FICC
Shopping
CVR
diabetes
Buerarema
Plansul
COLÉGIO JORGE AMADO
Pref ilheus junho
Ieprol
Navegação na tag

#Diesel

PETROBRAS ANUNCIA REDUÇÃO DE R$ 0,30 NO DIESEL

A Petrobras anunciou nesta segunda-feira (19) a redução no preço do diesel A vendido às distribuidoras de combustíveis em R$ 0,30, a partir desta terça-feira (20). Com a mudança, o litro do diesel A fornecido pela empresa passará a custar R$ 4,89.

A queda no preço equivale a 5,78% e, segundo a estatal, “acompanha a evolução dos preços de referência e é coerente com sua prática de preços”.

A Petrobras explica ainda que, como o diesel vendido nos postos tem uma mistura obrigatória de 20% de biodiesel, a parcela do diesel A no preço final passará de R$ 4,67, em média, para R$ 4,40, a cada litro vendido.

O preço do diesel comercializado pela Petrobras teve aumento pela última vez em 18 de junho, quando chegou a R$ 5,61 o litro. Desde então, o valor foi reduzido em R$ 0,20, em 5 de agosto; e em R$ 0,22, em 12 de agosto.

Leia mais...

PETROBRAS ANUNCIA ALTA NA GASOLINA DE 18% E DIESEL EM 25%

Após 57 dias sem reajustes, a Petrobras anunciou nesta quinta-feira (10) mais um reajuste no preço da gasolina e no diesel. Os novos valores passam a valer nesta sexta-feira (11).

Conforme a estatal, a gasolina vai elevar 18%, fazendo que o preço médio passe de R$ 3,25 para R$ 3,86. Já o diesel vai ter um reajuste de 25%, saindo de R$ 3,61 para R$ 4,51 por litro.

O valor do GLP, o gás de cozinha, também sofre com os reajustes nesta sexta-feira. O preço médio de venda passará de R$ 3,86 para R$ 4,48 por quilo, equivalente a R$ 58,21 por 13kg. O último reajuste no GLP foi feito há 152 dias.

Leia mais...

PETROBRAS ANUNCIA AUMENTO NO PREÇO DO DIESEL E GASOLINA NESTA SEMANA

A Petrobras anunciou que fará ajustes no preço de venda da gasolina e do diesel para as distribuidoras. O anúncio foi feito nessa terça-feira (11) e os novos valores passam a valer já nesta quarta-feira (12).

Por 77 dias a estatal não tinha feito reajustes no preço dos combustíveis vendidos às distribuidoras, tendo o último aumento no diesel dia 26 de outubro de 2021 e o da gasolina em 15 de dezembro de 2021, segundo a Petrobras.

Com esse ajuste, o primeiro de 2022, o preço médio de venda da gasolina passará de R$ 3,09 para R$ 3,24 o litro. Já o diesel passa de R$ 3,34 para R$ 3,61 o litro. Com informações da CNN Brasil.

Leia mais...

HOMEM ACUSADO DE ROUBAR 41 MIL LITROS DE DIESEL É PRESO EM FEIRA DE SANTANA

Um homem foi preso, na terça-feira (13), por policiais da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR) de Feira de Santana, acusado de fraudar a compra de 41 mil litros de diesel em três postos de gasolina e revender a varejo na região de Itatim.

“Para aplicar o golpe, ele usou o cadastro de uma empresa fictícia, fazia a compra, mas o dinheiro nunca era compensado. O combustível recuperado está avaliado em R$ 139 mil”, explicou o titular da DRFR, delegado André Luis Gomes Ribeiro.

(mais…) Leia mais...

FORA DE CONTROLE: PETROBRAS ANUNCIA O SEXTO AUMENTO NO PREÇO DA GASOLINA APENAS ESTE ANO

Uma crise, tudo indica, assola a estatal Petrobras, que anunciou nesta segunda-feira (8) o sexto aumento no preço da gasolina e o quinto no diesel. Em menos de sete dias (Relembre aqui), a estatal disse que a partir desta terça-feira (9) um reajuste de 8,8% será acrescido no preço da gasolina nas refinarias.

Já o diesel sofrerá um reajuste de 5,5%, sendo o quinto apenas neste ano. Com os novos reajustes, a gasolina passa a custar para as refinarias R$ 2,84 por litro e o diesel R$ 2,86. Somente em 2021, a gasolina sofreu reajustes de 54% e o diesel 41,6%.

A estatal justifica que o aumento se dá por conta de um alinhamento dos preços ao mercado internacional, o que é fundamental para garantir que o mercado brasileiro seja suprido sem sofrer riscos de desabastecimentos. A Petrobras lembrou também que a mesma competição no mercado foi o que resultou na baixa dos combustíveis em 2020. Com informações da CNN Brasil.

Leia mais...

PETROBRAS REGISTRA QUINTO AUMENTO NO PREÇO DA GASOLINA

A Petrobras divulgou, por meio da assessoria de imprensa, que vai ajustar pela quinta vez o preço da gasolina neste ano. O reajuste passa a valer nas refinarias a partir desta terça-feira (2). O diesel também sofrerá um reajuste no preço, chegando ao quarto apenas neste ano.

Também vai ficar mais caro, a partir de terça, o gás de botijão. O preço médio de venda da Petrobras para as distribuidoras passará a ser de R$ 3,05 por kg (equivalente a R$ 39,69 por 13kg), refletindo um aumento médio de R$ 0,15 por kg (equivalente a R$ 1,90 por 13kg) – uma alta de cerca de 5%.

O preço da gasolina passará a ter uma alta de R$ 0,12 no litro, o que corresponde a um aumento de 4,8%, enquanto o diesel aumentará R$ 0,13 litro, um percentual de 5%. Com os novos reajustes de preço, a gasolina teve um aumento nas refinarias de 41,3% neste ano. Já o diesel subiu 34,16% no mesmo período. Com informações do G1.

Leia mais...

GOVERNO FEDERAL PRETENDE ZERAR IMPOSTOS SOBRE O GÁS E DIESEL

Em sua ‘live semanal’, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou nesta quinta-feira (18) que o governo federal pretende zerar os impostos sobre o gás liquefeito de petróleo (gás de cozinha) e o óleo diesel. Segundo Bolsonaro, a suspensão sobre o gás já seria definitiva, enquanto a do diesel teria que aguardar dois meses.

As medidas, que foram decididas junto a equipe econômica do governo federal, passam a valer a partir de março. O presidente também fez críticas ao reajuste dos combustíveis por parte da Petrobras, que passa a valer nesta sexta-feira, 19. (Relembre aqui)

Com informações da EBC.

Leia mais...

COMBUSTÍVEIS SOFREM NOVOS REAJUSTES A PARTIR DESTA QUINTA-FEIRA, CONFIRMA PETROBRAS

A Petrobras anunciou nesta quarta-feira, 27, o reajuste do preço do diesel e da gasolina a partir desta quinta-feira (28). O aumento representa 5,05% do preço, que equivale a R$ 0,10 na gasolina. A última mudança no preço foi em 18 de janeiro deste ano.

Já para o diesel, o avanço no preço será de R$ 0,09, alta de quase 5%. O último reajuste do preço do diesel foi em dezembro de 2020. O reajuste acontece em meio às especulações de uma possível paralização dos caminhoneiros, programada para o inicio de fevereiro deste ano.

Os valores, que foram reajustados para as refinarias, tem como referência os preços de paridade de importação e acompanham as variações do valor de mercado internacional, segundo argumentou a estatal.

Leia mais...