Pref ilhéus
Plansul
uruçuca novo
Cerveja Je assunção
Buerarema
Ieprol
Navegação na tag

Coluna Livre

SETEMBRO AMARELO: A IMPORTÂNCIA DE CUIDAR DA SAÚDE MENTAL DA CRIANÇA E DOS ADOLESCENTES

Dados da OMS (Organização Mundial de Saúde) mostram que, no mundo, a depressão entre crianças na faixa dos 6 aos 12 anos saltou de 4,5% para 8% na última década. O crescimento alarmante leva à outra consequência: o aumento dos suicídios. Informações da Secretaria de Gestão de Trabalho e de Educação na Saúde do Ministério da Saúde revelam que o suicídio é a segunda principal causa de morte entre jovens brasileiros de 15 a 24 anos de idade.

A Psicóloga Aline Barros, com foco no autismo, relata que crianças e adolescentes já passam por um processo de mudança natural, que causa diversas alterações comportamentais, quando isso acontece atrelado ao sofrimento psicológico que são causados pelos traumas de violência física e verbal, abuso sexual, abandono dos pais ou cuidadores, solidão, falta de afeto, fome, excesso de cobrança e excesso de atividade, bullying, baixa autoestima, frustações, excesso de tempo frente a eletrônicos, todos esses acontecimentos vai deixar sua saúde emocional fragilizada.

(mais…)

Leia mais...

“MEU CORAÇÃO É POVÃO!”

Ontem fui surpreendida com a morte do publicitário Duda Mendonça. Apaixonada por gente e grandes histórias desde sempre, lembrei dos tempos da faculdade, quando tinha acesso à internet apenas na biblioteca da Universidade Tiradentes, em Aracaju, e escrevia seu nome no Google quase todos os dias para me atualizar da sua vida profissional. Li seu livro, Casos & Coisas, presente do meu irmão Mucio, mais de dez vezes. Não dou, não empresto, e ainda o folheio sempre!

Duda Mendonça é um dos maiores nomes da comunicação do nosso país. Um cara que enxergava os sentimentos das pessoas e entendeu que a emoção era a alma da publicidade e da propaganda, inclusive política. Para muitos, um manipulador nato. Para outros, um cara inteligente e ponto. Para esta que vos escreve, uma mente rara, capaz de pensar por ele, por seus clientes e por toda uma nação. E a história do nosso país prova isso, porque ele, nos bastidores, fez parte de uma virada de chave nacional: a eleição de Lula, sindicalista e metalúrgico, pobre e tido por muitos como louco, após três tentativas frustradas, Presidente do Brasil!

(mais…)

Leia mais...

MULHERES, POLÍTICA & PODER

Começo esta coluna com um pedido simples: Abram alas para elas passarem! Rebeca Andrade, Rayssa Leal, Simone Biles, Rosamaria, Ana Marcela Cunha, Bia Ferreira e demais timaços! Elas, as mulheres que dominaram os nossos olhares nas Olimpíadas de Tóquio! E eu jamais faria uma lista apenas de brasileiras quando a norte-americana Simone Biles, apontada por especialistas como uma das atletas mais promissoras para a competição, teve uma atitude histórica: deixou de lado três finais para priorizar sua saúde mental.

Sua atitude me fez lembrar da professora e pesquisadora da Universidade de Houston, autora de quatro best-sellers do The New York Times, Brené Brown. Estudiosa do comportamento humano há mais de vinte anos, ela escreve sobre a coragem, a vulnerabilidade, a vergonha e a empatia. “Fique na sua integridade, independentemente da situação”, disse em conferência histórica no Dia Internacional da Mulher. E nós, mulheres, sabemos quão árduo tem sido caminhar até aqui.

(mais…)

Leia mais...

