Serra Grande
Ieprol
Ubaitaba Inst novo
Buerarema
URUÇUCA
Navegação na tag

Lula

PESQUISA APONTA QUE SERGIO MORO É O MAIS CONFIÁVEL, SEGUIDO POR LULA, BOLSONARO E LUCIANO HUCK

De 12 personalidades envolvidas com política avaliadas em pesquisa Datafolha, o ministro da Justiça, Sergio Moro, ficou com a melhor avaliação no quesito confiança, empatado dentro da margem de erro com o ex-Presidente Lula, que ficou com 30%, Em seguida, estão empatados na margem de erro, o Presidente Jair Bolsonaro, com 22% e Luciano Huck, com 21%. O apresentador de TV é considerado um possível candidato à Presidência em 2022.

Jair Bolsonaro e Luciano Huck estão empatados dentro da margem de erro

Outros dois possíveis presidenciáveis, Ciro Gomes (PDT) e o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), têm 11% e 7% de índice alto de confiança, respectivamente. O Presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) é visto como altamente confiável por apenas 7% dos entrevistados. Seu par no Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), amarga a lanterna da lista, com 3%.

O Vice-Presidente, Hamilton Mourão apontou com 12%. Logo atrás, empatados na margem de erro, aparecem o ex-Presidente Fernando Henrique Cardoso, com 10%, a Ex-Senadora Marina Silva, com 9% e a ex-deputada, Manuela D’Ávila, com 7%.

O Datafolha ouviu 2.948 pessoas em 176 municípios de todas as regiões do país nos dias 5 e 6 de dezembro. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos, e o índice de confiança é de 95%. A pesquisa foi divulgada pela Folha de São Paulo neste domingo, 5.

Sérgio Moro tem melhor confiança entre os mais ricos os e vais velhos
Leia mais...

LULA DEIXA A PRISÃO EM CURITIBA

O ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, deixou nesta sexta-feira (8), a prisão em Curitiba. Lula estava preso na Superintendência da Polícia Federal, onde ficou por 1 ano e 7 meses.

Em seu primeiro discurso ao público, Lula disse que não tem ódio em seu coração e que vai se programar com a militância para rodar o Brasil.

Lula se reúne com deputados, senadores e militantes neste sábado, 9, em São Paulo, no Sindicato dos Metalúrgicos para tratar sobre as ações futuras do partido.

Leia mais...

JUSTIÇA DETERMINA SOLTURA DE LULA

Do G1

O juiz Danilo Pereira Júnior, da 12ª Vara Criminal Federal de Curitiba, aceitou nesta sexta-feira (8) o pedido da defesa do ex-presidente do República Luiz Inácio Lula da Silva e o autorizou a deixar a prisão.

Condenado em duas instâncias no caso do triplex, Lula ficou 1 ano e 7 meses preso na Superintendência da Polícia Federal (PF) de Curitiba. Agora, ele terá o direito de recorrer em liberdade e só vai voltar a cumprir a pena de 8 anos, 10 meses e 20 dias após o trânsito em julgado.

Em instantes mais informações sobre o caso.

Leia mais...

EM CARTA, MARTA SUPLICY DIZ A LULA QUE ELES ESTÃO UNIDOS EM ‘MUITOS SONHOS’

A ex-Senadora Marta Suplicy enviou uma carta a Lula para agradecer a afirmação do ex-presidente de que, se ela quiser, pode voltar ao partido, e que ela é até hoje a prefeita “mais bem avaliada” de São Paulo.

Na carta, segundo a Jornalista Mônica Bérgamo, Marta afirma que “Nossa relação, construída por muitos sonhos, faz parte de trajetórias de vidas que se uniram para ajudar nosso país a se libertar dos preconceitos e por melhores dias para o nosso povo”, escreveu Marta.

“Nossa opção pelos que mais precisam continuará sendo o que nos une, como também nossa forte amizade”, disse ainda a ex-prefeita. Ela tem defendido a união dos “democratas” em uma frente ampla contra os retrocessos do governo Bolsonaro.

