faculdade de ilheus
Plansul
Cerveja Je assunção
Buerarema
Ieprol
Navegação na tag

Bruno Covas

PARQUE ÀS MARGENS DO RIO PINHEIROS LEVARÁ NOME DE BRUNO COVAS, ANUNCIA JOÃO DÓRIA

O futuro parque linear que está sendo implementado às margens do Rio Pinheiros em São Paulo, levará o nome de Parque Linear Bruno Covas, anunciou nesta segunda-feira, 18, o Governador Paulista, João Dória (PSD).

Segundo o tucano, “a homenagem é merecida a quem se dedicou a cuidar da população de São Paulo e trabalhar pela transformação da capital em uma cidade mais atrativa e sustentável.”.

Leia mais...

MORRE PREFEITO BRUNO COVAS, VÍTIMA DE CÂNCER

O prefeito da capital do estado de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), morreu neste domingo (16) vítima de câncer. Bruno lutava contra a doença desde 2019, que atingiu o sistema digestivo com metástase nos ossos e no fígado.

Bruno estava internado no Hospital Sírio-Libanês desde o dia 2 de maio, quando se licenciou da prefeitura. Desde sexta-feira (14) ele apresentou uma piora no quadro, onde chegou a ser considerado irreversível.

Bruno tinha 41 anos e tinha assumido a Prefeitura de São Paulo desde a eleição de João Doria para governador. Foi eleito prefeito nas últimas eleições. Ele deixa o filho Thomas, de 15 anos.

(mais…)

Leia mais...

PREFEITO DE SÃO PAULO BRUNO COVAS É INTUBADO EM UTI APÓS SANGRAMENTO NO ESTÔMAGO

O prefeito Bruno Covas (PSDB), de São Paulo, precisou ser intubado nesta segunda-feira (3) na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Sírio-Libanês. O procedimento precisou ser realizado após os médicos descobrirem um sangramento no estômago do gestor.

Um exame detectou uma úlcera em cima do tumor original de Bruno, na cárdia, que é a passagem do esôfago para o estômago. O médico David Uip, que faz parte do corpo clínico que cuida de Covas, disse que o sangramento foi controlado.

Os médicos ainda disseram em boletim que esse tipo de sangramento não é desejável, mas faz parte de um quadro de tratamento pelo qual o prefeito passa atualmente. Bruno foi internado no último domingo, 2, para realização de exames de rotina, com o objetivo de prosseguir com a quimioterapia e o tratamento imunoterápico.

Bruno solicitou um afastamento temporário da prefeitura por 30 dias. Com informações do G1.

Leia mais...

AÇÃO CONTRA ALCKMIN E DÓRIA É DERRUBADA PELA JUSTIÇA

A Justiça Eleitoral julgou improcedente uma ação ajuizada pelo Ministério Público e Fernando Haddad contra João Doria, Bruno Covas e Geraldo Alckmin, informa a Coluna Radar Online.

De acordo coma publicação, são três os pontos principais da denúncia que configurariam abuso político: a nomeação do secretário Ricardo Sales, ex-secretário pessoal do governador, para aumento do tempo de televisão; a utilização do slogan “Acelera, SP”; e uma visita de Alckim e Doria em Paraisópolis antes das prévias tucanas.

O processo que pedia a inelegibilidade e a cassação dos candidatos foi julgado improcedente. Tanto o MP quanto o ex-prefeito entraram com recursos, mas após ampla discussão eles foram desprovidos.

Leia mais...