Movimenta Bahia
CVR
diabetes
Buerarema
Plansul
COLÉGIO JORGE AMADO
Pref ilheus junho
Ieprol
Navegação na tag

Petrobrás

PETROBRAS ANUNCIA REDUÇÃO DE R$ 0,30 NO DIESEL

A Petrobras anunciou nesta segunda-feira (19) a redução no preço do diesel A vendido às distribuidoras de combustíveis em R$ 0,30, a partir desta terça-feira (20). Com a mudança, o litro do diesel A fornecido pela empresa passará a custar R$ 4,89.

A queda no preço equivale a 5,78% e, segundo a estatal, “acompanha a evolução dos preços de referência e é coerente com sua prática de preços”.

A Petrobras explica ainda que, como o diesel vendido nos postos tem uma mistura obrigatória de 20% de biodiesel, a parcela do diesel A no preço final passará de R$ 4,67, em média, para R$ 4,40, a cada litro vendido.

O preço do diesel comercializado pela Petrobras teve aumento pela última vez em 18 de junho, quando chegou a R$ 5,61 o litro. Desde então, o valor foi reduzido em R$ 0,20, em 5 de agosto; e em R$ 0,22, em 12 de agosto.

Leia mais...

FÉLIX MENDONÇA APRESENTA PROJETO POLÊMICO PARA REESTATIZAR A PETROBRAS

O deputado federal Félix Mendonça Júnior (PDT) apresentou um projeto de lei para reestatizar a Petrobras, que se tornou uma empresa de economia mista em 1997. Pela proposta, o governo federal, que é sócio majoritário, seria obrigado a utilizar os dividendos obtidos por meio da companhia para recomprar todas as ações que estão no mercado e pertencem a entes privados.

Somente no segundo trimestre de 2022, a Petrobras pagou R$87,8 bilhões em dividendos aos acionistas. A maior parte desses recursos segue para fora do país. “O capital total da empresa é de 43,11% de investidores estrangeiros, 36,75% do governo brasileiro e 20,14% de acionistas aqui do país. Ou seja, a Petrobras já está sendo privatizada, pois ela é administrada para gerar lucro, o que faz com que o petróleo não seja do povo brasileiro”, justificou Félix.

O deputado explicou que, por conta dessa lógica, a população paga caro pelo combustível. “Enquanto os empresários donos da Petrobras comemoram com o aumento dos dividendos, o brasileiro paga o combustível em dólar e fica cada vez mais prejudicado. Vai ficar ainda pior se avançar a proposta do atual governo de privatizar a companhia. Com esse projeto, também queremos evitar que isso aconteça”.

Leia mais...

PETROBRAS ANUNCIA REDUÇÃO DE 4,8% NO PREÇO DA GASOLINA PARA DISTRIBUIDORAS

A Petrobras vai reduzir nesta terça-feira (16) o preço de venda da gasolina A para as distribuidoras de combustível em R$ 0,18. O reajuste foi informado no início da tarde dessa segunda-feira (15) pela estatal.

Com a redução, o litro da gasolina vendido pela Petrobras deixará de custar R$ 3,71 e passará a custar R$ 3,53, em uma queda de cerca de 4,8%.

A empresa afirma que “a redução acompanha a evolução dos preços de referência e é coerente com a prática de preços da Petrobras, que busca o equilíbrio dos seus preços com o mercado global, mas sem o repasse para os preços internos da volatilidade conjuntural das cotações internacionais e da taxa de câmbio”.

Como a gasolina vendida nos postos de combustível recebe mistura obrigatória de 27% de etanol anidro, a Petrobras calcula que a sua parcela no custo final da gasolina paga pelos motoristas passará a ser de R$ 2,57 para cada litro.

Leia mais...

PETROBRAS NOMEIA FERNANDO BORGES COMO PRESIDENTE INTERINO

A Petrobras informou segunda-feira (20) que o presidente do Conselho de Administração da estatal nomeou como presidente interino da companhia o diretor executivo de Exploração e Produção, Fernando Borges, até a eleição e posse do novo presidente, como prevê o estatuto da empresa.

