Movimenta Bahia
CVR
diabetes
Buerarema
Plansul
COLÉGIO JORGE AMADO
Pref ilheus junho
Ieprol
Navegação na tag

Nestlé

DEPUTADO PEDRO TAVARES DEMONSTRA INDIGNAÇÃO COM FECHAMENTO DA NESTLÉ EM ITABUNA

O deputado estadual Pedro Tavares (DEM), demonstrou indignação com a confirmação de que a fábrica da Nestlé vai encerrar as atividades, em Itabuna. Uma comunicação interna do presidente da empresa no Brasil, Marcelo Melchior informou aos funcionários sobre o encerramento da produção, na cidade. Para Tavares, a notícia é uma lástima para a para toda a região sul, já que a perspectiva é de que o fechamento da unidade gere desemprego e muitos prejuízos econômicos e sociais.

“Declaro o meu repúdio e a minha tristeza, diante desse anúncio, pois é uma fábrica que está há quase 40 anos, gerando postos de trabalho na cidade. Agora são quase 200 trabalhadores que podem ficar desempregados ou passarem por transtornos em suas vidas, mesmo que a empresa dê a opção de transferência para a unidade de Feira de Santana”, lamentou.

Tavares se refere a informação de que no comunicado interno da fábrica, o presidente da Nestlé tenha relatado a possibilidade de absolver os funcionários de Itabuna, na unidade de Feira de Santana.

O deputado lembra que através do presidente da Câmara de Vereadores de Itabuna, Ricardo Xavier e com o seu apoio e de demais parlamentares foi solicitada uma reunião com a Nestlé a fim de evitar o fechamento da filial da empresa. Houve a sugestão de que o encontro fosse realizado no fim de agosto, quando representantes deveriam se reunir com o governo estadual, mas infelizmente o anúncio de encerramento acontece agora sem ter ocorrido o debate.

“É lamentável que após essa movimentação, nós sejamos surpreendidos com essa informação de sem ter ocorrido no mínimo uma discussão. Fica também a reflexão de que o Governo do estado ao saber do assunto deveria ter ido pra cima com o intuito de tentar soluções para barrar a desativação da planta industrial na cidade”, criticou.

Segundo o parlamentar, esse é mais uma grande perda para a região sul que sofre revés econômico, desde a crise da lavoura cacaueira. “Depois de tanto sofrimento na região, o que a população queria eram novas perspectivas de crescimento econômico, não o retrocesso”, frisou.

Desde o início, Tavares se posicionou ao cobrar do Governo do estado, ações no sentido de impedir que a empresa fechasse as portas no município.

Leia mais...

ITABUNA: PRODUÇÃO DA FÁBRICA DA NESTLÉ SERÁ TRANSFERIDA PARA FEIRA DE SANTANA

A Nestlé Brasil está investindo R$ 45 milhões em Feira de Santana (BA) para instalar três novas linhas de produção de NESCAU Pronto para Beber (RTD). Com tecnologia mais moderna, os equipamentos operam em alta velocidade e terão capacidade para produzir até 75 mil toneladas/ano bem como oferecem flexibilidade para formatos diferenciados, de 150 ml até 350 ml. As novas máquinas estarão em funcionamento a partir do primeiro semestre de 2020 e abrirão em torno de 140 postos de trabalho.

Com esta decisão, as atividades em Feira de Santana serão ampliadas e o site industrial absorverá as operações hoje realizadas na fábrica de Itabuna. A medida está sendo tomada para aumentar a eficiência e a competitividade da empresa no Estado a partir da transformação da unidade de Feira em um forte hub de produção e distribuição de produtos para as regiões Nordeste e Norte do país. No local, também está instalado um centro de distribuição que possui 36 mil posições de armazenamento com alto nível de ocupação. Além de NESCAU Pronto para Beber (RTD), a fábrica é responsável pela produção e/ou envase de itens nas categorias leite em pó, achocolatado em pó, culinários, cereais infantis e família, com marcas como NINHO, MOLICO, NESCAFÉ e MAGGI.

