FICC
Shopping
CVR
diabetes
Buerarema
Plansul
COLÉGIO JORGE AMADO
Pref ilheus junho
Ieprol
Navegação na tag

OMS

FIM DA PANDEMIA DA COVID-19 ESTÁ À VISTA, DIZ DIRETOR-GERAL DA OMS

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, disse nesta quarta-feira (14) que o mundo nunca esteve em melhor posição para encerrar a pandemia de covid-19. “Ainda não chegamos lá, mas o fim está à vista”, destacou, ao lembrar que, na semana passada, o número de mortes reportadas pela doença foi o menor desde março de 2020.

“Já conseguimos ver a linha de chegada. Estamos em posição de vencer. Mas agora é o pior momento para se parar de correr. É o momento de correr mais rápido, de garantir que cruzaremos a linha de chegada e colheremos os frutos de todo o nosso trabalho árduo”, avaliou Tedros.

O diretor-geral da OMS alertou ainda que, caso o mundo não utilize essa oportunidade, corre sério risco do surgimento de novas variantes da covid-19, de mais mortes provocadas pela infecção e de ainda mais incerteza de cenários futuros. “Então, vamos aproveitar a oportunidade”, completou.

“Pedimos a todos os países que invistam em vacinas para 100% dos grupos de risco, incluindo trabalhadores da saúde e idosos”, disse Tedros, citando como prioridade manter a taxa de imunização em 70%. “Continuem testando a sequenciando o SARS-CoV-2, além de integrar a vigilância e os serviços de testagem para outras doenças respiratórias, incluindo a influenza”.

Com informações da EBC.

Leia mais...

OMS DIZ QUE NOVA VARIANTE DO CORONAVÍRUS NÃO ESTÁ FORA DE CONTROLE

O diretor de emergências da Organização Mundial da Saúde – OMS, Michael Ryan, disse nesta segunda-feira (21) que a nova variante do coronavírus ‘não está fora de controle’, mas que acha prudentes os bloqueios criados.

Michael disse ainda que embora o vírus tenha se tornado um pouco mais eficiente na sua propagação, ele ainda pode ser ‘detido’. Ele ressaltou que as novas medidas restritivas impostas são com base na precaução.

A organização disse que não pode afirmar se há evidências de que a nova mutação do coronavírus possa aumentar a gravidade da doença no mundo. A nova variante foi confirmada pelo Reino Unido, onde notificou uma facilidade maior na transmissão, mas até o momento não conseguem estipular a gravidade ou mortalidade do novo vírus.

Leia mais...

PROCURA POR HIDROXICLOROQUINA CRESCE QUASE 200% NO BRASIL

A procura por hidroxicloroquina no Brasil registrou, em março deste ano, um aumento de 199% em comparação com fevereiro. O consumo, que antes se mantinha numa média de 80 mil caixas mensais, foi de mais de 230 mil unidades neste mês.

As prescrições médicas da hidroxicloroquina aumentaram 35% no mesmo período. Os dados são de estudo realizado com mais de 20 mil farmácias do país pela consultoria Close-Up e pela agência McCann Health, divulgados pela jornalista Mônica Bérgamo, da Folha de São Paulo.

O estudo revela que o estado de São Paulo lidera a demanda com 71,7 mil unidades vendidas, o que representa um crescimento de 273% nas vendas em relação a fevereiro. Em seguida aparecem Minas Gerais, com a venda de 33,4 mil caixas, e Rio de Janeiro, com 31,9 mil.

As especialidades que mais indicaram o remédio foram as de cardiologistas e clínicos gerais, com um aumento de 49,1% e 47,1% no número de receitas prescritas, respectivamente. Entre reumatologistas, que costumam receitar hidroxicloroquina para artrite reumatoide, o valor caiu 13,7%, indica a coluna.

Leia mais...

OMS DECLARA PANDEMIA DO NOVO CORONAVÍRUS, EM 15 DIAS PAÍS PODE TER 4 MIL CASOS

A OMS (Organização Mundial da Saúde) decidiu declarar, nesta quarta-feira, 11, que há uma pandemia do novo coronavírus em curso no mundo com a sua disseminação por mais de cem países, em todos os continentes. A classificação, segundo a entidade, é caracterização do momento e não deve ser lida como sinal para a troca de medidas de contenção por mitigação.

De acordo com a Folha, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, viu demora na decisão e disse que o Brasil agora passa a identificar doentes com base na ocorrência de sintomas e histórico de qualquer viagem internacional, além do contato com casos confirmados.

O país alcançou ontem 69 deles. Segundo análise do Instituto Pensi, centro de pesquisa do Hospital Infantil Sabará, a superação da barreira dos 50 projeta 4.000 casos em 15 dias e cerca de 30 mil em 21 dias.

Leia mais...