Pref ilhéus
Plansul
uruçuca novo
Cerveja Je assunção
Buerarema
Ieprol
Navegação na tag

Bolsonaro

“INVENTARAM CORRUPÇÃO POR PENSAMENTO” MINIMIZA BOLSONARO SOBRE DENÚNCIAS

Em interação com apoiadores na manhã desta segunda-feira (19/7), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) minimizou as denúncias de corrupção em negociações de vacinas contra a Covid-19.

Bolsonaro também voltou a responsabilizar lobistas pelas acusações apresentadas. No domingo (18/7), ao deixar o Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, após receber alta médica, ele negou que o governo federal tenha realizado acordos comerciais com “picaretas”.

Nesta segunda, ele insistiu, ao deixar o Palácio da Alvorada, em conversa registrada por um canal no YouTube: “Agora inventaram a corrupção por pensamento. Brasília é capital federal, para cá vem todo tipo de gente pra fazer lobbies. Você pode ver essa última narrativa agora: ‘Mas o Pazuello conversou com empresários’. Eu converso todo dia com empresários; se é crime, eu sou criminoso”.

A mais recente denúncia recai sobre o ex-ministro da Saúde general Eduardo Pazuello, que teria negociado, com intermediadores, a aquisição de 30 milhões de doses da vacina Coronavac, pelo triplo do preço praticado pelo Instituto Butantan.

Leia mais...

OTTO ALENCAR DISPARA CONTRA BOLSONARO, “DELÍRIO DO CAPITÃO EX-CLOROQUINA”

O senador Otto Alencar (PSD) criticou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em suas redes sociais, no último domingo (18), após o chefe do Planalto indicar, durante sua saída do hospital onde esteve internado nos últimos dias, o estudo sobre o remédio Proxalutamida, sem eficácia comprovada, para a Covid-19.

Otto afirmou que a nova aposta de Bolsonaro é mais um “delírio do capitão ex-cloroquina”, em referência ao remédio que também foi uma aposta do presidente durante a pandemia, e alertou que o medicamento é utilizado para o tratamento de alguns tipos de câncer, além de afeta a libido.

 

Leia mais...

EM MENSAGENS, DOMINGUETTI CITA PARTICIPAÇÃO DE BOLSONARO NA COMPRA DAS VACINAS DA DAVATI

Em mensagens que estão no celular apreendido pela CPI da Covid, Luiz Paulo Dominguetti sugere que o próprio Jair Bolsonaro participou das negociações para a compra das vacinas da Astrazeneca contra a Covid que o policial militar dizia ter para vender.

Em 8 de março, Dominguetti, que se dizia representante da empresa Davati, conversou com um contato identificado em seu celular como “Rafael Compra Deskartpak”.

(mais…)

Leia mais...

“TEMOS O DEVER HISTÓRICO DE DERROTAR BOLSONARO E O BOLSONARISMO NAS URNAS”, DECLARA MARCELO FREIXO

De saída do PSOL, o Deputado Federal, Marcelo Freixo, declarou nesta sexta-feira, 11, que “O nosso dever histórico é derrotar Bolsonaro nas urnas e o bolsonarismo enquanto projeto de sociedade. E sei que o PSOL e eu estaremos do mesmo lado para cumprir essa tarefa.”.

Freixo, que desembarca no PSB, disse que seguirá na caminhada se dedicando à construção de pontes e reafirmou o valor do diálogo e o papel da política como meio de resolver, de forma pacífica os problemas do Brasil.

(mais…)

Leia mais...

JAIR BOLSONARO FECHA COM O PATRIOTA, DIZ SITE

O presidente da República Jair Messias Bolsonaro fechou com partido Patriota para concorrer as eleições em 2022, segundo o Site Antagonista. O anúncio foi confirmado pelo senador e filho do presidente Flávio Bolsonaro em uma convenção do partido nesta segunda-feira (31).

“A gente tem tudo para isso. Basta apenas deixar as nossas pequenas vaidades de lado, buscar um encaminhamento, buscar uma solução para tudo, aprovar este estatuto que está sendo colocado em votação agora”, disse Flávio. O fim da novela se deu após uma tentativa frustrada de criar um partido político denominado ‘Aliança pelo Brasil’.