Leia mais...

DEFESA DE LULA IRÁ AO STF PARA DECLARAR GABRIELA HARDT PARCIAL, APONTA COLUNA

A defesa do ex-presidente Lula continua apostando que a Segunda Turma do STF vai declarar o ex-juiz, Sérgio Moro, parcial para julgá-lo, aponta o Jornalista Guilherme Amado, da Revista Época. Ele afirma que a defesa de Lula está decidida a também recorrer ao Superior Tribunal Federal – STF para que a juíza Gabriela Hardt, substituta da 13ª Vara, também seja considerada parcial em relação ao ex-presidente.

Resta saber se, caso os processos de Lula retroagissem à primeira instância de Curitiba, eles seriam distribuídos para Hardt ou para Luiz Antonio Bonat, o titular da 13ª Vara Federal de Curitiba.

Leia mais...

GILMAR MENDES QUER RETOMAR CASO EM QUE LULA ACUSA SÉRGIO MORO DE PARCIALIDADE

Depois de ter duas sentenças anuladas pelo Supremo Tribunal Federal (STF), o ex-juiz e atual ministro da Justiça, Sérgio Moro, corre o risco de sofrer uma nova derrota na conclusão do julgamento do habeas corpus em que a defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva o acusa de agir com parcialidade ao condená-lo no caso do tríplex do Guarujá. Segundo o Jornalista Rafael Moraes Moura, do Estadão, o ministro Gilmar Mendes pretende levar o caso à Segunda Turma até novembro.

De acordo com a publicação, integrantes da Corte dizem que o ideal é o julgamento ser retomado apenas quando o voto de Celso de Mello estiver “amadurecido”, já que a definição do resultado deve caber ao decano – que sinalizou, nos bastidores, a possibilidade de se alinhar a Gilmar e a Ricardo Lewandowski a favor do pedido do petista para derrubar a condenação. Os ministros Edson Fachin e Cármen Lúcia já votaram contra o pedido do ex-presidente.

Se o pedido for aceito, seria a terceira vez que o Supremo anularia uma sentença de Moro só neste semestre. Em agosto, por 3 a 1, a Segunda Turma derrubou a condenação que havia sido imposta ao ex-presidente da Petrobrás e do Banco do Brasil Aldemir Bendine, sob a alegação de que o executivo fora obrigado a entregar sua defesa no mesmo momento em que delatores da Odebrecht apresentaram suas alegações finais, sem poder, assim, rebater as acusações.

À época, pela primeira vez a ministra Cármen Lúcia não acompanhou o relator da Lava Jato, Edson Fachin, no julgamento de casos cruciais da operação na Segunda Turma, conforme levantamento do Estado. A posição de Cármen foi interpretada como sinal de que mesmo magistrados mais favoráveis à Lava Jato poderiam se opor ao que alguns chamam de excessos de juízes e procuradores.

No início deste mês, o plenário também derrubou a condenação do ex-gerente da Petrobrás Marcio de Almeida Ferreira em um caso similar ao de Bendine. Falta ainda definir a tese que pode abrir brecha para a anulação de mais condenações, como a de Lula no caso do sítio de Atibaia.es,

Leia mais...

EXCLUSIVO: LULA CONCEDE ENTREVISTA A BOB FERNANDES PARA A TVE BAHIA

Na última quarta-feira (14), na Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, o ex-presidente Lula concedeu entrevista exclusiva ao jornalista Bob Fernandes, a primeira para uma televisão pública desde que passou a cumprir pena, em abril de 2018. A TVE Bahia exibe a entrevista nesta sexta-feira (16), no YouTube, Facebook e Twitter, às 18h, e na TV às 22h.

Na entrevista, o ex-presidente afirmou não saber como as informações reveladas pelo site The Intercept nas últimas semanas chegam aos ministros do Supremo Tribunal Federal e que, após tomar conhecimento das mensagens entre o ex-juiz Sérgio Moro e o procurador Deltan Dallangnol, “a suprema corte pode fazer uma correção” no processo que o condenou.

