feira, dia 3, depois do agravamento da Covid -19 em todo estado.

Durante, os diálogos com donos de lojas, vereadores e Polícia Militar e o presidente da Câmara de Vereadores, Erasmo Ávila, a secretária municipal de Saúde, Lívia Mendes, afirmou que o comércio, sem os devidos cuidados, é uma fonte de contaminação. No entanto, deixou claro que é necessário flexibilizar o funcionamento para não que a economia da cidade não seja prejudicada.

“Temos que executar todas as medidas também levando em consideração as determinações do Governo do Estado”, alertou a secretária, que mais uma vez pediu a colaboração de todos os segmentos no combate a Covid-19. “Infelizmente, não podemos estar em todos os pontos da cidade ao mesmo tempo”, ponderou.

A reunião teve a presença do presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas, Carlos Leahy. Durante seu discurso, ele defendeu a abertura do comércio, com seguimento de todos os protocolos de segurança. “Em julho do ano passado, quando as lojas reabriram, fizemos uma pesquisa 60 dias depois e constatamos que não houve aumento no número de casos por causa do comércio”, afirmou.

Para o presidente da CDL é necessária uma fiscalização mais intensa nos bares e restaurantes que aglomeram pessoas. “Não podemos prejudicar os lojistas, que geram renda para a cidade, Comércio fechado é sinônimo de desemprego,” disse Carlos Leahy.

A secretária municipal de Saúde afirmou que não há embate entre Saúde e Comércio, e que o único propósito é salvar vidas. “Precisamos nos unir, pois, Itabuna já é a segunda cidade em número de mortes pela Covid-19 no estado, tendo registrado uma alta de 13,1 por cento no número de casos”, afirmou.

A expectativa dos secretários é para as decisões que podem ser tomadas após a chegada do prefeito Augusto Castro. Ele esteve em Salvador onde se reuniu com o governador Rui Costa, para decidir os rumos das medidas restritivas em Itabuna.

A reunião desta segunda-feira, convocada por determinação do prefeito para ampliar o diálogo com a classe empresarial, teve ainda as presenças dos secretários de Segurança e Ordem Pública, Mariana Alcântara; da Indústria, Comércio, Emprego e Renda, Ricardo Xavier; de Governo, Júnior Brandão; de Relações Institucionais e Comunicação, José Alcântara Pellegrini e do coordenador-geral de Comunicação, Afonso Dantas.

Na reunião, o presidente da Câmara Municipal, Erasmo Ávila, disse que é preciso salvar as vidas e o comércio de Itabuna. “a próxima segunda –feira, vamos fiscalizar as lojas para assegurar as medidas de biossegurança”, anunciou.

Nesta terça-feira, outra reunião será realizada para dar continuidade ao debate, inclusive, porque o prefeito Augusto Castro concederá entrevista coletiva à imprensa no Teatro Candinha Dórea, às 10 horas. Ele vai detalhar o planejamento para a implantação do Hospital de Campanha com 35 leitos clínicos e de UTI, falar sobre o encontro com o governador e anunciar outras medidas.

Leia mais...

“NINGUÉM CONTRATA UMA PESSOA PRA FICAR EM CASA”, AFIRMA EDUARDO CARQUEIJA

O vice-presidente da Associação Comercial de Itabuna – ACI, Eduardo Carqueija, esclareceu nesta segunda-feira, 8, sobre a polêmica do fechamento do comércio no feriado de carnaval. Segundo o dirigente, o Sindicato dos Comerciários de Itabuna não aceitou a proposta da ACI em manter as lojas em funcionamento no feriado.

Carqueija confirmou que o comércio de rua não funcionará na segunda-feira, dia 15. Já o Shopping Jequitibá não abrirá as lojas, abrindo apenas o supermercado e a praça de alimentação das 12 às 21h. “Ninguém contrata uma pessoa para ficar em casa, contrata para trabalhar”, argumentou Carqueija.

O pedido da ACI junto ao Sindicato, foi de manter as lojas em funcionamento por conta da pandemia. Segundo Carqueija, a abertura ajudaria os empresários a manter um bom fluxo de caixa, ajudando a manter os empregos e renda da população.

Veja a entrevista completa:

Leia mais...

LEI GERAL DE PROTEÇÃO DE DADOS É TEMA DE WORKSHOP NESTA QUINTA-FEIRA, 28

Comerciantes e empresários de Itabuna e região terão a oportunidade de compreender os impactos da Lei de Proteção de Dados – LGPD aos seus negócios nesta quinta-feira, 28, às 18hs, no Workshop “Como Micro e Pequenas Empresas podem se adequar à LGPD” e fazer os ajustes necessários para estarem em conformidade com a legislação. O evento online é promovido pela ACI e o acesso estará disponível no link: https://www.sympla.com.br/workshop-como-micro-e-pequenas-empresas-podem-se-adequar-a-lgpd__1109742

O evento será transmitido pela plataforma da Zoom e contará com a participação da advogada e mestre em direito, Gabriela Curi, a advogada, consultora e auditora em SGC, Ludimila Vieira e a administradora de empresas e consultora em finanças, governança e compliance, Milena Gavazza.

A Lei Geral de Proteção de Dados, que entrou em vigor no mês de setembro de 2020, busca dar ao titular do dado o poder de decidir quando e para quem suas informações, como nome e telefone, serão transferidas ou acessadas, quais os dados que estão em poder da empresa, o que a empresa faz com eles, etc.

Mais que um exercício de respeito ao cliente e aos próprios funcionários, a adequação à LGPD é uma forma de reduzir riscos financeiros, pois já é possível sofrer com ações judiciais por desrespeito às suas normas.

Leia mais...

WORKSHOP VAI DEBATER SOBRE A LEI GERAL DE PROTEÇÃO DE DADOS

Com a finalidade de atualizar comerciantes e empresários de Itabuna e região sobre a Lei Geral de Proteção de Dados – LGPD, a Associação Comercial e Empresarial de Itabuna – ACI promoverá no dia 28 de janeiro, às 18 horas, o Workshop online e gratuito: “Como Micro e Pequenas Empresas podem se adequar à LGPD?”. Na oportunidade em que poderão compreender os impactos dessa nova lei ao seu negócio e saberem como fazer os ajustes necessários para estarem em conformidade com a legislação.

A Lei Geral de Proteção de Dados, que entrou em vigor no mês de setembro de 2020, busca dar ao titular do dado o poder de decidir quando e para quem suas informações, como nome e telefone, serão transferidas ou acessadas, quais os dados que estão em poder da empresa, o que a empresa faz com eles, etc. Mais que um exercício de respeito ao cliente e aos próprios funcionários, a adequação à LGPD é uma forma de reduzir riscos financeiros, pois já é possível sofrer com ações judiciais por desrespeito às suas normas.

O evento será transmitido pela plataforma da Zoom e contará com a participação da advogada e mestre em direito, Gabriela Curi, a advogada, consultora e auditora em SGC, Ludimila Vieira e a administradora de empresas e consultora em finanças, governança e compliance, Milena Gavazza.

Os interessados em participar, poderão enviar o nome completo com o número de telefone para o e-mail da ACI – aceitabuna@gmail.com

Leia mais...