Plansul
COLÉGIO JORGE AMADO
Buerarema
Pref ilheus junho
Ieprol
Navegação na tag

Santa Casa De Misericórdia

ITABUNA: SANTA CASA COLOCA EM FUNCIONAMENTO ‘GRIPÁRIO’ PARA ATENDER CASOS SUSPEITOS DE H3N2

A Santa Casa de Itabuna iniciou, nesta segunda-feira (3), atendimento a pacientes com sintomas de gripe em um polo especial dedicado as síndromes gripais “gripário”, por causa do surto de Influenza A, com maior ocorrência para o vírus H3N2. A unidade auxiliar está localizada na Rua Antônio Muniz nº 200, Pontalzinho, ao lado do escritório da Necrópole.

Com funcionamento inicial de 24 horas por dia, a unidade referência conta com uma equipe específica e já treinada para atender os casos relacionados ao surto de gripe H3N2, com médicos, enfermeiros, sala de classificação de risco, consultórios médicos, sala de observação e sala de preparo de medicação.

“O gripário”, explica o médico infectologista Fernando Romero, “atenderá somente casos leves de gripe, sem complicações clínicas, como uma unidade auxiliar do pronto atendimento, aos pacientes com síndrome gripal. Pacientes com diagnóstico de Covid-19, idosos ou com desconforto respiratório deverão ser encaminhados para o PA 2. (mais…)

Leia mais...

FRANCISCO VALDECE É EMPOSSADO PARA SEGUNDO MANDATO DE PROVEDOR DA SANTA CASA DE ITABUNA

Ocorreu na manhã desta segunda-feira (3), a posse do provedor da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, Francisco Valdece, para seu segundo mandato. A solenidade foi transmitida ao vivo pelas redes sociais em atenção às medidas de segurança impostas pela pandemia da Covid-19, e contou com a presença de conselheiros, diretores, membros de provedoria, além das Irmãs Auxiliadoras e Religiosas.

Integram a nova composição para o período de 2022 a 2023, o vice-provedor Peter Deviris Lemos; Sílvio Roberto Sousa de Oliveira (1º secretário); Carlos Veloso Leahy (2º secretário); André Fernando Wermann (1º tesoureiro) e José Saturnino Rodrigues (2º tesoureiro), além dos 18 membros do Conselho Deliberativo e 18 mulheres que integram o Grupo das Irmãs Auxiliadoras. (mais…)

Leia mais...

MAIS DUAS DOAÇÕES DE CÓRNEAS SÃO REALIZADAS NA SANTA CASA DE ITABUNA

A sensibilidade e empatia de duas famílias no sul da Bahia vão beneficiar quatro pessoas que estão na fila de espera para o transplante de córneas. As doações aconteceram, nas últimas 24 horas, na Santa Casa de Misericórdia de Itabuna (SCMI). Foi a quinta doação de córneas neste ano.

As córneas foram enviadas para o Banco de Olhos da Bahia, em Salvador, que no estado é responsável por receber doações autorizadas por familiares das pessoas falecidas. As córneas serão processadas e armazenadas no local até que a Central de Transplantes da Bahia autorize a liberação para pacientes inscritos na lista única de transplante.

De acordo com o Banco de Olhos, até o início do ano, havia no estado cerca de 900 pessoas na fila de espera do transplante de córnea. Outro dado que chama atenção é que 100% das doações e quase 90% dos transplantes são feitos pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Em Itabuna, as córneas doadas na SCMI são enviadas para a capital pela empresa Águia Branca, que é parceira da instituição.

(mais…) Leia mais...

SANTA CASA DE ITABUNA RECEBE VISITA DE EX-SECRETÁRIO DE SAÚDE DA BAHIA

A Santa Casa de Misericórdia de Itabuna (SCMI) recebeu, na manhã desta sexta-feira (10), a visita do ex-secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas. O ex-secretário foi recepcionado por membros da Irmandade, pelo provedor Francisco Valdece e ex-provedor Eric Júnior, que destacaram sua atuação, nos últimos anos, para assegurar investimentos e melhorar a qualidade dos serviços de saúde no interior da Bahia.

Durante o encontro, Francisco Valdece agradeceu o apoio que a Santa Casa recebeu na gestão de Vilas Boas, principalmente para implantação de leitos exclusivos para pacientes infectados pelo novo coronavírus. “Essas vagas exclusivas e todo o suporte foram fundamentais para o bom funcionamento dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e clínicos nos hospitais Calixto Midlej Filho e Manoel Novaes”, destacou o provedor.

