Plansul
FICC
CVR
Buerarema
COLÉGIO JORGE AMADO
Pref ilheus junho
Ieprol
Navegação na tag

Emasa

PLANTÃO DA EMASA ATENDE DEMANDA DAS CHUVAS QUE CASTIGARAM ITABUNA

As chuvas que voltaram a Itabuna na manhã de hoje, feriado de 15 de Novembro, causaram transtornos em alguns pontos da cidade. A equipe de plantão da Gerência de Saneamento da Emasa atuou no centro e nos bairros, realizando desobstrução da rede mista (drenagem pluvial e esgoto) e também em residências.

O gerente de Saneamento da Emasa, Tauan Sampaio, destaca o trabalho preventivo na limpeza de bueiros, bocas de lobo e canais realizados pela Superintendência de Serviços Públicos e a Emasa.

“Atendemos a toda a cidade, principalmente em algumas residências onde ocorreram retorno das águas da chuva. O trabalho preventivo de desobstrução, tanto das redes pluviais quanto das de esgotamento sanitário, ajudaram no escoamento rápido das águas”, disse Sampaio

Para Tauan Sampaio, é necessário que a cidade elabore um Plano Municipal de Drenagem Pluvial, independente do Plano de Saneamento Básico com o compromisso de parte da população.

De acordo com a Defesa Civil de Itabuna, entre às 5 e 10 horas choveu 38 milímetros, decorrente de nuvem estacionaria, conforme os pluviômetros da Agência Nacional de Águas.

Segundo Kaique Brito, diretor da Defesa Civil, o orgão continua em alerta e monitorando o serviço de meteorologia. “A Defesa Civil está vigilante, atendemos todas as ocorrências do dia e o telefone 199 e WhatsApp 73. 99811.4490, estão à disposição para receber os chamados de ajuda”, finalizou o diretor da Defesa Civil de Itabuna.

Leia mais...

EMASA REVISA PONTOS DE VISITA DEPOIS DAS CHUVAS INTENSAS EM ITABUNA

A Gerência de Saneamento da Empresa Municipal de Saneamento (Emasa) iniciou na manhã de hoje, dia 25, um trabalho de revisão nos pontos de visita (PV), conhecidos popularmente como bueiros, devido ao temporal que afetou a cidade ontem, dia 24.

Segundo o gerente de Saneamento da Emasa, Tauan Sampaio, esse serviço é necessário para evitar acidente com veículos e pedestres. “O grande volume de águas pluviais força algumas tampas de PVs que se elevam. Para evitar acidentes com os transeuntes, iniciamos uma vistoria para a correção de eventuais pontos que tenham sido afetados”, disse.

A Emasa também atuou em conjunto com a Superintendência de Serviços Públicos da Prefeitura de Itabuna na desobstrução das redes de drenagem para facilitar o escoamento naqueles pontos em que ocorreram alagamentos como nos bairros São Caetano, Banco Raso, Sarinha Alcântara, Califórnia, Monte Cristo, São Roque e no centro da cidade.

Leia mais...

ITABUNA: EMASA MOBILIZA EQUIPE PARA AUXILIAR NA DESOBSTRUÇÃO DA REDE DE DRENAGEM EM FUNÇÃO DAS CHUVAS

As chuvas em Itabuna que iniciaram na madrugada de sábado para domingo e que ficaram mais intensas durante todo dia de hoje, dia 24, fez com que a Empresa Municipal de Águas e Saneamento (Emasa) deslocassem equipes da Gerência de Saneamento para atuar na desobstrução de bueiros e bocas de lobo em diversos pontos da cidade.

De acordo com o gerente de Saneamento da Emasa, engenheiro Tauan Sampaio, oito equipes foram mobilizadas para atuar na desobstrução das redes de drenagem e mista. “Paramos as equipes de quebramento e recuperação de piso e colocamos para atuar em conjunto com as equipes de desobstrução. Atuamos no centro da cidade e nos bairros São Caetano, Banco Raso, Sarinha Alcântara, Califórnia, Monte Cristo e São Roque”, informou.

