Shopping
CVR
diabetes
Buerarema
Plansul
COLÉGIO JORGE AMADO
Pref ilheus junho
Ieprol
Navegação na tag

Oposição

“LUGAR DE CHORAR É NO PÉ DO CABLOCO”, DIZ RUI SOBRE PEDIDO PARA JERÔNIMO DESISTIR DA CANDIDATURA

O governador Rui Costa (PT) condenou, nesta sexta-feira (29), a divulgação de informações, consideradas por ele como “plantadas” pelos adversários na imprensa, sobre um suposto pedido de retirada da candidatura de Jerônimo Rodrigues (PT) a governador da Bahia, em troca do apoio do União Brasil, partido do ex-prefeito de Salvador, ao presidente Lula (PT) nas eleições presidenciais.

“O desespero é tanto que não quer nem disputar a eleição [na Bahia]. Quer ganhar a corrida de 100 metros sozinho. Para de desespero, lugar de chorar é no pé do Cabloco, no Campo Grande”, afirmou Rui, durante entrevista à Rádio Sucesso FM de Camaçari.

Para o governador, o ex-prefeito já deve começar a se conformar com a derrota em outubro próximo. “Ele sabe que iremos vencer as eleições, porque o povo está cansado da bagunça que fizeram com o Brasil. O partido dele [União Brasil] votou tudo que [o presidente] Bolsonaro quis. O povo quer a volta do Lula, quer alguém que invista em saúde, educação, alguém que cuide da vida das pessoas”, defendeu Rui.

Leia mais...

ROSEMBERG PINTO LAMENTA AUSÊNCIA DA OPOSIÇÃO NA ABERTURA DO ANO LEGISLATIVO

O deputado estadual e líder do Governo na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), Rosemberg Pinto (PT), argumentou, nesta segunda-feira (31), que “a oposição não ir à reabertura dos trabalhos da Casa tem a ver com o posicionamento político, em função da disputa eleitoral deste ano, do que efetivamente qualquer outra motivação”.

O parlamentar enxerga com estranheza a fala do líder oposicionista, deputado Sandro Régis. “Lamento, reafirmo que é uma indelicadeza e estranho a posição do deputado Sandro Reis. Eu o tenho como um deputado educado e cortês, esta sua fala pública não condiz com a realidade, a não ser um posicionamento político em função das eleições que se aproximam”, frisou.

A bancada de oposição na ALBA decidiu que não irá participar presencialmente da Sessão Solene de reabertura dos trabalhos da Alba, nesta terça-feira (1º), a partir das 10h, com a presença do chefe do Executivo, governador Rui Costa.

Leia mais...

OPOSIÇÃO VAI APRESENTAR NOVO PEDIDO DE IMPEACHMENT CONTRA BOLSONARO, AFIRMA ALESSANDRO MOLON

O Deputado Federal, Alessandro Molon (PSB-RJ), afirmou nesta segunda-feira, 8, que a oposição, diante da reiterada conduta criminosa do presidente contra as eleições, vai apresentar um novo pedido de impeachment contra o Presidente Jair Bolsonaro (sem partido), eleições.

Segundo o líder da oposição na Câmara Federal, é dever do Congresso zelar pela democracia e pela Constituição Federal e impedir os avanços autoritários de Bolsonaro. “Lutaremos para que o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP), cumpra sua obrigação de analisar o pedido”, disse.

Molon lembrou que a Câmara cumpriu sua obrigação de barrar o golpe do voto impresso na comissão e o fará novamente no plenário, mas salientou que é preciso parar os crimes em série do presidente de uma vez por todas. “Impeachment já”.

Leia mais...

“É PRECISO ACABAR COM ESSA COISA DE PUXADINHO E PENSAR EM UM GRANDE PLANO DE GOVERNO PARA ITABUNA”, AFIRMA AUGUSTO CASTRO

Ex-Deputado Estadual por dois mandatos, o pré-candidato a Prefeito de Itabuna pelo PSD, Augusto Castro, conversou com o ipolitica sobre a atual conjuntura política da cidade, a possível união dos partidos da base do Governador Rui Costa, o caos administrativo que se encontra a cidade.

Veja abaixo, a entrevista na íntegra:

iPolítica: Augusto, como você avalia a possibilidade de uma composição entre os partidos da base do Governador Rui Costa ?

Augusto Castro: Itabuna é uma cidade politizada, é uma cidade que acaba a eleição municipal polarizando entre a direita e a esquerda, hoje todos nós sabemos que existem vários nomes com densidade eleitoral dentro da avaliação de pesquisas realizadas, acho também que está muito cedo ainda para um cenário do próximo ano, mas os partidos estão fazendo o que deve ser feito, que é se reunir, discutir, avaliar e confraternizar, então dentro da base de apoio ao governo Rui Costa, os partidos da Bahia estão se organizando. Esses partidos estão pensando, claro na eleição municipal do próximo ano, temos bons nomes que poderá ser o candidato da base do governador Rui Costa, então fico feliz em poder colocar de forma clara que, o nome definido aqui será o nome escolhido para fazer frente a uma disputa e apresentar proposta a sociedade. Não adianta reunir partidos e agremiações sem ter um projeto de cidade, a ideia nossa a partir do próximo ano é ter uma pesquisa qualitativa no mês de janeiro para ver o que o Itabunense pensa e no que ele sonha com relação a futura gestão municipal e é isso que vamos fazer aqui, discutir um plano de governo com temática ligada a diversas áreas.

