CVR
diabetes
Buerarema
Plansul
COLÉGIO JORGE AMADO
Pref ilheus junho
Ieprol
Navegação na tag

Meio Ambiente

ITACARÉ: PREFEITURA DESATIVA DEFINITIVAMENTE O LIXÃO E INAUGURA ESTAÇÃO DE TRANSBORDO E CENTRO DE TRIAGEM E ECONEGÓCIOS

Foi na tarde desta quinta-feira (25), no Auditório do Ecoporan Hotel, em meio a muita emoção e agradecimentos, que aconteceu uma das maiores conquistas da cidade de Itacaré, uma data marcante, que ficará na memória de todos os presentes e na história do município.

Muito emocionado, o Prefeito Antônio de Anízio, discursou e demonstrou toda a importância do projeto “Lixão Nunca Mais”.

Na fala do prefeito é perceptível a marca de um dia histórico para Itacaré. Não sendo possível esconder tanta emoção e felicidade. Muitos não acreditavam que o projeto realmente sairia do papel. Agora, todos podem ver de perto o fechamento do lixão. “A maior vitória disso tudo isso não só o fechamento do lixão, mas também estamos dando local digno de trabalho para os catadores, com o Centro de Triagem e Econegócios; um local seguro e digno de moradia, construindo 25 casas para essas famílias; e capacitando essas pessoas para gerar maior renda reciclando o lixo, nossa maior vitória tem sido cuidar dessas pessoas”, disse o prefeito.

(mais…) Leia mais...

CONVÊNIO BAHIAGÁS-BIOFÁBRICA RECUPERA ÁREAS DE INTERESSE AMBIENTAL NA ALDEIA IGALHA EM OLIVENÇA

Após acordo com órgãos ambientais da Bahia, a empresa de gás natural Bahiagás vai doar 7 mil mudas de essências florestais nativas da mata atlântica e variedades frutíferas para a comunidade indígena da Aldeia Igalha, em Olivença. As mudas serão produzidas pela Biofábrica, a partir de um convênio com a empresa distribuidora de gás natural. O convênio foi assinado na manhã dessa sexta-feira (15), no salão de cerimônias da comunidade indígena, em Olivença.

A Bahiagás executa a ação como forma de pagamento de serviços ambientais em reparação de danos causados ao meio-ambiente com a construção de seu gasoduto no território ilheense. Porém, como explicou seu diretor ambiental José Galindo, a companhia, em vez de simplesmente pagar as multas ambientais aos órgãos de fiscalização, preferiu fazer essa ação de compensação ambiental “junto àqueles que tradicionalmente ocupam e lutam por um território ambientalmente preservado”, afirmou.

Já o presidente da Biofábrica, Jackson Moreira, definiu o convênio como um presente que a instituição ganha, pela relevância e simbolismo da ação. “Produzimos, para além do cacau, mudas de essências florestais e diversas variedades frutíferas. A maior parte de nossos contratos são direcionados a plantio ou replantio de áreas comerciais. Aqui, estamos participando de uma ação extremamente positiva para o meio-ambiente. Parabenizamos a Bahiagás pela iniciativa, e ao povo Tupinambá, que vai ser beneficiado e vai se integrar diretamente a esse projeto tão importante”.

O cacique Nani Sussuarana destacou a importância da ação. Ele avalia que o convênio vai ajudar a recuperar diversas áreas na terra indígena e também vai ajudar na educação ambiental da comunidade. “Vai fortalecer ainda mais a nossa Mãe Natureza aqui na aldeia e nos ajudar a cuidar da nascente do rio Tororomba, que beneficia a todos nessa região”.

O convênio

O documento formalizado nessa sexta-feira prevê ações ambientais em 6,5 hectares, que serão restaurados, reabilitados ou plantados com 7 mil mudas de essências florestais e variedades frutíferas, a exemplo de cacau, goiaba, açaí, graviola entre outras. Serão beneficiadas 150 famílias. O trabalho será desenvolvido pela Biofábrica, que vai atuar desde a produção das mudas até o plantio georreferenciado, com apoio da mão-de-obra da própria comunidade.

Ainda será qualificada força de trabalho da própria comunidade, que atuará como partícipe do projeto e, ao final dos seis meses do convênio, estarão aptos a dar continuidade ao processo de manutenção e recuperação ambiental de outras áreas. “Vamos construir um viveiro para aclimatação das mudas, que, após finalizar o convênio, ainda será utilizado pela comunidade, em um processo contínuo de preservação, conservação e recuperação ambiental na terra indígena”, explica Jackson Moreira.