Segundo o diretor de Defesa Civil de Itabuna, Kaique Brito, o acumulado de chuva de sábado, dia 22 até a segunda-feira, dia 23, foi de 35 milímetros. Porém, somente no período de 20 minutos na manhã de hoje, entre às 11 e 13h30min, choveu entre 18 e 20 milímetros.

“É muita chuva para um tempo tão curto. E, como em boa parte da cidade o piso é de asfalto, as bocas de lobo não conseguem dar vazão a tanta água, mesmo a Prefeitura realizando o trabalho preventivo de limpeza dessas bocas de lobo”, disse Brito.

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), até a próxima quinta-feira, dia 27, a previsão é que chova entre 60 e 100 milímetros em Itabuna.

Leia mais...

EMASA CONCLUI A INSTALAÇÃO DO PRIMEIRO DECANTADOR NA ETA PRINCIPAL

A Empresa Municipal de Águas e Saneamento (Emasa) concluiu os trabalhos de instalação do primeiro dos três decantados do novo sistema de decantação em laminados de PVC flexíveis atóxicos, conhecido como lamelas, que está sendo implantado na Estação de Tratamento de Água (ETA), no São Lourenço.

De acordo com o presidente da Emasa, Raymundo Mendes Filho, havia a necessidade de realizar a troca dos decantadores em decorrência da vida útil dos equipamentos. “A Emasa investiu R$ 3,5 milhões na aquisição e instalação do novo sistema para o processo de decantação da água bruta, o que nos garante o fornecimento de uma água pura e de qualidade aos nossos clientes e consumidores”, relata.

O gerente técnico da concessionária de águas e esgoto João Bitencourt explica que os decantadores são responsáveis na eliminação das partículas em suspensão, garantindo um alívio sobre os filtros assegurando aumento de produção e garantia da qualidade da água fornecida à população.

“O novo sistema é composto de lamelas, uma nova tecnologia de cortinas plásticas que substituem os módulos tubulares, com melhor desempenho e redução de perdas no processo de tratamento da água o que torna a vida útil maior que o sistema em módulos”, defini Bitencourt.

Leia mais...

ITABUNA: CONTAS DA EMASA DO EXERCÍCIO DE 2021 SÃO APROVADAS NO TCM

As contas da Empresa Municipal de Águas e Saneamento – EMASA, relacionadas ao exercício financeiro de 2021, de responsabilidade do Diretor Presidente Raymundo de Carvalho Mendes Filho, foram aprovadas nesta terça-feira, 21, no Tribunal de Contas dos Municípios – TCM.

A defesa da empresa neste julgamento, em sustentação oral, ficou a cargo do advogado Jeffiton Ramos, o qual destacou, dentre outros argumentos, o empenho da atual gestão na reestruturação da EMASA, resultando na possibilidade de investimentos com recursos próprios daquela em mais de R$ 17 milhões no projeto ‘Mais Água para Cidade’, e que representará um benefício direto a mais de 120 mil moradores de Itabuna, o que significa que mais de 80% da população terá água nas torneiras todos os dias.

Diante das argumentações apresentadas, em sua análise, entendeu o Tribunal de Contas dos Municípios do Estado da Bahia, que as poucas consignações contidas no Relatório de Contas de Gestão eram eminente formais e não comprometiam os atos administrativos praticados pela atual gestão, e que demonstram os bons resultados da empresa com a atual Gestão, aprovando, com algumas ressalvas, as contas da EMASA, relativas ao exercício financeiro de 2021, por unanimidade.

Leia mais...

ITABUNA: EMASA NIVELA POÇOS DE VISITA EM RUAS E AVENIDAS BENEFICIADAS PELO PROGRAMA DE RESTRUTURAÇÃO DA CIDADE

A Empresa Municipal de Águas e Saneamento (Emasa) tem atuado em parceria com a Secretaria de Infraestrutura e Urbanismo (Seinfra), no Programa de Reestruturação da Cidade, que está realizando a requalificação asfáltica em ruas e avenidas da cidade. Além de avaliar as redes de água e esgoto das vias que estão recebendo novo pavimento, a empresa tem realizado o nivelamento dos Poços de Visita (PV), popularmente conhecidos como bueiros.

