Plansul
COLÉGIO JORGE AMADO
Buerarema
Pref ilheus junho
Ieprol
Navegação na tag

Renan Calheiros

CÚPULA DA CPI DA COVID DECIDE MANTER REUNIÕES DURANTE RECESSO

Integrantes da cúpula da CPI da Covid do Senado decidiram manter reuniões frequentes durante o recesso parlamentar. A ideia é usar os encontros para trocar informações e discutir estratégias para a investigação.

Como a maioria dos senadores retornou de Brasília para seus estados, o acordo é para que o comando da comissão e integrantes do G7, grupo de parlamentares independentes e de oposição, se reúnam virtualmente.

Os encontros já começaram no último fim de semana. Segundo apurou o site Metrópoles, a cúpula da comissão teve ao menos duas reuniões por videoconferência: uma no sábado (17/6) e outra no domingo (18/6).

Participaram das conversas o presidente da CPI, senador Omar Aziz (PSD-AM); o vice-presidente, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP); e o relator, senador Renan Calheiros (MDB-AL).

Nas reuniões, eles acertaram em se debruçar sobre os contratos do Ministério da Saúde com a VTCLog, empresa responsável por armazenar e distribuir equipamentos e insumos comprados pela pasta, entre eles, vacinas.

Uma nova reunião da cúpula da CPI deve ser realizada na tarde desta segunda-feira (19/7). O encontro está previsto para 16 horas, também virtualmente.

Leia mais...

“VAGABUNDO É VOCÊ QUE ROUBOU DINHEIRO DO PESSOAL DO SEU GABINETE”, DIZ RENAN CALHEIROS AO SENADOR FLÁVIO BOLSONARO AO SER INSULTADO NA CPI DA PANDEMIA

O clima pegou fogo nesta quarta-feira (12) na CPI da Pandemia no Senado Federal. Ontem, os senadores ouviram o ex-secretário de comunicação Fabio Wajngarten no intuito de compreender os fatos que trouxeram todo esse caos no país. Mais cedo, o senador Renan Calheiros (MDB-AL) havia informado que, caso o ex-secretário mentisse, ele pediria a prisão do mesmo, já que alguns relatos não condiziam com de depoimentos que antecederam o dele.

Com isso, o senador e filho do presidente Jair Bolsonaro, o Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) chamou Renan de vagabundo, após reagir as pressões dos senadores contra Wajngarten. “Imagina a situação, um cidadão honesto ser preso por um vagabundo com Renan Calheiros”, disse Flávio.

(mais…) Leia mais...

MINISTRO ACOLHE PEDIDO DO MPF E ARQUIVA INQUÉRITO QUE INVESTIGAVA RENAN, JUCÁ E SARNEY

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), acolheu requerimento do Ministério Público Federal (MPF) e determinou o arquivamento do Inquérito (INQ) 4367, instaurado a partir de acordo de colaboração do ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado, para investigar os senadores Renan Calheiros (AL) e Romero Jucá (RR), além do ex-senador e ex-presidente da República, José Sarney (MA), todos do PMDB. O inquérito apurava a suposta prática de crimes de obstrução a investigação de organização criminosa, previsto no artigo 2º, parágrafo 1º, da Lei 12.850/2013.

O então procurador-geral da República, Rodrigo Janot, requereu o arquivamento dos autos, considerando que as conversas gravadas entre o colaborador e os investigados não foram materializadas em atos concretos para embaraçar ou impedir o trâmite regular das investigações na Operação Lava-Jato. Assim, segundo o MPF, apesar de considerados graves os fatos narrados, somente seria possível incidir o direito penal em caso de comprovação de atos executórios pertinentes ao plano de obstruir ou prejudicar as investigações.

O ministro Edson Fachin ressaltou, entretanto, que o arquivamento realizado com fundamento na ausência de provas suficientes de prática de crime não impede a retomada das investigações caso futuramente surjam novas evidências, conforme previsto no artigo 18 do Código de Processo Penal.

Leia mais...