Shopping
CVR
diabetes
Buerarema
Plansul
COLÉGIO JORGE AMADO
Pref ilheus junho
Ieprol
Navegação na tag

Palestras

UBAITABA: PALESTRAS ORIENTAM GESTANTES E MÃES PARA VIDA SAUDÁVEL

O ciclo de palestras para gestantes e mães sobre cuidados com a gravidez e no pós-parto, alimentação saudável e atividades físicas será encerrado na quarta-feira, dia 23, a partir das 8 horas, na Unidade de Saúde da Família (USF) Doutor Nerildo Moreira, na Ruinha de Santo Antônio. Os temas foram abordados por psicólogas, fisioterapeutas e nutricionistas da Secretaria de Saúde de Ubaitaba sobre a saúde da mulher. A mobilização de mulheres para as palestras teve início na segunda-feira passada, tendo sido realizada nas USF dos Distritos de Piraúna e Faisqueira, e dos bairros Maria Olímpia e Armandão durante toda a semana. O objetivo é informar sobre os cuidados com a saúde das mães e dos bebês, chamar a atenção para uma vida saudável e tirar dúvidas sobre a atenção que merece a saúde das crianças.

Leia mais...

ARATACA: ROBERTO JOSÉ MINISTRA PALESTRA SOBRE DROGAS PARA ESTUDANTES DA REDE ESTADUAL

O Polícial Civil e mestre em Geografia, Roberto José ministrou palestra nesta quinta-feira, 10, para jovens estudantes dos três turnos do colégio estadual Bráulio Xavier em Arataca. Eles participaram do seminário Prevenção de uso e venda de drogas, promovido pelo Movimento Consciência Jovem e coordenado por Alex Ferreira.

Com o tema prevenção ao uso de drogas: impactos biológicos e sociais, a palestra foi considerada proveitosa pelos alunos que participaram. De acordo com Roberto José, poder contribuir com o aprendizado dos nosso jovens é extremamente importante e gratificante, principalmente pelo tema em questão, que tem destruído seres humanos e famílias.”. Roberto José é pré-candidato a Deputado Federal pela Rede Sustentabilidade.

Leia mais...

HEMOBA COMEMORA DIA DO HEMOFÍLICO COM PALESTRAS DE CONSCIENTIZAÇÃO

A Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba), vinculada à Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), comemorou, nesta terça-feira (17), com palestras para os pacientes, o Dia do Hemofílico. A data serve para trazer o tema para o centro do debate e proporcionar esclarecimentos à população sobre essa doença, que atinge 12 mil pessoas no Brasil, segundo dados do Ministério da Saúde. De acordo com a coordenadora ambulatorial da Fundação Hemoba, Larissa Rocha, a hemofilia é uma deficiência no sistema de coagulação, motivada por alteração genética e hereditária, que provoca sangramentos aos pacientes, desde o seu nascimento, por ausência de algum fator de coagulação do sangue. A médica explica ainda que existem dois tipos de hemofilia – Tipo A, que se caracteriza pela deficiência de fator VIII, e tipo B, ausência de fator IX. Além dessas classificações, a doença pode ser leve, moderada ou grave. Segundo ela, ainda não há possibilidade de cura para a hemofilia, mas há tratamento. As pessoas diagnosticadas com a doença devem procurar a Hemoba, na Ladeira do HGE, na Vasco da Gama, em Salvador, e realizar o cadastro. O tratamento segue com a aplicação do fator necessário para a coagulação. O medicamento está disponível ao longo das 24 horas, todos os dias, na sede da Hemoba. Para os pacientes que moram no interior, a fundação disponibiliza um treinamento breve do manuseio e armazenamento do medicamento. Se houver condições de manutenção, o remédio pode ser levado para casa, ou fica à disposição na unidade de saúde da região. Leia mais...