AS AÇÕES DE PADRE JÚLIO LANCELOTTI NA CRACOLÂNDIA: UMA RELAÇÃO DE AMOR, EXEMPLO E DOAÇÃO

A paróquia de São Miguel Arcanjo, na zona Leste de São Paulo é administrada em todos os âmbitos pelo Padre Júlio Renato Lancellotti. A maneira que o Padre Júlio e os fiéis da igreja dedicam-se a população que vive em extrema pobreza tornou-se um exemplo de fé e doação. Explorando o cotidiano do sacerdote nas redes sociais, observarmos o modo peculiar de enxergar a face de Cristo naquelas pessoas que têm fome, frio, sede e vícios em drogas.

Rotineiramente o Padre Júlio publica fotos em suas redes sociais com frases como por exemplo, “encontrei Jesus e ele estava com fome” ao lado de pessoas em vulnerabilidade social. Se pararmos para analisar, essa perspectiva de viver o evangelho conhecendo Cristo nas pessoas que não conhecemos com sofrimentos inimagináveis sem a mínima condição de humanidade é uma premissa revelada pelo próprio Jesus quando disse: “Ame o próximo como a si mesmo”.

(mais…)

Leia mais...

REVITALIZAÇÃO DOS JORNAIS IMPRESSOS

Diante de tantas agressões e até assassinatos contra profissionais de imprensa, na Bahia, passando por longos meses de pandemia da Covid-19, a força da mulher sertaneja foi a fonte de inspiração das jornalistas premiadas com as reportagens “O Sertão é feminino”, de Fernanda Santana, e a “Pérola do Sertão” de Hilza Cordeiro, do jornal Correio da Bahia.

A notícia, logo pela manhã, foi “Correio vence Prêmio Semear Internacional de Jornalismo” e a boa notícia veio em dobro, foram duas jornalistas, duas matérias premiadas. A primeira que li naquele sábado, 31 de julho.

(mais…)

Leia mais...

FUTEBOL E ELEIÇÃO: A LÓGICA DO CONFRONTO NO DISCURSO POLÍTICO

Futebol e eleição são como uma caixinha de surpresas, tem suas próprias torcidas e estão profundamente ligados à nossa cultura e história. Usar analogias esportivas num discurso político, por exemplo, facilita a compreensão do público e são frequentemente usadas como forma de persuadir os eleitores.

Talvez por essa similaridade com o esporte, vemos na sociedade brasileira pautas políticas sendo tratadas como um Fla x Flu. Contudo, uma análise nos discursos proferidos por líderes políticos, revelam muito mais do que apenas a mensagem dita, mas nos permite observar o direcionamento ideológico de quem emite a mensagem.

(mais…)

Leia mais...

AS DIFERENÇAS DA ELEIÇÃO PELO SISTEMA PROPORCIONAL E PELO SISTEMA “DISTRITÃO”

O sistema eleitoral brasileiro elege os seus representantes legislativos de modo que grande parte da população não tem a mínima noção de como funciona. Isto porque a constituição adotou o sistema proporcional e não majoritário, o qual é o caso dos representantes do poder executivo.

Para iniciar como funciona o sistema proporcional, temos dois quocientes a levar em conta: o quociente eleitoral, e o quociente partidário. O primeiro é mais simples de entender: o candidato tem que alcançar um mínimo de votos para ser eleito que se dá a partir de uma operação matemática em que se divide o número de votos válidos pela quantidade de cadeiras. Exemplo: suporemos que num município há 20.000 eleitores e existam 20 cadeiras, o quociente eleitoral será 1000, então, o candidato legislativo tem que ter no mínimo de 1000 votos para se eleger. Então, entra-se o quociente partidário, exemplo: se o candidato A tem 5000, B tem 3000, C tem 4000, e D teve 900, assim, por este sistema, A elegeu 5, B elegeu 3, C elegeu 4, e D nenhum.

(mais…)

Leia mais...

