Plansul
COLÉGIO JORGE AMADO
Buerarema
Pref ilheus junho
Ieprol
Navegação na tag

HRCC

HRCC CONTA COM MAIS UM ENFERMEIRO FORMADO PARA CAPTAÇÃO DE CÓRNEAS

O Banco de Olhos da Bahia, entidade pública vinculada à Coordenação do Sistema Estadual de Transplantes (COSET), com o apoio da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), realizou nos últimos dias 29 e 30 de junho, o XX Curso de Formação para Captadores de Tecido Ocular Humano para Transplante. A capacitação ocorreu no Centro de Ciências da Saúde do campus universitário de Santo Antônio de Jesus.

Durante o curso, com carga horária de 20h, foram repassadas orientações teóricas, com a abordagem sobre a captação das córneas pelas unidades hospitalares e sua distribuição para doação na rede estadual de saúde. Também, documentação de solicitação referente à doação do órgão, aspectos familiares para abordagem, formas de contatos adequados e entendimento do processo de luto da família.

(mais…)

Leia mais...

HOSPITAL COSTA DO CACAU REALIZA PROCEDIMENTO INÉDITO DE ALTA COMPLEXIDADE PELO SUS

Colangiopancreatografia retrógrada endoscópica ou CPRE. O termo é um tanto desconhecido para a maioria de nós, mas o procedimento de alta complexidade foi considerado inédito pelo SUS na região. O Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), em Ilhéus, recebeu duas mulheres, de 30 e 59 anos, que sofriam com cálculos em canal biliar. Foram rapidamente submetidas na segunda-feira (4), e passam bem. A unidade hospitalar é referência para 70 municípios.

Ao site institucional da Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab), o secretário Fábio Vilas-Boas, que também é médico, explicou que o CPRE é um procedimento indicado para avaliação diagnóstica e tratamento das doenças que acometem os ductos de drenagem do fígado e do pâncreas. “É uma mudança radical no acesso à saúde, pois este e outros procedimentos, a exemplo da hemodinâmica, neurocirurgia e cirurgia cardíaca, eram restritos a capital”.

O Hospital Regional Costa do Cacau atualmente possui 184 leitos para internamento, sendo 30 leitos exclusivos para UTI. Diante disso, o titular da Saúde no Estado, reafirmou que “a saúde é uma das principais bandeiras do governador Rui Costa, trabalhamos em ritmo acelerado para que os baianos tenham serviços de qualidade e resolutividade nos hospitais públicos de toda a Bahia”, completou Vilas-Boas.

Procedimento

De acordo com o órgão, a CPRE é realizada com o emprego de um endoscópio específico que permite a introdução de um cateter pelo orifício de abertura desses canais no intestino. Através deste cateter, injeta-se contraste nas vias biliares, permitindo a avaliação radiológica da anatomia local. Durante o exame, as imagens radiológicas são interpretadas pelo médico endoscopista.

Dependendo do diagnóstico e da situação clínica, poderão ser realizados procedimentos adicionais visando o tratamento, como a retirada de cálculos com balão extrator ou cesta, bem como dilatação de estreitamentos (estenoses) com balões ou sondas dilatadoras e drenagem biliar ou pancreática com emprego de próteses.

Leia mais...

HOSPITAL DA COSTA DO CACAU VAI IMPLANTAR SERVIÇO DE DIÁLISE PARA PACIENTES INTERNADOS

A partir deste mês de abril, o Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), em Ilhéus, vai implementar o serviço de hemodiálise, exclusivo para usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Hernani Vaz Krüger, diretor-geral do HRCC, ressalta que os procedimentos de diálise intra-hospitalar, em caráter de urgência darão maior assistência aos usuários que demandam os serviços.

“Com a implantação do serviço de diálise reduziremos a necessidade de transferências para outras unidades. A equipe dará suporte preciso aos usuários dialíticos internados. Contudo, é importante lembrar que as pessoas que precisam de diálise crônica, continuarão o tratamento nas unidades indicadas”, explica.

De acordo com Cláudio Moura Costa, diretor técnico do HRCC, o serviço vai atender exclusivamente os usuários em estado grave, internados na UTI e que apresentam quadro de insuficiência renal. “Quando há indicação para realização de hemodiálise, o usuário deve ter acesso rápido aos procedimentos, pelo fato de implicar maior risco de morte caso não seja dialisado para restabelecimento das funções renais”, enfatiza.

A diálise possui vários objetivos dentre os quais pode-se destacar: remoção de impurezas do sangue; correção do pH do corpo e correção de desequilíbrio dos eletrólitos (sódio, potássio, cálcio, magnésio, fosfato, entre outros), quando não estão dentro das taxas fixas necessárias para que possam exercer normalmente suas funções.

Leia mais...