Pref ilheus novembro
Plansul
uruçuca novo
Buerarema
Ieprol
Navegação na tag

Petrobrás

“É UM ESCÂNDALO, UM ABSURDO”, CRITICA RUI SOBRE POLÍTICA DE PREÇO DA PETROBRAS

Na edição desta terça-feira (9) do Papo Correria, o governador Rui Costa respondeu a internautas que questionaram os constantes aumentos de preço dos combustíveis no país. Só este ano, foram 11 reajustes.

Em suas redes sociais, Rui voltou a criticar o que classificou como absurdo: a dolarização adotada pelo Governo Federal como prática para o preço dos combustíveis no Brasil, atrelando o valor interno ao câmbio internacional.

O governador citou exemplos de outros produtores de petróleo, como o Cazaquistão que ele esteve recentemente em missão internacional para busca de novos negócios e mais investimentos estrangeiros para a Bahia.

Leia mais...

PETROBRAS ANUNCIA NOVO AUMENTO DA GASOLINA E DO DIESEL NAS REFINARIAS

A Petrobras anunciou nesta segunda-feira (25) que vai reajustar os preços da gasolina e do diesel em suas refinarias a partir desta terça-feira (26). O litro da gasolina vendido pela empresa às distribuidoras passará de R$ 2,98 para R$ 3,19, o que representa um aumento de R$ 0,21 ou de cerca de 7%.

A Petrobras afirma que a parcela da gasolina vendida nas refinarias no preço final do produto encontrado nos postos chegará a R$ 2,33, com um aumento de R$ 0,15. A variação é menor que os R$ 0,21 de reajuste nas refinarias porque a gasolina tem uma mistura obrigatória de 27% de etanol anidro.

Já o litro do diesel passará a ser vendido por R$ 3,34 nas refinarias da Petrobras, o que representa um aumento de cerca de 9% sobre o preço médio atual, de R$ 3,06.  No caso do diesel, a Petrobras calcula que o impacto para o consumidor final seja um aumento de R$ 0,24, porque o diesel vendido nos postos tem uma mistura obrigatória de 12% de biodiesel. (mais…)

Leia mais...

COM MAIS UM REAJUSTE, LITRO DA GASOLINA SOBE R$ 0,99 NAS REFINARIAS

O litro de gasolina vendido pela Petrobras nas refinarias às distribuidoras terá aumento médio de R$ 0,09 a partir de quinta-feira (12). A informação foi divulgada pela estatal nesta quarta-feira (11).

“A partir desta quinta, acompanhando a elevação nos patamares internacionais de preços, e de forma a garantir que o mercado siga sendo suprido sem riscos de desabastecimento, o preço médio de venda de gasolina da Petrobras para as distribuidoras passará a ser de R$ 2,78 por litro, refletindo reajuste médio de R$ 0,09 por litro”, destacou a estatal, em nota.

O valor final para os motoristas dependerá de cada posto de combustíveis e também dos impostos e custos operacionais nos diferentes estados.

(mais…)

Leia mais...

PETROBRAS ANUNCIA REDUÇÃO NO PREÇO DOS COMBUSTÍVEIS

Com cinco aumentos apenas neste ano no preço da gasolina e quatro no diesel, a Petrobras anunciou que a partir desta quinta-feira (25) terá uma queda dos preços nas refinarias. Com a mudança, o preço da gasolina cai para R$ 2,59 por litro e o diesel R$ 2,75.

Um cenário caótico na estatal fez com que o preço da gasolina chegasse a um aumento de 54% apenas em 2021. Os aumentos ocasionaram uma crise interna no governo federal, o que gerou a indicação do general Joaquim Silva e Luna para assumir o posto de presidente da Petrobras.

Só com o anuncio feito por Bolsonaro da troca de comando, a empresa perdeu R$ 75 bilhões no seu valor de mercado em apenas um dia.

Leia mais...

FORA DE CONTROLE: PETROBRAS ANUNCIA O SEXTO AUMENTO NO PREÇO DA GASOLINA APENAS ESTE ANO

Uma crise, tudo indica, assola a estatal Petrobras, que anunciou nesta segunda-feira (8) o sexto aumento no preço da gasolina e o quinto no diesel. Em menos de sete dias (Relembre aqui), a estatal disse que a partir desta terça-feira (9) um reajuste de 8,8% será acrescido no preço da gasolina nas refinarias.

Já o diesel sofrerá um reajuste de 5,5%, sendo o quinto apenas neste ano. Com os novos reajustes, a gasolina passa a custar para as refinarias R$ 2,84 por litro e o diesel R$ 2,86. Somente em 2021, a gasolina sofreu reajustes de 54% e o diesel 41,6%.

