Colégio Jorge amado
Plansul
Jequitibá
Buerarema
uruçuca novo
Laryssa Rocha
Ieprol
Navegação na tag

Bahia

PREFEITURA DE ITACARÉ CUMPRE DETERMINAÇÃO JUDICIAL E INICIA A REORGANIZAÇÃO DAS PRAIAS

Em atendimento a uma determinação judicial, a Prefeitura de Itacaré, através das secretarias de Meio Ambiente, Administração, Procuradoria Jurídica e Desenvolvimento Urbano, realizou notificação para a retirada de todos os vendedores irregulares das praias de Tiririca e Resende.  A decisão faz parte de uma ação civil pública e o comunicado foi feito à Prefeitura de Itacaré pelo Ministério Público do Estado da Bahia através do ofício 402/2020, determinando que realizasse a retirada e a fiscalização.

O trabalho foi feito inicialmente nas praias da Tiririca e Rezende, alvo da ação civil, onde os vendedores foram notificados anteriormente para que retirarem das áreas públicas todos os equipamentos fixos ali depositados. Na manhã dessa terça-feira equipes da Prefeitura se deslocaram até a praia da Tiririca para dialogar com os vendedores uma alternativa para possibilitar a organização, cumprir a decisão judicial e ao mesmo tempo assegurar a permanência dos comerciantes como ambulantes.

O objetivo da Prefeitura, numa sugestão feita pelos próprios comerciantes do local, é garantir a padronização do espaço, com uma área para guardar os materiais dos vendedores, próximo à praia, e onde eles possam todos os dias colocar e retirar os equipamentos e produtos no final de tarde, após o trabalho. No local teriam mesas e ombrelones padronizados, garantindo um trabalho muito mais organizado.

O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, informou que o objetivo não é a retirada dos vendedores, mas sim buscar uma solução para atender à determinação judicial e garantir uma alternativa para esses trabalhadores. “Todos precisam trabalhar e com a organização e a padronização será possível deixar a praia ainda mais bonita, atraindo muitos mais turistas e consumidores”, complementou o prefeito.

Cadastro

Na tentativa de resolver a situação e buscar uma alternativa, a Prefeitura de Itacaré estará fazendo ainda um cadastro desses ocupantes notificados.

A orientação é que os vendedores notificados procurem posteriormente o setor de protocolo da Prefeitura onde estarão informando os dados, telefone de contato, atividade que exercia e o que comercializava, bem como o tempo em que se encontrava com o comércio nas praias.

Leia mais...

ITABUNA: AUGUSTO CASTRO COMEMORA INÍCIO DA VACINAÇÃO E FALA DE ESPERANÇA

O prefeito de Itabuna, Augusto Castro (PSD), comemorou a chegada do primeiro lote da vacina Coronavac do Instituto Butantan nesta terça-feira, dia 19. “É uma esperança para o nosso povo. Se vive um momento difícil com a perda de muitas vidas, entes queridos que não puderam se beneficiar com a vacina”, disse.

Nesta fase, o município recebeu da Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) cerca de 2.200 doses, muito aquém de suas necessidades. “Itabuna se organizou, elaborou o Plano Municipal de Vacinação contra a Covid-19 e começa a executá-lo vacinando os profissionais de Saúde da linha de frente do combate a doença”, comentou o prefeito.

Pelo cronogramada Secretaria Municipal de Saúde serão vacinados os profissionais da UPA 24 Horas, no Bairro Monte Cristo; Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães; Samu-192, unidades básicas de saúde e de saúde da família. A Prefeitura, a Sesab e o Ministério da Saúde se organizam para segunda fase.

Augusto lembra que também estão sendo vacinados pessoas acima de 75 anos, principalmente aqueles que vivem em asilos e Instituições de Longa Permanência para Idosos (abrigos, asilos, casa de acolhimento, etc). Na fase seguinte, serão imunizados idosos entre 60 e 74 anos de idade em qualquer situação.

Na Fase 3, indivíduos em condições de saúde que estão relacionadas a casos mais graves de Covid-19 de acordo com o Plano Municipal de Vacinação.

“Vamos avançar para proteger os grupos de risco. Com a chegada da vacina, essa notícia maravilhosa, vai dar tranquilidade”, falou o prefeito. Ele pediu à população que tenha calma, que não se dirija ainda aos postos de vacinação, porque a quantidade de doses recebida é pequena e a imunização será gradual.

Leia mais...

PRIMEIRAS VACINAS CONTRA A COVID-19 SÃO APLICADAS NA BAHIA

Uma enfermeira de 53 anos, uma idosa de 83, um médico de 30, todos negros, e uma índia do povo Tuxá de 31 anos foram as quatro primeiras pessoas a serem vacinadas contra a Covid-19, na Bahia. O governador Rui Costa acompanhou a imunização histórica, que aconteceu na sede das Obras Sociais Irmã Dulce (Osid), em Salvador, na manhã desta terça-feira (19).