Para Lula, os últimos acontecimentos no Brasil têm relação com a atuação do governo estadunidense. “Tudo que está acontecendo tem o dedo dos Estados Unidos, que manda mais no Sergio Moro do que a mulher dele”, afirmou.

Já em relação ao Procurador do Ministério Público Federal, Deltan Dallagnol, considera que “desde o dia que ele deu uma coletiva dizendo que não tinha provas contra mim, mas apenas convicções, o Conselho Nacional do Ministério Público tinha que ter tirado esse moleque”. E afirmou que não pretende solicitar progressão da pena para sair da condição atual em Curitiba. “Estou aqui até para provar que eles são bandidos e eu não”, disse.

Sobre a política econômica do Governo Federal, Lula afirmou que “o papel do Ministro Paulo Guedes é destruir a economia brasileira”, e perguntou “onde estão os militares nacionalistas?”.

Em relação a operação Lava Jato, Lula disse que “o que aconteceu foi que os delatores foram premiados”. Ao comentar que sua vida inteira foi investigada, o ex-presidente afirmou que “As minhas palestras não eram clandestinas como as do Dallagnol”.

A respeito da revelação recente da suposta orientação do ex-juiz Sérgio Moro em não solicitar a apreensão do celular do ex-deputado federal Eduardo Cunha, perguntou: “você acha normal uma Polícia Federal que vai na minha casa e revira tudo não ter coragem de pegar o telefone do Eduardo Cunha?”.

Ao questionar a parcialidade da Rede Globo na cobertura jornalística, Lula disse que “Bolsonaro foi o monstro que surgiu, mas não era o que a Rede Globo esperava. Não tiveram coragem de lançar o Luciano Huck. E até agora, pasmem, dia 14 de agosto, a Globo não teve a coragem de mostrar as mensagens reveladas pelo Intercept”.

Acompanhe a TVE Bahia nas redes sociais:

facebook.com/tvebahia
youtube.com/tvebahia
twitter.com/tvebahia
instagram.com/tvebahia

Leia mais...

EM CARTA, LULA AFIRMA QUE MUITA GENTE PODEROSA QUER ADIAR OU IMPEDIR A DECISÃO

Do Estadão

Em carta endereçada ao ex-ministro das Relações Exteriores Celso Amorim nesta segunda-feira, 24, antes de a segunda turma do Supremo Tribunal Federal (STF) adiar o julgamento sobre o pedido de suspeição do ex-juiz e atual ministro da Justiça Sérgio Moro, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva diz que “muita gente poderosa” quer impedir “ou continuar adiando” a decisão.

“Muita gente poderosa, no Brasil e até de outros países, quer impedir essa decisão, ou continuar adiando, o que dá no mesmo para quem está preso injustamente”, diz Lula. Na carta a Amorim, o ex-presidente rebate o argumento de que a suspeição poderia anular todos os processos da Lava Jato. O risco da anulação foi usado por Moro durante depoimento a senadores na quarta-feira, 19.

“Alguns dizem que ao anular meu processo estarão anulando todas as decisões da Lava Jato, o que é uma grande mentira pois na Justiça cada caso é um caso”, diz Lula.

Antes de adiar o julgamento da suspeição de Moro, o STF já havia retirado da pauta a decisão sobre a prisão após condenação em segunda instância, que também vai ter impacto sobre o caso do petista. Ao questionar os interesses que estariam por trás dos adiamentos, o ex-presidente pergunta “por que tanto medo da verdade”.

“A pergunta que faço todos os dias aqui onde estou é uma só: por que tanto medo da verdade? A resposta não interessa apenas a mim, mas a todos que esperam por Justiça”, diz Lula.

Leia a íntegra da carta:

(mais…)

Leia mais...

PARA INVESTIGAR LULA, MESA DIRETORA DA CÂMARA AUTORIZA CRIAÇÃO DA CPI DO BNDES

Já foi autorizada pela Mesa Diretora da Câmara a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar contratos internacionais do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Só falta o requerimento ser lido em Plenário para os trabalhos da CPI começarem.