Pelo convênio, as mudas serão plantadas em áreas de preservação permanente, devidamente georreferenciadas, preferencialmente às margens de corpos d’água e demais áreas de maior apelo sócio-ambiental. As ações devem seguir o que preconiza o Novo Código Florestal.

A cerimônia de assinatura do documento teve, além do cacique Nani Sussuarana, do vereador indígena Cláudio Magalhães e do ancião da aldeia, José Raimundo, uma forte participação das mulheres, com destaque para Duciana e Juerana, da organização das mulheres, e Sueli Araponga, ligada à SPM/ CDDM, bem como de diversas outras lideranças e integrantes da comunidade. Ainda participaram, pela Biofábrica, o diretor Administrativo e Financeiro Valdemir José dos Santos e a Responsável Técnica, engenheira agrônoma doutora Kaleandra Freitas Sena.

Leia mais...

ITABUNA: SHOPPING JEQUITIBÁ JEQUITIBÁ CELEBRA SEMANA DO MEIO AMBIENTE E VALORIZA SUSTENTABILIDADE

O Shopping Jequitibá em Itabuna está com uma ampla programação para celebrar a Semana do Meio Ambiente, com ações que vão orientar as pessoas sobre a necessidade de conservação da natureza e garantir qualidade de vida com foco na sustentabilidade. As atividades, que começam neste dia 1º. de junho, são realizadas em parceria com a CVR Costa do Cacau, O Boticário/Boti Recicla , Escola Geórgia e Prefeitura de Itabuna.

O Botica Recicla terá um estande em frente à loja O Boticário, arrecadando embalagens vazias de todas as marcas de cosméticos. Para os clientes Clube Viva que levarem três ou mais embalagens ganham um bônus de 15 reais nas compras acima de 150 reais. Todo o material coletado será enviado para reciclagem.

Na quinta-feira, dia 2, na Praça Central, acontece a Mostra Ambiental do Colégio Geórgia, com o tema Sustentabilidade. Cerca de 200 estudantes mostrarão os cuidados para tornar o planeta mais sustentável. A mostra vai até as 22 horas.

Já na sexta-feira, a CVR Costa do Cacau, responsável pelo gerenciamento de resíduos no Sul da Bahia, terá um estande na Alameda da Moda, com uma exposição que mostra a trajetória do empreendimento, que atualmente atende prefeituras e empresas privadas, distribuição de mudas, além de proporcionar aos visitantes um espaço “Instagramável”. O estande da CVR fica aberto até domingo. (mais…)

Leia mais...

AUMENTA MULTA PARA LIXO E POLUIÇÃO SONORA EM ITABUNA

Após duas votações na Câmara de Vereadores, foram aprovadas alterações à Lei 2.195/2011, o Código Ambiental e do Equilíbrio Ecológico do Município de Itabuna. As mudanças, propostas pelo Executivo, reveem penalidades à poluição sonora e ao despejo de lixo em terrenos baldios, entre outras irregularidades. Começando sempre por advertências, depois multas a partir de R$ 150,00.

No caso de som, ruídos e vibrações acima dos limites permitidos àquele local e horário, a multa pode variar de R$ 150,00 a R$ 5 mil. Estes valores poderão ser cobrados, também, pelo não atendimento dos padrões de qualidade do ar e da água. A mesma faixa de punição vem por causa de atividades sem autorização ambiental.

A legislação refere-se, ainda, ao despejo de resíduos de uso doméstico no solo ou em corpos d’água. É o caso do Rio Cachoeira. Tais infrações também podem levar a multa de R$ 150,00 a R$ 5 mil. O mesmo aplica-se à construção em canteiros ou instalação em equipamentos nos canteiros marginais dos canais. (mais…)

Leia mais...

MINISTÉRIO PÚBLICO DA BAHIA PEDE PRISÃO DE GRILEIRO APÓS INVASÃO DE ÁREA AMBIENTAL EQUIVALENTE A 150 CAMPOS DE FUTEBOL

José Mariano Batista de Souza, acusado pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA) de fazer grilagem de terras há mais de 20 anos, é apontado como integrante de um esquema de ocupação ilegal e degradação do meio ambiente no Vale do Capão, na Chapada Diamantina, região turística no interior da Bahia.

Se condenado pelos crimes indicados pelo MP, a pena mínima ultrapassa quatro anos de prisão. De acordo com o órgão, Mariano de Souza invadiu e ocupou ilegalmente uma área no interior do Parque Municipal do Boqueirão, dentro dos limites do município de Palmeiras. A área invadida mede 153 hectares, o equivalente a 150 campos de futebol. O Parque está situado em área de aplicação da Lei da Mata Atlântica e foi criado por decreto municipal em maio de 2015, antes mesmo dele ter invadido o terreno.