A vacinação se inicia apenas algumas horas depois da chegada de 376.600 doses da Coronavac no estado. “É uma emoção grande. Quase um ano que estamos nessa luta, com a população sofrendo, pessoas perdendo seus entes queridos, e hoje, após meses de muito trabalho, começamos a enxergar a luz no fim do túnel”, afirmou o governador.

Na ocasião, Rui destacou que ainda há muito a ser feito. “Ainda não é a solução, porque temos uma longa caminhada pela frente. Não tem vacina disponível para todo mundo de uma vez, e por isso vamos tentar buscar uma outra vacina. Estamos tentando, junto ao Supremo Tribunal Federal, conseguir autorização para a aquisição da Sputnik V, a vacina russa”, revelou.

A enfermeira Maria Angélica de Carvalho Sobrinha, que atua no Instituto Couto Maia; o médico Uenderson Barbosa, no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu); a índia Deisiane Tuxá, que trabalha na Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais, e dona Lícia Pereira Santos, idosa que mora, desde 2014, no Centro de Geriatria das Osid, foram as pessoas escolhidas para receber doses dos imunizantes desenvolvidos pelo Instituto Butantã, em parceria com a chinesa Sinovac Biotech.

“Estou muito feliz de ser a primeira idosa a receber a vacina aqui na Bahia”, celebrou a idosa.

Todos se enquadram no público-alvo que faz parte da fase 1 do plano de vacinação contra a Covid-19: profissionais de saúde que atuam na linha de frente do combate à doença e em unidades de saúde de urgência e emergência, idosos que vivem em instituições de longa permanência, indígenas e comunidades tradicionais.

Vacinação na Bahia

Às 22h20 desta segunda-feira (18), 376.600 doses da Coronovac chegaram ao aeroporto internacional de Salvador. Os imunizantes já foram enviados em aeronaves para cidades-polo baianas, de onde devem partir, em veículos como vans e caminhões, para os municípios menores em todas as regiões do estado. Os imunizantes são suficientes para vacinar, inicialmente, cerca de 188 mil baianos.

A bula da Coronavac aponta um intervalo de 14 a 28 dias entre a primeira e a segunda dose, e por isso é imprescindível que o cidadão a ser vacinado leve o cartão de vacinação.

Vacinas diferentes, desenvolvidas por laboratórios diferentes e com diferentes posologias serão aplicadas no Brasil, e é o cartão de vacinação que vai garantir que a segunda dose aplicada seja a mesma que a primeira e no prazo indicado. Caso não possua um, o cidadão irá receber um novo cartão com a indicação de qual vacina contra a Covid-19 recebeu.

Leia mais...

ASTRA ROUBADO EM VITÓRIA DA CONQUISTA É RECUPERADO PELA PRF NO SUL DO ESTADO

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) recuperou no início da tarde de ontem (17), um GM/Astra roubado em Vitória da Conquista. A ação foi registrada por volta das 13h e contou com o apoio da Polícia Civil, através de informações repassadas por sua especializada Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos (DRFRV).

Ao fiscalizar o trecho, os PRFs visualizaram o veículo citado, conduzindo por uma mulher e, o abordaram para fiscalização. Durante os procedimentos, um homem desembarcou de um segundo automóvel, para informar que o Astra citado era de sua responsabilidade e que a condutora estava apenas lhe prestando um favor.

Após verificar os elementos identificadores do veículo, os PRFs notaram divergências nos seus elementos identificadores e constataram se tratar de um veículo clonado e que na verdade, o veículo original possuía registro de roubo.

Questionado sobre a origem do veículo, o homem informou que o veículo era de um suposto conhecido e que o mesmo mora em Alagoas e que este o havia deixado em seu poder. Diante das informações obtidas, a ocorrência foi encaminhada para Delegacia de Polícia Judiciária local.

Leia mais...

BAHIA TEM CONDIÇÕES DE INICIAR VACINAÇÃO NESTA TERÇA-FEIRA, AFIRMA SECRETÁRIO DE SAÚDE

Os órgãos de saúde e da segurança pública da Bahia estão de plantão no aguardo da chegada do primeiro lote de vacinas contra a covid-19, em Salvador.

De acordo com o secretário estadual da saúde, Fábio Vilas-Boas, a distribuição para os 417 municípios baianos começará assim que as doses estiverem em solo baiano, independente da hora que for.

O Ministério da Saúde informou que a chegada do lote de vacinas está prevista para as 18h. Vilas-Boas também afirma que a Bahia tem condições de iniciar a vacinação contra o coronavírus nesta terça-feira (19) nas cidades-pólo.

Leia mais...

