Plansul
COLÉGIO JORGE AMADO
Buerarema
Pref ilheus junho
Ieprol
Navegação na tag

Rodrigo Hagge

“INTERIOR DA BAHIA TEM QUE TER REPRESENTANTE NO GOVERNO EM 2022”, DIZ RODRIGO HAGGE

O prefeito do município de Itapetinga, Rodrigo Hagge (MDB), disse que a região sul da Bahia precisa estar representada em alguma chapa que vai concorrer ao Palácio de Ondina nas eleições de 2022. A declaração do prefeito foi feita em entrevista ao programa Oito em Ponto do Canal Ipolítica Bahia no YouTube, nesta segunda-feira (7).

Rodrigo falou também sobre as ações que tem desempenhado no município, em especial sobre a infraestrutura. O gestor, que deixou claro seu apoio ao ex-prefeito de Salvador ACM Neto nas eleições de 2022, fez uma avaliação do cenário político na região e no estado.

Para Hagge, a Bahia necessita de novos rumos políticos e para isso é necessário eleger pessoas jovens com compromisso em cuidar do povo, segundo ele. Sobre a composição, Hagge disse que temos bons gestores com perfil adequado para ser vice-governador em uma chapa para as eleições do ano que vem. Essa composição evidenciaria mais ainda a região, segundo explicou o prefeito.

Assista a entrevista completa:

Leia mais...

ITAPETINGA: PREFEITO SOFRE REPRESENTAÇÃO NO MPE

Os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia determinaram que seja feita representação ao Ministério Público Estadual contra o prefeito de Itapetinga, Rodrigo Hagge Costa, pelo pagamento indevido de multas e juros em razão de atraso no recolhimento de parcelas relativas a obrigações previdenciárias, nos exercícios de 2017 e 2018. A decisão foi tomada por três votos a dois dos conselheiros presentes à sessão desta quinta-feira (13/05), realizada por meio eletrônico.

O prefeito terá que devolver aos cofres municipais a quantia de R$321.133,60, com recursos pessoais, que foram pagos em juros e multas. E pagar uma multa estipulada em R$1,5 mil. A maioria dos conselheiros do TCM entende que o pagamento de multa e juros só ocorre devido à omissão dos gestores, que não cumprem adequadamente a obrigação legal de repassar/recolher as contribuições previdenciárias no prazo e montante exigidos na legislação.

(mais…) Leia mais...

ITAPETINGA: PREFEITURA TRAÇA PLANOS PARA VOLTA ÀS AULAS PRESENCIAIS

Na manhã desta segunda-feira, 10, o prefeito Rodrigo Hagge e o secretário de educação Geraldo Trindade reuniram-se com representantes das escolas particulares do município para estudarem formas seguras de retorno às aulas.

Segundo Rodrigo Hagge, o objetivo é construir uma gestão participativa, capaz de ouvir as demandas de cada setor e traçar planos que se ajustem às diferentes realidades. Ciente de que a rede de educação particular está, também, subordinada às determinações do conselho estadual, o prefeito afirmou que irá buscar meios de garantir segurança jurídica ao retorno de forma organizada e estruturada.

De acordo com o secretário, a rede municipal já está finalizando as matrículas para o início do ano letivo de 2021 que, inicialmente, seguirá de forma remota, mas também já busca formas de voltar, gradativamente, ao ensino presencial.

(mais…) Leia mais...

ITAPETINGA: PREFEITO RODRIGO HAGGE RECEBE POLÍTICOS DE VITÓRIA DA CONQUISTA

A terça foi de muito debate político e grandes planos. Em seu gabinete, o prefeito Rodrigo Hagge recebeu os vereadores de Vitória da Conquista, Orlando Filho, do PRTB, e o Subtenente Muniz, do Avante, além de Manoel Gusmão lider comunitário de Vitória da Conquista.

Reconhecendo a projeção política conquistada pelo prefeito de Itapetinga, os vereadores da cidade vizinha vieram traçar estratégias, planos e metas para o desenvolvimento regional, formando uma parceria salutar capaz de trazer benefícios para os dois municípios.

Após o bate papo, Rodrigo Hagge levou o grupo para um passeio pelo Parque da Matinha que foi reestruturado e pelo Parque Poliesportivo da Lagoa, que agora recebe intervenções para fomentar ainda mais a prática esportiva e valorizar o seus espaços.

“Para mim, é um prazer poder receber outros políticos, falar sobre desenvolvimento e apresentar a minha cidade com orgulho. O papel do agente político é, antes de tudo, proporcionar bem estar ao povo e nós estaremos sempre ao lado daqueles que têm bons planos para o povo”, disse o prefeito Rodrigo Hagge ao final da reunião.

Leia mais...

ITAPETINGA: PREFEITO É ACUSADO DE NEPOTISMO POR NOMEAR PARENTES DE SECRETÁRIOS

O prefeito de Itapetinga Rodrigo Hagge Costa (PMDB) foi acusado em ação civil pública, ajuizada no último dia 24 pelo Ministério Público Estadual, de cometer ato de improbidade administrativa ao manter nos quadros da Prefeitura parentes dos secretários municipais de Desenvolvimento Social, Eliene Portela Brito Paiva, e de Meio Ambiente, Rogério Neres Alves, e de outros servidores que são parentes entre si.

Autor da ação por improbidade, o promotor Gean Carlos Leão também ajuizou, no dia 26 de outubro, ação civil pública que solicita determinação judicial para exoneração de todos servidores que se encontrem em situação de nepotismo e também a anulação da nomeação de Laécio Alves Sobrinho, filho de Rogério Alves, do cargo de Diretor da Ouvidoria Municipal, e de Lívia Pires Lima e Silva do cargo de Chefe de Divisão de Promoção Social. Ela é esposa do coordenador Municipal de Trânsito (Comutran), Cláudio Silva. Também conforme as ações, o filho da secretária de Desenvolvimento Social, Gabriel Portela de Brito da Silva, e os cunhados dela, Jilmar Almeida dos Santos e Juliana Alves da Silva, foram contratados por tempo determinado e tiveram os contratos rescindidos somente após esgotado o prazo de vigência contratual.

Segundo o promotor, o prefeito abriu “a porteira da Administração Pública para os seus protegidos ou cabos eleitorais, levando para o Executivo familiares dos seus secretários municipais ou de ocupantes de cargos de chefia, direção ou assessoramento, em escancarado aparelhamento da máquina estatal”. Ele destacou que as ações foram ajuizadas após o prefeito não atender a duas recomendações expedidas pelo MP contra práticas de nepotismo, orientando a exoneração de todos os ocupantes de cargos comissionados, função de confiança ou gratificada com parentesco até o terceiro grau com o prefeito, vice-prefeito, secretários municipais, titulares de cargos de direção, chefia ou assessoramento, além da rescisão de servidores contratados por tempo determinado nestas mesmas condições.

Leia mais...