Plansul
COLÉGIO JORGE AMADO
Buerarema
Pref ilheus junho
Ieprol
Navegação na tag

Podemos

DEPUTADO BACELAR FILIA-SE AO PV E DECLARA QUE “O BRASIL PODE SER MELHOR COM LULA”

O Deputado Federal baiano Bacelar, Ex-Presidente estadual do Podemos, após deixar a legenda, filiou-se ao PV nesta quarta-feira. 30. “Começo um novo ciclo em minha carreira política ao lado do PV. Um partido que não defende apenas as causas ambientais, mas também a liberdade democrática, justiça social e direitos humanos. Fui muito feliz, por 20 anos, no Podemos. E sou grato a isso.”, enfatizou o parlamentar através de suas redes sociais.

Bacelar ressaltou que o momento agora é de seguir em frente. “Percorrer novos caminhos, desafios e abraçar novas pautas. Teremos muito trabalho, eu sei. Mas reafirmo aqui o meu compromisso com vocês, baianos. Sou e estou com vocês. A minha prioridade é trabalhar para levar mais qualidade de vida para nosso estado.”, disse.

Bacelar afirmou também que “acredita que o Brasil pode retomar o caminho do crescimento econômico, que a saúde e a educação devem ser levadas a sério, e que o povo merece ser assistido com políticas públicas eficazes. E você, Lula, já provou que o Brasil pode ser um país melhor para o seu povo.”

Bacelar ao lado do Ex-Presidente Lula (Foto: Reprodução RS)
Leia mais...

EX-MINISTRO SERGIO MORO PODE IR PARA O UNIÃO BRASIL APÓS PRESSÃO DE SENADORES DO PODEMOS

A poucos dias do fim do prazo para candidatos definirem o partido e o estado pelo qual disputarão as eleições de outubro, senadores do Podemos pressionam Sergio Moro a transferir seu domicílio eleitoral para São Paulo.

De acordo com o Jornalista Igor Gadelha, no portal Metrópoles, o movimento se intensificou após o último domingo (27/3), quando o ex-juiz anunciou a lideranças da sigla que pretendia manter seu título de eleitor no Paraná. A avaliação de senadores do Podemos, porém, é de que, no Paraná, Moro terá dificuldades para executar um eventual “plano B” nas eleições deste ano, caso ele desista de ser candidato ao Palácio do Planalto.

Ainda segundo a coluna, uma das alternativas para Moro seria concorrer ao Senado. No Paraná, contudo, o nome do partido para a disputa é o do senador Alvaro Dias, que é líder do partido na Casa e pré-candidato à reeleição. Nos últimos dias, Alvaro até sinalizou que poderia abrir mão de tentar se reeleger ao Senado em nome de Moro, mas seus colegas de bancada dizem não concordar com isso.

A coluna conversou com ao menos quatro senadores do Podemos sobre o assunto, e todos confirmaram o apelo a Moro. O único que topou falar publicamente, porém, foi Jorge Kajuru (Podemos-GO).

“Uma parte da bancada pediu para ele transferir o domicílio para São Paulo, mas ele resiste. O Alvaro Dias é um homem tão grandioso, que, se ele tiver que deixar a candidatura (ao Senado), ele faz isso. Mas a gente está demonstrando que não é certo ele se sacrificar”, afirmou Kajuru à coluna, dizendo, porém, torcer para que Moro leve à diante sua candidatura à Presidência.

Um outro parlamentar do Podemos ouvido pela coluna afirmou que, caso Moro insista em manter o domicílio eleitoral no Paraná, alguns senadores poderão deixar o partido.

Moro no União Brasil

A Coluna enfatiza que o movimento acendeu alerta no entorno de Moro e levou o ex-juiz a retomar as negociações com integrantes do União Brasil para uma possível filiação ao partido comandado por Luciano Bivar.

Interlocutores de Moro terão conversas com dirigentes do União Brasil nesta quarta-feira (30/3). Na segunda-feira (28/3), o ex-juiz já havia jantado em Brasília com o próprio Bivar. Procurados pela coluna, Moro não respondeu.

Leia mais...

PODEMOS ANUNCIA APOIO A ACM NETO NESTA QUINTA-FEIRA

Com a presença da presidente nacional do partido, deputada federal Renata Abreu, o Podemos anuncia nesta quinta-feira (24) o apoio do partido a candidatura do ex-prefeito de Salvador, ACM Neto, ao Governo da Bahia.

