Plansul
COLÉGIO JORGE AMADO
Buerarema
Pref ilheus junho
Ieprol
Navegação na tag

Professor

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DA BAHIA PUBLICA EDITAL COM MAIS DE 2 MIL VAGAS PARA PROFESSOR E COORDENADOR PEDAGÓGICO

Secretaria de Educação do Estado da Bahia abre inscrições no dia 03 de agosto para o grande concurso que vai preencher 2.113 vagas nas carreiras de Professor e Coordenador Pedagógico. Os salários chegam a R$ 5.187,88.

Está aberto o novo concurso público da Secretaria de Educação do Estado da Bahia (concurso SEC-BA 2022). O órgão divulgou por meio do Diário Oficial do estado de 02 de agosto, o documento de nº 03/2022 com as normas para admissão de 2.113 servidores e formação de cadastro de reserva nos cargos de Professor e Coordenador Pedagógico.

As vagas estão distribuídas para lotação nos núcleos territoriais de educação de Irecê, Velho Chico, Extremo Sul, Médio Sudoeste da Bahia, Vale do Jequiriçá, Sertão do São Francisco, Bacia do Jacuipe, Piemonte da Diamantina, Semiárido Nordeste II, Litoral Norte e Agreste Baiano, Bacia do Rio Corrente, Itaparica, Piemonte Norte do Itapicuru, Metropolitana de Salvador, Chapada Diamantina, Sisal, Litoral Sul, Baixo Sul, Bacia do Rio Grande, Bacia do Paramirim, Sertão Produtivo, Piemonte do Paraguaçu, Portal do Sertão, Vitória da Conquista, Recôncavo, Médio Rio De Contas e Costa do Descobrimento.

O concurso será realizado sob a responsabilidade da Fundação Carlos Chagas (FCC), e o edital reserva 5% das vagas para as pessoas com deficiência e 30% para os candidatos negros.

Leia mais...

MORRE ARLÉO BARBOSA, PROFESSOR, HISTORIADOR E EX-PRESIDENTE DA ACADEMIA DE LETRAS DE ILHÉUS

Personalidade ilustre e respeitada, o professor Carlos Roberto Arléo Barbosa faleceu na tarde deste sábado (19), aos 82 anos. A notícia do seu passamento comoveu a sociedade baiana, que reconhece a importância do trabalho desenvolvido ao longo das últimas quatro décadas para a história e cultura da região sul do estado. O professor Arléo deixa a esposa, Cláudia, cinco filhos: Roberto, Ronaldo, Renato, Rosana e Thiciano, nove netos, quatro bisnetos, uma legião de admiradores e um imenso legado para o ensino em Ilhéus.

O prefeito Mário Alexandre manifesta profundo pesar pela morte do educador e lembra a sua dedicação e o seu comprometimento com o resgate cultural e histórico do município. “Ilhéus perde um exemplo de mestre, ser humano e de cidadão. O professor Arléo Barbosa fez uma revolução no estudo de história e se tornou a memória da nossa cidade. Deus o acolha no Reino Celestial e na sua infinita misericórdia conforte a todos”.

Ocupante da cadeira número 19 da Academia de Letras de Ilhéus (ALI), Arléo Barbosa possuía extenso histórico acadêmico, sendo presidente da entidade, de 2009 a 2013, e professor da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), de 1974 a 2008, com Especialização em História Regional e História Contemporânea. Entre as obras publicadas por ele, destacam-se: Monarquismo e Educação (1972); Nhoesembé (1973); Ilhéus (2010) e Notícia Histórica de Ilhéus, cuja última versão foi publicada em 2013.

Nascido em Jequié, ele chegou à terra de Jorge Amado ainda na adolescência, recebendo o título de cidadão ilheense em 1986. Sua paixão pela educação fez com que fundasse o Colégio Fênix, em 1988, instituição de ensino tradicional na qual também integrava o quadro de docentes. Em 2004 foi homenageado com a entrega da Comenda do Mérito São Jorge dos Ilhéus, título dado a homens e mulheres que colaboram para o progresso do município.

O velório acontece na Loja Maçônica Vigilância e Resistência, na Avenida Itabuna. Ainda não há informações sobre o sepultamento.

Leia mais...

ITABUNA: AULAS DO COLÉGIO INÁCIO TOSTA SÃO SUSPENSAS APÓS PROFESSOR TESTAR POSITIVO PARA COVID-19

Um professor do colégio estadual Inácio Tosta Filho em Itabuna, testou positivo para Covid-19 e com isso a direção suspendeu as aulas do turno matutino, vespertino e noturno da unidade até o dia 23 deste mês.

O professor foi submetido à exames clínicos, onde foi constatado que 30% dos pulmões estão comprometidos mas que, segundo ele, se sente bem. O professor já tinha recebido a duas doses da vacina e segue em monitoramento.

A direção da escola pede que se algum funcionário, aluno ou professor apresentar algum sintoma gripal, deverão comunicar a unidade escolar para ser encaminhado à Vigilância Epidemiológica.

Leia mais...

