Plansul
uruçuca novo
Emasa
Cerveja Je assunção
Buerarema
Ieprol
Navegação na tag

Operação

DRACO DEFLAGRA OPERAÇÃO CANGALHA NA BAHIA

O Departamento de Repressão e Combate a Crime Organizado (Draco) deflagrou, na manhã desta quarta-feira (15), a ‘Operação Cangalha’, que consiste em uma série de ações de enfrentamento a organizações criminosas.

Essa ação realizada pela Coordenação de Repressão a Extorsão Mediante Sequestro visa cumprir mandados de prisão e de busca e apreensão contra quadrilhas envolvidas nesta prática em Salvador e na Região Metropolitana.

(mais…)

Leia mais...

BAHIA: OPERAÇÃO CONTRA FRAUDE A LICITAÇÃO É DEFLAGRADA PELA PF NO SUL DO ESTADO

Do Metro 1

A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (11), em conjunto com a Controladoria Geral da União, a Operação Nefanda, que visa combater crimes de fraude à licitação e desvios de recursos públicos federais que deveriam ser empregados no enfrentamento da pandemia de coronavírus, no município de Ilhéus, no sul do estado. São cumpridos nove mandados de busca e apreensão em Ilhéus e em Itabuna, todos eles expedidos pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região.

As investigações apuraram que o município de Ilhéus, mediante dispensa de licitação, contratou uma empresa sem capacidade técnica e operacional, cujo objeto social é “recreação e lazer”, para gerir abrigo de campanha destinado ao acolhimento de pacientes infectados com Covid-19. A referida empresa recebeu cerca de R$ 1,2 milhão para administrar o abrigo.

(mais…)

Leia mais...

DRACO CUMPRE MANDADOS CONTRA SUSPEITOS DE ROUBO A BANCOS

Mandados de prisão e busca e apreensão estão sendo cumpridos contra alvos suspeitos de envolvimento em crimes contra instituições financeiras, nesta quinta-feira (8), na Região Metropolitana de Salvador (RMS) e interior do estado, na terceira fase da Operação Aerarium realizada pelo Departamento de Repressão ao Crime Organizado (Draco) em parceria com o Departamento de Polícia do Interior (Depin) e a Coordenação de Operações Especiais (Coe).

(mais…)

Leia mais...

ITORORÓ: OPERAÇÃO APREENDE 17 MÁQUINAS CAÇA-NÍQUEIS

Dezessete máquinas caça-níqueis foram apreendidas em Itororó, durante a Operação Jogo Limpo. A ação foi deflagrada, na tarde de segunda-feira (5), por policiais da 21ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), com sede em Itapetinga.

As equipes percorreram quatro estabelecimentos comerciais naquele município. O coordenador da 21ª Coorpin/Itapetinga, delegado Antônio Roberto Junior, explicou que os proprietários dos bares devem responder por contravenção de exploração de jogo de azar.

“Foram lavrados os termos circunstanciados e vamos solicitar ao Judiciário a destruição das máquinas”, detalhou o delegado. O coordenador ainda ressaltou a importância de conscientizar as pessoas de que estabelecer ou explorar jogos ilegais em lugar público ou acessível ao público configura crime.

Leia mais...

OPERAÇÃO FISCALIZA A VENDA DE FOGOS DE ARTIFÍCIO NA BAHIA

Com o objetivo de fiscalizar a venda de fogos de artifício em Salvador e no interior do estado, a Operação Em Chamas realizada anualmente pela Coordenação de Fiscalização de Produtos Controlados (CFPC), intensificou suas ações no mês de junho.

 Deflagrada em conjunto com a Delegacia do Consumidor (Decon) e órgãos de fiscalização como a Coordenadoria de Proteção e Defesa do Consumidor (Codecon) e a Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), “Em Chamas” também conta com equipes das Coordenadorias Regionais de Polícia do Interior (Coorpin).

(mais…)

Leia mais...

OPERAÇÃO NACIONAL DE COMBATE À PEDOFILIA RESULTA EM TRÊS PRISÕES NA BAHIA

A Polícia Civil da Bahia integrou uma operação nacional de combate à pedofilia, deflagrada, na manhã desta quarta-feira (9), em todo país. Intitulada Luz na Infância 8, a ação policial garantiu o cumprimento de um mandado em Salvador, no bairro do Bonfim, e dois no interior do estado. Os alvos da ação foram presos em flagrante.

Equipes da Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Criança e o Adolescente (Dercca), além de policiais das Coordenadorias Regionais de Polícia do Interior de Alagoinhas e Santo Antônio de Jesus, 2ª e 4ª Coorpins, respectivamente, foram os responsáveis pela realização da operação, articulada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) por meio da Secretaria de Operações Integradas (Seopi). A ação também foi deflagrada em mais cinco países: Argentina, Estados Unidos, Paraguai, Panamá e Equador.