A estatal justifica que o aumento se dá por conta de um alinhamento dos preços ao mercado internacional, o que é fundamental para garantir que o mercado brasileiro seja suprido sem sofrer riscos de desabastecimentos. A Petrobras lembrou também que a mesma competição no mercado foi o que resultou na baixa dos combustíveis em 2020. Com informações da CNN Brasil.

Leia mais...

POLÍCIA DESARTICULA QUADRILHA QUE FURTAVA COMBUSTÍVEL EM DUTOS DA PETROBRAS

Uma operação realizada pela Polícia Civil e o Ministério Público do estado do Rio de Janeiro – MPRJ, cumpre nesta terça-feira, 2, cinco mandados de prisão e 14 de busca e apreensão em quatro estados. A operação investigou uma quadrilha acusada de furtar combustível de dutos da Petrobras.

A operação, denominada de Porto Negro, foi desencadeada em Duque de Caxias e Itaboraí (cidades do Rio de Janeiro), em São Paulo, Minas Gerais e Paraná. Segundo a Agência Brasil, até as 7h desta terça, quatro pessoas já tinham sido presas.

As investigações também apontam que um capitão da Polícia Militar do Rio de Janeiro chefiava o bando. Os criminosos perfuraram os dutos de petróleo em municípios da Baixada Fluminense, em Guapimirim, Nova Iguaçu e Queimados.

Em Queimados, por exemplo, os criminosos fizeram um túnel para realizar as perfurações. Lá também foi criado uma via de acesso para caminhões chegarem ao local com mais facilidade e escoar o produto furtado. O petróleo era transportado para Rolândia, Paraná, onde era realizada a adulteração e comercialização.

Leia mais...

PETROBRAS REGISTRA QUINTO AUMENTO NO PREÇO DA GASOLINA

A Petrobras divulgou, por meio da assessoria de imprensa, que vai ajustar pela quinta vez o preço da gasolina neste ano. O reajuste passa a valer nas refinarias a partir desta terça-feira (2). O diesel também sofrerá um reajuste no preço, chegando ao quarto apenas neste ano.

Também vai ficar mais caro, a partir de terça, o gás de botijão. O preço médio de venda da Petrobras para as distribuidoras passará a ser de R$ 3,05 por kg (equivalente a R$ 39,69 por 13kg), refletindo um aumento médio de R$ 0,15 por kg (equivalente a R$ 1,90 por 13kg) – uma alta de cerca de 5%.

O preço da gasolina passará a ter uma alta de R$ 0,12 no litro, o que corresponde a um aumento de 4,8%, enquanto o diesel aumentará R$ 0,13 litro, um percentual de 5%. Com os novos reajustes de preço, a gasolina teve um aumento nas refinarias de 41,3% neste ano. Já o diesel subiu 34,16% no mesmo período. Com informações do G1.

Leia mais...

GOVERNO FEDERAL EDITA DECRETO QUE OBRIGA POSTOS DE COMBUSTÍVEIS INFORMAR EM PAINEL A COMPOSIÇÃO DO PREÇO

O presidente Jair Bolsonaro editou um decreto que obriga os postos de combustíveis em todo o país a informar no painel a composição do preço cobrado na bomba. A nova medida foi publicada nesta terça-feira, 23, no Diário Oficial da União e entra em vigor em 30 dias.

Segundo o decreto, o painel deverá conter o valor médio regional do combustível no produtor ou no importador, o preço de referência usado para cobrar o ICMS, feito pelos estados, e o valor do importo e o valor do PSI/Confins e da Cide, impostos cobrados pela União.

Além dessas determinações, os postos que realizam tarifa promocional deverão informar aos consumidores o preço promocional, o preço real e o valor total do desconto. Segundo a Secretaria-Geral da Presidência, a nova medida vai dar mais clareza do cálculo que resulta no preço final e uma noção real aos consumidores das variações dos preços.

Petrobras

Com os aumentos realizados neste ano pela estatal, sendo quatro reajustes na gasolina e três no diesel, o presidente Bolsonaro indicou o general Joaquim Silva e Luna para ocupar o posto do atual presidente, Roberto Castello Branco.

General Joaquim Silva e Luna

A indicação do general precisa ser aprovada pelo conselho de administração da Petrobras, que marcou uma reunião nesta terça-feira (23). Bolsonaro negou qualquer interferência na estatal, mas a indicação de um novo presidente provocou instabilidade no mercado e o derretimento das ações da empresa, que já perdeu cerca de R$ 75 bilhões até a última segunda-feira, 22.