Mais cedo, José Mauro Coelho pediu demissão do cargo de presidente da empresa e renunciou ao cargo de membro do Conselho de Administração da Petrobras.

No dia 23 de maio, o Ministério de Minas e Energia informou que o governo federal, como acionista controlador da Petrobras, tinha decidido pela troca do presidente da companhia. À época, o governo anunciou que José Mauro Coelho, que assumiu o cargo no dia 14 de abril, seria substituído por Caio Mário Paes de Andrade.

O novo indicado precisa ser aprovado pelo Comitê de Pessoas da Petrobras, que faz a avaliação de currículo. Depois, tem que ser eleito na Assembleia Geral Ordinária da empresa  Após essa etapa, ainda terá seu nome submetido ao Conselho de Administração da companhia, onde precisará ser aprovado.

Leia mais...

PETROBRAS ANUNCIA ALTA NA GASOLINA DE 18% E DIESEL EM 25%

Após 57 dias sem reajustes, a Petrobras anunciou nesta quinta-feira (10) mais um reajuste no preço da gasolina e no diesel. Os novos valores passam a valer nesta sexta-feira (11).

Conforme a estatal, a gasolina vai elevar 18%, fazendo que o preço médio passe de R$ 3,25 para R$ 3,86. Já o diesel vai ter um reajuste de 25%, saindo de R$ 3,61 para R$ 4,51 por litro.

O valor do GLP, o gás de cozinha, também sofre com os reajustes nesta sexta-feira. O preço médio de venda passará de R$ 3,86 para R$ 4,48 por quilo, equivalente a R$ 58,21 por 13kg. O último reajuste no GLP foi feito há 152 dias.

Leia mais...

PETROBRAS ANUNCIA AUMENTO NO PREÇO DO DIESEL E GASOLINA NESTA SEMANA

A Petrobras anunciou que fará ajustes no preço de venda da gasolina e do diesel para as distribuidoras. O anúncio foi feito nessa terça-feira (11) e os novos valores passam a valer já nesta quarta-feira (12).

Por 77 dias a estatal não tinha feito reajustes no preço dos combustíveis vendidos às distribuidoras, tendo o último aumento no diesel dia 26 de outubro de 2021 e o da gasolina em 15 de dezembro de 2021, segundo a Petrobras.

Com esse ajuste, o primeiro de 2022, o preço médio de venda da gasolina passará de R$ 3,09 para R$ 3,24 o litro. Já o diesel passa de R$ 3,34 para R$ 3,61 o litro. Com informações da CNN Brasil.

Leia mais...

“É UM ESCÂNDALO, UM ABSURDO”, CRITICA RUI SOBRE POLÍTICA DE PREÇO DA PETROBRAS

Na edição desta terça-feira (9) do Papo Correria, o governador Rui Costa respondeu a internautas que questionaram os constantes aumentos de preço dos combustíveis no país. Só este ano, foram 11 reajustes.

Em suas redes sociais, Rui voltou a criticar o que classificou como absurdo: a dolarização adotada pelo Governo Federal como prática para o preço dos combustíveis no Brasil, atrelando o valor interno ao câmbio internacional.

O governador citou exemplos de outros produtores de petróleo, como o Cazaquistão que ele esteve recentemente em missão internacional para busca de novos negócios e mais investimentos estrangeiros para a Bahia.

Leia mais...

PETROBRAS ANUNCIA NOVO AUMENTO DA GASOLINA E DO DIESEL NAS REFINARIAS

A Petrobras anunciou nesta segunda-feira (25) que vai reajustar os preços da gasolina e do diesel em suas refinarias a partir desta terça-feira (26). O litro da gasolina vendido pela empresa às distribuidoras passará de R$ 2,98 para R$ 3,19, o que representa um aumento de R$ 0,21 ou de cerca de 7%.

A Petrobras afirma que a parcela da gasolina vendida nas refinarias no preço final do produto encontrado nos postos chegará a R$ 2,33, com um aumento de R$ 0,15. A variação é menor que os R$ 0,21 de reajuste nas refinarias porque a gasolina tem uma mistura obrigatória de 27% de etanol anidro.