Segundo o gerente de Saneamento da Emasa, Tauan Sampaio, o trabalho de recapeamento de ruas e avenidas provoca o desnível da via em relação ao poço de visita, que acarreta prejuízos aos donos de veículos e a própria Emasa.

“O poço tem que estar na mesma elevação da rua. Conforme o asfalto aumenta de altura, a entrada do poço de visita fica abaixo do nível do pavimento e isso acarreta danos aos proprietários de veículos e a própria Emasa”, explica Tauan.

Vale ressaltar que esta ação em conjunto evita que os poços de visita fiquem fora do nível e venha obrigar a Emasa a substituir o conjunto de tampa dos bueiros. Além disso, também evitar que as suspensões dos carros sejam danificadas.

Dentro do Programa de Reestruturação da Cidade estão sendo pavimentados com concreto betuminoso usinado a quente (CBUQ), 42 Km de ruas e avenidas, em parceria do município com o governo do estado. O programa já chegou aos bairros Pedro Jerônimo, Daniel Gomes, São Pedro, São Caetano, Castália, São Roque, Santo Antônio, Antique e Santa Inês.

Leia mais...

ITABUNA: PREFEITO ASSINA ORDEM DE SERVIÇO PARA OBRAS QUE APLIAM ABASTECIMENTO DE ÁGUA NA CIDADE

Cerca de 120 mil itabunenses residentes em 36 bairros que sofriam com a falta de água serão beneficiados pelo Projeto Mais Água para a Cidade, cuja Ordem de Serviço foi assinada pelo prefeito Augusto Castro (PSD) na manhã desta quinta-feira, dia 11, na Praça Adami, centro de Itabuna.

Ass obras beneficiarão moradores da região dos bairros São Caetano, Pedro Jerônimo, Banco Raso, Vila Anália, São Pedro e Sarinha. “Famílias de bairros que recebiam água a cada 15 dias em suas casas, passarão a ter água diariamente nas suas torneiras. Um benefício que representa melhoria da qualidade de vida de metade da população de Itabuna”,  afirmou.

“A outra parte da população que não será beneficiada diretamente pelo projeto, passará a ter operações intermitentes reduzidas para cada cinco dias”, completou o prefeito. Ele disse ainda que o projeto Mais Água para a Cidade prevê a ampliação da estação elevatória de água tratada, na Estação de Tratamento de Água (ETA), no São Lourenço, com o acréscimo de duas motobombas. Além disso, haverá a implantação de 6.049 metros de rede adutora e pouco mais de 2 mil metros de rede de distribuição.

Os bairros que abrangem as áreas do Conceição, São Judas Tadeu, Vila Zara, Góes Calmon passarão a ser abastecidos a cada cinco dias. Já os bairros da zona oeste, que engloba Nova Itabuna, Ferradas e Nova Ferradas passarão a ter fornecimento de água a cada seis dias.

  Leia mais...

ITABUNA: PREFEITO AUGUSTO CASTRO APRESENTA PROJETO MAIS ÁGUA PARA A CIDADE

O prefeito de Itabuna, Augusto Castro (PSD), e o presidente da Empresa Municipal de Águas e Saneamento (Emasa), Raymundo Mendes Filho, apresentaram para a imprensa e representantes da sociedade civil, na tarde de hoje, dia 5, o Projeto Mais Água para a Cidade. O evento ocorre no auditório da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna.

O Mais Água para a Cidade é projeto de investimento de pouco mais de R$ 26 milhões, que vai resolver em até 80% o problema do abastecimento de Itabuna. Consiste na ampliação da estação elevatória de água tratada, na Estação de Tratamento de Água (ETA), com o acréscimo de duas motobombas. Além disso, haverá a implantação de 6.049 metros de rede adutora e pouco mais de 2 mil metros de rede de distribuição.

Na rodovia BR-101 e na Avenida José Soares Pinheiro, em direção à zona sul, será aplicada a tecnologia não destrutiva, garantindo que o pavimento, por onde a rede vai passar, não sofrerá danos. Também, serão construídos dois reservatórios.