O objetivo da CPI do BNDES é investigar contratos firmados pelo banco de fomento entre 2003 e 2015, com ênfase nos acordos internacionais. São projetos em países como Gana, Guiné Equatorial, Venezuela, República Dominicana e Cuba. Empreiteiras brasileiras obtiveram financiamento para obras no exterior. A justificativa para o investimento seriam contrapartidas que colaborassem para o desenvolvimento econômico e social do país.

O autor do pedido, deputado Vanderlei Macris (PSDB-SP), também sugere que se investigue uma alteração no estatuto do BNDES, feita pelo ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva no final de 2007. Foi essa mudança que permitiu a realização de acordos internacionais pelo banco. O deputado lembra que, em novembro do ano passado, Lula e o empresário Rodolfo Geo, do grupo ARG, foram denunciados pelo Ministério Público Federal por tráfico de influência em transação comercial internacional e lavagem de dinheiro.

(mais…)

Leia mais...

LIVRO SOBRE A PRISÃO DE LULA SERÁ LANÇADO NESTA QUINTA-FEIRA, 29

Publicado pela Editora Contracorrente, “Luiz Inácio LUTA da Silva: nós vimos uma prisão impossível” (Ed. Contracorrente, R$ 30) reúne 20 textos inéditos de autores e autoras que acompanharam o cerco ao sindicato dos metalúrgicos de São Bernardo do Campo nas 48 horas que antecederam a prisão do ex-presidente, em abril, ou o visitaram na cela em Curitiba, nos meses seguintes.

Entre eles estão Manuela D’Avila, candidata a vice-presidente da República em outubro, a filósofa Márcia Tiburi, candidata ao governo do Rio de Janeiro, o ex-chanceler Celso Amorim, o jornalista Juca Kfouri, a cineasta Tata Amaral, a cientista social Esther Solano (também organizadora) e a psicanalista Maria Rita Kehl, entre outros e outras.

O Evento terá roda de conversa com os organizadores Aldo Zaiden e Camilo Vannuchi e com os co-autores Gleisi Hoffmann, presidenta nacional do PT, Gilberto Carvalho, ex-ministro do governo Lula, e Rosane Borges, doutora em comunicação e feminista negra. O Lançamento será nesta quinta-feira, 29, às 19 horas, no Bar Tiborna, Asa Norte – Brasília – DF.

Leia mais...

LULA PEDE AO TSE PARA GRAVAR VÍDEOS EM APOIO A FERNANDO HADDAD

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva apresentou pedido para que o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) o autorize a gravar áudios e vídeos como apoiador da chapa composta por Fernando Haddad (PT) como candidato a presidente e e Manuela D’Ávila (PCdoB) como vice a serem veiculados em propagandas eleitorais.

De acordo com o UOL, a petição apresentada pelos advogados de Lula pede que seja reconhecido o direito da coligação de receber o apoio do ex-presidente e de veicular mensagens dele em sua propaganda eleitoral no rádio e na televisão. Lula foi substituído por Haddad na terça-feira como cabeça de chapa da coligação, após a candidatura do ex-presidente ter sido barrada pelo TSE com base na Lei da Ficha Limpa.

Leia mais...

BOLSONARO E LULA ESTÃO EMPATADOS TECNICAMENTE NO RIO

O Deputado Federal Jair Bolsonaro, confirmado ontem, 22, como candidato a presidente da República pelo PSL, aparece empatado tecnicamente com ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), em pesquisa realizada pelo Instituto Paraná no Rio de Janeiro. De acordo com o levantamento, Bolsonaro tem 26,6% ante 25,5% de Lula. Em seguida aparecem Marina Silva (REDE), com 10,4%, Ciro Gomes (PDT), com 6,1%; Geraldo Alckmin (PSDB), com 3,4%; Alvaro Dias (Podemos), com 3,1%; Rodrigo Maia (DEM), com 1,5%; Manuela D’Ávila (PCdoB), com 1,3%; Henrique Meirelles (MDB), 1,2%; João Amoêdo (Novo), com 1,1%; e Guilherme Boulos (PSOL), 0,4%. com 3,2% não sabem ou não opinaram e 16,2% disseram que não votarão em nenhum dos candidatos.