BOLIVIANO É PRESO EM IGUAÍ POR ABUSAR DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES

Um professor suspeito de abusar de crianças e adolescentes na cidade de Iguaí, teve o mandado de prisão temporária cumprido, na terça-feira (19), durante operação deflagrada pela Delegacia Territorial (DT) daquele município.

O titular da unidade policial, delegado Shangai Alexandre Ramos Rocha, apurou que o homem, de nacionalidade boliviana, já praticou abusos contra duas crianças. “As vítimas eram alunas do suspeito, que dava aula de reforço escolar”, acrescentou Shangai.

“O investigado é estrangeiro irregular no país desde 2011 e o fato foi comunicado às autoridades consulares e à Polícia Federal”, ressaltou o titular da DT de Iguaí. (mais…)

Leia mais...

PROFESSOR BAIANO DESENVOLVE NOVA TECNOLOGIA ASSISTIVA PARA DEFICIENTES VISUAIS

“Ainda que de maneira lenta, a sociedade tem se sensibilizado para a necessidade de tornar os ambientes mais acessíveis”. É desta forma que o professor João Neto, da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), enxerga o atual cenário social para pessoas com deficiência visual (PcDV). Ele é responsável por liderar a criação de um projeto que tem muito a contribuir com a qualidade de vida dessas pessoas. “Trata-se de uma tecnologia assistiva, composta por etiqueta de radiofrequência (RDFI) espalhadas pelo piso tátil e um dispositivo acoplado no sapato do usuário, conectado a um aplicativo, através do smartphone”. Essas etiquetas armazenam informações sobre o ambiente ao redor, como a localização em que o usuário se encontra, dados sobre objetos que estão presentes no entorno, alertas de perigo, informações mais precisas e detalhadas sobre prédios, dentre outras.

O professor João, que realiza diversas pesquisas na área de interação homem-computador, explica como funciona o serviço tecnicamente. “Na busca por tornar os sistemas e dispositivos interativos mais fáceis de usar e operar, o protótipo funciona da seguinte forma: enquanto o usuário se desloca sobre o piso tátil e aproxima o pé das etiquetas RDFI, o dispositivo que está no sapato, que é dotado de sensores, é capaz de ler as informações gravadas nas etiquetas espalhadas pelo chão e retransmite estas informações ao aplicativo do smartphone, que transforma os dados em áudio e as repassa ao usuário”, explicou, ressaltando que grande parte de produtos e serviços considerados banais para pessoas sem deficiência ainda permanecem inacessíveis para PcDs, como objetos inteligentes, redes sociais, Inteligência Artificial, Computação em Nuvem, aplicativos para smartphones, Cidades Inteligentes, entre outros.

Segundo o pesquisador, o piso tátil faz parte do cenário de espaços públicos e privados há décadas, possibilitando a locomoção segura não somente para PcDV, mas também para crianças, idosos e até mesmo turistas, entretanto, ele possui algumas limitações.

“Ao se deparar com a sinalização de alerta, o usuário não faz ideia do que se trata, pode ser uma escada rolante, árvore, saída de garagem, ou um desnível na guia que pode causar uma queda. O nosso projeto veio justamente para repensar as funcionalidades do piso tátil, criado em 1967. O objetivo é de inovar sem descartar os aspectos positivos como a grande aceitação por parte do público-alvo e a extensão em que os pisos estão instalados. Agora, queremos aumentar a acessibilidade, através de tecnologia de ponta para que pessoas com deficiência também sejam beneficiadas pelos avanços tecnológicos oferecidos à maior parte da população”, declarou.

Para João Neto, a maioria dos projetos que vem para incrementar o piso tátil é associada a bengalas com sensores, o que aumenta o peso do objeto, além de gerar desconforto e estranhamento. “A bengala restringe a experiência do usuário, pois requer a dedicação de uma das mãos para segurá-la.

A solução que criamos libera as mãos do usuário e possibilita que ele receba um volume maior de informações acerca do que está acontecendo ao redor. Vale ressaltar que nossa proposta é incremental e pode ser a base para uma série de outros serviços, tais como roteamento, que concede instruções para chegar até um ponto a partir do local onde o usuário se encontra, e serviços de mensagens, no qual o usuário pode criar notificações em pontos do piso tátil, que serão transmitidas quando ele passar pela região”.

Atualmente, o projeto está em fase de captar recursos para que possa adicionar a funcionalidade de Computação em Nuvem para a atualização remota e em tempo real das informações referentes às etiquetas.

“Também pretendemos melhorar o algoritmo de roteamento e inclusão de recursos de Inteligência Artificial à nossa solução tecnológica”, acrescentou João. Com a conclusão do trabalho, o professor espera proporcionar ainda mais independência e autonomia de pessoas com deficiência visual para a locomoção, navegação e orientação em espaços públicos, privados e urbanos. “O protótipo inicial já foi desenvolvido e teve o tempo de resposta do sistema comprovado.

A tecnologia foi selecionada, em janeiro de 2020, para o VIII Campus Mobile, um concurso nacional patrocinado pela Claro, em que os participantes passam uma semana na USP para apresentar e discutir seus projetos com pesquisadores e empresários a fim de amadurecer suas ideias.