Um, localizado no Bairro Novo Lomanto, com capacidade para armazenar 3 milhões de litros de água. Outro, no Bairro Novo Jaçanã, que vai acumular 5 milhões de litros de água, para atender 36 bairros da zona sul e sudeste que atualmente sofrem com o fornecimento intermitente de água.

OPORTUNIDADE ÚNICA

De acordo com o prefeito de Itabuna, Augusto Castro, o município passa a viver uma nova fase e uma oportunidade única. “Focamos nossa gestão no planejamento e projetamos a cidade para daqui a 40 anos. Obras como o projeto Mais Água, é garantia na melhoria de vida de nossa gente”, afirma.

Segundo o Chefe do Executivo itabunense o projeto também vai contribuir para atração de novos investimentos, com a implantação do Porto Sul e da Ferrovia de Integração Oeste/Leste. “Estamos tendo uma oportunidade única de preparar o crescimento e o progresso da cidade. As obras estruturantes que estamos realizando e vamos realizar ficarão marcadas na história de Itabuna”, disse Augusto Castro.

O presidente da concessionária Raymundo Mendes Filho lembrou que esse é o maior investimento executado pela Emasa nos últimos 30 anos. “Com esse projeto, o prefeito Augusto Castro realiza o maior aporte de recursos na empresa neste período”, destacou.

“Além de proporcionar água nas torneiras diariamente, o Mais Água para a Cidade atende o que determina o Novo Marco Legal do Saneamento, que é a universalização do acesso da população à água até 2033. Itabuna fará o seu dever, a partir de agora”, afirmou Mendes Filho.

O deputado federal Paulo Magalhães (PSD-BA), que por problemas de voo, não pode participar da apresentação do Mais Água para a Cidade, aportou através de emenda parlamentar o valor de R$ 4 milhões para o projeto.

O projeto Mais Água para a Cidade tem previsão de conclusão em 18 meses e de imediato vai atender uma população de cerca 130 mil habitantes. Com as projeções pode chegar a pouco mais de 143 mil pessoas em 2041.

Leia mais...

ITABUNA: PREFEITO AUGUSTO CASTRO AUTORIZA EMASA PUBLICAR EDITAL PARA NOVO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA 

O prefeito de Itabuna, Augusto Castro (PSD), autorizou o presidente da Empresa Municipal de Águas e Saneamento (Emasa), Raymundo Mendes Filho, a iniciar o processo de licitação para a execução de obras e serviços de ampliação do Sistema de Abastecimento de Água Potável de Itabuna. O Edital de Licitação nº 019/2022, foi publicado ontem, dia 28. As obras, prioridade da atual Administração municipal, estão orçadas em R$ 26 milhões.

Segundo o prefeito Augusto Castro, a falta de investimentos na Emasa é a principal causa para o fornecimento irregular de água. “Estamos realizando uma obra que vai resolver o problema do abastecimento de água de Itabuna em 90%. Esse é o maior investimento realizado nos últimos 40 anos pela empresa. Com essa obra, a dona de casa vai abrir sua torneira a qualquer hora e terá a água jorrando”, garante.

De acordo com presidente da Emasa, Raymundo Mendes Filho, o novo sistema de abastecimento vai potencializar a atração de novas empresas para a cidade, principalmente com chegada do Porto Sul e da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (FIOL).

“A ampliação do sistema de abastecimento de água, além de resolver um problema crônico que afeta a população da cidade, será uma das marcas da administração do prefeito Augusto Castro. Com essa obra, Itabuna estará pronta para atrair novos investimentos e gerar muitos empregos”, diz entusiasmado o presidente da Emasa.

O deputado federal Paulo Magalhães (PSD-BA) já destinou emenda no valor de R$ 4 milhões para que a obra seja imediatamente iniciada e assumiu o compromisso de lutar por mais recursos em Brasília. “Tenho a missão de trabalhar por Itabuna e contribuir com o prefeito Augusto Castro. Essa obra será um marco e vamos nos empenhar ao máximo para que seja concluída dentro do prazo ”, garantiu.

NOVO SISTEMA DE ABASTECIMENTO

O novo sistema de abastecimento de água de Itabuna consiste na ampliação da estação elevatória de água tratada, na Estação de Tratamento de Água (ETA), com o acréscimo de duas motobombas. Além disso, haverá a implantação de 6.049 metros de rede adutora.