SUL BAHIA, CORREDORES DE OPORTUNIDADES

A Região Sul da Bahia vem se consolidando como uma região com fortes corredores de oportunidades. O seu CAVALETE MODAL, composto por: Porto, Aeroporto, Rodovias e Ferrovia (em formação), permitirá o desenvolvimento de novos empreendimentos, em especial nos segmentos industriais e logísticos, que poderão obedecer uma nova ordem de distribuição e escala, com a participação de diversos municípios criando unidades de industrialização e logísticas através de um dos seus pés modais, a exemplo da Rodovia BR 101, o Território Litoral Sul tem ao longo desta Rodovia 15 municípios dos seus 26 que o compõem.

É possível criar Polos Industriais e Logísticos às margens da Rodovia BR 101 em cada um dos 15 municípios, abraçando modais diversos, em forma de clusters com concentração de empresas que se comunicam por possuírem características semelhantes, modalidades consorciadas, integradas e complementares. Se juntarão aos equipamentos modais existentes, aeroportos de Ilhéus, Una (Comandatuba) e Canavieiras, porto, ferrovia Leste-Oeste em construção.

(mais…)

Leia mais...

O CAMINHAR DA SAÚDE EMOCIONAL

Estamos no meio das Olimpíadas e uma das grandes estrelas, medalhistas, destaques mundiais da ginástica artística desistiu de competir nas finais individual e por equipe para cuidar de sua saúde mental. É, meu amado leitor. Simone Biles carregava uma expectativa sobre-humana nessas Olimpíadas. Todos os olhos do mundo em cima dela, aguardando o show impecável que ela faria e esperando nada menos do que medalhas de ouro. Mas, depois de cometer um erro e tirar uma nota abaixo dos seus padrões em uma das provas, a ginasta norte-americana de 24 anos pediu para sair e cuidar de sua saúde emocional.

Todos nós carregamos expectativas das pessoas ao nosso redor. Esperam de nós posturas, atitudes, comportamentos, padrões, ações; assim como a gente também espera do outro posturas, comportamentos, ações… a grande questão, meu querido leitor, é que essas expectativas não devem se tornar pesos. A gente não precisa carregar o peso do mundo nas costas. A gente não precisa lidar com todos os problemas do mundo sozinho. A gente não precisa suprir todas as expectativas que esperam de nós.

(mais…)

Leia mais...

O CONSUMO OSTENTATÓRIO E A INTERNET

Desde as primeiras civilizações o consumo é uma prática adotada pelos indivíduos para a sobrevivência. A relação de troca de objetos e alimentos era costumeira quando o bem já não representava importância para uma comunidade, consequentemente, as pessoas pertencentes às sociedades primitivas conseguiam através do sistema de permuta os materiais indispensáveis para sobrevivência e conquista de objetos desejados.

Com o advento das relações de trocas mais sofisticadas através do dinheiro e o surgimento dos meios de comunicação de massa, a aquisição de bens materiais constituiu novos sentidos ao fenômeno social consumo. O ato de consumir passou a trazer arraigado muito mais do que apenas a compra de produtos por meio das trocas monetárias, revelando simbologias que outrora estavam intrínsecas nas primeiras comunidades, dentre elas, a luta por ascensão social e a distinção de classes através da ostentação.

(mais…)

Leia mais...

ENTREVISTA: DR. RAFAEL SODRÉ, CIRURGIÃO TORÁCICO – AGORA EM ILHÉUS, ALERTA PARA O CÂNCER DE PULMÃO

DR. RAFAEL SODRÉ, CIRURGIÃO TORÁCICO, AGORA ESTÁ EM ILHÉUS NA CLÍNICA AVANTTI, DENOMINADA ANTERIORMENTE COMO OTOCLIN, RECÉM REINAUGURADA NO CENTRO DE SAÚDE DR. GUTENBERG LUCENA UM EMPREENDIMENTO DE DR. GUSTAVO LEAL.

Nascido em Belo Horizonte hoje reside em Vitória da Conquista-BA, Dr. Rafael Sodré divide sua agenda em atendimentos e cirurgias em todo sul da Bahia. Dr. Rafael também é Professor de Medicina do Instituto Multidisciplinar em Saúde (IMS) -UFBA/ Vitória da Conquista-BA e Coordenador do Médico do Instituto Conquistense de Cirurgia Torácica. Graduado em medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – FCMMG (2007) em Belo Horizonte – MG; fez Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Municipal de Contagem (2010) em Contagem-MG; fez Residência médica em Cirurgia torácica na Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais, FHEMIG – no Hospital Júlia Kubistchek (2012) em Belo Horizonte-MG.

