COLÉGIO JORGE AMADO
Buerarema
Pref ilheus junho
Plansul
Ieprol
Navegação na tag

Maria Rezadeira

ITABUNA: FERNANDO GOMES QUER MARIA REZADEIRA DE VOLTA NA REGULAÇÃO

Depois de perder a quebra de braço com a ex-toda poderosa secretária de saúde Lísias Miranda São Mateus, Maria José da Gama, a Maria Rezadeira está cotada para reassumir o posto de coordenadora da Central de Regulação da Secretaria de Saúde. A ex-secretária de saúde acusou Rezadeira de estar cometendo irregularidades. (Relembre).

De acordo com informações, a atual coordenadora, Celine Minervino não vem agradando nem aos pacientes e nem aos funcionários, motivo pelo qual Fernando Gomes quer a volta de Maria Rezadeira. Fonte ligada a ex-coordenadora afirma que ela não deseja retornar a regulação, mas admite que o chamado do prefeito a deixou balançada.

Leia mais...

ITABUNA: MARIA REZADEIRA ASSUME O DEPARTAMENTO DE LIMPEZA PÚBLICA

A ex-coordenadora da Central de Regulação do SUS em Itabuna, Maria José da Gama, a Maria Rezadeira, vai assumir a diretoria do departamento de limpeza pública do município, vinculado a Secretaria de Administração.

O decreto foi publicado nesta segunda-feira, 9, no Diário Oficial do Município. Maria Rezadeira foi exonerada no último dia 5, após desentendimentos com a secretária de saúde, Lísias Miranda.

Leia mais...

FERNANDO GOMES DEFINE NOVA COORDENAÇÃO DA CENTRAL DE REGULAÇÃO

O prefeito de Itabuna, Fernando Gomes, definiu o nome da auditora Celine Ferraz Minervino para assumir a coordenação geral da Central de Regulação da secretaria de saúde de Itabuna. Conforme o Blog Ipolítica havia antecipado (Relembre), Carla Macedo, que respondia interinamente pelo órgão, deixa a função e retorna ao Hospital de Base. Carla seria a primeira opção, mas por questões burocráticas, não foi efetivada.

Fernando esteve ontem, 6, na Central de Regulação e conversou reservadamente com a auditora Celine Minervino, que aceitou o convite. A nomeação já foi publicada no Diário Oficial. A secretária de Saúde, Lisias Miranda, também participou da reunião.

Segundo fonte próxima ao prefeito, a ex-coordenadora Maria José da Gama, a Maria Rezadeira, vai assumir nos próximos dias um cargo relevante no Hospital de Base. A exoneração dela foi publicada no Diário Oficial do Município.

Leia mais...

ITABUNA: CARLA MACEDO ASSUME INTERINAMENTE A CENTRAL DE REGULAÇÃO

Contrariando a opinião pública, o prefeito Fernando Gomes ratificou na tarde desta quarta-feira (4) a aceitação do pedido de exoneração da agora ex-diretora da Central de Regulação de Itabuna, Maria José da Gama. A gota d’água, segundo analisam os assessores mais próximos de Fernando, foi a atitude de Maria de ter externado na imprensa os reflexos da crise que se abate na Secretaria Municipal de Saúde há quase três meses.

ENTENDA COMO TUDO COMEÇOU

Desde que a atual secretária municipal de Saúde Lísias Miranda assumiu o cargo houve um aceno em colocar no comando da Central de Regulação alguém que fizesse parte da chamada “sua linha de frente”, em detrimento do trabalho de Maria José da Gama (“Maria Rezadeira”) que vinha, segundo informações, se destacando no cargo dada a sua sensibilidade e o seu prestígio para com a clientela.

Corroborando com a disposição da secretária de Saúde, a própria secretária de Governo, Maria Alice Pereira, também teria confidenciado a alguns correligionários que também não estaria satisfeita com o engrandecimento do trabalho de Rezadeira, tendo assumido também a missão de desconstruir as melhorias promovidas pela ex-diretora da Regulação.

Nas diversas reuniões de cúpula entre diretores da secretaria de Saúde, a secretária Lísias Miranda e o prefeito Fernando Gomes, evidenciou-se a falta de alinhamento político entre a secretária e alguns dos seus colaboradores, entre eles, a Maria Rezadeira. O Blog Ipolítica apurou que a gota d’água aconteceu há cerca de três meses quando Lísias acusou formalmente a sua rival de estar cometendo irregularidades no comando da Regulação de Itabuna (desvio de verbas, manutenção de funcionários fantasmas e conluio com fornecedores). Isso, em reunião de portas fechadas entre elas e o prefeito (Relembre).

O reflexo das acusações se deu na instauração de uma auditoria para apurar as irregularidades apontadas por Lísias, auditoria essa, aliás, cujos resultados não foram divulgados.

CONVOCAÇÃO NA CÂMARA DE VEREADORES

(mais…) Leia mais...