Desde sua inauguração, em 2010, a fábrica de Feira já recebeu investimentos de R$ 264 milhões. No Estado, foram aplicados cerca de R$ 333 milhões no mesmo período. “A Bahia é muito importante para os negócios da Nestlé Brasil. Estamos presentes desde os anos 1960 no Estado e vamos continuar investindo consistentemente para ampliar ainda mais nossas operações na região e demonstrar nosso compromisso com a comunidade”, afirmou Marcelo Melchior, presidente da Nestlé no Brasil.

Transferência de funcionários – Já a partir deste mês, equipes multidisciplinares da Nestlé iniciarão o trabalho de transição da operação de Itabuna para Feira de Santana tendo como prioridade nesse processo o bem-estar de seus Colaboradores. A empresa vai oferecer a todos os funcionários que hoje estão em Itabuna a possibilidade de migrar para a fábrica de Feira a partir de 2020. Para apoia-los na tomada de decisão, será organizado um programa de visitas dos Colaboradores alocados em Itabuna e de seus familiares à cidade de Feira de Santana para que conheçam as instalações e a cidade.

Em Feira de Santana, a Nestlé tem colaboradores oriundos de 65 municípios baianos e cerca de 70% deles residem na própria cidade. Na Bahia, são mais de 900 profissionais diretos e indiretos.

Já para a unidade de Itabuna a Nestlé contratou parceiro especializado para prospectar potenciais interessados na aquisição do site. Até meados do ano que vem, a fábrica vai operar normalmente as linhas de produção de NESCAU Pronto para Beber (RTD), inclusive com a reativação de mais uma linha do produto para atender a demanda, principalmente nas regiões Nordeste e Norte.

Leia mais...

ITABUNA: CÂMARA E ALBA SE MOBILIZAM PELA PERMANÊNCIA DA NESTLÉ

Por Andreyver Lima

Representante da Assembléia Legislativa da Bahia, o deputado Pedro Tavares (DEM), membro da Comissão de agricultura, esteve nesta quinta-feira (08), com o presidente da Câmara de Vereadores, Ricardo Xavier (Cidadania).

Um das pautas do encontro, foi a reunião que terão com o governo do Estado e membros da diretoria da Nestlé no final de agosto. O possível fechamento da unidade de Itabuna foi confirmado pelo governo por meio das redes sociais. A desativação da fábrica, que está instalada há mais de 35 anos, deixaria mais de 240 pessoas desempregadas.

De acordo com Pedro Tavares, o governo ‘tem que ir para cima’ e oferecer soluções de manutenção da fábrica. “Assim que soube dessa notícia, mobilizamos a Assembléia do Estado, através da comissão de agricultura, da qual faço parte, pedindo para que a comissão entrasse em contato com a Nestlé para agendar a reunião, que também já havia sido solicitada pelo presidente Ricardo Xavier e membros da mesa.” disse.

O deputado que preside e Comissão de Infraestrutura, Desenvolvimento Econômico e Turismo, destacou também as consequências negativas da saída da Penalty, que está em negociação dos incentivos fiscais desde o início do ano e tem fábricas em Itabuna e Itajuípe, aumentando rumores de uma saída do sul da Bahia. “O governo do estado não pode assistir isso passivamente. É preciso ter atitudes enérgicas, que incentive a manutenção das fábricas. O fechamento será um verdadeiro desastre para a economia dessa região que já sofreu tanto com a decadência da lavoura cacaueira no passado.” criticou.

De acordo com a estimativa divulgada nesta quarta-feira (7) pelo IBGE, a produção industrial baiana caiu (-3,4%) em junho em relação ao mês anterior. Com o resultado de junho, o desempenho do estado foi o terceiro pior entre os 15 locais pesquisados de maio para junho. Antes, a Bahia tinha registrado crescimento de março a abril (7,3%) e de abril para maio (1,1%)

Leia mais...