Bahia Faz Ciência

A Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) e a Fundação de Amparo à Pesquisa da Bahia (Fapesb) estrearam no Dia Nacional da Ciência e do Pesquisador Científico, 8 de julho de 2019, uma série de reportagens sobre como pesquisadores e cientistas baianos desenvolvem trabalhos em ciência, tecnologia e inovação de forma a contribuir com a melhoria de vida da população em temas importantes como saúde, educação, segurança, dentre outros.

As matérias são divulgadas semanalmente, sempre às segundas-feiras, para a mídia baiana, e estão disponíveis no site e redes sociais da Secretaria e da Fundação. Se você conhece algum assunto que poderia virar pauta deste projeto, as recomendações podem ser feitas através do e-mail [email protected].

Leia mais...

BAHIA: ESTADO ABRE MAIS DE DUAS MIL VAGAS DE PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia divulgou, nesta quarta-feira (16), no Diário Oficial da Bahia, a abertura do processo seletivo sob o Regime de Direito Administrativo da Bahia (REDA), para 2.491 vagas para professores para a função temporária de Professor Padrão P – Grau III, com carga horária 20 horas semanais. As vagas são direcionadas para todo o Estado e englobam os municípios componentes dos 27 Núcleos Territoriais de Educação (NTEs). Os candidatos devem ter formação de nível superior em Licenciatura Plena. As inscrições serão realizadas no período de 18 de outubro a 4 de novembro, exclusivamente pela Internet, no site www.selecao.uneb.br/educbasicasec.

“O processo seletivo consiste em vagas reais para atender os lacais onde estão vencendo o REDA vigente e ou não houve aprovados no último concurso”, destacou a superintendente de Recursos Humanos da Educação, Maria do Rosário Muricy, ao destacar que o edital está disponível no Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br).

O Processo Seletivo será realizado em uma única etapa, no dia 8 de dezembro, com aplicação de provas objetivas, de caráter eliminatória e classificatória. Os locais e horários das aplicações das provas serão divulgados no Cartão de Identificação do Candidato, que será disponibilizado no site até o dia 4 de dezembro.

O prazo de validade do Processo Seletivo Simplificado será de um ano, a contar da data da publicação da homologação, podendo antes de esgotado este prazo, ser prorrogado uma vez, por igual período, a critério da administração, por ato expresso do Secretário da Educação do Estado da Bahia.

Leia mais...

SONHO DE SER PROFESSOR MOTIVA ESTUDANTES A CURSAREM PEDAGOGIA, APONTA LEVANTAMENTO

Atualmente, em todo o Brasil, há pouco mais de 28 mil universitários de Pedagogia estagiando em creches, escolas e universidades. Na sala de aula, eles recebem conhecimento teórico e prático envolvendo métodos que compreendem principalmente a educação básica, determinante para a formação das crianças que estão começando a frequentar o ambiente escolar.

Ainda assim, a atuação do profissional de pedagogia vai além do ambiente escolar. Atualmente ele também encontra oportunidades no mundo corporativo, em empresas que necessitem de coordenação para treinamentos. Também há oportunidades no mercado editorial, na produção de conteúdo didático, além de organizações não-governamentais que prestem serviços na área de Educação e Assistência Social. Entre as características valorizadas pelas empresas estão a criatividade, curiosidade e empatia.

De acordo com levantamento do Centro de Integração Empresa-Escola – CIEE, o valor da bolsa-auxílio recebida por desses estagiários varia, em média, de R$ 502,27 (valor médio pago na Região Norte) a R$ 751,51 (Grande São Paulo), para uma carga horária que pode ser de até seis horas diárias, conforme determinado pela legislação. Desde sua fundação, há 55 anos, o CIEE se dedica à capacitação profissional de estudantes por meio de programas de estágio. Em 2003, abriu uma nova frente socioassistencial com a aprendizagem. Atualmente, administra o estágio de mais de 200 mil estudantes e a aprendizagem de mais de 100 mil adolescentes e jovens. Em paralelo, mantém uma série de ações socioassistenciais voltada à promoção do conhecimento e fortalecimento de vínculos de populações prioritárias.

Leia mais...

UFSB PREPARA CONCURSO COM 57 VAGAS PARA PROFESSOR EFETIVO

A Universidade Federal do Sul da Bahia está finalizando edital de concurso público para contratação de professores efetivos, com publicação prevista para a data provável de 22 de agosto. Serão 57 vagas para docentes em diversas áreas do conhecimento. As vagas serão distribuídas entre os três campi da instituição (Itabuna, Porto Seguro, Teixeira de Freitas).

Das vagas que devem ser oferecidas, 18 são para professores com carga horária semanal de 40 horas e dedicação exclusiva. As outras 39 são vagas para professores com carga horária semanal de 20 horas. Destaque para as vagas destinadas a professores de áreas da Medicina, Direito, Engenharias, Artes e Ciências.

Mais informações deverão ser liberadas em breve com a publicação do edital, e estarão disponíveis no site da UFSB: ufsb.edu.br.

Leia mais...