O MP-BA acusa Mariano de ter ateado fogo na vegetação de Mata Atlântica, em uma área de proteção ambiental. O homem, com diversos boletins de ocorrência, é conhecido por ameaçar moradores e cercar áreas do Parque. Ele ainda é alvo de três outras ações penais, por lesão corporal leve, ameaças e tráfico de drogas, além de outras duas na área cível.

(mais…) Leia mais...

ITABUNA: PROJETOS DE DESPOLUIÇÃO DO RIO CACHOEIRA SERÃO APRESENTADOS EM WORKSHOP

A despoluição do Rio Cachoeira voltou a ser pauta de uma reunião realizada hoje, dia 19, na sede da Emasa, entre o presidente, diretores e gerentes da empresa, com a secretária de Planejamento da Prefeitura de Itabuna, Sônia Fontes e o diretor de Projetos da Secretaria de Planejamento, Rosivaldo Pinheiro.

No encontro, foi definido os detalhes de um workshop, que ocorrerá no próximo dia 1º, quando serão apresentadas as propostas desenvolvidas relacionadas ao Rio Cachoeira pelas empresas Portal Santo Agostinho e a dinamarquesa Ramboll.

Desde o mês de maio a Emasa vem discutindo projetos e dados sobre o Rio Cachoeira para a Ramboll, que atua na captação de recursos e executa serviços na área ambiental e de saneamento. Com a posse dessas informações, a empresa dinamarquesa aperfeiçoou projetos e que vai apresentar no dia 1º/9.

(mais…) Leia mais...

ITAJUÍPE: SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO AMPLIA ASSESSORIA AO MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL

O Secretário de Desenvolvimento Econômico, Renato Ramos, informou, em entrevista à Rádio 104.9 FM, de Itajuípe, a ampliação da assessoria ao Microempreendedor Individual no município. Ao seu lado, esteve Michel Lima, Gerente Adjunto do Sebrae – Ilhéus e Fausto Nascimento, servidor e coordenador da Sala do Microempreendedor na SDE.

Durante a entrevista, o Secretário destacou o número de Microempreendedores Individuais no município, que chega a 703 microempresários registrados no programa. O secretário falou também sobre a parceria com o SEBRAE, estabelecida na gestão anterior pelo Secretário Vinícyus Guimarães, hoje no comando da pasta da Agricultura e Meio Ambiente, e como está parceria fortalece os empresários e pequenos investidores.

Além dos serviços oferecidos ao MEI no município, o secretário destacou a importância da participação dos empresários e comerciantes de todo o município na busca de mais benefícios para a classe.

(mais…) Leia mais...

ATERRO SANITÁRIO JÁ RECEBEU 2.051 TONELADAS DE RESÍDUOS DO ANTIGO LIXÃO DE ITABUNA

O aterro sanitário da Central de Valorização de Resíduos Costa do Cacau, (CVR), localizado na BR, 415, já processou 2.051 toneladas de resíduos sólidos do antigo lixão de Itabuna em quase um mês de operação. Já os resíduos de construção civil, somam 1.210 toneladas, que chegam ao aterro.

O secretário municipal de Infraestrutura e Urbanismo, Almir Melo Jr, acredita que parceria da Prefeitura de Itabuna com o aterro é um avanço para a cidade. “Já é um grande passo já que cumprimos a Lei de resíduos sólidos e ajudamos a despoluir o meio ambiente”, destacou em uma referência á Lei nº 14.026/2020, do Marco Regulatório de Saneamento Básico.

O gerente comercial da empresa, Rodrigo Zaché, ressalta que a destinação legalizada dos resíduos contribui para o desenvolvimento industrial de Itabuna. “A maioria das empresas, antes de se instalarem nas cidades, avaliam se há um tratamento do lixo, e Itabuna agora já está atende a esse parâmetro”, falou.

(mais…) Leia mais...

ITABUNA: TRATAMENTO CORRETO DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS ATRAI NOVOS OLHARES E EMPRESAS

Itabuna é a primeira cidade do Sul da Bahia a atender o novo Marco Legal do Saneamento, Lei nº 14.0026/20, que estabelece o fechamento dos lixões em todo território nacional, promovendo a correta disposição final em aterro sanitário, por exemplo.

