Plansul
COLÉGIO JORGE AMADO
Buerarema
Pref ilheus junho
Ieprol
Navegação na tag

Restaurantes

DEPUTADO PROPÕE QUE POPULAÇÃO APRESENTE CARTEIRA DE VACINAÇÃO DIGITAL PARA ACESSO A BARES E RESTAURANTES NA BAHIA

Por meio de duas indicações apresentadas à Assembleia Legislativa e direcionadas ao governador Rui Costa (PT) e ao prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), o deputado Paulo Câmara (PSDB) sugeriu aos gestores a baixarem um decreto normatizando e condicionando o acesso a bares e restaurantes na capital e em todo a Bahia mediante apresentação da Carteira de Vacinação Digital, ou documento similar, comprovando a imunização contra a Covid-19.

Nas proposições, o parlamentar chama atenção para a quantidade de pessoas adultas que ainda não se vacinaram no Estado. Mais de 290 mil ainda não tomaram a segunda dose na Bahia, 50 mil somente em Salvador, sendo que cerca de 100 mil estão aptas a tomar a primeira dose, mas não procuraram os postos de imunização da capital.

(mais…) Leia mais...

CONSUMO EM RESTAURANTES DA BAHIA TEM QUEDA DE 35,7% EM JUNHO, MOSTRA ÍNDICE FIPE E ALELO

O consumo em restaurantes, bares, lanchonetes e padarias da Bahia teve queda de 35,7% em junho, enquanto a média nacional foi de -27,5%, é o que apontam os índices divulgados pela Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas), em parceria com a Alelo, bandeira especializada em benefícios, incentivos e gestão de despesas corporativas.

Além disso, os dados, calculados a partir da comparação com o mesmo período de 2019, revelam que os supermercados também estão sofrendo com as medidas de restrição, registrando redução de 2,1% no valor gasto.

Os Índices de Consumo em Restaurantes (ICR) mostram ainda retração de 47,1% na quantidade de vendas, impacto menor que o observado no mês anterior (-48,9%). Somado a isso, o número de estabelecimentos comerciais que efetivaram transações também registrou queda (-19,9%), quando comparado ao mesmo mês de 2019.

(mais…) Leia mais...

ITABUNA: COM DIREITO A ‘SHOW AO VIVO’, EMPRESÁRIOS PEDEM FLEXIBILIZAÇÃO NAS MEDIDAS EM BARES E RESTAURANTES

Quem passou na avenida Princesa Isabel em Itabuna, por volta de 12h desta quinta-feira (29), notou uma manifestação um tanto diferente por parte de empresários do ramo de bar e restaurante do município.

As duas vias da avenida foram bloqueadas pela manifestação que teve até um show musical ao vivo. Os empresários simularam na avenida como será o procedimento adotado caso venham flexibilizar as medidas restritivas nesses comércios.

Mesas distanciadas, som ao vivo e até um garçom fizeram parte da encenação. Um novo decreto sobre as medidas restritivas tem previsão de ser publicado na próxima segunda-feira, 3 de maio.

(mais…) Leia mais...

ITABUNA: CÂMARA DISCUTE PROTOCOLO CONTRA CRISE EM RESTAURANTES E BARES

Procurados por donos de bares e restaurantes em Itabuna, vereadores criam comissão para acompanhar um protocolo de segurança que assegure o funcionamento desses estabelecimentos. Durante sessão especial na quarta-feira (07), empresários apresentaram números que ilustram o nível da crise enfrentada pelo setor nesse tempo de Covid-19.

Conforme o grupo, o setor gerava cerca de dois mil empregos diretos e cinco mil indiretos. Mas já houve 1.500 demissões e 22 bares foram fechados. “Os donos não têm como pagar verbas rescisórias, tal qual manda a CLT. Não temos capital de giro, são títulos protestados, cheques devolvidos, além dos pais e mães de família desempregados; cozinheiras, garçons, músicos, é a beira do caos”, detalhou um representante do grupo.

Para minimizar a situação, eles desenvolveram um protocolo com regras como: funcionamento até 23 horas, redução das mesas em 50%, distância de dois metros entre elas, máximo de seis ocupantes por mesa, sem que haja pessoas em pé. Outra medida é dar ampla divulgação dessas regras, inclusive com panfletos, adesivos e redes sociais.

Acompanhamento da situação

O presidente da Casa, Erasmo Ávila (PSD), informou que os edis designados para acompanhar a questão terão contato com a comissão de enfrentamento ao coronavírus no município. O intuito é chegar a um consenso que considere as dificuldades enfrentadas e, ao mesmo tempo, as medidas sanitárias.

“A Câmara recebe o protocolo para discussão junto com a comissão e familiarizar o apelo de vocês. Nosso desejo é que transcorra a normalidade; não falta esforço desta Casa para providências contra o desemprego; esperamos que vocês também fiscalizem o cumprimento desse protocolo, pra que as decisões sejam cumpridas”, declarou.

Leia mais...