CARTÓRIOS DA BAHIA APONTAM AUMENTO DE 34% NOS ÓBITOS POR CAUSAS RESPIRATÓRIAS EM 2020

A pandemia causada pelo novo coronavírus, que atingiu em cheio o Brasil e já causou a morte de mais de 200 mil pessoas, aumentou em 34,6% o número de óbitos por doenças respiratórias no estado da Bahia, que passaram de 20.862 para 28.096, na comparação entre 2019 e 2020. Entre as doenças deste tipo, a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) explodiu, registrando crescimento de 386%, seguida pelas de Causas Indeterminadas, que registraram aumento de 19,6%.

Os dados do Portal da Transparência https://transparencia.registrocivil.org.br/inicio, plataforma administrada pela Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-Brasil), mostram que as mortes registradas pelos Cartórios da Bahia em 2020 totalizaram 89.756.

O número de óbitos em 2020 pode aumentar ainda mais, assim como a variação da média anual, uma vez que os prazos para registros chegam a prever um intervalo de até 15 dias entre o falecimento e o lançamento do registro no Portal da Transparência. Além disso, alguns Estados brasileiros expandiram o prazo legal para registro de óbito em razão da situação de emergência causada pela COVID-19.

Entre os óbitos causados por doenças cardíacas, muitas vezes relacionadas à COVID-19, a comparação entre 2019 e 2020 aponta um aumento de 10%, passando de 15.192 para 16.717. Entre as doenças do coração, o registro que apontou maior crescimento foi o de mortes por Causas Cardiovasculares Inespecíficas, que cresceu 26,8% entre os anos, sendo que o aumento dos óbitos em domicílio é uma das explicações para o diagnóstico inespecífico das mortes causadas por doenças do coração.

Mortes em casa disparam

O receio das pessoas frequentarem hospitais ou mesmo realizarem tratamentos de rotina durante a pandemia, assim como a falta de leitos em momentos críticos da COVID-19 no Brasil, fez com que o número de mortes em domicílio disparasse no estado da Bahia quando se comparam os anos de 2019 e de 2020, registrando um aumento de 20,9%.

As mortes por Causas Respiratórias fora de hospitais cresceram 20,9%, sendo que novamente a SRAG foi a que registrou a maior variação, 86%. Também cresceram os óbitos por Septicemia (28%) e Causas Indeterminadas (72%). Os registros de óbitos, feitos com base nos atestados assinados pelos médicos, apontam que 428 baianos morreram de COVID-19 em suas casas.

Os óbitos por Causas Cardíacas fora de hospitais também dispararam em 2020, com registro de aumento de 34,8% na comparação com o ano anterior. Neste tipo de doença, o maior aumento se deu nas chamadas Causas Cardiovasculares Inespecíficas (51,7%), muito em razão de o falecimento ocorrer sem assistência médica, dificultando a qualificação da doença. Também cresceram os óbitos em casa por Acidente Vascular Cerebral (AVC), aumento de 27,6%, e Infartos, que cresceram 21,9%.

“É de suma importância termos o conhecimento dos números e causas dos óbitos no estado. Em tempos pandêmicos, e com o aumento do uso das redes sociais, as informações são compartilhadas com muita rapidez, e, às vezes, sem o devido cuidado. Por essa razão, o Portal da Transparência do Registro Civil torna-se fundamental para que qualquer cidadão tenha acesso livre e democrático a dados verídicos que auxiliam no entendimento das mais diversas esferas da sociedade”, explica o presidente da Associação dos Registradores Civis das Pessoas Naturais do Estado da Bahia (Arpen/Bahia), Daniel Sampaio.

Prazos do Registro

Mesmo a plataforma sendo um retrato fidedigno de todos os óbitos registrados pelos Cartórios de Registro Civil do país, os prazos legais para a realização do registro e para seu posterior envio à Central de Informações do Registro Civil (CRC Nacional), regulamentada pelo Provimento nº 46 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), podem fazer com que os números sejam ainda maiores.

Isto por que a Lei Federal 6.015/73 prevê um prazo para registro de até 24 horas do falecimento, podendo ser expandido para até 15 dias em alguns casos. Durante a pandemia, normas excepcionais em alguns Estados expandiram ainda mais este prazo. A Lei 6.015/73 prevê um prazo de até cinco dias para a lavratura do registro de óbito, enquanto a norma do CNJ prevê que os cartórios devam enviar seus registros à Central Nacional em até oito dias após a efetuação do óbito.

A COVID-19 é uma doença altamente contagiosa que já deixou quase 2 milhões de mortos no mundo. A primeira morte em decorrência da infecção pelo novo coronavírus foi registrada no Brasil no dia 16 de março. Entre seus sintomas, estão tosse seca, coriza, dor no corpo e febre – todos muito semelhantes aos apresentados em casos de gripes e resfriados. Mais de 200 mil pessoas já faleceram no Brasil vítimas da doença.