Ipolitica: Você foi oposição durante seus mandatos na Assembleia Legislativa da Bahia e agora se encontra em um partido da base do Governo da Bahia. Como você vê essa mudança ? Augusto Castro: Eu fiquei no campo da oposição por mais de 15 anos, mas mantive uma oposição muito coerente nada pessoal, e hoje me sinto feliz, pela unificação e muita vontade também, porque acima das questões dos partidos, temos que pensar na população e na sociedade com ações que possam melhorar a qualidade de vida da população.

iPolítica: Itabuna se encontra, talvez, em um dos momentos mais difíceis da sua história, enfrentando diversos problemas em todas as áreas. O que o próximo prefeito deve fazer para a cidade encontrar o caminho do desenvolvimento?

Augusto Castro: Itabuna tem grandes equipamentos, tem um povo inteligente, tem pessoas que pensam a cidade no dia a dia. Itabuna tem aqui várias faculdades, tem uma Ceplac que foi forte e continua sendo forte, então o que a gente precisa pensar aqui é um plano de governo para dar uma resposta a sociedade, precisamos melhorar é a autoestima da população, que cobra resultados do setor público, porque o setor privado tem feito sua parte ao longo dos anos. É preciso botar para funcionar o que não está funcionando, não tem muito segredo e não precisa inventar, botar para funcionar a educação do município que a linha hoje está muito ruim, os índices do IDEB estão muito ruins, melhorar a estrutura da saúde em Itabuna, botar para funcionar a alta complexidade nos hospitais, botar para funcionar as Unidades de Saúde de atenção básica, para a população ter atendimento à área de saúde, melhorar a infraestrutura dos bairros de Itabuna, que há mais de 20 anos Itabuna não tem investimentos em infraestrutura, acabar com essa coisa do puxadinho, precisamos pensar em um programa de governo para a cidade, valorizar a juventude, valorizar o professor, funcionalismo público como um todo e para isso tem que ter programa de governo e gente com espírito público para poder cuidar de gente. Essa nossa é essa, em pensar em uma cidade feliz, uma cidade que possamos sonhar para os nossos filhos, os nossos jovens, criando a oportunidade de emprego, e a prefeitura, o poder público municipal, é o caminho de trazer o desenvolvimento.

Leia mais...

BAHIA: OPOSIÇÃO QUER MAIS TRANSPARÊNCIA NA APLICAÇÃO DOS ROYALTIES DO PETRÓLEO

A Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa da Bahia apresentou duas emendas ao projeto de lei n. 22.965/2018, que antecipa o pagamento dos royalties do petróleo dos próximos quatro anos. A Oposição considera que faltou transparência à proposta enviada pelo Poder Executivo à Casa Legislativa. O regime de urgência para o PL foi aprovado em votação, ocorrida na última terça-feira (27/11), mas a proposta deve ser apreciada, durante sessão, em plenário, na próxima semana.

Na primeira emenda, a Oposição registra que a matéria encaminhada pelo governador Rui Costa (PT), não define os percentuais de aplicação do produto, da cessão dos créditos, descumprindo a lei anterior de 2014, em que é dito que 25% a 30% deve ser aplicado na gestão, pesquisa, prospecção e lavra de recursos minerais, na geração de energia rural e preservação dos recursos hídricos, sendo assegurado também 5% no mínimo para o setor mineral. Além disso, a lei também dizia que 70% a 75% devem ser utilizados para aportes junto ao Fundo Financeiro da Previdência Social dos Servidores Públicos do Estado da Bahia (Funprev). “O governo desrespeita a Lei que o mesmo aprovou em 2014, deixando claro que a cessão de créditos será exclusivamente para o Funprev”, diz o líder da Bancada, deputado Luciano Ribeiro(DEM).

A segunda emenda pede clareza na divulgação e informação, referente ao contrato assinado com a instituição financeira e os pagamentos realizados. “A Bancada ao apresentar essa emenda, busca tão somente, assegurar mecanismo de transparência sob a égide da própria Lei de Responsabilidade Fiscal, cumprindo também o papel do Poder Legislativo de fiscalizar a gestão do Executivo”, justifica.

Durante sessão, a Oposição criticou a urgência do projeto e estranhou que, somente depois das eleições, o Governo baiano tenha apresentado propostas bem diferentes daquilo que apresentou nas propagandas.

Leia mais...

OPOSIÇÃO DIZ QUE AUMENTO DE TAXAS PODE DIFICULTAR ACESSO DA POPULAÇÃO AS DEMANDAS JUDICIAIS

O líder da Bancada de Oposição, deputado Luciano Ribeiro (DEM) voltou a criticar o projeto de lei nº 22.0918, que pretende aumentar os valores das taxas do Poder Judiciário Baiano em 4,15%. Depois de pedir vistas, na última votação, ocorrida semana passada, o parlamentar reiterou nesta segunda-feira, 5, após reunião com deputados, representantes do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), do setor econômico, como a Fieb e entidades ligadas aos cartórios que a Bancada vai defender uma solução que não onere a população baiana. As partes se reuniram hoje, na sala da Liderança da Bancada de Oposição, na Assembleia com objetivo de buscarem um consenso sobre a proposta.