Leia mais...

PRESIDENTE DA ALBA ADOLFO MENEZES MANIFESTA SOLIDARIEDADE À REPÓRTER DRIELE VEIGA

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), deputado Adolfo Menezes (PSD), manifestou solidariedade à jornalista Driele Veiga, da TV Aratu, ofendida verbalmente pelo presidente Jair Bolsonaro, na cidade de Conceição do Jacuípe, no sertão da Bahia.

“Mais uma vez, o presidente da República dá uma demonstração da sua incivilidade, da sua falta de educação, da sua incapacidade de diálogo ao chamar a repórter de ‘idiota’. E ele é o que, quando posa com um cartaz típico do crime organizado com a inscrição ‘CPF cancelado’? Driele Veiga estava cumprindo o seu dever, enquanto o chefe maior do país reitera toda a sua incapacidade em respeitar as pessoas e as instituições”, crítica o chefe do Legislativo da Bahia.

A agressão recebeu o repúdio do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia, da Federação Nacional dos Jornalistas e da Associação Bahiana de Imprensa. “A jornalista Driele Veiga, da TV Aratu, chamada de ‘idiota’ ao perguntar sobre uma postagem feita por Bolsonaro, na qual aparece segurando uma placa com a expressão CPF CANCELADO – frase normalmente utilizada por bandidos e milicianos – revela o traço imaturo e autoritário de Bolsonaro, que não consegue conviver com a crítica, com o contraditório, com a diferença e nem com a obrigação de conceder entrevistas e responder às perguntas dos jornalistas, principalmente se do outro lado estiver uma mulher”, diz trecho da nota assinada pelo presidente do Sindicato dos Jornalistas da Bahia, Moacy Neves.

Leia mais...

BIVAR APONTA RESISTÊNCIA PARA RETORNO DE BOLSONARO AO PSL: ‘NÃO ACREDITO QUE SAIA DA SUA LINHA’

BRASÍLIA — O presidente do PSL, Luciano Bivar, sinalizou em entrevista ao GLOBO que será difícil o presidente Jair Bolsonaro retornar à legenda para buscar a reeleição. Ele afirma que o partido “nunca foi de direita”, e que almeja ter uma candidatura em 2022 que respeite as instituições e siga uma agenda liberal. Ele vê dificuldades de compatibilizar esses objetivos com os de Bolsonaro.

“E eu não acredito que o presidente saia da sua linha”, Bivar criticou ainda o “extremismo” e garantiu que não é possível expulsar quadros sem nenhuma justificativa plausível. Uma das condições de Bolsonaro para o retorno era a saída de desafetos.

“Nunca podemos dizer assim: você está fora do partido por uma exigência desse e daquele candidato. Não faz sentido. Sai do partido se quiser”.

Bivar criticou ainda a condução do governo federal durante a pandemia. Entende que Bolsonaro errou e que está demonstrado na “quantidade de mortes”.

Leia mais...

BOLSONARO BATE RECORDE DE REJEIÇÃO NA PANDEMIA

Um dia após o país bater o recorde de 2.798 mortes em 24 horas, a maior marca desde o início da pandemia, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) bate o recorde de rejeição ao seu trabalho na condução da crise do coronavírus.

Segundo pesquisa Datafolha, 54% dos brasileiros veem sua atuação como ruim ou péssima na semana em que foi apresentado o quarto ministro da Saúde de seu governo.

O índice daqueles que acham sua gestão da crise ótima ou boa passou de 26% para 22%, enquanto quem a vê como regular foi de 25% para 24%. Na pesquisa passada, realizada em 20 e 21 de janeiro, 48% reprovavam o trabalho de Bolsonaro.​

O colapso dos sistemas de saúde nas capitais e no interior, somado a uma campanha de vacinação lenta, contribuiu para a piora na imagem do presidente, avaliam Mauro Paulino, diretor-geral do Datafolha, e Alessandro Janoni, diretor de pesquisas do instituto.