Leia mais...

SECULT ATINGE TODOS OS 27 TERRITÓRIOS DE IDENTIDADE COM O PROGRAMA ALDIR BLANC BAHIA

O Estado, por meio da Secretaria de Cultura (Secult), atingiu todos os 27 Territórios de Identidade com os editais do Programa Aldir Blanc Bahia (PABB), cumprindo o Plano de Aplicação aprovado em setembro de 2020 pela Secretaria Especial de Cultura, do Ministério do Turismo (MTur).

Somente com os editais, a Secult e suas unidades vinculadas executaram mais de R$ 92 milhões no inciso III da Lei Aldir Blanc (LAB), para cerca de 1870 projetos, que foram pagos até o dia 31 de dezembro de 2020 ou empenhados para pagamento em janeiro de 2021.

Os certames estão sendo coordenados pela Superintendência de Desenvolvimento Territorial da Cultura (Sudecult), pelo Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI) e pelas unidades vinculadas: Fundação Pedro Calmon (FPC), Fundação Cultural do Estado da Bahia e pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac). Todos os recursos são via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial de Cultural, do Ministério do Turismo.

Territorialização

A Secult lançou, em 29 de setembro de 2020, o Programa Aldir Blanc Bahia contendo os editais Prêmio Cultura Viva Bahia 2020, pela Sudecult; o Prêmio das Artes Jorge Portugal e o Prêmio de Exibição Audiovisual, pela Funceb; os prêmios de Preservação dos Bens Culturais Populares e Identitários da Bahia Emilia Biancardi 2020 e o chamamento público Preservação das Matrizes Identitárias Jaime Sodré 2020, pelo CCPI; o Prêmio Fundação Pedro Calmon, pela FPC; e o chamamento público Salvaguarda Patrimônio Imaterial, pelo Ipac.

Com esses editais, todos os 27 Territórios de Identidade da Bahia tiveram projetos contemplados, o que demonstra a amplitude e a descentralização do programa a partir dos recursos da Lei Aldir Blanc.

O edital Prêmio Cultura Viva Bahia 2020 alcançou 100% dos Territórios de Identidade da Bahia, contemplando cerca de 200 propostas de Pontos e Pontões de Cultura em todo estado, com investimento para o segmento de mais de R$ 7 milhões.

A Funceb executou mais de R$ 57 milhões em recursos investidos nos editais sob sua coordenação (Prêmio das Artes Jorge Portugal e Prêmio de Exibição Audiovisual) e premiou 800 propostas nas linguagens de Dança, Teatro, Circo, Artes Visuais, Música, Literatura e Audiovisual, atingindo 25 dos 27 territórios baianos.

No CCPI, os prêmios de Preservação dos Bens Culturais Populares e Identitários da Bahia Emilia Biancardi 2020 atingiram 23 dos 27 territórios dentro das mais de 400 propostas. O quantitativo corresponde a mais de R$ 7 milhões, que somados aos mais de R$ 2 milhões, correspondentes às 14 propostas habilitadas do chamamento público Preservação das Matrizes Identitárias Jaime Sodré 2020, o CCPI executou mais de R$ 9 milhões.

Já a FPC alcançou 23 dos 27 Territórios de Identidade, com as 346 propostas habilitadas no Prêmio Fundação Pedro Calmon, dentro do Programa Aldir Blanc Bahia. Foram mais de R$ 11,5 milhões em premiações entre os projetos habilitados pela autarquia.

O Ipac coordena o edital de chamamento público Salvaguarda Patrimônio Imaterial, que teve 18 propostas habilitadas das 19 vagas, com investimento de cerca de R$ 6 milhões e que tem como objetivo promover a salvaguarda e a preservação de bens registrados na Bahia.

Programa Aldir Blanc Bahia

Criado para a efetivação das ações emergenciais de apoio ao setor cultural, o PABB visa cumprir os incisos I e III da Lei Aldir Blanc (Lei Federal nº 14.017, de 29 de junho de 2020) e suas regulamentações federal e estadual. As ações consistem na transferência da renda emergencial para os trabalhadores e trabalhadoras da cultura e na realização de chamadas públicas e concessão de prêmios.

O PABB tem execução pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Cultura, geridas por meio da Sudecult, do CCPI e da unidade vinculadas.

Leia mais...

MP RECOMENDA QUE MUNICÍPIO DE EUNÁPOLIS FAÇA DIVULGAÇÃO DIÁRIA DE BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO SOBRE A COVID-19

O Ministério Público estadual, por meio do promotor de Justiça Helber Luiz Batista, recomendou ao município de Eunápolis que publique diariamente um boletim epidemiológico sobre a Covid-19, com diversas informações sanitárias, tais como o número de leitos disponíveis de enfermaria e de UTI disponíveis no Município, ativos, em implantação ou interditados, e onde estão instalados; o número de casos de Covid-19 confirmados; o número de casos suspeitos; o quantitativo de testes realizados com os respectivos resultados; as amostras aguardando processamento; e, por fim, o número de óbitos.