O apoio do Podemos ao candidato do União Brasil será formalizado numa solenidade às 19h, no auditório do Edifício Tomé de Souza, na região do Iguatemi. Lideranças e parlamentares dos demais partidos que apoiam o ex-prefeito, vão estar presentes.

A Presidente Nacional do Podemos vai também empossar a nova Executiva Estadual do partido, liderada pelo empresário Gabriel Melo.

O presidente da nova Executiva Estadual, Gabriel Melo, que assume oficialmente o carho, na mesmaque estará presente para apresentar a nova executiva estadual, que será presidida por Gabriel Melo, natural de Itabuna.

O evento acontecerá, quinta-feira, 24, no auditório do edifício Thomé de Souza, na avenida ACM, às 19h, onde também será feito a declaração de apoio a pré-candidatura a governo da Bahia, ACM Neto.

Leia mais...

PODEMOS CONFIRMA DESFILIAÇÃO DO DEPUTADO ARTHUR DO VAL

Após pressão da Executiva Nacional e de lideranças políticas do Podemos, o partido confirmou, nesta terça-feira (8), a desfiliação do deputado estadual Arthur do Val (SP) a pedido do próprio parlamentar. Em uma infeliz coincidência, dadas as circunstâncias, a decisão foi tomada no Dia Internacional da Mulher.

Em nota, o Podemos reafirmou que não tolera sexismo ou qualquer tipo de comportamento preconceituoso de seus filiados. A presidente do partido, deputada federal Renata Abreu (SP), classificou as declarações de Arthur do Val como “gravíssimas e inaceitáveis”. (Relembre o caso).

“Esperamos que este triste episódio mostre à sociedade que também é tempo de oportunidade para mudança e de pôr fim no machismo estrutural e no preconceito de qualquer tipo, seja de raça, cor, religião ou condição social”, disse Renata Abreu.

Na segunda-feira, 7, o Podemos já havia oficializado a abertura de processo disciplinar contra Arthur do Val. O parlamentar estava filiado há apenas 30 dias no partido. Agora, o processo perde seu objeto e é encerrado.

“No dia da Mulher (08 de março), Podemos recebe e acata desfiliação do deputado estadual Arthur do Val (SP), diante da abertura do processo disciplinar que poderia resultar em expulsão do parlamentar”, diz o comunicado da Executiva Nacional.

Leia mais...

STF NEGA LIMINAR QUE PEDIA PRIORIDADE NA VACINAÇÃO DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou liminar pedida pelo Podemos para que o Ministério da Saúde incluísse todas as pessoas com deficiência e seus cuidadores ou responsáveis no grupo prioritário para receber a vacina contra a Covid-19, em equivalência aos grupos que já estão sendo vacinados. O pedido liminar foi analisado nos autos da Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 785.

De acordo com a legenda, o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 não inclui todo o segmento das pessoas com deficiência nas três fases iniciais da imunização, priorizando apenas os casos de deficiência permanente e severa.

A restrição, a seu ver, viola o princípio constitucional da isonomia e a Convenção das Nações Unidas sobre Direitos das Pessoas com Deficiência (CDPCD), que obriga os Estados signatários a assegurar e promover o pleno exercício de todos os direitos humanos e liberdades fundamentais para todas as pessoas com deficiência, sem qualquer tipo de discriminação.

Generalidade e abrangência

Lewandowski observou que o pedido é semelhante ao apresentado pela Federação Brasileira das Associações de Síndrome de Down (FBASD) na ADPF 756, em que a cautelar foi negada.

Assim como nesse caso, o relator considerou que a generalidade e a abrangência excessivas do pedido não permitiam a expedição de ordem para que as administrações públicas fossem obrigadas a efetivar imediatamente as medidas solicitadas.

Estudos técnicos

Para o relator, o atendimento da demanda exigiria a prévia identificação e a quantificação das pessoas potencialmente atingidas pela medida, com o consequente estabelecimento de novas prioridades em relação a outros grupos preferenciais já incluídos nos planos nacional e estaduais de imunização.

Essas providências, segundo ele, demandariam avaliações técnicas e estudos logísticos mais aprofundados, incompatíveis com uma decisão de natureza cautelar.