(mais…)

Leia mais...

MINISTÉRIO PÚBLICO DA BAHIA DEFLAGRA OPERAÇÃO CONTRA CARTEL DE EMPRESAS QUE PRESTAM SERVIÇOS AO DETRAN

Na manhã desta quarta-feira (10), o Ministério Público do Estado da Bahia, por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas e Investigações Criminais (Gaeco), em conjunto com a Polícia Civil e Polícia Rodoviária Federal (PRF), por meio da Superintendência Regional na Bahia, deflagrou a operação Cartel Forte, que cumpre mandados de prisões preventivas e de busca e apreensão no Município de Lauro de Freitas e na Capital Baiana, expedidos pela 2ª Vara Criminal Especializada da Comarca de Salvador – BA.

As investigações apontaram para a existência de esquema criminoso que se iniciou há mais de três décadas no Detran de Salvador, e que ainda persistia nos dias atuais. Segundo apurado, empresários do ramo de estampamento de placas veiculares teriam se unido no sentido de formar um cartel, fazendo uso de várias empresas em nomes de laranjas e familiares.

Os mandados estão sendo cumpridos na sede da Associação Baiana de Estampadores de Placas Veiculares, situada no Shopping da Bahia, e em empresas de estampamento de placas veiculares que atuam no Detran, bem como nas residências dos investigados. São investigadas nesta operação, além da Associação sem fins lucrativos, mais 05 pessoas jurídicas e 07 pessoas físicas.

Há indícios de que membros dessa organização criminosa teriam o costume de cobrar uma quantia considerável a empresários interessados em credenciar suas empresas no ramo de estampamento, além de alterar no sistema a escolha da empresa feita pelo consumidor no momento da compra, a fim de direcioná-lo para as participantes do conluio.

O MPBA afirma que o prejuízo provocado pelo arranjo criminoso é inestimável à população, já que aniquila a concorrência nesse tipo de serviço e o preço para o estampamento de placas acaba sendo tabelado pelo grupo.

A investigação apura a ocorrência dos crimes de formação de cartel, lavagem de dinheiro, associação criminosa, falsidade ideológica, fraude em licitações e alteração de dados indevidamente no sistema de informações.

A Operação Cartel Forte foi assim batizada em razão da comum classificação de cartéis em cartel fraco ou cartel forte. Os cartéis fortes têm, como características primordiais, a exclusão de outros participantes no ramo e a transferência/rateio de ganhos entre os membros do conluio.

Leia mais...

JEQUIÉ: OPERAÇÃO CUMPRE MANDADO DE BUSCA E APREENSÃO EM CELAS DE PRESOS LIGADOS AO PCC

Dezessete celulares foram apreendidos nesta terça-feira, 28, no Conjunto Penal de Jequié como parte da “Operação Flashback II”, realizada em diferentes estados do Brasil para combater o principal núcleo da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC). As apreensões foram feitas durante cumprimento de mandado de busca e apreensão em celas que estariam relacionadas a um preso específico, que teria conexões com a facção criminosa de abrangência nacional. Três dos aparelhos estariam na cela do próprio detento. A ação na Bahia foi conduzida pelo Grupo de Apoio Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e pela 2ª Promotoria de Justiça de Jequié, em conjunto com o Grupo de Segurança Institucional (GSI) da Secretaria de Administração Prisional (Seap). A operação teve o apoio da Companhia Independente de Polícia Central (Cipe Central) da Polícia Militar baiana. Os celulares apreendidos na Bahia serão remetidos para o Gaeco do MP de Alagoas, que dará prosseguimento às investigações.

A “Operação Flashback II” é fruto de uma atuação conjunta do Ministério da Justiça e Segurança Pública com o Grupo Nacional de Combate às Organizações Criminosas (GNCOC), em parceria com a Secretaria de Segurança Pública de Alagoas. Além da Bahia, nessa fase, que é um desdobramento da primeira, a operação cumpriu 212 mandados de prisão, busca e apreensão em 71 municípios dos estados de Alagoas, Pernambuco, Ceará, Paraíba, Piauí, Paraná, Mato Grosso do Sul, São Paulo e Minas Gerais. O nordeste foi o foco da operação, concentrando 179 do total dos mandados. Nesta etapa, as investigações apontaram para o aumento do número de mulheres ligadas ao PCC, com um avanço na ocupação de cargos de chefia na facção criminosa.

Leia mais...

QUATRO HOMENS SÃO PRESOS DURANTE OPERAÇÃO EM ITAMARAJU

Quatro mandados de prisões preventivas foram cumpridos, na manhã desta terça-feira (24), em Itamaraju, por uma equipe da Delegacia Territorial (DT), do município, durante a Operação Impacto. Bruno Tarcio de Araujo Marinho, de 19 anos, e Erlan da Silva Pires, 18, são suspeitos de tentarem matar Moyseis Pires da Silva, em fevereiro deste ano, no bairro Primavera, em Itamaraju.