Além disso, o MP recomendou que o Município atualize constantemente o Plano Municipal de Contingências, documento cuja elaboração é recomendada pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia. No documento, o MP orientou ainda que o Município divulgue, em prazo não superior a dez dias úteis, informações atualizadas quanto aos recursos destinados ao enfrentamento da Covid-19, em linguagem de fácil compreensão pelo cidadão.

“A divulgação de tais aquisições e repasses de recursos é de interesse público, visto ser direito da sociedade a ciência dos quantitativos de materiais necessários para o adequado atendimento à saúde. A publicização de tais informações deve ser realizada não apenas pela imprensa mas, sobretudo, pelo Poder Público”, destacou o promotor de Justiça Helber Luiz Batista.

Ele complementou que a publicação de informações acerca de contratações e aquisições públicas realizadas com base na Lei 13.979/2020 deverá se iniciar em prazo não superior a dez dias úteis, devendo ser realizada em site oficial específico e exclusivo, garantindo a padronização de seu conteúdo, explicitando-se, dentre outros, o nome do contratado, o número da sua inscrição da Receita Federal do Brasil, o prazo contratual e o respectivo processo de contratação ou aquisição.

Leia mais...

MINISTÉRIO PÚBLICO SOLICITA INFORMAÇÕES SOBRE PREPARAÇÃO PARA AULAS NO ESTADO EM 2021

O Ministério Público estadual se reuniu ontem, dia 12, com representantes das Secretarias de Educação (SEC) e de Saúde (Sesab) do Estado da Bahia para acompanhar o andamento dos planos de ação sanitário e pedagógico destinados a organizar e preparar a retomada da oferta de ensino no estado.

Hoje, dia 13, o Grupo de Trabalho de Enfrentamento ao Coronavírus (GT Coronavírus) do MP encaminhou ofícios à SEC e à Sesab solicitando o envio de informações que ficaram pendentes na apresentação dos planos realizada durante a reunião. Segundo o GT, o direito à educação deve ser garantido, independentemente da decisão administrativa que for tomada quanto ao modo de realização das aulas, considerando-se também as condições dadas pelo quadro epidemiológico e as medidas de segurança sanitária adotadas.

Em caso de possível decisão pela retomada das aulas presenciais, ainda que em formato híbrido, o GT solicitou à SEC a relação das escolas que já estejam fisicamente ajustadas para eventual retorno, discriminadas por município; o planejamento para atendimento dos alunos das unidades escolares que não foram ou possam ser adaptadas; a Nota Técnica mencionada no plano e o cronograma de execução da preparação de retomada.

Ao Centro de Operações de Emergência em Saúde (COES), ligado à Sesab, o GT solicitou o plano de ação, com protocolo encaminhado à SEC de preparação das escolas para a retomada e o posicionamento do Centro sobre os parâmetros necessários a uma eventual decisão de retorno das aulas presenciais.

Participaram da reunião as promotoras de Justiça Patrícia Medrado, coordenadora do Centro de Defesa da Saúde (Cesau); Cíntia Guanaes (Educação) e Márcia Rabelo, coordenadora do Centro de Apoio da Criança e do Adolescente (Caoca); os promotores de Justiça José Vicente (Educação), Solon Dias, coordenador do Centro Operacional de Defesa do Consumidor; Rogério Queiroz (Saúde) e Carlos Martheo (Saúde/Infância e Juventude); o subsecretário de Educação, Danilo Melo; a superintendente para Políticas da Educação Básica, Manuelita Britto; o superintendente de Planejamento Operacional da Rede Escolar, Manoel Calazans; a representante do COES, Imeide Pinheiro dos Santos e a coordenadora executiva do gabinete da Sesab, Cláudia Moura.

Leia mais...

ITABUNA: PRIMEIRO HOMICÍDIO DO ANO É REGISTRADO NO NOVO LOMANTO

Jackson Santos Silva, 27 anos, foi morto na noite desta quarta-feira (13) vítima de disparos de arma de fogo. O crime aconteceu bairro Novo Lomanto enquanto Jackson lavava um carro. Outro homem, ainda não identificado, foi atingindo pelos disparos e permanece internado no Hospital de Base em Itabuna.

Ainda não se sabe como foram efetuados os disparos e nem os autores do crime. Um homem, que se identificou como companheiro de Jackson, disse que ele não tinha envolvimento no mundo do crime. A polícia investiga o caso. Com informações do Verdinho Itabuna.

Leia mais...