A medida tem impactos positivos na área socioambiental, pois, além de minimizar os danos causados ao meio ambiente, como por exemplo a contaminação do solo, do lençol freático e da atmosfera através da emissão de gases que provocam o efeito estufa, promove a integração de diversas pessoas em vulnerabilidade social que viviam no “lixão” e que estão sendo atendidas através de projetos de inclusão social e capacitação profissional, inserindo-os em programas de coleta seletiva.

(mais…) Leia mais...

ITABUNA: PREFEITURA FECHA LIXÃO E DÁ GRANDE PASSO NA MELHORIA DA SAÚDE DO POVO E CONSERVAÇÃO AMBIENTAL

Itabuna dá um grande passo na conservação ambiental e nas melhorias das condições de saúde da população com a destinação dos resíduos sólidos domiciliares e hospitalares para um aterro sanitário, certificado pelos órgãos ambientais no quilômetro 21, da Rodovia Jorge Amado, Ilhéus – Itabuna.

Nesta segunda-feira, dia 3, o prefeito Augusto Castro (PSD) assinou a Ordem de Serviço que autoriza a Central de Valorização de Resíduos (CVR) Costa do Cacau atender a demanda de tratamento, valorização e disposição final dos resíduos, em cumprimento à Lei nº 14.026, de julho do ano passado, a Lei do Marco do Saneamento Básico, que estabelece prazo para o fim dos lixões no país. A partir de terça-feira, os caminhões compactadores já descartam os resíduos em novo local.

Em Itabuna, o atual lixão funciona há cerca de 40 anos em terreno nas proximidades do Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, com impactos negativos sobre o meio ambiente e a saúde das pessoas que atuam no local, além da população em geral.

(mais…) Leia mais...

ITABUNA: AUGUSTO CASTRO DESTACA AVANÇOS NO CUIDADO COM O MEIO AMBIENTE

O prefeito Augusto Castro destacou os avanços que representam para Itabuna a correta destinação dos resíduos sólidos em aterro sanitário certificado pelos órgãos ambientais no quilômetro 21, da Rodovia Jorge Amado, Ilhéus – Itabuna. “Para a cidade é um salto de qualidade porque dessa forma estamos cuidando da saúde das pessoas e do meio ambiente”, afirmou.

Augusto lembrou que a maioria dos municípios regionais enfrenta muitas dificuldades para cumprir a Lei do Marco do Saneamento Básico, que estabelece prazo para o fim dos lixões no país. “Mas, certamente, com a criação de consórcios vamos conseguir dar um grande passo, principalmente contando com o apoio do Governo do Estado que se mobiliza neste sentido”, expressou.

(mais…) Leia mais...

TRABALHO, CONHECIMENTO E GOVERNANÇA MARCARAM O LANÇAMENTO DO ATER PARA TODOS EM JUSSARI

Nesta segunda-feira (05), o município de Jussari-BA foi palco do lançamento do ATER para Todos. Um programa de Assistência Técnica e Extensão Rural, que tem como objetivo incentivar a agricultura oferecendo assistência técnica e treinamento para os agricultores.

Para o Presidente do Consórcio Intermunicipal da Mata Atlântica (CIMA) e Prefeito de Jussari Antônio Valete a agricultura é o caminho para a retomada do crescimento econômico local e regional. “A agricultura tem um grande potencial para a geração de emprego e renda tão escassos em nossa região, temos terras agricultáveis, temos mão de obra, temos água em abundância, por isso estamos oferecendo assistência técnica qualificada para que nossos agricultores saiam do papel de extrativistas e sejam atores de transformação regional através da agricultura”, ressaltou Valete.

De acordo com o palestrante e pesquisador da CEPLAC Ivan Costa só o trabalho transformará a região “Não existe mais espaço para o chamado: PLANTA E COE. Temos conhecimento, temos terras agricultáveis, mas precisamos trabalhar na terra o tempo inteiro, adubação, irrigação, polinização, não dá para o agricultor ir à roça de cacau apenas para roçar uma vez por ano e na época da colheita, e querer ter alta produtividade e lucratividade, nós temos o conhecimento necessário e estamos dispostos a ajudar, mas precisamos que os agricultores se apropriem desse desejo de trabalhar a terra durante o ano inteiro”, salientou o pesquisador.

Organizado pela Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente de Jussari, que tem como Secretário Luciano Cordeiro, o evento contou com o apoio do CIMA, CEPLAC, Biofábrica, Instituto do Chocolate, Bahia ATER e com a participação do Prefeito de Camacan Paulo do Gás, dos Secretários de Agricultura de Ibirapitanga, Camacan, Ibirataia, Secretariado de Jussari, Associações de Agricultores, Empresários e ASPLEJ.

