Movimenta Bahia
CVR
diabetes
Buerarema
Plansul
COLÉGIO JORGE AMADO
Pref ilheus junho
Ieprol
Navegação na tag

Operação Oxigênio

ITABUNA: MAIS DE 1,1 MIL PESSOAS SÃO ABORDADAS NO INÍCIO DE SETEMBRO PELA OPERAÇÃO OXIGÊNIO

A Secretaria de Indústria, Comércio, Emprego e Renda de Itabuna divulgou nesta quarta-feira (8) um balanço das primeiras semanas do mês de setembro voltadas as ações da Operação Oxigênio. Os números correspondem do dia 3 até o dia 5 deste mês.

Somente neste intervalo, 1.197 pessoas foram abordadas pelas equipes da operação, 23 estabelecimentos e 22 residências receberam a visita das equipes. Dentre esses estabelecimentos, oito foram notificados por estarem descumprindo alguma norma.

A operação tem o foco de fiscalizar o cumprimento dos decretos de restrições contra a Covid-19, em relação aos protocolos de segurança e funcionamento inadequado de estabelecimentos comerciais no município.

Além disso, a ação busca coibir eventos e festas clandestinas que gerem aglomerações e o uso de som abusivo. A população denunciou 54 casos durante esses dias, segundo o balanço.

Leia mais...

ITABUNA: PREFEITURA E POLÍCIA MILITAR FAZEM BALANÇO DA OPERAÇÃO OXIGÊNIO E APONTA DESAFIOS

A Operação Oxigênio, coordenada pela Secretaria de Segurança e Ordem Pública, vai continuar mesmo com o fim das restrições de circulação noturna de pessoas (toque de recolher) em Itabuna. A decisão foi tomada nesta segunda-feira, dia 23, durante reunião no 15º Batalhão da Polícia Militar, com a participação de secretários municipais envolvidos e de representantes da Polícia Civil e Guarda Civil Municipal.

De acordo com o diretor de Indústria e Comércio da Secretaria de Indústria, Comércio, Emprego e Renda, Othon Henrique Dantas, a partir de agora o trabalho segue em áreas específicas da cidade. “As operações vão acontecer nos condomínios residenciais e nas regiões com maior aglomeração”, afirmou.

Segundo Othon Dantas, os serviços de Inteligência da Polícia Militar e da Polícia Civil vão fazer análises das festas clandestinas que acontecem na cidade para que medidas sejam adotadas para evitar a disseminação do novo coronavírus, cuja agressiva variante Delta já causa apreensão em algumas regiões e cidades do país.

(mais…) Leia mais...

ITABUNA: OPERAÇÃO OXIGÊNIO RECEBEU MAIS DE 100 DENÚNCIAS NO DOMINGO E VAI ATUAR DURANTE O SÃO JOÃO

Mais de 100 denúncias de desobediência ao Decreto Municipal nº 14.483, do dia 18 passado, que estabelece restrição de circulação noturna nas vias públicas após 22 horas, festas e aglomerações foram recebidas apenas no domingo, dia 20, pela Operação Oxigênio, coordenada pela Secretaria de Segurança e Ordem Pública (Sesop) da Prefeitura de Itabuna. Também estão proibidas a venda de bebidas alcoólicas, uso abusivo de som e funcionamento de bares nos finais de semana.

O chefe do Setor de Poluição Sonora, da Secretaria de Segurança e Ordem Pública, Wellington Santana, informou que 22 bares foram multados na sexta, sábado e domingo. “A multa pode chegar a mais de R$ 2 mil reais para quem não seguir as medidas preventivas e de segurança”, disse, acrescentando que 90% dos estabelecimentos estiveram abertos durante esses dias.

(mais…) Leia mais...

ITABUNA: OPERAÇÃO OXIGÊNIO NO FERIADÃO DE CORPUS CHRISTI APREENDE TRÊS CARROS, TRÊS MOTOS E APARELHOS DE SOM

Quarenta e um bairros foram visitados pela equipe da Operação Oxigênio, coordenada pela Secretaria de Segurança e Ordem Pública (Sesop) da Prefeitura de Itabuna no feriadão de Corpus Christi, entre os dias 2 e 6 de junho.  Um total de 894 pessoas foram abordadas, das quais 16 notificadas.

No período, 24 estabelecimentos comerciais visitados e 13 notificados, 19 residências abordadas e houve a apreensão de três carros e três motos. Cinco aparelhos de som, duas bicicletas, duas mesas e duas cadeiras também foram apreendidos.