Escassez

Ao ressaltar a notória escassez de imunizantes no país, Lewandowski avaliou que a inclusão de um novo grupo de pessoas, “sem dúvida merecedor de proteção estatal”, na lista de precedência poderia acarretar a retirada total ou parcial de outros grupos já incluídos no rol dos que serão vacinados de forma prioritária, “presumivelmente escolhidos a partir de critérios técnicos e científicos definidos pelas autoridades sanitárias.”

Com base nesses fundamentos, o ministro negou a liminar e requisitou informações ao Ministério da Saúde, a serem prestadas no prazo de 10 dias. Em seguida, os autos serão remetidos para manifestação da Advocacia-Geral da União (AGU) e para a Procuradoria-Geral da República (PGR).

Quilombolas e indígenas

Com fundamentos idênticos, Lewandowski negou pedido feito pela Rede Sustentabilidade na Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 754 para que quilombolas e indígenas não fossem excluídos da primeira fase da vacinação. Após informações prestadas pelo Ministério da Saúde, o ministro verificou que tanto os povos indígenas quanto os quilombolas estão contemplados no Plano Nacional de Operacionalização da Vacina.

Com relação à alteração da ordem de prioridades determinada pelo Ministério da Saúde e à inclusão de outros grupos também considerados prioritários pelo partido, como os indígenas “não aldeados”, sem discriminação de idade, condição de saúde ou ocupação, Lewandowski afirmou que o atendimento da demanda também exigiria avaliações técnicas e estudos logísticos e reiterou o problema da escassez de vacinas.

Tratamento precoce

O ministro também indeferiu petição apresentada pelo Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) no âmbito da ADPF 756, em que pedia que o Ministério da Saúde fosse proibido de difundir o chamado “tratamento precoce”, que o Sistema Único de Saúde (SUS) fosse proibido de distribuir substâncias e medicamentos como cloroquina, nitazoxanida, hidroxicloroquina e ivermectina para essa finalidade e que o governo federal realizasse campanha de divulgação sobre a vacinação.

Segundo Lewandowski, as ações narradas pelo PSOL quanto à recomendação e à distribuição de fármacos alegadamente ineficientes para o tratamento da doença são objeto de apuração no Inquérito (INQ) 4862, instaurado no último dia 25/1 contra o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, a pedido do procurador-geral da República, Augusto Aras. Lewandowski acrescentou que essas ações também estão sendo investigadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU).

O relator observou que o partido, na petição, apenas faz referência a conteúdos extraídos de redes sociais do presidente da República e de outras autoridades governamentais e de matérias jornalísticas, mas não apresentou cópia dos atos do poder público que pretende ver sustados, como exige a Lei das ADPFs (Lei 9.882/1999). “Convém que se aguarde o término das investigações acima referidas para melhor compreensão dos fatos imputados ao governo federal”, concluiu.

Leia mais...

LÍDER DO PODEMOS ACIONA MPF PARA QUE JUSTIÇA SUSPENDA VÔOS DA ÁSIA E EUROPA PARA O BRASIL

O líder do Podemos na Câmara Federal, Léo Moraes (RO), quer que o Ministério Público Federal ajuíze uma Ação Civil Pública para que sejam suspensos, por 30 dias, todos os vôos da Ásia e da Europa para o Brasil. A representação foi protocolada nesta sexta-feira (13) e alcança também embarcações marítimas vindas dessas localidades.

No pedido, o parlamentar solicita também que seja determinado o envio de tropas do Exército, da Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal para monitoramento e controle das fronteiras terrestres.

Conforme o deputado, a restrição de acesso ao país, inicialmente, é apenas para pessoas, mercadorias não são objetivo do pedido. “Não afeta nada em relação à entrada de medicamentos, vacinas, e produtos”, ressalva Léo Moraes.

Na próxima semana, o deputado pretende discutir o assunto com o Procurador-geral da República, Augusto Aras. Na quinta-feira, 12, o Ministério da Saúde confirmou que o Brasil tem 77 casos confirmados de novo coronavírus, e 1427 suspeitos. O estado com o maior número de pessoas infectadas é São Paulo, com 42 casos.

Leia mais...

“PAULO GUEDES ILUDE BRASILEIROS; INFLAÇÃO BAIXA É FALTA DE CONSUMO”, DISPARA LÍDER DO PODEMOS

Líder do Podemos, o deputado federal José Nelto (GO) dispara críticas à política econômica do ministro Paulo Guedes. O parlamentar rebate o discurso de Guedes, que tem usado os dados da inflação, 2,54%, como demonstração de retomada da economia.

