Ieprol – Matrículas Abertas – Desktop Mobile
Navegação na tag

#Diplomação

ITABUNA: EMOCIONADO, PANCADINHA SE DESPEDE DA CASA LEGISLATIVA E ASSUME CADEIRA NA ALBA

Na tarde desta quinta-feira, 15, o Vereador Fabrício Pancadinha (SD), se despediu da Câmara de Vereadores de Itabuna. O músico irá assumir uma cadeira como Deputado Estadual na Assembleia Legislativa da Bahia – ALBA. No lugar de Pancadinha, assume o suplente Júnior do Trator, do PMN. A diplomação do deputado será nesta sexta-feira, 16, no Teatro Castro Alves em Salvador.

Com a eleição de Fabrício Pancadinha, Itabuna volta a ter uma representatividade na ALBA. O último havia sido Augusto Castro, quando ainda era do PSDB. Muito emocionado, o Legislador agradeceu aos seus colegas vereadores da Casa Legislativa do munícipio, a população de Itabuna e as comunidades. “Agradeço primeiramente ao meu Deus, a minha família, meus amigos e as minhas comunidades que nunca me deixam na mão. Agradeço também aos servidores públicos que trabalham na Câmara, agradeço a todos vocês”, disse.

Leia mais...

“A DEMOCRACIA PRECISA SER SEMEADA, CULTIVADA E CUIDADA”, DIZ LULA DURANTE CERIMÔNIA DE DIPLOMAÇÃO

Ao receber o documento que o torna apto a exercer o cargo de presidente da República a partir de 1º de janeiro de 2023, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) destacou a importância da atuação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e do Supremo Tribunal Federal (STF) na preservação da democracia e das instituições democráticas do Brasil.

“A democracia não nasce por geração espontânea. Ela precisa ser semeada, cultivada e cuidada para que a colheita seja generosa para todos”, afirmou o presidente eleito e diplomado na tarde desta segunda-feira (12).

No discurso, ele exaltou “a coragem e a firmeza” das autoridades para assegurar a lisura do processo eleitoral. “A história há de reconhecer sua coerência e fidelidade à Constituição”, disse.

A defesa da soberania popular norteou boa parte do discurso do político durante a cerimônia de diplomação. Ele criticou a disseminação de notícias falsas sobre as urnas eletrônicas e enalteceu a eficiência dos equipamentos, reconhecida internacionalmente.

Ataques à democracia

Lula lembrou que as ameaças à democracia, no entanto, não são exclusividade do Brasil. Segundo ele, a democracia enfrenta um enorme desafio ao redor do planeta, talvez maior do que aqueles enfrentados no período da Segunda Guerra Mundial.

Ele citou o uso das redes sociais como meio de propagação de mentiras como exemplo do que já ocorre em países da América Latina e da Europa. “Os inimigos da democracia se organizam e se movimentam. Usam e abusam dos mecanismos de manipulações e mentiras, disponibilizados por plataformas digitais que atuam de maneira gananciosa e absolutamente irresponsável”, afirmou, ao enfatizar que “a máquina de ataques à democracia não tem pátria e nem fronteira”.

O presidente eleito afirmou que o combate a esses mecanismos precisa se dar nas trincheiras da governança global, por meio de tecnologias avançadas e de uma legislação internacional mais dura e mais eficiente.

“Que fique bem claro: jamais renunciaremos à defesa intransigente da liberdade de expressão, mas defenderemos, até o fim, o livre acesso à informação de qualidade, sem mentiras e sem manipulações, que levam ao ódio e à violência política”, ressaltou.

O papel do Brasil no mundo

Lula defendeu que o país tem como missão o fortalecimento da democracia de maneira interna e por meio das relações multilaterais. E destacou que a importância do Brasil, no cenário global, é inegável.

“Foi por essa razão que os olhos do mundo se voltaram para ver o nosso processo eleitoral”, apontou. “Precisamos de instituições fortes e representativas, precisamos de harmonia entre os poderes, com um eficiente sistema de pesos e contrapesos que iniba qualquer aventura eleitoral ou autoritária. Precisamos de coragem”, salientou.

Participação popular

 “Democracia por definição é o governo do povo por meio da eleição de seus representantes. Mas precisamos ir além dos dicionários. O povo quer mais do que simplesmente eleger representantes, o povo quer a participação ativa nas decisões dos governos”, afirmou.

De acordo com Lula, democracia é ter alimentação de qualidade, emprego, saúde, educação, segurança e moradia. “Quanto maior a participação popular, maior o entendimento da necessidade de defender a democracia daqueles que se valem dela como atalho para chegar ao poder e instaurar o autoritarismo”, enfatizou.

Por fim, Lula defendeu que a democracia só fará sentido e, consequentemente, será defendida pelo povo, na medida em que promover a igualdade de direitos e a oportunidade para todas e todos, independentemente de classe social, crença religiosa ou orientação sexual.

“É com o compromisso de construir um verdadeiro Estado Democrático, garantir a normalidade institucional e lutar contra todas as formas de injustiça que recebo pela terceira vez um diploma de presidente eleito do Brasil, em nome da liberdade, da dignidade e da felicidade do povo brasileiro”, concluiu.

Leia mais...

PREFEITO, VICE-PREFEITO E VEREADORES DE JUSSARI FORAM DIPLOMADOS NESTA SEXTA-FEIRA

A diplomação aconteceu nesta sexta-feira (18), às 09: 00h da manhã, na 28ª Zona Eleitoral em Itabuna. O prefeito reeleito Antônio Valete, o Vice-Prefeito Amaral Dias, os nove vereadores eleitos na última eleição, estão aptos para tomar posse em primeiro de janeiro. Além dos vereadores eleitos, os respectivos suplentes de cada partido também foram diplomados.

Acompanhado da primeira dama do município Rita Valete, o prefeito falou sobre a importância de continuar trabalhando em prol da comunidade. “Tivemos 72% de aprovação de nossa gestão e por isso fomos reeleitos, isso só aumenta a nossa responsabilidade, o nosso principal compromisso com os jussarienses continuará sendo o trabalho, por isso, o slogan de nossa próxima gestão será: Trabalho e Renda”, informou o prefeito.

Valete entrou para a história de Jussari como o primeiro prefeito reeleito desde a emancipação política do município, com o total de 2.667 votos, contra 1008 de seu adversário político.

Câmara Municipal

Dos nove vereadores eleitos no município de Jussari, oito vereadores fazem parte da coligação “A Mudança que deu Certo”.

A câmara municipal passou por uma significativa renovação, passando a ser composta pelos vereadores reeleitos Orleans Mascarenhas (PP), Emanuel Santana (PSD) e Jessé Bispo (PSD) e pelos novos vereadores Sandra de Luizão (PP), Simão Lucas (PSD), Romário da Horta (PP), Alex Coxinha (PSD), Jair da Ambulância (Republicanos) e o professor Ricardo Paraguai (PT).

Leia mais...