OBRAS DO PORTO SUL IMPULSIONAM ECONOMIA NO SUL DA BAHIA

O início da implantação do Porto Sul com a instalação do canteiro de obras e a construção da ponte sobre o Rio Almada, que dará acesso à retro área de armazenagem de minérios, está impulsionando o surgimento de novos negócios em localidades próximas ao empreendimento, no Litoral Norte de Ilhéus. São lojas de materiais de construção, mercados, padarias, restaurantes e outras, que estão sendo abertos e ampliados, além do aquecimento do setor imobiliário.

Wellington Araujo, proprietário de uma loja de materiais para construção na Vila Juerana é um exemplo desse otimismo. Após o início das obras, ele começou a ampliar e modernizar a empresa e já contratou 15 novos funcionários. “Tem muita gente chegando de olho nas novas oportunidades, casas sendo alugadas, restaurantes abertos, enfim, há um clima de otimismo, porque não vamos depender só do movimento do verão e dos feriados. Estou muito otimista e sei que o Porto Sul vai impactar”, afirma.

Nilza Barbosa, também proprietária de uma loja de matérias de construção destaca que “já sentimos uma melhora no movimento, com muita gente construindo ou reformando residências tanto que planejo ampliar a empresa esse ano”, destaca.

Diego Souza Santos, que teve que encerrar as atividades de uma escola infantil no bairro Malhado por conta da pandemia da Covid 19, enxergou uma nova oportunidade e abriu um mercadinho às margens da Rodovia Ilhéus-Itacaré. Segundo ele, “para o comércio é excelente, porque haverá aumento do consumo com a renda gerada pelos empregos na obra. As pessoas aqui estão bastante otimistas”.

Carine Lima abriu com a irmã uma padaria na Vila Juerana, e diz que “o movimento está crescendo bastante e com o avanço das obras já pensamos em ampliar o negócio e contratar mais funcionários. Você observa as pessoas dispostas a investir porque o porto está se tornando realidade”. Proprietário de um restaurante/pizzaria na Vila Juerana, Adilson José dos Santos, conhecido como Le Chef, afirma que “com as obras e a implantação do Porto Sul a tendência é aumentar o movimento, porque haverá maior circulação de pessoas”, deixando de depender da sazonalidade do negócio e garantindo clientes durante todo o ano.

Luzimar Souza, que trabalha com aluguel de imóveis já observa uma mudança de tendência. “Antes a gente alugava imóveis por temporada, em períodos curtos. Após o início das obras, já existe procura por aluguel fixo, por um ano, além do preço dos terrenos e casas, que estão valorizando muito. Após a visita do governador Rui Costa e o início das obras, a demanda cresceu muito. O Porto Sul vai dar um impulso muito grande à economia regional”.

Porto Sul

O Porto Sul é um investimento realizado pelo Governo do Estado e pela Bahia Mineração (Bamin), que conta com recursos de R$ 2,5 bilhões. A obra irá gerar 400 empregos diretos quando alcançar o pico, e outros 1.200 postos de trabalho indiretos.

As obras iniciais do Porto Sul devem ser concluídas em abril de 2022, que representa o sistema viário interno com ligação a Ferrovia Oeste-Leste (Fiol). Nesta etapa da obra serão construídas vias, instalação de sinalização, pontes, implantação de redes elétrica e de água, entre outras ações. Concluída essa fase, será iniciada a construção e desenvolvimento da estrutura do empreendimento.

O empreendimento, que já possui todas as licenças ambientais necessárias para a evolução da obra, será fundamental para o escoamento da produção de minérios e de grãos, criando um sistema intermodal que incluirá um Polo de Logística.

“O conjunto logístico da Fiol com o Porto Sul é um dos mais importantes investimentos em infraestrutura de integração econômica feita na Bahia nas últimas décadas. Além de movimentar a região, vai facilitar a chegada de insumos e possibilitar o escoamento da produção baiana em condições melhores e mais rápidas”, afirma José Carlos Valle, coordenador dos projetos na Casa Civil do Estado.

Leia mais...

ILHÉUS: HOSPITAL MATERNO-INFANTIL SERÁ INAUGURADO EM ABRIL

Com 80% das obras concluídas e entrega prevista para abril, o antigo Hospital Geral Luiz Viana Filho, em Ilhéus, está sendo ampliado e reformado para se transformar em uma unidade materno-infantil que será referência para a alta complexidade. A boa notícia é do secretário da Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas, que inspecionou a unidade nesta terça-feira (12), acompanhado dos prefeitos Mário Alexandre (Ilhéus) e Augusto Castro (Itabuna).

“São R$ 40 milhões investidos entre obras e equipamentos para ofertar atendimento obstétrico para gestantes de alto risco. Com 105 leitos, a unidade contará com UTI neonatal e pediátrica, além de um moderno centro cirúrgico e obstétrico”, garante o secretário.