“É uma farsa. A inflação baixa é retrato da falta de consumo. A verdade é que a economia está paralisada, as famílias estão sem dinheiro, sem poder de compra”, assinala o deputado. Segundo Nelto, o enfraquecimento do real frente ao dólar é o pior sinal para nossa economia. Nessa semana, a moeda americana teve alta recorde, chegando a valer R$ 4,27. Em 2018, o preço do dólar era de R$ 3,37.

“O ministro Guedes está agindo como operador de mercado, e não como ministro da economia. Me preocupa quando o ministro fala que não importa a altura que o dólar vai chegar. Isso é um desastre, já que a gasolina, óleo diesel e outros produtos que o Brasil importa, têm seu preço atrelados ao dólar”, aponta.

José Nelto usou dados para demonstrar como a economia piorou com o ministro Paulo Guedes. Ele lembrou que, na gestão do ex-ministro Henrique Meirelles, o preço do óleo diesel era de R$ 3,35 contra R$ 3,75 na “era Guedes”, assim como a gasolina que custava R$ 4,15 e que hoje chega a R$ 4,40, um aumento de 28%.

Outra comparação foi com o preço do boi gordo, que custava R$ 140, em 2017. Hoje, o valor é recorde, chegando a R$ 228. Já o botijão de gás, na época do ex-ministro Henrique Meirelles, era R$ 55, frente aos R$ 75 dos dias atuais. “Com essa política do Guedes, os pobres e a classe média estão cada vez mais pobres, enquanto os ricos ganham cada vez mais”, dispara José Nelto.

Leia mais...

ITABUNA: FILHO DE MANGABEIRA VAI PRESIDIR O PODEMOS

O filho do médico e pré-candidato a prefeito de Itabuna, Antônio Mangabeira, Rafael Mangabeira, será o presidente do Diretório Municipal do Podemos. Mangabeira já é presidente do PDT, tendo a esposa, Célia Kalil, como Vice-presidente.

O anúncio foi feito pelo Presidente estadual do Podemos, Deputado Estadual, Bacelar, em reunião nesta segunda-feira, 2. O Parlamentar disse que a aliança com o PDT é importante para a cidade.”Queremos um futuro melhor para esse importante pólo regional”, disse Bacelar.

O Podemos em Itabuna era presidido pelo empresário Rafael Moreira, que disputou as eleições para Deputado Estadual em 2018. Ele afirmou ao iPolitica que foi avisado pela Direção da Estadual da aliança com o PDT e preferiu deixar o partido. “Não aceito nenhuma aliança com Mangabeira pois não comungo com os métodos e ideias utilizados por ele.”, cutucou Rafael.

Leia mais...

DEPUTADO BACELAR CRITICA AÇÕES DE BOLSONARO NO MEIO AMBIENTE

No Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado nesta quarta-feira (05), o deputado federal Bacelar (Podemos-BA) subiu à tribuna da Câmara para defender a preservação do Parque Nacional de Abrolhos, no sul da Bahia. O local tem a maior biodiversidade oceânica do país e estaria ameaçado pelo leilão de blocos de petróleo na região, autorizado pelo Ibama no início de abril. “O relatório elaborado pela própria equipe técnica do Ibama foi ignorado. Abrolhos corre sérios riscos de ser contaminado com vazamento de óleo. Além disso, a movimentação de embarcações pode interferir na vida marinha do local, refúgio de baleias Jubarte e de espécies de tartarugas marinhas em extinção. Parece que querem acabar com essa riqueza ambiental “, protestou.

Bacelar destacou que um levantamento do ministério do Meio Ambiente registrou aproximadamente 1,3 mil espécies na região, 45 delas consideradas ameaçadas. Segundo Bacelar, os primeiros cinco meses do governo Bolsonaro foram desastrosos para o meio ambiente. “O novo código florestal, o fim das reservas legais, o enfraquecimento do ministério e a licitação em Abrolhos comprovam isso. Bolsonaro, que está acabando com a educação, quer acabar também com a flora e fauna brasileiras. Ele quer destruir o Brasil”, atacou.

O parlamentar chamou a atenção também para os impactos no turismo, na região de Abrolhos, com o risco de dano ambiental. “O fluxo de turistas no parque é fator de geração de emprego e renda. O número de visitantes brasileiros e estrangeiros cresceu 86% nos últimos anos, mas pode ficar prejudicado com essa atitude do governo. Não podemos deixar isso acontecer.”.

Leia mais...