(mais…) Leia mais...

SANTA CASA DE ITABUNA ALERTA SOBRE O PERIGO DO CÂNCER DE CABEÇA E PESCOÇO

O Brasil registra 41 mil novos casos de câncer de cabeça e pescoço, que causa cerca de 10 mil mortes por ano, conforme dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA). O consumo de álcool e o tabagismo são os maiores causadores dos tumores.

O hábito de beber e fumar pode multiplicar em até 20 vezes a possibilidade de uma pessoa desenvolver a doença, segundo dados da Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica (SBOC). De acordo com especialistas, entre as armas para combater o câncer estão a informação correta e diagnóstico precoce da doença.

(mais…) Leia mais...

JOVENS DO PROJETO BOM DE BOLA, BOM NA ESCOLA EM ITABUNA SE UNEM PARA DOAÇÃO DE SANGUE

O Banco de Sangue da Santa Casa de Itabuna tem convivido com níveis críticos de bolsas para atender moradores de mais de 120 municípios. Para amenizar o sofrimento de quem precisa dessas doações, jovens, alunos do projeto Bom de Bola, Bom na Escola, estiveram na unidade na última sexta-feira (9).

O estudante João Ricardo Dantas Reis, de 18 anos, que doou sangue pela primeira vez, falou sobre a importância do gesto. “É uma experiência incomparável. Fico feliz por saber que minha doação poderá salvar muitas vidas. Que sirva de estímulo para outros jovens doarem sangue também”.

(mais…) Leia mais...

SANTA CASA DE ITABUNA RETOMA SERVIÇOS E DISPONIBILIZA CIRURGIAS INÉDITAS PELO SUS

Nesta segunda-feira (5), o provedor da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna (SCMI), Francisco Valdece, fez um balanço do primeiro ano de sua gestão. Entre os destaques neste primeiro ano estão o aumento da oferta de procedimentos cirúrgicos, a retomada de serviços concedidos a terceiros e a aquisição de 52 máquinas para a unidade de hemodiálise.

A SCMI passou a oferecer, neste ano, procedimentos cirúrgicos de cardiologia e neurocirurgia pediátrica pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e para particulares. O provedor destaca que a implantação de serviços inéditos de alta complexidade vem assegurando, com sucesso, cirurgias em crianças em adolescentes não só do sul da Bahia, mas de municípios como Itamaraju, no extremo-sul, Caetité, no sudoeste, e Barra da Estiva, na Chapada Diamantina.

(mais…) Leia mais...

ITABUNA: BANCO DE SANGUE DA SANTA CASA PROMOVE SEMANA DE AÇÕES PARA INCENTIVAR DOAÇÕES

Como parte da programação da campanha Junho Vermelho, o Banco de Sangue da Santa Casa de Itabuna promove, a partir de segunda-feira (14), Dia Mundial do Doador, ações para reforçar a importância de manter o espírito de solidariedade e tentar trazer de volta doadores que deixaram de comparecer à unidade nessa pandemia do novo coronavírus.

Houve queda de mais de 50% no número de doações em relação aos anos anteriores ao surgimento da Covid-19. Eram coletadas, em média, 1.200 bolsas mensais, e hoje não passam de 600.

Uma das ações para tentar reduzir os impactos da queda de doadores é o lançamento da “Campanha Servidor Doador”, que será realizada em parceria com a Secretaria de Saúde de Itabuna. “A expectativa é de adesão de um número significativo de servidores públicos municipais. Em paralelo a essa campanha, realizaremos outras ações de sensibilização, porque precisamos urgentemente melhorar o nosso estoque regulador”, explica o coordenador de captação do Banco de Sangue da SCMI, Adelson Bispo.

(mais…) Leia mais...

ITABUNA: VEREADORES FAZEM RECOMENDAÇÕES A SETOR DE HEMODIÁLISE DA SANTA CASA DE MISERICÓRDIA

A substituição de poltronas e melhorias na climatização do Centro de Diálise constam no relatório de fiscalização que será assinado por Francisco (PSD), Israel Cardoso (PTC) e Nem Bahia (PP). As recomendações do trio de vereadores de Itabuna serão encaminhadas à Santa Casa de Misericórdia, mantenedora do setor que responde por 82% dos atendimentos de hemodiálise via Sistema Único de Saúde (SUS).