O titular da pasta da Saúde ainda visitou o Hospital Regional Costa do Cacau, em Ilhéus, e os hospitais de Base Luis Eduardo Magalhães e Manoel Novaes, ambos em Itabuna. “Estamos fazendo uma inspeção na rede de saúde com o objetivo de integrar. Queremos fazer com que tenhamos uma nova história de integração para que possamos obter o máximo dos hospitais de Itabuna e de Ilhéus”, ressalta Vilas-Boas.

O prefeito Mário Alexandre demonstrou otimismo sobre a união de Ilhéus com o município de Itabuna para o fortalecimento da saúde regional. “A ampliação de 80 leitos do Hospital Costa do Cacau ainda este ano vai melhorar a qualidade do atendimento da alta complexidade. Nossa região também ganha muito com o hospital materno-infantil em Ilhéus, sendo referência regional. Além disso, com mais 5 postos de saúde que serão construídos na nossa cidade, vamos aumentar nossa cobertura da atenção básica de 56% para 75%, o que vai melhorar a saúde do nosso povo e ajudar a desafogar a demanda ambulatorial do HRCC”, informou.

Já o prefeito de Itabuna, Augusto Castro, destaca que a tendência é unificar forças. “Ilhéus e Itabuna são polos de comércio, turismo e prestação de serviços na área de saúde. Vamos unificar forças na atenção básica e especializada, com Itabuna avançando na área de trauma e fortalecendo a nefrologia, neurologia e cardiologia, enquanto Ilhéus será referência regional para a obstetrícia de alto risco, atendendo gestantes de toda a região”, ressalta.

Leia mais...

MUNICÍPIOS GARANTEM APOIO A ANTÔNIO DE ANÍZIO PARA PRESIDENTE DO CDS-LITORAL SUL

Prefeitos de diversos municípios do Sul da Bahia já confirmaram o apoio ao prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, a reeleição para presidente do Consórcio de Desenvolvimento Sustentável (CDS – Litoral Sul), reconhecendo o trabalho desenvolvido na luta pelo fortalecimento das cidades e a busca de soluções para os problemas comuns.

Os prefeitos também garantiram o apoio a Marcone Amaral para presidente da Amurc e reafirmaram o compromisso de lutar pela participação de gestores regionais na União dos Municípios da Bahia (UPB). As eleições do CDS-Litoral Sul será realizada nesta sexta-feira, dia 15 de janeiro. Já a eleição da Amurc acontecerá no dia 29 de janeiro.

Na manhã desta terça-feira o presidente do CDS-Litoral Sul se reuniu com o prefeito Jadson Albano, que informou inicialmente o interesse de concorrer à presidência do Consórcio, mas declarou a admiração que tem a Antônio de Anízio, por isso confirmou o seu apoio para a reeleição de Antônio de Anízio. Jadson Albano agradeceu as orientações e apoio que recebeu do atual presidente e confirmou a presença e o voto nas eleições do Consórcio e da Amurc.

Ainda na manhã desta terça-feira Antônio de Anízio e o candidato a presidente da Amurc, Marcone Amaral, se reuniram com a prefeita de Floresta Azul, Gicélia Santana, e com o ex prefeito Garrafão, que garantiram o voto para as presidências do CDS-Litoral Sul e Amurc e o apoio nessa luta pelo fortalecimento do municipalismo. Marcone Amaral ressaltou que junto com Antônio de Anízio vão defender a candidatura de um ou mais prefeitos da região para compor a chapa na UPB. A Amurc conta com 32 municípios regionais e o Consórcio com 13.

Na semana passada o prefeito de Itacaré visitou os municípios de Itapitanga, Almadina e Barro Preto para apresentar aos prefeitos Ró de Beto, Milton Cerqueira e Juraci da Saúde, respectivamente, as políticas desenvolvidas pelo consórcio nas áreas de infraestrutura, educação, gestão ambiental, assistência técnica, resíduos sólidos, compra compartilhada, dentre outras atividades que tem o CDS como instrumento de gestão e execução.

Durante o encontro os prefeitos apresentaram a preocupação com a eliminação dos lixões e a manutenção e conservação das estradas vicinais, dois desafios que, segundo os gestores, serão prioridades para as administrações em 2021.

Antônio de Anízio reafirmou a importância do consórcio multifinalitário e colocou que vai fazer gestão junto aos prefeitos e prefeitas, para que deputados estaduais e federais apoiados pelos municípios possam aportar recursos por meio de emendas parlamentares, que venham a ser utilizadas de forma coletiva. Ele também propôs que a Amurc e o Consórcio melhorem as suas instalações, criando um auditório com maior capacidade, além de ampliar as parcerias com instituições de órgãos estaduais, federais, sociedade civil organizada e o setor privado.

Leia mais...