Por meio de denúncias, a equipe fez 55 deslocamentos aos bairros Sarinha, Vila Anália, Fonseca, Banco Raso, Ferradas, Centro, Nova Ferradas, Nova Itabuna, Novo São Caetano, Jardim Primavera, Cond. Jubiabá/Gabriela, Monte Cristo, Maria Pinheiro, Pedro Jerônimo, Centro Comercial, Góes Calmon, Jardim Vitória, Zizo, Maria Matos, São Lourenço, Castália, São Pedro, Praça Beira Rio, Mangabinha, Califórnia e Fátima.

(mais…) Leia mais...

ITABUNA: OPERAÇÃO OXIGÊNIO LACRA LOJA DE CONVENIÊNCIA EM HOTEL PELA QUARTA VEZ 

A loja de conveniência em um hotel na esquina das ruas Manoel Fogueira com Almirante Tamandaré, no centro de Itabuna, foi multada pela quarta vez e lacrada na noite de terça-feira, 2, pelos fiscais da Prefeitura por abuso no descumprimento das medidas de restrição nas atividades comerciais, determinada por decretos dos governos estadual e municipal, visando o enfrentamento da pandemia. Além disso, estava havendo a comercialização de bebidas alcoólicas, o que contraria as normas.

A Prefeitura, por meio das secretarias municipais de Segurança e Ordem Pública, Saúde, Infraestrutura e Urbanismo e Indústria, Comércio, Emprego e Renda, e com o suporte das Polícias Militar e Civil, da Guarda Civil Municipal, estiveram fiscalizado o cumprimento do decreto com a execução da operação em toda a cidade. São percorridos os bairros e o centro, orientando a população a evitar o uso do som alto e as aglomerações.

Na ação da última segunda-feira, 1, por exemplo, os fiscais da Indústria e Comércio notificaram a loja de conveniência, lacraram prateleiras de bebidas alcoólicas e recolheram o alvará de funcionamento. Também foi instaurado um procedimento para cassação da autorização de funcionamento da loja, que será aberto pela Procuradoria Geral do Município, em razão da reincidência na abertura e comercialização de produtos em horários proibidos.

A secretária de Segurança e Ordem Pública, Mariana Alcântara, afirma que a orientação do prefeito Augusto Castro é de que a união com as forças de segurança em ações educativas e, em último caso, de fiscalização e repressão, garanta a tranquilidade pública e a paz social, principalmente nos finais de semana.

“Não temos a intenção de prejudicar ninguém. Os empresários devem colaborar com o esforço do poder público para cessar a disseminação do coronavírus, principalmente neste momento delicado em que leitos clínicos e de UTI, dos hospitais públicos e filantrópicos, e da UPA 24 Horas estão lotados. Há fila de espera de pacientes aguardando regulação”, afirma a secretária.

A Operação Oxigênio institui a restrição de locomoção noturna como medida de enfrentamento ao novo coronavírus. Ontem, foram abordadas 58 pessoas, um estabelecimento comercial, três veículos, sendo um deles autuado e seis motocicletas das quais uma acabou autuada. Um pedestre também foi autuado, um estabelecimento comercial notificado e três residências abordadas.

Leia mais...

ITABUNA: FISCAIS APREENDEM SEIS VEÍCULOS E NOTIFICAM ESTABELECIMENTOS NA OPERAÇÃO OXIGÊNIO

Fiscais da Prefeitura de Itabuna, com o apoio das polícias Militar e Civil e da Guarda Civil Municipal atenderam um total de oito denúncias de descumprimento ao decreto na noite de terça-feira, dia 24. Como resultado, foram apreendidos seis veículos (um carro e cinco motocicletas) e dois estabelecimentos comerciais notificados por descumprimento de medidas legais de restrição da circulação de pessoas e de trânsito de veículos em vias e logradouros públicos.

Na mesma noite, também foram autuados oito veículos e removido um equipamento sonoro da casa de uma pessoa que importunava os vizinhos. Ao todo, foram mobilizadas 31 pessoas e nove viaturas nesta operação.

“Não podemos relaxar. Itabuna precisa despertar para a situação crítica que estamos vivendo. Os hospitais estão operando no limite”, comentou a secretária municipal de Saúde, Lívia Mendes.

O alerta é que as pessoas devem adotar as recomendações da Organização Mundial da Saúde e de autoridades sanitárias do país como evitar aglomerações, manter o distanciamento social, uso de máscara, higienização das mãos com água e sabão e álcool gel a 70%.

Leia mais...