ITABUNA: RAFAEL MOREIRA OFICIALIZA DOBRADINHA COM OTTO ALENCAR FILHO

O empresário e candidato a deputado estadual Rafael Moreira (Podemos) fechou a dobradinha para as eleições deste ano com o candidato a deputado federal Otto Alencar Filho (PSD). Ambos se apoiarão para a Assembleia Legislativa da Bahia e para a Câmara dos Deputados a partir de um compromisso oficializado na semana passada.

Segundo Rafael, a opção pela dobradinha se justifica pelo fato do jovem Otto Filho também ser candidato pela primeira vez e carregar o peso político do senador Otto Alencar (PSD), possibilitando que Itabuna tenha representatividade política na Câmara alta para assegurar, consequentemente, a conquista dos benefícios necessários.

A ampla experiência administrativa de Otto, com destaque para ações de desenvolvimento do estado, também contribuiu para a escolha. “Eu sou candidato a deputado estadual e não pretendo antecipar nenhuma discussão inerente às eleições de 2020, pois, caso seja eleito, pretendo concluir o meu mandato até o fim. Otto, sem dúvida, será um grande parceiro de peso federal para a conquista e a busca de benefícios para nossa cidade e região”, destacou Rafael. Formado em Administração, Otto Alencar Filho presidiu por três anos a Agência de Fomento do Estado da Bahia (Desenbahia), que tem o objetivo de promover o desenvolvimento econômico e social do estado por meio da concessão de crédito. Também acumulou experiência na direção do Conselho da Associação Brasileira de Desenvolvimento (ABDE) e na iniciativa privada, em que atuou por mais de 15 anos.

Leia mais...

BACELAR DEFENDE CONTINUIDADE DO ATENDIMENTO NO HOSPITAL REGIONAL DE RIACHÃO DE JACUÍPE

A manutenção das cirurgias eletivas agendadas para o Hospital Regional João Campos, em Riachão do Jacuípe, foi comemorada, nesta terça-feira (10), pelo deputado federal Bacelar (Podemos). O parlamentar tomou conhecimento do possível fechamento da unidade, na semana passada, através de uma nota veiculada na imprensa por vereadores locais, citando os problemas que seriam gerados com a suspensão do funcionamento do hospital, que atende mais de 350 pessoas por mês.

“Acreditamos na sensibilidade do Governo do Estado para que o atendimento seja mantido. Sem o hospital, muitos pacientes precisariam ser levados para Salvador ou Feira de Santana. Seria muito desgastante e oneroso para as famílias, muitas delas atingidas pelo desemprego. Essa é uma questão urgente. Junto com o deputado estadual Jânio Natal (Podemos), os vereadores Lucas William (PSB), Beto de Eni (SD) e Robinho (PP), buscamos encontrar uma saída para esse impasse”, ressaltou Bacelar.

O hospital existe há 65 anos e funciona como um reforço importante para a saúde dos moradores de Riachão do Jacuípe e cidades vizinhas. Segundo o presidente de honra da fundação que mantém a unidade, Lauro Falcão, a população aposta em uma decisão favorável da Secretaria Estadual da Saúde(Sesab).“Acredito que será constatada a importância da manutenção do hospital. Assim, não haverá descontinuidade no tratamento dos pacientes. Esperamos que a Sesab encontre alternativas para garantir o funcionamento da unidade, indispensável para a região”.

Leia mais...

ÁLVARO DIAS E BACELAR DEFENDEM INCENTIVOS PARA PRODUTORES E INCREMENTO DO TURISMO NO SUL DA BAHIA

O pré-candidato a presidente da República pelo Podemos, senador Álvaro Dias, foi recebido nesta sexta-feira (4), em Ilhéus, pelo líder do partido na Bahia, deputado federal Bacelar, e por representantes do segmento feminino da sigla. O senador ganhou de presente uma cesta com chocolates produzidos na região. No centro da cidade, a comitiva posou para fotos na estátua do escritor Jorge Amado e almoçou no tradicional restaurante Vesúvio. Em seguida, Álvaro Dias esteve na sede do Conselho Consultivo do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac), onde discutiu com produtores incentivos para o setor. ” O sul da Bahia sofreu com a praga da vassoura de bruxa e com a falta de políticas eficientes para a recuperação das lavouras. Os últimos governos não atenderam os pleitos dos produtores de cacau “, declarou o senador. A visita terminou na casa de eventos Terceira Via, em Itabuna, palco do 3° Encontro Regional do Podemos, com a participação da presidente nacional da legenda, deputada Renata Abreu, do deputado estadual Jânio Natal, de prefeitos, vereadores e lideranças políticas do sul do estado. ” Falamos da nova política praticada pelo Podemos, que tem ouvido a sociedade na elaboração de propostas para a Bahia e o Brasil. Esta região necessita de apoio à economia local e incremento no turismo para a geração de novos empregos “, disse o deputado Bacelar. Leia mais...