Há ainda a expectativa para a reunião de hoje do Copom (Comitê de Política Monetária) do Banco Central que deve pautar um possível aumento da taxa Selic para tentar conter a alta da inflação.

Se confirmada, será o primeiro aumento da Selic em quase seis anos, mas a medida não agrada ao setor produtivo e divide analistas. Com informações da Folha.

Leia mais...

PAULO MARINHO DECLARA QUE GOVERNO BOLSONARO É O “BEIJO DA MORTE”

O empresário, presidente do PSDB/RJ, e Suplente de Senador, Paulo Marinho, usou suas redes sociais para lamentar um ano de morte do amigo Gustavo Bebianno, ex-ministro do Governo Bolsonaro.

Nas publicações, Marinho lembra de um momento em sua casa, onde os três estavam presentes. “Hoje faz um ano da morte do meu saudoso amigo e seu ex-ministro Gustavo Bebianno. Essa data me fez lembrar um dia durante a campanha em que estávamos na minha casa e você disse: “se nós não fizermos tudo certo, podemos sair presos”.

Gustavo Bebianno

Paulo Marinho diz atualmente entende a preocupação do “Capitão” e afirma não ter dúvidas de que Bolsonaro será preso. “Hoje eu entendo a sua preocupação e não tenho mais dúvidas de que você será preso, é uma questão de tempo. Sua omissão, negligência e incompetência criminosas já custaram quase 300 mil vidas brasileiras. O seu governo é o beijo da morte!”, concluiu.

Leia mais...

BRASIL: APERTEM OS CINTOS, O PILOTO SUMIU!

Por Gabriel Guedes*

Não pude me conter e precisei escrever sobre isto. Apertem os cintos, nosso pilito sumiu, ou melhor, nunca esteve lá, nunca apareceu. O ‘mimizeiro‘ do presidente da República, aquele que serviu de exemplo para espalhar o vírus em nosso país, hoje se acovardou e abaixou o nível, como sempre.

Sem frescura e mimimi, presidente? Sério isso? Nosso país sendo referência de como matar a população pela Covid-19 e o senhor me vem com um discurso eleitoreiro? Nos poupe de sua choradeira e de sua campanha eleitoral… Precisamos urgentemente de um piloto, alguém que conduza a nação de forma responsável e salve as vidas do povo brasileiro.

O governo federal, ou picadeiro federal, perdeu o controle e não sabe o que fazer, na verdade nunca soube. Esses dias, um amigo apoiador de Bolsonaro me disse que ele teve pouco tempo para fazer o país crescer e ainda, pasmem, usou a pandemia para defender o ‘mito’. Hipocrisia pura!

Ultrapassamos a trágica marca de 260 mil mortes, superando os Estados Unidos em novas mortes por por milhões de habitantes em decorrência da gripizinha e o governo é incapaz de disponibilizar, ao menos, um ‘anti gripal’ eficiente. Não há mais vagas em leitos Covid, mas quem se importa com isso? É governador fechando comércio e o Presidente reclamando. É pedido de compras de mais doses de vacinas e o Presidente sugerindo a ‘loja da mãe‘ para comprar.

No final, o preço disso tudo, são vidas e sequelas, sejam física ou financeira. Mas afinal, quem se importa? Você e eu também temos culpa nisso, não sejamos falsos moralistas. Aquela saída de casa e quando retorna não toma um banho, a máscara que só usa para entrar em lojas, afinal, só lá dentro que há riscos de contaminação. E a família? Ah, essa daí pode aglomerar, conhecemos todos e conseguimos ‘ver o vírus’.

Somado com um trágico piloto, que jamais entrou no cockpit, alguns tripulantes irresponsáveis e milhões de seguidores, o resultado é um 11 de setembro multiplicado por um número que nem tenho condição de mensurar, pela gravidade do caso. Todos os dias alguém vai, sem ter culpa às vezes. Todo dia uma família precisa se despedir de uma vida. Todo minuto alguém agoniza na fila de um hospital, aguardando um leito para o tratamento. Mas, como diz outro amigo meu, só grita quem sente a dor.