A fiscalização, proposta por Nem e referendada pelo Plenário, surgiu após reclamação de familiares de um paciente que realiza tratamento intensivo dos rins na unidade.

Na enfermaria, os vereadores constataram algumas poltronas com estofados danificados e com problemas de inclinação. “Percebemos que o serviço de diálise em si é prestado de forma satisfatória, porém necessário oferecer mais conforto aos pacientes renais que ficam horas recostados nas poltronas durante as sessões de hemodiálise”, ressaltou Francisco, presidente da Comissão de Saúde do Legislativo itabunense.

(mais…) Leia mais...

ITABUNA: OS DESAFIOS DE SER MÃE DURANTE A PANDEMIA DA COVID-19

Milhares brasileiros planejaram o nascimento de seus filhos no momento em que ninguém esperava o surgimento de um vírus capaz de modificar o modo de convivência no mundo. Entre as pessoas que realizaram o sonho da maternidade durante esta pandemia estão Deise Damásio, Isabella Fagundes e Fabiany Nascimento.

Em 2019, Deise Damásio, com apoio do marido, decidiu que tinha chegado a hora de ser mãe pela segunda vez. Ela afirma que tomaria a mesma decisão hoje. “Minha filha é um grande presente de Deus. Era um sonho da nossa família. Temos um desafio a mais porque ela nasceu prematura e precisou ficar internada”, conta.

Deise relata que o grande desafio não foi enfrentar a pandemia, mas acompanhar os primeiros dias de nascimento de Eloá. “Passei boa parte da gravidez trabalhando em home office (em casa) e tomei todos os cuidados, mas não fiquei assustada”, conta a moradora de Itapé, no sul da Bahia.

(mais…) Leia mais...

72% DOS SERVIÇOS DA SANTA CASA DE ITABUNA SÃO OFERTADOS PELO SUS, AFIRMA PROVEDOR

A provedoria da Santa Casa de Itabuna apresentou, nesta sexta-feira (21), para uma comissão de vereadores do município, um balanço sobre os serviços ofertados pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Durante o encontro com a participação de 12 vereadores, o diretor administrativo Wagner Alves e o provedor da SCMI, Francisco Valdece, detalharam o número de atendimentos prestados pela instituição, que no ano passado destinou 72,35% dos seus serviços para pacientes da rede pública.

O provedor Francisco Valdece destacou que, nos últimos anos, a Santa Casa tem superado o índice mínimo exigido pela lei para as instituições filantrópicas. Em 2020, por exemplo, o percentual de internados pelo SUS atingiu 80% dos 10.561 pacientes que necessitaram de leitos nos hospitais Calixto Midlej Filho e Manoel Novaes. Foram 6 mil internações pelo serviço público.

(mais…) Leia mais...

DIFICULDADES DA SANTA CASA E ATUAÇÃO DA DELEGACIA DE DIREITOS HUMANOS FORAM ABORDADOS NO OITO EM PONTO DESTA SEGUNDA-FEIRA

O provedor da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna Francisco Valdece, o delegado Adilson Assunção e a sub delegada Juciara da DDH (Delegacia de Direitos Humanos) de Itabuna foram os entrevistados do programa Oito em Ponto desta segunda-feira (3).

O provedor falou sobre a atual situação financeira dos dois hospitais administrados pela SCMI e como está sendo mantido o relacionamento com o prefeito Augusto Castro e a secretária de saúde Lívia Mendes. Valdece falou também sobre os pagamentos da instituição e de como mantém ela ativa.

Já no segundo bloco, os delegados da DDH explicaram como e quais são os procedimentos realizados pela delegacia e de que forma eles vem atuando no município. Instalada em fevereiro do ano passo, a DDH conta com 17 agentes e busca prestar um serviço de mediação junto a sociedade.

Confia as entrevistas:

Leia mais...

SERVIÇO DE HEMODIÁLISE DA SANTA CASA DE ITABUNA GANHA MÁQUINAS MODERNAS

A Santa Casa de Misericórdia de Itabuna acaba de colocar em funcionamento 52 máquinas modernas para assegurar mais conforto para os pacientes do Centro de Diálise, que atende moradores do sul da Bahia. Os equipamentos são de última geração e oferecem, dentre outras vantagens, um sistema que possibilita a sua configuração conforme o perfil e a necessidade de cada usuário.