Na rodovia BR-101 e na Avenida José Soares Pinheiro em direção à zona sul será aplicado a tecnologia não destrutiva, garantindo que o pavimento, por onde a rede vai passar, não sofrerá danos.

Além disso, serão construídos dois reservatórios. Um, no bairro Novo Lomanto, com capacidade para armazenar 3 milhões de litros de água. Outro, no bairro Novo Jaçanã, que vai acumular 5 milhões de litros de água.

O diretor de Planejamento da Emasa, José Silva e Silva, comemora o início do andamento do projeto. “Ver esse projeto sair do papel e começar a virar realidade é um orgulho para todos que fazem a Emasa”, festeja.

Leia mais...

ITABUNA: EMASA RETOMA O ABASTECIMENTO DE ÁGUA APÓS ENERGIA SER REESTABELECIDA NAS ESTAÇÕES

A Empresa Municipal de Águas e Saneamento (Emasa) reestabeleceu o fornecimento de água nesta madrugada, em Itabuna, depois de pouco mais de 48 horas com o fornecimento de energia elétrica interrompido em função das chuvas e fortes ventos que atingem o sul da Bahia. O sistema será restabelecido gradualmente.

A queda de postes e fiação na rede elétrica que atende a Estação de Captação de Água, em Rio do Braço, distrito de Ilhéus, aconteceu sexta-feira passada, dia 15. Por isso, uma força tarefa foi montada com técnicos da Emasa e também da concessionária Coelba para normalizar a situação.

Segundo o gerente técnico da Emasa, João Bitencourt, a interrupção do fornecimento de energia pode gerar em média atraso de até cinco dias no sistema de manobras.

“A frente fria, que está estacionada em nossa região, com ventos de até 100 km/h, derrubou postes, cabos e cruzetas. Contamos com o suporte de equipes da Coelba para que a energia fosse restabelecida por volta das 18 horas de ontem. Então, reiniciamos a produção e distribuição gradativa de água no início da madrugada”, esclarece João Bitencourt.

Ele salienta que o consumidor que teria seu abastecimento no sábado, dia 16, por exemplo, vai ter que aguardar o fornecimento de água a partir do dia 20. “Como trabalhamos com manobras, esse tipo de problema tem um efeito cascata, em cadeia, gerando atrasos em todo o sistema”, explica.

Nova Rede Adutora

Para resolver em até 90% os problemas no fornecimento de água, a Emasa e a Prefeitura de Itabuna desenvolveram o projeto do novo Sistema de Abastecimento de Água, que consiste na ampliação da estação elevatória, com o acréscimo de dois conjuntos de motobombas, a implantação de pouco mais de dois quilômetros de rede adutora e a construção de dois reservatórios, um com três milhões de litros, no Bairro Novo Lomanto, e outro, com cinco milhões de litros no Bairro Novo Jaçanã.

De acordo com o presidente da Emasa, Raymundo Mendes Filho, o novo sistema que será implantado é o maior investimento já realizado pela empresa nos últimos 40 anos. “Serão aportados recursos da ordem de R$ 26 milhões na construção do novo sistema de abastecimento. Com isso, cerca de 80% dos bairros de Itabuna terão água com maior regularidade”, diz.

A previsão, segundo Mendes Filho, é de que as obras do sistema de ampliação do abastecimento de água seja iniciado no segundo semestre deste ano. “Essa obra é uma das prioridades da gestão do prefeito Augusto Castro. Vamos dar início ao processo de licitação em breve e buscar recursos externos para que o consumidor tenha água com regularidade”, afirma o presidente da Emasa.

Leia mais...

FRENTE FRIA PROVOCA INTERRUPÇÃO DE ENERGIA EM ESTAÇÕES DA EMASA

A frente fria que chegou ao sul da Bahia na noite desta sexta-feira, dia 15, trazendo chuva intensa, fortes ventos, raios e trovões, causou a interrupção do fornecimento de energia elétrica às Estação de Captação de Água, no distrito de Rio do Braço, em Ilhéus, e na Estação Elevatória de Água Bruta, em Mutuns, distrito de Itabuna.