‘FORD FECHOU, MAS VAMOS EM BUSCA DE NOVOS CAMINHOS’, DIZ LEÃO

Cumprindo missão institucional de negócios nas regiões Oeste e Extremo Sul da Bahia, desde segunda-feira (11), com um grupo de investidores de Portugal, o vice-governador João Leão, secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado, lamentou o anúncio de fechamento da Ford no Brasil, mas destacou que o governo baiano já está se movimentando em busca de novos empreendimentos.

“A Ford fecha, mas vamos em busca de novos caminhos. E isto já está acontecendo. O governador Rui Costa já está buscando alternativas para substituir a Ford em Camaçari”, destaca. Além disso, pontua Leão, outro caminho é o Polo Agroindustrial do Médio São Francisco, que tem inspiração no case de sucesso da indústria sucroalcooleira Agrovale, em Juazeiro, que sozinha gera mais de 5 mil empregos. “Já temos uma nova usina em implantação no Muquém do São Francisco, outras duas assinaram protocolo de intenções e estamos em busca de outras sete. A ideia é implantar até 10 usinas, gerar mais de 40 mil empregos e tornar a Bahia competitiva neste segmento”, diz.

No Brasil, a Ford vai manter funcionando apenas as operações do Centro de Desenvolvimento de Produto, aqui na Bahia, o Campo de Provas, em Tatuí, no interior de São Paulo, além da sede regional localizada na capital. Para Leão, é importante lutar para que a montadora amplie este centro de design, mantido na Bahia.

Novos negócios

João Leão ainda informou que a SDE fechou 2020 com 92 protocolos de intenções assinados, que somam investimentos na ordem de R$ 34 bilhões e prevêem geração de 7,6 mil novos empregos diretos. “Os números são fruto de muito empenho e trabalho, sobretudo na interiorização do desenvolvimento. A perspectiva para este e para os próximos anos é positiva. Temos também 412 empreendimentos em implantação, atraídos pelo Governo do Estado, com previsão de investir R$ 68,5 bilhões e gerar 52,4 mil vagas de empregos diretos”, afirma o vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico.

A comitiva institucional apresentou potenciais de investimento nas regiões Oeste e no Extremo Sul da Bahia, sobretudo na área de infraestrutura viária, aos executivos da Future, maior grupo de engenharia com sede em Portugal e que possui projetos realizados em 25 países. A duplicação da BR-242, que interliga os municípios de Barreiras e Luís Eduardo Magalhães, e a duplicação da BA-001, ligando a Ponte Salvador-Itaparica de Itaparica à Porto Seguro, foram alguns dos projetos debatidos.

Leia mais...

FEIRA DE SANTANA RECEBE FRANQUIA EXPERIMENTAL DE CHOCOLATES FINOS PRODUZIDOS PELA AGRICULTURA FAMILIAR

Os chocolates finos da agricultura familiar, produzidos na Bahia Cacau, marca da Cooperativa da Agricultura Familiar e Economia Solidária da Bacia do Rio Salgado e Adjacências (Coopfesba), localizada em Ibicaraí, agora podem ser encontrados na nova loja da cooperativa, no município de Feira de Santana.

O projeto faz parte do planejamento da organização para expandir os negócios por meio do modelo de franquia. Na loja, situada no Shopping Viva Artemia Mall, podem ser encontradas barras de chocolate de 80g e 20g com percentuais de 35%, 50%, 60% e 70% de teor de cacau, bombons de chocolates com frutas e geleia de cacau, nibs, amêndoas caramelizadas, licores e o tradicional mel de cacau.

Tem ainda a linha “Sua Receita”, especial para chefs de cozinha e confeiteiros, com o chocolate em gotas e em barras de 1 kilo, nas opções de 35%, 50%, 60% e 70% de teor de cacau. A loja dispõe também de produtos diversos de outras cooperativas e associações de diferentes regiões da Bahia, como derivados de umbu, castanha e licuri.

O diretor-presidente da Coopfesba, Osaná Crisóstomo do Nascimento, projeta novos investimentos da fábrica para os próximos anos. “Apostamos no potencial de Feira de Santana, a segunda maior cidade da Bahia para instalar a segunda loja de chocolate na Bahia Cacau. Nossa meta para 2021 e abrir mais unidades da Bahia Cacau no estado e no restante no Brasil, com preço em conta para os fraqueados, levando sabor especial aos nossos clientes”, destacou Osana Crisóstomo.

Investimentos

O Governo do Estado, por meio do projeto Bahia Produtiva, destinou mais de R$2,5 milhões para a cooperativa, aplicados em assistência técnica e extensão rural (Ater), melhoramento no manejo da planta e a aquisição de equipamentos. Para a base produtiva, foi destinado R$1 milhão, com insumos e capacitações, além de apoiar a definição de estratégias e o levantamento de consultoria de franquias.

O projeto Bahia Produtiva é executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), com cofinanciamento do Banco Mundial.

Leia mais...