Com isso, a Comissão de Valores Mobiliários – CVM, instaurou uma investigação sobre a possível troca de comando da Petrobras. A CVM, por meio da legislação societária, precisa ser comunicada anteriormente antes da indicação, o que não foi feito. Além disso, um juiz federal de Minas Gerais estipulou um prazo de 72h para que o governo explique a troca da presidência na estatal.

Com informações do G1.

Leia mais...

GASOLINA SOFRE QUARTA ALTA NO PREÇO APENAS EM 2021

O aumento dos preços médios de venda da gasolina sofreu o quarto aumento apenas neste ano. O anuncio foi feito pela Petrobras nesta quinta-feira (18), que também disse que vai haver alteração no preço do diesel. O novo valor passará a ser cobrado a partir da próxima sexta-feira, 19.

Para a gasolina, o reajuste vai significar o aumento de R$ 0,23 por litro. O diesel, que sofre o terceiro reajuste apenas nesse ano, terá o aumento de R$ 0,34 por litro. Desde o início do ano o preço da gasolina sofreu reajustes de 5,8%, segundo a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis – ANP.

A Petrobras justifica o aumento dizendo que esse alinhamento é fundamental para garantir que o mercado não sofra risco de desabastecimento nas regiões brasileiras. A estatal tentou ainda justificar o impacto das altas citando o preço pago pelos combustíveis internacionalmente. Com informações do G1.

Leia mais...

BAHIA: MP AUXILIA NA FORMAÇÃO PROFISSIONAL DE 70 JOVENS EM SITUAÇÃO DE VULNERABILIDADE SOCIAL

Ministério Público Estadual, por meio da 13ª Promotora de Justiça da Infância e Juventude de Salvador, encerrou na tarde de quinta-feira, 11, mais uma participação no Projeto Petrobras Jovem Aprendiz. O objetivo é promover a qualificação profissional e inclusão social de jovens em situação de vulnerabilidade.

A instituição realizou a triagem, processo seletivo e prestou orientações profissionais a 70 participantes do projeto na capital e no município de Alagoinhas. A cerimônia de conclusão do programa foi acompanhada pela promotora de Justiça Karine Campos Espinheira.

Os alunos contemplados, indicados pela promotora de Justiça Mariana Tejo, foram contratados como aprendizes pela Petrobras e realizaram cursos de formação profissional ofertados pelo Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial), sob acompanhamento da ONG Pontos Diversos.

O projeto também contou com a parceria da Defensoria Pública do Estado da Bahia e Superintendência Regional do Trabalho e Emprego.

Leia mais...

“PETROBRÁS É VALENTE PARA AUMENTAR COMBUSTÍVEL E COVARDE AO ENTREGAR REFINARIAS”, AVALIA LÍDICE

A deputada federal Lídice da Mata (PSB-BA) criticou nesta segunda-feira (8), em seus perfis nas redes sociais, os sucessivos reajustes dos preços dos combustíveis praticados pela Petrobrás. Em seu Twitter, a parlamentar baiana disse que a estatal é valente para aumentar o preço do gás e da gasolina, mas é covarde ao vender refinarias.

A crítica da deputada se deu no momento em que foi anunciada a venda da Refinaria Landulpho Alves (Rlam), em Mataripe, por menos de US$ 2 bilhões, preço considerado muito abaixo de mercado pelos especialistas.

A Rlam tem 26 unidades de processamento, e 201 tanques de armazenamento. Ela refina mais de 30 tipos de produtos, entre eles gasolina, diesel, lubrificantes, querosene de aviação, entre outros.

A deputada lembrou que um estudo feito pela PUC-Rio (https://bit.ly/38IhIRR) revelou que a venda de oito refinarias da Petrobrás, que respondem por cerca de 50% da capacidade de processamento de petróleo do país, pode criar uma nova distorção no mercado e vários monopólios privados.

Lídice também chamou a atenção para a alta da gasolina, gás de cozinha e óleo diesel, que contribuem significativamente para a disparada dos índices de inflação. “Num momento terrível da pandemia e da economia, o governo acena com esse reajuste. Somente em janeiro, mais de 2 milhões de pessoas entraram na linha da pobreza no Brasil. Trata-se de um governo que está levando o País para o abismo”, finalizou.

Leia mais...

COMBUSTÍVEIS SOFREM NOVOS REAJUSTES A PARTIR DESTA QUINTA-FEIRA, CONFIRMA PETROBRAS

A Petrobras anunciou nesta quarta-feira, 27, o reajuste do preço do diesel e da gasolina a partir desta quinta-feira (28). O aumento representa 5,05% do preço, que equivale a R$ 0,10 na gasolina. A última mudança no preço foi em 18 de janeiro deste ano.