ITABUNA: OPERAÇÃO OXIGÊNIO ENCERRA FESTA NO GÓES CALMON, INIBE AGLOMERAÇÕES E FAZ MAIS APREENSÕES

No segundo dia da Operação Oxigênio, coordenada pela Prefeitura de Itabuna, duas festas particulares em imóveis residenciais nos bairros Góes Calmon e Jardim Vitória foram encerradas. Além disso, em vários pontos da cidade foram abordadas 98 pessoas, três estabelecimentos, 14 carros, cinco motocicletas e três aparelhagens de som apreendidas.

As ações se iniciaram por volta das 18 horas, com o suporte das polícias Civil e Militar, Guarda Civil Municipal, além das secretarias de Saúde; Indústria, Comércio, Emprego e Renda; fiscais da Vigilância Sanitária e da Secretaria de Transportes e Trânsito. A fiscalização englobou bares e a checagem de denúncias de festas clandestinas com aglomerações e som abusivo recebidas pelos telefones 153, 190 e 197.

Praças e bares dos bairros São Caetano, Sarinha Alcântara e Mangabinha e do Centro foram visitados pelas equipes das instituições envolvidas, que mobilizaram 34 pessoas e 11 viaturas. O objetivo da Operação Oxigênio é evitar aglomerações e cumprir os decretos nº 20.233 (estadual) e 14.299 (municipal), que proíbem qualquer tipo de festa particular ou pública, com exceção para eventos oficiais com até 200 pessoas, como congressos, casamentos e formaturas, desde que autorizados.

A secretária municipal de Saúde, Lívia Mendes Aguiar, ressaltou a importância das pessoas compreenderem os riscos de contaminação pelo novo coronavírus a que estão expostas, já que há um surto que preocupa. Por isso, festas particulares com aglomerações devem ser evitadas. “Nesses locais, pessoas infectadas transmitem à Covid-19 para outras e assim o vírus vai se propagando”, explicou.

Livia lamenta o fato de os leitos de UTI do Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães estarem lotados. “Neste sábado, a ocupação dos leitos de UTI chegou a 100%. Infelizmente, a maioria das pessoas não se importa com esse risco. Mesmo diante de tantas proibições e do toque de recolher, insistem em ficar nas ruas e participar de festas como as que presenciamos hoje”, resumiu.

A secretária de Segurança e Ordem Pública, Mariana Alcântara, afirmou que as fiscalizações continuaram sendo executadas até o dia 25, já que em nível municipal o prefeito Augusto Castro determinou prazo de sete dias, a contar de sexta-feira passada, para que sejam observadas as normas contrárias às aglomerações e de encerramento das atividades comerciais às 21 horas.

Mais cedo, na Rua do Berilo, uma mulher foi conduzida para a Delegacia da Polícia Civil, por dirigir alcoolizada, na contramão e com uma criança no interior do veículo. A embriagues foi confirmada pelo teste do bafômetro. Por isso, ela responderá pelas infrações às normas legais.

Quanto às festas particulares em imóveis residenciais, no Góes Calmon e Jardim Vitória, foram interrompidas. No primeiro imóvel, a festa provocou aglomeração de cerca de 200 pessoas, com uso de som abusivo, iluminação feérica, pessoas sem uso de máscara, muito barulho e sem respeitar as normas de distanciamento social.

“Diante da situação crítica no imóvel do Góes Calmon, dispersamos as aglomerações, os participantes da festa foram revistados e os veículos vistoriados pelos agentes da Settran. Além disso, os equipamentos de som foram apreendidos e o responsável pela festa foi autuado e multado”, informou a secretária de Segurança e Ordem Pública, Mariana Alcântara.

Leia mais...

ITABUNA: OPERAÇÃO TOQUE DE RECOLHER ENCERRA AGLOMERAÇÕES E REALIZA APREENSÕES NO PRIMEIRO DIA

O primeiro dia de fiscalização após o decreto do governo do estado resultou em várias denúncias e apreensões no município de Itabuna. A operação Oxigênio, coordenada pela prefeitura em parceria com a polícia militar e civil, conteve diversos pontos de aglomerações na noite desta sexta-feira (19).

Em conversa com o secretário de Trânsito, Thales Silva, as ocorrências foram registradas nos bairros Mangabinha, São Caetano, Califórnia e Santa Inês. Na operação foram apreendidos aparelhos sonoros que estavam nesses locais. No Mangabinha, mais de 15 pessoas estariam aglomeradas em uma residência, que foi encerrada após uma denúncia.

Ao todo, dez termos de conduta foram emitidos durante a operação. Os matérias apreendidos serão devolvidos dentro de um prazo de 10 dias, na secretaria de Trânsito do município. Para Thales o primeiro dia da operação foi bastante positivo e com uma grande colaboração por parte da população.

Leia mais...