Já o litro do diesel passará a ser vendido por R$ 3,34 nas refinarias da Petrobras, o que representa um aumento de cerca de 9% sobre o preço médio atual, de R$ 3,06.  No caso do diesel, a Petrobras calcula que o impacto para o consumidor final seja um aumento de R$ 0,24, porque o diesel vendido nos postos tem uma mistura obrigatória de 12% de biodiesel. (mais…)

Leia mais...

COM MAIS UM REAJUSTE, LITRO DA GASOLINA SOBE R$ 0,99 NAS REFINARIAS

O litro de gasolina vendido pela Petrobras nas refinarias às distribuidoras terá aumento médio de R$ 0,09 a partir de quinta-feira (12). A informação foi divulgada pela estatal nesta quarta-feira (11).

“A partir desta quinta, acompanhando a elevação nos patamares internacionais de preços, e de forma a garantir que o mercado siga sendo suprido sem riscos de desabastecimento, o preço médio de venda de gasolina da Petrobras para as distribuidoras passará a ser de R$ 2,78 por litro, refletindo reajuste médio de R$ 0,09 por litro”, destacou a estatal, em nota.

O valor final para os motoristas dependerá de cada posto de combustíveis e também dos impostos e custos operacionais nos diferentes estados.

(mais…) Leia mais...

PETROBRAS ANUNCIA REDUÇÃO NO PREÇO DOS COMBUSTÍVEIS

Com cinco aumentos apenas neste ano no preço da gasolina e quatro no diesel, a Petrobras anunciou que a partir desta quinta-feira (25) terá uma queda dos preços nas refinarias. Com a mudança, o preço da gasolina cai para R$ 2,59 por litro e o diesel R$ 2,75.

Um cenário caótico na estatal fez com que o preço da gasolina chegasse a um aumento de 54% apenas em 2021. Os aumentos ocasionaram uma crise interna no governo federal, o que gerou a indicação do general Joaquim Silva e Luna para assumir o posto de presidente da Petrobras.

Só com o anuncio feito por Bolsonaro da troca de comando, a empresa perdeu R$ 75 bilhões no seu valor de mercado em apenas um dia.

Leia mais...

FORA DE CONTROLE: PETROBRAS ANUNCIA O SEXTO AUMENTO NO PREÇO DA GASOLINA APENAS ESTE ANO

Uma crise, tudo indica, assola a estatal Petrobras, que anunciou nesta segunda-feira (8) o sexto aumento no preço da gasolina e o quinto no diesel. Em menos de sete dias (Relembre aqui), a estatal disse que a partir desta terça-feira (9) um reajuste de 8,8% será acrescido no preço da gasolina nas refinarias.

Já o diesel sofrerá um reajuste de 5,5%, sendo o quinto apenas neste ano. Com os novos reajustes, a gasolina passa a custar para as refinarias R$ 2,84 por litro e o diesel R$ 2,86. Somente em 2021, a gasolina sofreu reajustes de 54% e o diesel 41,6%.

A estatal justifica que o aumento se dá por conta de um alinhamento dos preços ao mercado internacional, o que é fundamental para garantir que o mercado brasileiro seja suprido sem sofrer riscos de desabastecimentos. A Petrobras lembrou também que a mesma competição no mercado foi o que resultou na baixa dos combustíveis em 2020. Com informações da CNN Brasil.

Leia mais...

POLÍCIA DESARTICULA QUADRILHA QUE FURTAVA COMBUSTÍVEL EM DUTOS DA PETROBRAS

Uma operação realizada pela Polícia Civil e o Ministério Público do estado do Rio de Janeiro – MPRJ, cumpre nesta terça-feira, 2, cinco mandados de prisão e 14 de busca e apreensão em quatro estados. A operação investigou uma quadrilha acusada de furtar combustível de dutos da Petrobras.