Já para o diesel, o avanço no preço será de R$ 0,09, alta de quase 5%. O último reajuste do preço do diesel foi em dezembro de 2020. O reajuste acontece em meio às especulações de uma possível paralização dos caminhoneiros, programada para o inicio de fevereiro deste ano.

Os valores, que foram reajustados para as refinarias, tem como referência os preços de paridade de importação e acompanham as variações do valor de mercado internacional, segundo argumentou a estatal.

Leia mais...

PETROBRÁS AUMENTA EM 5% O GÁS DE COZINHA NAS REFINARIAS

A Petrobrás vai aumentar em 5% o preço do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) a partir desta sexta-feira, 27, nas suas refinarias, logo depois de ter anunciado que o gás natural deverá cair cerca de 10% após a revisão de contratos com 12 distribuidoras estaduais do produto.

De acordo com o Estadão, o impacto para o consumidor deverá girar em torno de 2% a 3%, já que a realização da Petrobrás representa 38% do preço, sendo os outros custos distribuídos entre a comercialização e tributos.

Leia mais...

MPT OBTÉM LIMINAR QUE SUSPENDE SAÍDA DE FUNCIONÁRIOS DA PETROBRÁS DA BAHIA

Uma ação cautelar – processo judicial para garantia da proteção da sociedade e dos trabalhadores – foi protocolada na noite de terça-feira (15), depois que o MPT encerrou a mediação entre o Sindicato dos Petroleiros da Bahia (Sindipetro) e a Petrobras. A decisão saiu na noite desta quarta-feira, 16.

Com o arquivamento da mediação, o MPT avançou com as investigações, dentro do inquérito, e entrou com ação na Justiça do Trabalho. O processo foi distribuído para a 6ª Vara de Salvador e o juiz Danilo Gaspar concedeu a liminar. A decisão proíbe a Petrobras de transferir empregados e criar programas de demissão voluntária.

“Essa é uma atuação histórica. Faz parte da luta para a garantia de empregos, reiterando os limites da lei. Constatamos, por meio da força-tarefa, a submissão dos trabalhadores da Petrobras a uma situação de terror psicológico, seja pela falta de transparência, seja pela sonegação do mínimo de informação, ou pela ausência de segurança sobre o destino profissional daqueles milhares de pessoas. Ficou caracterizado o assédio moral organizacional (coletivo). O MPT agiu e o Poder Judiciário confirmou”, avaliou o procurador-chefe do MPT na Bahia, Luís Carneiro. Além dele, a ação é assinada também pelos procuradores do trabalho Séfora Char, Luís Barbosa e Rosineide Mendonça.

O cumprimento da decisão é imediato, mas a empresa precisa ser notificada pessoalmente. Um oficial de justiça deverá ser enviado à sede da empresa para entregar o documento a partir dessa quinta-feira.

Leia mais...

SINDIPETRO-BA DENUNCIA DEMISSÃO EM MASSA DE TERCEIRIZADOS DA PETROBRAS EM SALVADOR

O Sindicato dos Petroleiros da Bahia (Sindipetro-Ba) denunciou a demissão, que ocorrerá até o final desde ano, de cerca de 2,5 mil funcionários terceirizados da Petrobras que trabalham no edifício Torre Pituba (Ediba), em Salvador. Também foi anunciado pela empresa a desocupação do imóvel.

Além das demissões dos terceirizados, outros 1,5 mil funcionários efetivos da Petrobras, que trabalham no Ediba, serão transferidos para outros estados até novembro deste ano. Radiovaldo Costa, gerente de comunicação do Sindipetro-Ba, disse ao G1 que já houve reuniões com os funcionários antes da decisão da empresa, para informa-los sobre as demissões.

“Ocorreram reuniões, principalmente aqui no prédio da Torre Pituba, onde as gerências notificaram os trabalhadores que eles teriam que procurar outras unidades em outros estados para serem transferidos. Principalmente, Espírito Santo, Rio de Janeiro e São Paulo. Esse processo se intensificou a partir de quinta-feira [5]”, disse Radiovaldo Costa, gerente de comunicação do Sindipetro.

Refinaria Landulfo Alves – Foto Reprodução

Em nota, a Petrobras disse que a desocupação do imóvel faz parte de uma série de ações que visam uma ‘gestão pontual dos recursos’. Outro ativo da empresa também poderá ser vendido ainda neste ano. A refinaria Landulfo Alves, primeira do Brasil, localizada na cidade de São Francisco do Conde, está inclusa nesse pacote.

No estado da Bahia trabalham cerca de 4 mil funcionários efetivos e 14 mil terceirizados, segundo dados do Sindipetro. Além da refinaria, a Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados (Fafen), também administrada pela estatal, poderá ser arrendada por dez anos. Com informações do G1 Bahia.

Leia mais...