CACAU É TEMA DE ENCONTRO ENTRE ÁLVARO DIAS E LIDERANÇAS DO SUL DA BAHIA

A revitalização da economia cacaueira, a preservação do modelo institucional da Ceplac e a busca de alternativas para as questões econômico-financeiras enfrentadas pelos agricultores do sul da Bahia são os principais pontos a serem discutidos num encontro que lideranças da região terão com o senador Álvaro Dias (PODE). A reunião está prevista para as 14 horas da próxima sexta-feira, dia 04, no auditório do Centro de Pesquisas do Cacau, situado na Rodovia Ilhéus/Itabuna.

Há quase três décadas o cacau enfrenta uma série de dificuldades socioeconômicas, que envolvem o enriquecimento da Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira, o mais importante organismo federal em atuação na região, e a questão do endividamento dos cacauicultores. Órgão do Ministério da Agricultura voltado para o desenvolvimento rural sustentável, o aperfeiçoamento da cadeia produtiva do cacau, a Ceplac atua em seis Estados brasileiros.

Cacau, Turismo, Agronegócio e prestação de serviços são o forte da economia sulbaiana. A região com cerca de três milhões de habitantes em quarenta e sete municípios, reivindica do Governo Federal a revitalização da economia cacaueira e a preservação do modelo institucional Ceplac, de pesquisa e assistência técnica à cacauicultura brasileira.

Além do fortalecimento da Ceplac, os agricultores do sul da Bahia propõem o estímulo, o fomento e a difusão do Cooperativismo e o Associativismo Rural. Defendem, também, a análise conjuntural da situação da cacauicultura brasileira, com destaque para o grau de endividamento da classe e a busca de novos investimentos financeiros, com vistas à revitalização da economia baiana.

Leia mais...

ÁLVARO DIAS EM ITABUNA

O Podemos Bahia organizou um calendário de ações para discutir a nova política. Depois da caravana de parlamentares, prefeitos e vereadores visitar Jacobina e Irecê e reunir lideranças em encontros regionais, agora, é a vez de Itabuna conhecer as propostas da legenda, com a participação do presidenciável Álvaro Dias.

O III Encontro Regional traz a Itabuna representantes políticos e lideranças comunitárias de mais de 40 cidades. A agenda do Podemos no sul da Bahia vai oficializar a presença do partido na região, com a inauguração da sede na Rua Bahia, bairro da Mangabinha e a posse do presidente Rafael Moreira, pré-candidato a deputado estadual.

Antes do evento, acontece uma entrevista coletiva à imprensa, com as presenças do senador Álvaro Dias, da presidente nacional do Podemos, deputada Renata Abreu e do presidente estadual do Podemos, deputado federal Bacelar.

Serviço:

Coletiva à Imprensa: Sede do Partido: Rua Bahia, 63 – Mangabinha

Data: 04 de maio (sexta-feira), 18:30 hs

III Encontro Regional Podemos: Local: Terceira Via Eventos, Rua José Soares Pinheiro, 1718, Centro, Horário: 19hs

Leia mais...

“PODEMOS VAI ELEGER QUATRO DEPUTADOS ESTADUAIS”, AFIRMA JÂNIO NATAL

Com 30 anos de carreira, sendo vereador em Salvador, duas vezes prefeito de Belmonte, uma de Porto Seguro, deputado federal e agora estadual, Jânio Natal ganhou fama de ser grande articulador de pequenos partidos que acabam produzindo mandatos.

De acordo com a Coluna Tempo Presente, Jânio acha que com 30 mil votos um estadual se elege e articula o Podemos. Ele não aceita a fama, mas palpita que o partido vai eleger quatro deputados. em Itabuna, o presidente do Podemos, Rafael Moreira, que é pré-candidato a Deputado Estadual tem o mesmo pensamento de Jânio. “O partido está trabalhando em sintonia para alcançar esse resultado”, afirmou ao iPolítica.

Leia mais...