Em um outro cenário, sem Lula, Bolsonaro amplia a dianteira. Ele chega a 29,1%. A ex-senadora Marina Silva aparece com 15,2% seguida de Ciro Gomes, 8,7%, Geraldo Alckmin 4%, Alvaro Dias 3,7%, Rodrigo Maia 2,3%, Manuela D’Ávila, 1,9%, Fernando Haddad, 1,4%, Henrique Meirelles, 1,4%, Amoêdo, 1,3% e Guilherme Boulos, 0,5%. 25,4% disseram que não irão votar em nenhum deles, e 5,1% não sabem ou não opinaram.

A pesquisa foi realizada entre os dias 14 a 19 de julho em 46 municípios cariocas e ouviu 1.860 eleitores. A Pesquisa encontra-se registrada no Conselho Regional de Estatística da 1ª, 2ª, 3ª, 4ª, 5ª, 6ª e 7ª Região sob o nº 3122/18.

Leia mais...

OUTRO BAIANO SERÁ O MARQUETEIRO DO PT NA CAMPANHA PRESIDENCIAL

Não tão conhecido quanto Duda Mendonça (2002) e João Santana (2006, 2010 e 2014), o discreto e também baiano Sidônio Palmeira será o marqueteiro do PT na campanha presidencial. De acordo com o jornalista Lauro Jardim, em O Globo, é uma indicação do ex-governador baiano Jaques Wagner (PT), preferido do ex-presidente Lula a substituí-lo candidato a presidente quando setembro chegar. O marqueteiro foi o responsável pelas campanhas vitoriosas de Wagner em 2006 e 2010 e de Rui Costa em 2014.

 

Leia mais...

LULA SE DIZ INDIGNADO COM PCDOB E PSB

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está cada dia mais indignado com o PC do B e o PSB. O PT negocia apoio com os dois partidos, mas vê uma aliança ampla de partidos de esquerda e centro-esquerda cada vez mais distante. De acordo com a Coluna Expresso da revista Época, Lula disse a interlocutores que comunistas e socialistas estão sendo ingratos com o PT por insinuarem apoio a Ciro Gomes, pré-candidato do PDT.

Lula afirma que o PC do B e PSB cresceram durante os governos petistas – especialmente no dele – e estão surfando na onda do “Lula Livre”, mas hesitam em apoiar o PT nas eleições presidenciais deste ano.

Leia mais...

61% NÃO VOTARIAM EM UM CANDIDATO APOIADO POR LULA, APONTA PESQUISA

A pesquisa divulgada ontem, 3, pelo Instituto Paraná, revela dados interessantes. Além da avaliação de intenção de votos do eleitor, foi questionado, também, ao entrevistado, se ele votaria em um candidato apoiado por Lula. 61,2% afirmaram que não votariam. No entanto, 23,4% disseram que votariam, sendo qual fosse o candidato apoiado pelo ex-presidente. Já 14,1% afirmaram que depende do candidato.

O resultado se inverte quando são computados apenas os entrevistados que tem intenção de votar em Lula. 62% disseram que vão votar em um candidato apoiado pelo ex-presidente, 20,3% afirmaram que depende do candidato e 16,8% não votariam.

A pesquisa ouviu, entre os dias 27 de abril e 2 de maio, 2.002 pessoas, em 137 municípios de 26 unidades da federação. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais com 95% de nível de confiança. O levantamento foi registrado no TSE sob o número BR 2853/2018.

Matéria Relacionada:

SEM LULA, BOLSONARO LIDERA, SEGUIDO POR MARINA SILVA E JOAQUIM BARBOSA, REVELA PESQUISA

Leia mais...