Só nos resta uma coisa: empatia. Isso é, se colocar no lugar do próximo, sentir o que ele sente, só assim poderemos mudar nossas atitudes. Quanto ao piloto (presidente), a ele devemos permanecer surdos, deixe ele lá falando sozinho com sua turma do oba oba.

Vivemos uma guerra, literalmente, e para quem se dizia paraquedista e fazia flexões (até eu gordo faço melhor), deveria estar assumindo o manche e comandando essa grande operação, sem colocar seus soldados em risco. Você e eu devemos fazer nossa parte, e acreditar que tudo isso um dia vai acabar.

*Graduando em Direito e Comunicador

Leia mais...

GOVERNO FEDERAL EDITA DECRETO QUE OBRIGA POSTOS DE COMBUSTÍVEIS INFORMAR EM PAINEL A COMPOSIÇÃO DO PREÇO

O presidente Jair Bolsonaro editou um decreto que obriga os postos de combustíveis em todo o país a informar no painel a composição do preço cobrado na bomba. A nova medida foi publicada nesta terça-feira, 23, no Diário Oficial da União e entra em vigor em 30 dias.

Segundo o decreto, o painel deverá conter o valor médio regional do combustível no produtor ou no importador, o preço de referência usado para cobrar o ICMS, feito pelos estados, e o valor do importo e o valor do PSI/Confins e da Cide, impostos cobrados pela União.

Além dessas determinações, os postos que realizam tarifa promocional deverão informar aos consumidores o preço promocional, o preço real e o valor total do desconto. Segundo a Secretaria-Geral da Presidência, a nova medida vai dar mais clareza do cálculo que resulta no preço final e uma noção real aos consumidores das variações dos preços.

Petrobras

Com os aumentos realizados neste ano pela estatal, sendo quatro reajustes na gasolina e três no diesel, o presidente Bolsonaro indicou o general Joaquim Silva e Luna para ocupar o posto do atual presidente, Roberto Castello Branco.

General Joaquim Silva e Luna

A indicação do general precisa ser aprovada pelo conselho de administração da Petrobras, que marcou uma reunião nesta terça-feira (23). Bolsonaro negou qualquer interferência na estatal, mas a indicação de um novo presidente provocou instabilidade no mercado e o derretimento das ações da empresa, que já perdeu cerca de R$ 75 bilhões até a última segunda-feira, 22.

Com isso, a Comissão de Valores Mobiliários – CVM, instaurou uma investigação sobre a possível troca de comando da Petrobras. A CVM, por meio da legislação societária, precisa ser comunicada anteriormente antes da indicação, o que não foi feito. Além disso, um juiz federal de Minas Gerais estipulou um prazo de 72h para que o governo explique a troca da presidência na estatal.

Com informações do G1.

Leia mais...

ITABUNA TERÁ CARREATA A FAVOR DA VACINA E CONTRA BOLSONARO NESTE SÁBADO

Uma carreata em defesa da vacina e contra Bolsonaro será realizada na manhã deste sábado (06), em Itabuna. A concentração será às 09 horas, na Vila Olímpica. Organizada pela Frente Brasil Popular e Povo Sem Medo, o ato pede vacina para toda a população, manutenção do auxílio emergencial, defesa do emprego e o impeachment do presidente Jair Bolsonaro, que já acumula mais de 60 pedidos de impedimento na Câmara dos Deputados.

“Quem não tver carro pode ir de moto ou de bicicleta, o importante é a participação de todos e todas na luta em defesa da democracia”, convidou Joab Alves Batista, presidente do Sindicato dos Comerciários e das Comerciárias de Itabuna.

Nesta quinta-feira, 04, O Brasil chegou à marca de 228 mil mortes causadas pela Covid-19. Apesar do quadro trágico, Bolsonaro se mostra insensível. Cria dificuldades para a aquisição da vacina e despreza a possibilidade de manutenção do auxílio emergencial. “Nessa toada, o país vai colapsando, com aumento do desemprego e da miséria. O povo não aguanta mais esse governo incompetente e genocida”, concluiu Joab.