VEREADORES SE MOBILIZAM PELA PERMANÊNCIA DA NESTLÉ EM ITABUNA

Os vereadores de Itabuna estão se mobilizando para que a Nestlé permaneça no município. Na última quinta-feira, 1º, diretores do Sindalimentação foram buscar apoio do Legislativo para evitar a desativação da fábrica. “A Câmara fala em nome do município e representa os interesses da população” salientou Eduardo Sodré, acompanhado dos colegas de sindicato Kleber Santiago, Eldon Almeida e Danillo Cesar.

Após a reunião, o presidente da Casa, Ricardo Xavier, solicitou uma audiência com a diretoria da Nestlé. “Essa conversa será importante para termos embasamento do que realmente está acontecendo e saber como o Legislativo pode ajudar na permanência da fábrica”, ressaltou.

A expectativa é que os vereadores sejam recebidos pela Nestlé na próxima terça-feira, dia 6.

Leia mais...

NESTLÉ ESCLARECE SOBRE DEMISSÕES EM ITABUNA

Em razão de matéria publicada no Blog Ipolítica, acerca da demissão de 28 funcionários da fábrica da Nestlé em Itabuna (Veja Aqui), a assessoria de comunicação da empresa entrou em contato para pontuar alguns esclarecimentos. De acordo com a nota, não foram demitidos 160 funcionários em 2016, como também é incorreta a informação de que fábrica opera com apenas 25% da sua capacidade.

A assessoria esclarece, também, que a fábrica da Nestlé em Itabuna desativou nesta semana apenas 1 das 3 linhas de produção de achocolatado Pronto para Beber, por tempo indeterminado.

Veja abaixo a nota na Íntegra:

A Nestlé Brasil informa que está promovendo uma reestruturação em sua unidade de Bebidas em Itabuna (BA) para adequar o volume de produção à atual demanda do mercado e, a partir de hoje (01/08), desativa uma de suas linhas de produção por tempo indeterminado. A empresa esclarece que não tem planos de encerrar a operação da unidade, onde está presente há mais de 35 anos, e que a planta prossegue em atividade.

A decisão foi tomada em função da consistente retração da categoria de Achocolatados Líquidos que, nos últimos 3 anos, apresenta retração acima de 15%, de acordo com dados apurados pela Nielsen no Brasil. A diminuição das vendas desse tipo de produto tem sido ainda mais relevante no Norte e Nordeste, impactando diretamente a unidade de Itabuna, responsável pelo abastecimento dessas duas regiões.

Em relação aos desligamentos que se fizerem necessários nesse processo, a empresa cumprirá com todas as suas obrigações juntos aos seus Colaboradores e familiares bem como oferecerá suporte e pacotes com benefícios adicionais.

Mesmo com a retração observada nessa categoria de Bebidas, a Nestlé vem realizando constantes investimentos na unidade de Itabuna, que recebeu R$ 35 milhões desde 2016, para melhoras de tecnologia e infraestrutura. Também tem tomado uma série de medidas para incrementar o consumo produzindo, por exemplo, embalagens promocionais e novos conteúdos de marketing. Da mesma forma, a companhia vem investindo de forma consistente no Estado da Bahia, em virtude de sua relevância nos negócios, onde, desde 2007, também opera uma moderna unidade multiprodutos em Feira de Santana, responsável pelo abastecimento de produtos de diversas categorias para a região Nordeste.

Assessoria de imprensa Nestlé Brasil

  Leia mais...

NESTLÉ DEMITE MAIS 28 FUNCIONÁRIOS EM ITABUNA

A fábrica da Nestlé demitiu mais 28 funcionários em Itabuna. Todos são da linha de produção do achocolatado Nescau, responsáveis pela produção de 20 mil litros da bebida por hora. De acordo com o sindicato da categoria, a empresa vai permanecer apenas com uma linha de produção na cidade.

Em 2016, cerca de 160 funcionários foram demitidos. O coordenador do Sindicato dos Trabalhadores em Alimentação (Sindalimentação), Eduardo Sodré, afirmou ao Blog Ipolítica que a Nestlé está atuando com apenas 25% da sua capacidade operacional.

Leia mais...