(mais…)

Leia mais...

ITABUNA: A CÂMARA E OS CONJUNTOS HABITACIONAIS

Ao longo dos anos vários conjuntos habitacionais foram construídos em Itabuna numa parceria entre a Caixa Econômica Federal e a prefeitura para acalentar o sonho de todo ser humano ter a sua casa própria. Será que esses conjuntos foram construídos, realmente, dentro dos padrões exigidos pelo governo e as construtoras que ganharam as licitações ergueram os prédios dentro das especificações contratuais? Para se ter uma noção da falta de fiscalização (ao longo dos anos) dos órgãos competentes ( Caixa Econômica, Prefeitura, Emasa, Setran, etc), esses conjuntos não tem CEP ( Código de Endereçamento Postal) além de ser um inferno o problema de abastecimento de água potável.

(mais…)

Leia mais...

ACI, RONALDO ABUD, MAURO RIBEIRO

Noite do dia 14 de junho de 2015. O salão de festas da Associação Atlética do Banco do Brasil ( AABB ), bairro São Judas, na cidade de Itabuna, estava literalmente ornamentado para a posse do empresário Ronaldo Eustáquio Abud da Silva na presidência da centenária Associação Comercial da cidade. O mundo empresarial, político, econômico, social e financeiro de Itabuna e região se confraternizava naquela noite.

(mais…)

Leia mais...

E SALLES ESTÁ PASSANDO A BOIADA

O vídeo da reunião ministerial que causou mais rebuliço, por ter sido o motivo principal da saída do ex-ministro Sérgio Moro, divulgada no dia 22 de maio do ano passado, ainda faz muito barulho. Isto porque as gravações mostram o ministro do meio ambiente, Ricardo Salles, tecendo algumas declarações no mínimo controversas. Ele disse durante a reunião que deveria ser aproveitado o momento em que os olhos da mídia estavam fixos na pandemia (que naquela época contava com um pouco mais de 21 mil mortos pela doença) e disse: “oportunidade” para “ir passando a boiada e mudando todo o regramento e simplificando normas [ambientais] (…) de baciada”

Não seria muita coincidência que está tramitando no Congresso Nacional um famigerado projeto de lei ambiental, o qual causou muitas revoltas e discussões, pois facilita e muito o processo de licenciamento ambiental, e, cuja a reputação não está sendo uma das melhores, para se ter uma noção, este projeto já estava engavetado na câmara por 17 anos. Ele já tem um tempo que foi aprovado pela Câmara, mais precisamente em 5 de maio, e agora, ele foi para o Senado para ser analisado, e aprovado ou vetado, em todo, ou em partes.

(mais…)

Leia mais...

1º DE JUNHO: A IMPRENSA COMO JANELA PARA O MUNDO REAL

Por natureza, a humanidade tem a necessidade de fugir de sua realidade. Vide o sucesso do cinema, videogames ou redes sociais. Seja qual for o ímpeto que nos faz fechar os olhos para o mundo real, a imprensa segue vigilante, mesmo quando atacada por aqueles que juraram defender o cumprimento da liberdade.

O dever de ser um vigilante dessa liberdade, impõe aos jornalistas a missão de revelar a verdade. Infelizmente, muitos pensam que a imprensa tem apenas o papel de informar, mas o que está nos bastidores da diagramação de uma notícia tem muito mais a ver com direito e liberdade, do que informar um fato.

O direito de informar e ser informado. Direito esse que na filosofia, Immanuel Kant afirma que ‘devemos fazer uso do nosso próprio entendimento, pensar sobre o mundo, sobre as instituições e também tornar isso público’.

(mais…)

Leia mais...