Leia mais...

PROFESSOR ENVIA LATA DE LEITE CONDENSADO PARA PRESIDENTE JAIR BOLSONARO

O historiador e professor Tauã Fernandes, enviou ao Palácio do Planalto para o Presidente Jair Bolsonaro uma lata de leite condensado. Em forma de protesto às divulgações de compras com valores exorbitantes pela presidência no exercício de 2020 e divulgado ontem pelos meios de comunicação.

Segundo o professor ” Num país que as pessoas passam fome, desemprego alcançam milhões e a miséria só aumenta, essas notícias demonstram a crueldade e indiferença que o presidente e seu governo tratam a população mais carente. Ele ressalta ainda que “ não é normal uma lata de leite condensado custar 162,00. É indício explícito de superfaturamento com nota fria, precisa ser investigado com rigor e rapidez pela justiça.”

Em suas redes sociais postou um vídeo e fotos da encomenda endereçada ao Presidente.

https://www.instagram.com/p/CKkR3PShr5o/?igshid=yvyhram9r8tm

Leia mais...

MINISTRO DO STF ENCAMINHA À PGR NOTÍCIA-CRIME CONTRA BOLSONARO E PAZUELLO

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), encaminhou ao procurador-geral da República, Augusto Aras, notícia-crime contra o presidente da República, Jair Bolsonaro, e o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, por supostos atos omissivos e comissivos na adoção de medidas para o combate à pandemia do coronavírus.

O encaminhamento foi feito para conhecimento e providências que Aras entender cabíveis, pois apenas o procurador-geral pode oferecer denúncia pela prática de crime comum contra o presidente da República e contra ministro de Estado.

Descompromisso

Segundo a Petição (Pet) 9394, protocolada por oito deputados federais do Partido Comunista do Brasil (PCdoB), o “descompromisso” de Bolsonaro e de Pazzuelo com o enfrentamento à Covid-19 deixou gestores locais “à deriva”, tendo de administrar, por conta própria, fluxos e demandas que, em geral, dependem de uma lógica conjunta, envolvendo União, estados e municípios.

Os parlamentares afirmam que o governo teria sido omisso, por exemplo, ao não tomar providências para evitar a falta de oxigênio hospitalar no sistema de saúde do Amazonas, especialmente em Manaus, mesmo tendo sido comunicado da iminência do colapso uma semana antes.

Na petição, eles argumentam que o presidente da República e o ministro da Saúde podem ter cometido o crime tipificado no artigo 132 do Código Penal (expor a vida ou a saúde de outrem a perigo direto e iminente ao propagar a utilização de medicamentos que não têm eficácia científica).

Outro possível crime apontado é o de prevaricação (artigo 319 do CP), por retardarem ou deixarem de praticar ato a que estão obrigados, em razão do exercício de suas funções para atender a sentimento ou interesse próprios.

Os parlamentares pedem o encaminhamento da notícia-crime ao procurador-geral da República, para que adote “providências no sentido de determinar a apuração dos fatos expostos e que, com certeza, já são de seu conhecimento, em vista da elucidação das devidas responsabilidades criminais”.

Leia mais...

PEDRO BIAL CHAMA BOLSONARO DE ACÉFALO, INOMINÁVEL E “DESGOVERNANTE”

Na abertura do programa Conversa com Bial, na madrugada desta quinta-feira, 17, o jornalista Pedro Bial disse que o presidente Jair Bolsonaro é “acéfalo” e “desgovernante”. A declaração se deu por conta de Bolsonaro não apoiar a vacinação em massa contra a Covid-19.

“Na pandemia desse 2020 nefasto, o Brasil se destacou. Difícil encontrar desgoverno que se compare no mundo. Desde o início, nosso desgovernante tentou negar a gravidade da crise, seguiu inventando remédios falsamente milagrosos. Deu os piores exemplos, sem máscara, sem noção. Causou aglomeração e sabotou ministros da saúde e educação”, começou o apresentador.

Leia mais...