De acordo com o gerente técnico da Empresa Municipal de Águas e Saneamento (Emasa), João Bittencourt, a falta de energia ocorreu por volta das 23 horas e foi imediatamente comunicado à Coelba. “Nos preocupa e causa apreensão o tempo para o restabelecimento da energia em nossas estações, porque a Coelba está com muitas demandas em toda a região. A falta de energia elétrica, interrompe a produção de água e, consequentemente, atrasa o sistema de manobras provocando um efeito dominó no abastecimento de água em toda a cidade”, afirma João Bittencourt.

Inmet prevê 90mm de chuva em Itabuna em 48 horas.

Em resposta a ocorrência da Emasa, a concessionária de energia elétrica para o Estado da Bahia, disse que “já acionamos as equipes para as ocorrências que envolvam segurança e atendimentos prioritários: hospitais e serviços essenciais que é o caso da Emasa”.

“A falta de energia nas estações de Rio do Braço e Mutuns já se aproxima de 10 horas de interrupção e vai afetar o fornecimento de água para Itabuna. Pedimos que a população e principalmente os hospitais que utilizem a água com racionalidade, pois não sabemos quando o fornecimento de energia elétrica será reestabelecido”, concluiu o gerente técnico da Emasa.

Leia mais...

ITABUNA: GERENTE TÉCNICO DA EMASA CONTESTA INFORMAÇÃO DA ONG REPÓRTER BRASIL

Não correspondem às análises realizada pela Empresa Municipal de Águas e Saneamento (Emasa) aos dados levantados pela Ong Repórter Brasil para o Mapa das Águas, através do Sistema de Informação de Vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano (Sisagua), do Ministério da Saúde, nos anos de 2018 e 2020. O estudo aponta que no período foram detectados duas substâncias (ácidos haloacéticos e metamidofós) na água fornecida à saúde da população de Itabuna que proporcionariam riscos à saúde.

O gerente técnico da Emasa, engenheiro ambiental João Bitencourt, contesta os dados apresentados pela ONG no relatório do Mapa das Águas. “Na época, quando recebemos os resultados que apontavam a presença dos ácidos haloacéticos acima dos padrões permitidos, solicitamos a repetição das análises. A contraprova indicou que o nível estava dentro dos padrões permitidos que é de 0,08mg/l”, atesta.

Outro ponto rejeitado pelo gerente da Emasa diz respeito ao nível do metamidofós, cujos resultados detectados pelo laboratório do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) contratado pela Emasa, constatou resultado abaixo do limite de detecção do método utilizado. “Em relação ao agrotóxico metamidofós, as análises realizadas pelo Senai, entre 2018 e 2020, estávamos dentro dos padrões da época, que era de 12µg/l e a nossa analise encontrou resultado menor que 10µg/l, conforme a Portaria de Consolidação nº 5, anexo XX, do Ministério da Saúde. A alteração ocorreu pela Portaria 888, do próprio Ministério, de 4 de maio de 2021, permitindo o valor máximo de 7µg/l”, finaliza o gerente técnico da Emasa, João Bitencourt.

Leia mais...

ENERGIA É RESTABELECIDA NA ESTAÇÃO DE RIO DO BRAÇO E EMASA RETOMA FORNECIMENTO DE ÁGUA EM ITABUNA

Depois de quase 24 horas de um árduo trabalho, equipes da Empresa Municipal de Águas e Saneamento (Emasa) e da empresa terceirizada da Coelba, conseguiram restabelecer o fornecimento de energia da Estação de Captação de Água em Rio do Braço, no distrito de Ilhéus, que teve a linha de transmissão afetada por queda de árvores, provocada por fortes ventos, na tarde do último sábado, dia 29.

O vendaval fez com que dois postes e cerca de 600 metros de fiação viessem ao chão, interrompendo o fluxo de energia na estação. “Depois do restabelecimento da energia na captação, a Estação de Tratamento de Água, demanda um tempo em torno de 4 a 5 horas para voltar a operar”, explica o gerente de Distribuição de Água, Moisés Ferreira.

