Cerveja Je assunção
uruçuca novo
Buerarema
Colégio Jorge amado
Plansul
Ieprol
Navegação na tag

Butantan

CORONAVAC É EFICAZ CONTRA MUTAÇÕES COMUNS ÀS VARIANTES P.1 E P.2 DO NOVO CORONAVÍRUS, AFIRMA SINOVAC

A vacina contra a Covid-19 CoronaVac, produzida pelo Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac, provou-se eficaz contra a mutação D614G do vírus SARS-CoV-2, que predomina atualmente no mundo e é comum às linhagens B.1.1.28 (da qual derivam as variantes P.1, amazônica, e P.2, surgida no Rio de Janeiro) e B.1.1.33 (da qual deriva a variante N9, descoberta no Brasil recentemente).

As informações foram divulgadas no último sábado (3) no site da Sinovac junto aos resultados consolidados dos quatro estudos clínicos de aplicação do imunobiológico realizados na China, no Brasil e na Turquia desde meados de 2020. As pesquisas demonstraram que, após a vacinação, a taxa de soroconversão (surgimento de anticorpo específico no sangue de um indivíduo) dos anticorpos neutralizantes contra 12 cepas do SARS-CoV-2 (incluindo a mutação D614G) variou de 80% a 100%. Foram avaliados 80 voluntários e as cepas CZ02, WZL, WGF, ZJY, SSH, JWL, ZYF, HAC, HJL, ZXZ, QHF e NOOR.

Em março, o Butantan já havia divulgado dados iniciais de um estudo realizado em parceria com o Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo, envolvendo 35 pessoas, e que apontava que a CoronaVac era eficaz contra as variantes P.1 e P.2 do novo coronavírus.

As vacinas compostas de vírus inativado, como a CoronaVac, possuem todas as partes do vírus. Isso pode gerar uma resposta imune mais abrangente em relação ao que ocorre com vacinas que utilizam somente uma parte da proteína Spike (utilizada pelo coronavírus para infectar as células). Como a CoronaVac possui uma proteína Spike completa, pode levar a uma proteção mais efetiva contra as variantes que apresentam mutação nesse elemento.

O comunicado da Sinovac também aborda a segurança da CoronaVac, levando em consideração os estudos clínicos realizados nos três países com mais de 14 mil pessoas acima de 18 anos. Com base neles, é possível concluir que as reações adversas mais comuns após a aplicação da vacina são dor no local da aplicação, dor de cabeça e cansaço, e que nenhuma reação adversa grave foi registrada até fevereiro.

Leia mais...

INSTITUTO BUTANTAN DESENVOLVE VACINA 100% BRASILEIRA CONTRA COVID-19

Uma nova fórmula de vacina contra a Covid-19 foi desenvolvida pelo Instituto Butantan, em São Paulo. A Butanvac vai ter seu pedido de testagem feito pelo Governo do Estado de São Paulo à Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa.

O diferencial dessa vacina é que ela poderá, caso venha ser aprovada, ser produzida sem limites de doses, o que pode auxiliar muito no avanço da vacinação no país. Já a Coronavac e a de Oxford, que são produzidas aqui no Brasil, existe um limite de doses a ser produzidas.

A informação da nova vacina foi confirmada na noite desta quinta-feira (25). O pedido de testes junto a Anvisa contemplará as fases 1 e 2 do estudo, onde é feita a analise da segurança e a capacidade de promover uma resposta imune ao vírus. Já o teste de eficácia é feito na terceira etapa.

Leia mais...

BAHIA RECEBE NOVA REMESSA DE VACINAS CONTRA COVID-19

Mais 165.600 doses de vacinas contra o coronavírus chegaram à Bahia na madrugada desta quarta-feira (3). O lote recebido hoje foi produzido pelo Butantan. Esta é a sexta remessa de vacinas que a Bahia recebe. Com a carga desta quarta-feira (3), o estado totaliza 1.111.200 doses recebidas, entre Coronavac e Oxford, desde o dia 18 de janeiro, quando chegou a primeira remessa.

O Grupamento Aéreo da Policia Militar, após a organização das doses feita pela equipe da coordenação de imunização do estado, já começou a fazer a distribuição das vacinas para as centrais regionais no interior da Bahia, de onde serão encaminhadas para os municípios. A nova remessa dará possibilidade de continuidade à primeira fase do plano de vacinação, que inclui idosos e trabalhadores de saúde.

Com 470.783 vacinados contra o coronavírus (Covid-19), dos quais 124.470 receberam também a segunda dose, até as 15 horas desta terça, a Bahia é um dos estados do País com o maior número de imunizados. A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) realiza o contato diário com as equipes de cada município a fim de aferir o quantitativo de doses aplicadas e disponibiliza as informações detalhadas no painel https://bi.saude.ba.gov.br/vacinacao/.

Leia mais...

BUTATAN INICIA ENTREGA DE MAIS 3,4 MILHÕES DE DOSES DA CORONAVAC AO GOVERNO FEDERAL

O Instituto Butantan iniciou a entrega de um lote com 3,4 milhões de doses da vacina CornaVac ao Governo Federal. Já nesta terça-feira, 23, o Butantan prevê o envio de 1,2 milhões de doses.

Segundo o diretor do Instituto, Dimas Covas, a perspectiva inicial era de enviar oito remessas por dia, com 426 mil doses cada uma. Na semana passada, o Ministério da Saúde assinou um contrato com mais 54 milhões de doses, totalizando 100 milhões, que deverão ser entregues até setembro deste ano.

Leia mais...