Outro momento que marcou o lançamento do ATER para Todos, foi à troca de conhecimento sobre o Programa Produtores de Água já experienciado com sucesso no município de Ibirapitanga e sobre o Pagamento dos Serviços Ambientais, uma importante ferramenta para a preservação ambiental e geração de divisas para os agricultores.

As palestras foram assistidas com entusiasmo por agricultores locais que reascenderam a esperança de voltar a viver do campo e quem sabe deixar para as futuras gerações um legado ainda maior.

O Serviço de Assistência Técnica e Extensão Rural segue sendo ofertado para todos os agricultores do município de Jussari através da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente.

Leia mais...

DEPUTADO MARCELO VEIGA DECLARA PREOCUPAÇÃO COM SEGURANÇA DOS MORADORES DE CACHA PREGOS

O comportamento do mar em Cacha Pregos, na Ilha de Itaparica, chamou a atenção do deputado Marcelo Veiga (PSB), membro da Comissão de Meio Ambiente, Seca e Recursos Hídricos da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA). Ele fez um comunicado oficial na tribuna da ALBA, e denunciou o perigo de vida que a crescente subida da maré leva aos moradores do local..

Com visita à Cacha Prego confirmada para às 9h da próxima segunda-feira (26), o deputado, que estará acompanhado por mais membros da Comissão do Meio Ambiente, pretende apurar detalhadamente o cenário e verificar os danos que aconteceram no lugarejo.

Ciente da urgência de tal tragédia anunciada, Marcelo Veiga declarou, “na tribuna, ressaltei que precisamos tomar medidas urgentes, para amenizar os inúmeros prejuízos. Creio que além das violações às questões ambientais, ações dessa natureza colocam em risco a segurança dos usuários.”.

A causa mais clara de tudo o que acontece é a situação de “ressaca” na qual se encontra o mar. Nessa condição é comum que a maré avance até mais de 60 metros em direção às praia, cheia de construções instaladas em áreas de risco e que não resistem à força e violência das águas. De acordo com o que pode ser verificado, a praia de Cacha Pregos tem uma faixa de areia excessivamente estreita, justamente por causa dessas construções desorganizadas.

Leia mais...

“VEGANOS QUE SE IMPORTEM PELO MEIO AMBIENTE”, DISSE BOLSONARO EM EVENTO NO RIO DE JANEIRO

O presidente Jair Bolsonaro participou da formatura de novos paraquedistas das Forças Armadas, neste sábado, 27. Após o termino do evento, o presidente cedeu uma entrevista coletiva.

Questionado, pela Folha de São Paulo, sobre a preservação ambiental de Angra dos Reis, Bolsonaro disse que “veganos que só comem vegetais” é quem deveria se preocupar com essas questões. A intenção do presidente é transforma Angra dos Reis em uma “Cancún brasileira”.

Foi anunciado também que, por meio de decreto, as regras de preservação da Estação Ecológica de Tamoios, em Angra, seriam alteradas para facilitar a exploração turística do local. É o mesmo local onde Bolsonaro, na época deputado federal, foi flagrado por fiscais do Ibama praticando pesca ilegal.

Segundo o presidente, a nova repaginagem turística ao local atrairia vários turistas de fora do país, já que, em comparação feita pelo presidente, Cancún, no México, fatura cerca de US$ 12 bilhões anuais. Com informações do Jornal O Globo.

Leia mais...

FUNDO AMAZÔNIA PODERÁ SER EXTINTO, DIZ EMBAIXADORES DA NORUEGA E ALEMANHA

Desapontados como o governo Bolsonaro vem tratando as questões ambientais, os principais doadores do fundo de proteção à Amazônia poderão sair e extinguir a ajuda dada ao Brasil. Uma reunião entre os embaixadores Nils Martin (Noruega), Georg Witschel (Alemanha) e o ministro do meio ambiente, Ricardo Salles, aconteceu nesta quarta-feira (3), onde a pauta principal são os impasses criado pelo presidente na administração da verba.

Semana passada, Bolsonaro extinguiu dois comitês responsáveis pela gestão do fundo, o que deixou incomodado a Noruega e Alemanha. O ministro Salles afirma que, se não resolvido esses impasses, o fundo será extinto. O fundo Amazônia foi criado em 2008 e já foram repassados cerca de 3,3 bilhões aos cofres brasileiros, a Noruega e Alemanha são responsáveis por 99% da verba.

Leia mais...