Na manhã desta segunda-feira, dia 31, a equipe técnica da Emasa, irá avaliar os contratempos ocorridos nas duas últimas semanas e realizar uma programação de abastecimento de água para toda a cidade. Priorizando as zonas leste, sul e sudeste da cidade, que já haviam sido afetada pelo rompimento de uma adutora, no dia 23, deixando essas regiões sem água.

Leia mais...

ITABUNA: FORTES VENTOS EM RIO DO BRAÇO PROVOCAM QUEDA DE POSTES DA REDE ELÉTRICA, INTERROMPENDO ABASTECIMENTO DE ÁGUA, DIZ EMASA

Uma forte ventania na tarde de ontem, dia 29, na região de Rio do Braço, distrito de Ilhéus, derrubou postes da rede de energia elétrica que atende a Estação de Captação de Água bruta da Empresa Municipal de Águas e Saneamento (Emasa) interrompendo o abastecimento de água em Itabuna. O vendaval provocou queda de árvores sobre a rede de energia, derrubando dois postes e cerca de 600 metros de fiação.

“Estamos sujeitos às intempéries. Nossa estação de captação é dentro de uma área de mata atlântica, mata fechada. Condições climáticas intensas, a exemplo da cheia do Rio Almada, em dezembro passado, e essa ventania de agora, sempre terão consequências em nosso sistema”, diz o gerente técnico da Emasa, João Bitencourt.

De acordo com assessoria de comunicação, ao tomar conhecimento do ocorrido, a Emasa deslocou uma equipe técnica e prepostos de uma empresa terceirizada que presta serviços de manutenção à Coelba seguiu para Rio do Braço. Técnicos e operários das duas empresas atuaram por toda madrugada e a expectativa é que o serviço de recuperação da linha de transmissão de energia seja concluído por volta das 13 horas de hoje, dia 30.

Segundo o gerente de Distribuição de Águas, Moisés Ferreira, os danos causados pelos fortes ventos na rede elétrica de Rio do Braço comprometeram o fornecimento de água em toda a cidade. “Já estávamos tendo problemas com os bairros das zonas sul, leste e sudeste, em decorrência do rompimento da adutora no domingo passado. Agora, com esse fato ocorrido em Rio do Braço, todo o abastecimento da cidade fica comprometido”, adverte.

Ele salienta que somente após o restabelecimento da rede energia elétrica será possível prever como ficará o sistema de abastecimento. “Assim que os trabalhos forem finalizados em Rio do Braço e nossa estação de tratamento voltar a receber a água que vem da captação, teremos condições de refazer a programação. Os bairros afetados com a quebra da adutora na semana passada terão prioridade”, afirma Moisés Ferreira.

Leia mais...

ITABUNA: QUEBRA DE ADUTORA DA EMASA VAI AFETAR ABASTECIMENTO DE ÁGUA NOS BAIRROS DAS ZONAS LESTE, SUL E SUDESTE

O rompimento de uma adutora nas proximidades da Estação de Tratamento de Água (ETA), da Empresa Municipal de Águas e Saneamento (Emasa), na noite de ontem, dia 23, vai interromper o abastecimento de água nos bairros das zonas leste, sul e sudeste da cidade. Equipes da Emasa tentaram solucionar o problema ainda ontem, porém, o difícil acesso ao local não possibilitou o reparo.

De acordo com o gerente de Distribuição de Águas, Moisés Ferreira, na manhã de hoje, dia 24, técnicos e operários da Emasa estarão se deslocando ao local para realizar o reparo na rede. “Vamos analisar o caso para buscar o meio mais eficaz para viabilizar o conserto. No local existe um conjunto de adutoras, caso o rompimento tenha ocorrido em uma rede na parte de cima fica mais fácil o conserto, coso contrario irá demandar um pouco mais de tempo”, explica.

O rompimento da adutora vai afetar os moradores dos bairros Vila Zara, São Judas Tadeu, Conceição, Góes Calmon, Banco Raso, São Caetano, Sarinha Alcântara, Jardim Vitória, Carlos Silva, Jardim Primavera, Vila Anália, São Pedro, Daniel Gomes, Pedro Jerônimo, Maria Pinheiro, Zizo e Fonseca.

Leia mais...