A operação, denominada de Porto Negro, foi desencadeada em Duque de Caxias e Itaboraí (cidades do Rio de Janeiro), em São Paulo, Minas Gerais e Paraná. Segundo a Agência Brasil, até as 7h desta terça, quatro pessoas já tinham sido presas.

As investigações também apontam que um capitão da Polícia Militar do Rio de Janeiro chefiava o bando. Os criminosos perfuraram os dutos de petróleo em municípios da Baixada Fluminense, em Guapimirim, Nova Iguaçu e Queimados.

Em Queimados, por exemplo, os criminosos fizeram um túnel para realizar as perfurações. Lá também foi criado uma via de acesso para caminhões chegarem ao local com mais facilidade e escoar o produto furtado. O petróleo era transportado para Rolândia, Paraná, onde era realizada a adulteração e comercialização.

Leia mais...

PETROBRAS REGISTRA QUINTO AUMENTO NO PREÇO DA GASOLINA

A Petrobras divulgou, por meio da assessoria de imprensa, que vai ajustar pela quinta vez o preço da gasolina neste ano. O reajuste passa a valer nas refinarias a partir desta terça-feira (2). O diesel também sofrerá um reajuste no preço, chegando ao quarto apenas neste ano.

Também vai ficar mais caro, a partir de terça, o gás de botijão. O preço médio de venda da Petrobras para as distribuidoras passará a ser de R$ 3,05 por kg (equivalente a R$ 39,69 por 13kg), refletindo um aumento médio de R$ 0,15 por kg (equivalente a R$ 1,90 por 13kg) – uma alta de cerca de 5%.

O preço da gasolina passará a ter uma alta de R$ 0,12 no litro, o que corresponde a um aumento de 4,8%, enquanto o diesel aumentará R$ 0,13 litro, um percentual de 5%. Com os novos reajustes de preço, a gasolina teve um aumento nas refinarias de 41,3% neste ano. Já o diesel subiu 34,16% no mesmo período. Com informações do G1.

Leia mais...

GOVERNO FEDERAL EDITA DECRETO QUE OBRIGA POSTOS DE COMBUSTÍVEIS INFORMAR EM PAINEL A COMPOSIÇÃO DO PREÇO

O presidente Jair Bolsonaro editou um decreto que obriga os postos de combustíveis em todo o país a informar no painel a composição do preço cobrado na bomba. A nova medida foi publicada nesta terça-feira, 23, no Diário Oficial da União e entra em vigor em 30 dias.

Segundo o decreto, o painel deverá conter o valor médio regional do combustível no produtor ou no importador, o preço de referência usado para cobrar o ICMS, feito pelos estados, e o valor do importo e o valor do PSI/Confins e da Cide, impostos cobrados pela União.

Além dessas determinações, os postos que realizam tarifa promocional deverão informar aos consumidores o preço promocional, o preço real e o valor total do desconto. Segundo a Secretaria-Geral da Presidência, a nova medida vai dar mais clareza do cálculo que resulta no preço final e uma noção real aos consumidores das variações dos preços.

Petrobras

Com os aumentos realizados neste ano pela estatal, sendo quatro reajustes na gasolina e três no diesel, o presidente Bolsonaro indicou o general Joaquim Silva e Luna para ocupar o posto do atual presidente, Roberto Castello Branco.

General Joaquim Silva e Luna

A indicação do general precisa ser aprovada pelo conselho de administração da Petrobras, que marcou uma reunião nesta terça-feira (23). Bolsonaro negou qualquer interferência na estatal, mas a indicação de um novo presidente provocou instabilidade no mercado e o derretimento das ações da empresa, que já perdeu cerca de R$ 75 bilhões até a última segunda-feira, 22.

Com isso, a Comissão de Valores Mobiliários – CVM, instaurou uma investigação sobre a possível troca de comando da Petrobras. A CVM, por meio da legislação societária, precisa ser comunicada anteriormente antes da indicação, o que não foi feito. Além disso, um juiz federal de Minas Gerais estipulou um prazo de 72h para que o governo explique a troca da presidência na estatal.

Com informações do G1.

Leia mais...