“Nós da Oposição buscaremos evitar que haja qualquer tipo de aumento de taxas na Bahia. Caso isso aconteça dificultará o acesso da população as demandas judiciais. Defendemos que o problema do Judiciário seja resolvido sem que prejudique os cidadãos, pois a perspectiva com o atual projeto é que ocorra um aumento estrondoso”, condenou Luciano, sugerindo a criação de uma comissão técnica para entendimento dos cálculos que aumentam as taxas. Ele lembrou que em determinadas faixas, o reajuste é de 74%, o que não se admite principalmente em um cenário de crise, como o atual.

O encontro realizado na Liderança foi uma solicitação das entidades que quiseram justificar a necessidade de avanço na votação da matéria. Participaram os deputados, líder da Bancada de Governo, Zé Neto (PT), o relator da matéria, Rosemberg Pinto (PT), o presidente em exercício da Alba, Luiz Augusto (PP), além de José Raimundo (PT), Robinho (PP), Alex Lima (PSB), Marco Prisco (PSC), Vítor Bonfim, Sargento Isidorio e Gika Lopes.

Leia mais...

NOVA OPOSIÇÃO NA ALBA DISCUTE LEGISLATURA DE 2019

Deputados estaduais eleitos e reeleitos que integram o grupo de Oposição na Bahia se reuniram nesta terça-feira, 30, na sala da Liderança da Minoria, na Assembleia Legislativa da Bahia para discutirem os direcionamentos da Bancada a partir do próximo ano. No primeiro encontro, após o resultado eleitoral, deputados aproveitaram para afinar as ideias e começarem a definir as estratégias de oposição ao governo Rui Costa (PT), além de tratarem das arrumações internas.

“Vamos fazer da unidade o nosso farol na formalização dos blocos, na indicação da Mesa Diretora e na condução da Oposição como um todo”, enfatizou o deputado Targino Machado (DEM) ao destacar que a reunião também foi importante para o entrosamento dos deputados eleitos e reeleitos.

Eleito pela primeira vez para o Legislativo Baiano, o atual presidente da Câmara de Vereadores de Salvador, Léo Prates (DEM), afirmou que o encontro foi muito positivo para que sejam definidos os próximos passos. “Estaremos aqui no próximo ano fazendo uma Oposição responsável, sendo a favor daquilo que seja bom para os baianos e obstruindo aquilo que for ruim, cumprindo o nosso papel de fiscalizadores do Poder Executivo”, disse.

Dezoito deputados devem compor o Bloco de Oposição na Casa a partir do próximo ano. Participaram da reunião os deputados do DEM, do PSDB, do PSC, do PSL, do PRB e do PATRIOTA.

Leia mais...

ITAJU DO COLÔNIA: OPOSIÇÃO COMEÇA DEFINIÇÃO DE NOMES PARA AS ELEIÇÕES 2018

O grupo de oposição a atual gestão em Itaju do Colônia já começou a definir os nomes dos pré-candidatos a deputados que irá apoiar nas eleições de outubro. Essa semana, o ex-prefeito do município Padre Ednaldo apresentou Osni Cardoso (PT) e Joseildo Ramos (PT), como seus pré-candidatos a estadual e federal.

Além disso, o deputado estadual Rosemberg Pinto (PT) se reuniu com lideranças políticas da cidade, como o vice-prefeito, Valério Aguiar, a vereadora Maria Augusta, o ex-vereador Jota e Michel Lírio. Eles devem apoiar o petista para a reeleição, além de Josias Gomes (PT) e José Rocha (PR), para federal.

Leia mais...

JOSÉ TRINDADE E MARTA RODRIGUES DENUNCIAM ACM NETO NA POPULAR FM

Considerados polêmicos, os vereadores de Salvador do campo de oposição ao prefeito ACM Neto na Câmara Municipal, José Trindade (PSL) e Marta Rodrigues (PT), serão os entrevistados do programa Jornal de Olho na Cidade, na Rádio Popular FM 100,7, apresentado por Clériston Silva ao vivo nesta Terça Feira, 19, às 13:00.

Os entrevistados vão responder sobre limite territorial de área de Salvador, a crise política na gestão do prefeito ACM Neto e principalmente sobre a polêmica dos R$ 600 milhões travados pelo governo Michel Temer com articulação do prefeito de Salvador e o VLT do subúrbio ferroviário, de acordo com os edis.

O programa Jornal de Olho na Cidade é líder de audiência jornalistica radiofônica no horário. Para o apresentador Clériston Silva, o sucesso do programa é natural. Silva destaca o crescimento da audiência ao formato inovador da Rádio popular FM 100,7 que tem como mentor da evolução o apresentador e administrador da emissora Uziel Bueno.

Leia mais...