As investigações apontam que o crime ocorreu por conta do pagamento de uma dívida que Bruno queria receber do neto da vítima. Já os irmãos Victor de Jesus Santana, 23, e Gabriel Santana Bittencourt, 19, foram presos por homicídio. Eles são acusados da morte de Carlos Daniel Santos de Souza, ocorrido no último dia 1º, no município de Pedro Canário, no Espírito Santo, após uma discussão. Seus mandados foram expedidos pela comarca daquela cidade.

Leia mais...

VALENÇA: OPERAÇÃO PRENDE 17 CRIMINOSOS LIGADOS A HOMICÍDIOS E AO TRÁFICO

Uma megaoperação conjunta, em Valença, realizada na madrugada desta quinta-feira, 14, resultou em flagrantes contra 17 criminosos ligados ao tráfico de drogas, homicídios e assaltos, na região. Mais de 200 integrantes das polícias Civil e Militar apreenderam com a quadrilha pistolas, revólver e drogas.

Entre os 13 presos adultos destacam-se Thiago da Silva Andrade, mais conhecido como ‘Guelo’, líder da facção, Ademir Santos de Jesus, o ‘Demi’, braço direito da organização e Wangler Napoleão Soares de Souza, apelidado de ‘Guiguito’, gerente da quadrilha. O trio é investigado por pelo menos 20 homicídios em Valença e região.

De acordo com a polícia, com eles e os outros 10 comparsas foram encontrados uma pistola calibre 9 mm, uma pistola calibre 40, um revólver calibre 38, munições e drogas. “Grande ação em conjunto com a PM e com total apoio da Justiça e Ministério Público. Quando todo o sistema trabalha unido o resultado é brilhante”, ressaltou o titular da 5 Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Valença), delegado José Raimundo Neri Pinto.

Já entre os quatro adolescentes, o de 14 anos, com estatura física de criança, é o que acumula mais homicídios. “Semanalmente apreendemos jovens, alguns menores de idade, ligados ao tráfico. Continuamos com diligências para desarticular totalmente o bando”, informou o comandante da 33 Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Valença), major Alexandre Costa.

Participaram também da ação equipes dos departamentos de Polícia do Interior (Depin) e de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), do Grupamento Aéreo (Graer), da Coordenação de Operações Especiais (COE), da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Cacaueira e das Rondas Especiais (Rondesp) Sul.

Leia mais...

ITAGIBÁ: OPERAÇÃO APREENDE ARMAS E R$ 18 MIL COM CIGANOS

Três ciganos foram presos e seis conduzidos após serem flagrados com R$ 18 mil e duas armas durante uma operação conjunta realizada, na manhã desta quinta-feira (19), na cidade de Itagibá, Sudoeste do estado. A ação integrou equipes da 9ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/ Jequié), da Delegacia Territorial do município e da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Central.

Vanderlan Cardoso da Silva, 33 anos, Alan Marques Santos, 31, Pedro Aragão Pinheiro, 62, foram presos em flagrante com um revólver calibre 38 e espingarda calibre 12, e munições. Uma arma foi encontrada na picape, modelo Ranger, placa OPR 3362, de Vanderlan. Além deles, Jéssica Araújo Oliveira, 27, Cláudio da Silva Cardoso, 37, Warley Costa da Silva, 25, Maqueide Costa da Silva, 25, e Alan Alves da Silva, 22, foram conduzidos para a delegacia onde estão sendo ouvidos.

Durante a operação foram apreendidos R$ 18.364, um veículo modelo Fiat Toro, placa PCS 9713, a Ranger, dois carros modelo Gol placas NYM 3757 e PKR 0776, um Uno, de placa JPR 3531, munições, armas, três aparelhos celulares, notas promissórias preenchidas, cartões bancários, joias e documentos falsificados.
“Encontramos com eles, também, documentos falsos expedidos pelo estado de Minas Gerais e da Bahia. Eles foram encontrados em diferentes casas, mas as residências são próximas uma da outra”, revelou o titular da DT de Itagibá, delegado Nilo Siqueira Costa Neto. O policial declarou que ha indicações que os conduzidos sejam do mesmo grupo ou da mesma família.

“O resultado desta ação mostra mais uma vez a força da união das polícias Militar e Civil. Sabemos que essa interação é necessária para o trabalho, e isso é maravilhoso”, destacou o comandante da Cipe Central, major Fábio Rodrigo de Melo Oliveira.

Uma denúncia anônima desencadeou a operação. Os materiais localizados, assim como todos os envolvidos foram encaminhados para a Delegacia Territorial de Itagibá, onde serão ouvidos.

Leia mais...