O coordenador do Serviço de Nefrologia da SCMI, Rodolfo Silva Nascimento, destaca que, com a troca das máquinas, os pacientes vão esperar menos tempo para entrar no programa de terapia substituição de renal, evitando-se assim internação prolongada ou piora dos sintomas. O médico explica que a redução no tempo de espera ocorrerá também porque haverá um número maior de máquinas em funcionamento.

Já o provedor da SCMI, Francisco Valdece, afirma que aquisição dos equipamentos era um sonho antigo e que agora se concretizou. “Resultado de muito empenho e negociação, sobretudo porque enfrentamos um momento de poucos recursos financeiros”, conta.

Estrutura física

As substituições das máquinas, informa o provedor, não impactarão somente na qualidade de atendimento para o paciente, mas também possibilitam um aumento na oferta de serviços. “Porque teremos mais máquinas disponíveis e funcionando por mais tempo”, explica.

De acordo com o diretor administrativo da Santa Casa, Wagner Alves, além da aquisição das máquinas novas, foram feitos investimentos na estrutura física do Centro de Diálise, que funciona no anexo do Hospital Calixto Midlej Filho. “Estamos trabalhando para proporcionar ainda mais conforto não somente para os pacientes, mas melhores condições de trabalho para os funcionários”, relata.

A cerimônia de entrega das novas máquinas e revitalização do espaço contou com a participação de funcionários, diretores da SCMI e hospitais Calixto e Manoel Novaes; membros da irmandade; diretora do Núcleo Regional de Saúde, Domilene Borges Costa, que representou o secretário de Saúde, Fábio Vilas-Boas; e a subsecretária de Saúde de Itabuna, Lânia Peixoto.

Leia mais...

DIA MUNDIAL DO RIM: MÉDICO ALERTA PARA OS PERIGOS DA AUTOMEDICAÇÃO

No mês da campanha pelo Dia Mundial do Rim, celebrado neste ano em 11 de março, o coordenador do Serviço de Nefrologia da Santa Casa de Itabuna, o médico Rodolfo Silva Nascimento, orienta a população quanto aos sintomas da doença renal e alerta que o uso de medicamentos, anabolizantes e suprimentos alimentares, sem orientação de um especialista, pode até deixar a pessoa dependente de uma máquina de hemodiálise.

De acordo com o médico, as doses inadequadas de remédios podem causar complicações graves de saúde. O efeito acumulado gera lesão nos rins, por exemplo. “Essas lesões podem ser causadas não somente pelos anti-inflamatórios e antibióticos, mas também pelo uso de vitaminas D em excesso. Essa situação pode agravar-se naquele paciente que já tem uma disfunção renal. Ele não sabe da alteração nos rins, toma medicação e tem a sua situação agravada”.

O especialista afirma que as pessoas devem ter cuidado para o uso excessivo de vitaminas e observa que, nos últimos 12 meses, com a pandemia da Covid-19, aumentou muito o consumo delas. “O excesso de vitamina D, por exemplo, causa intoxicações, que podem ser leves ou até mais graves, com paciente precisando fazer hemodiálise. Por isso, é preciso ter muito cuidado na administração e dosagem dessas vitaminas”, alerta.

Nascimento relata que quase toda a semana são atendidas, na unidade, pessoas que fizeram automedicação, colocando a vida em perigo. “Há muitos casos de uso de medicamentos sem prescrição médica. Estamos tendo cada vez mais lesões renais. Pacientes que entram em hemodiálise por causa do uso impróprio de remédios durante um longo período (por até cinco anos)”.

Alimentação saudável

As pessoas, alerta Rodolfo Nascimento, podem adotar alguns cuidados para o bom funcionamento dos rins, a exemplo de alimentação saudável, com cardápio que priorize frutas, verduras e legumes. “Além disso, atividades físicas e tomar água na medida certa também ajudam no processo”, explica o coordenador da Nefrologia da Santa Casa de Itabuna.

De uma maneira geral, observa o nefrologista, a pessoa saudável, que se alimenta bem, com frutas, legumes, verduras, e não faz uso excessivo de gorduras, açúcar e sal e alimentos embutidos, teoricamente, não precisa fazer uso de vitaminas. “A não ser que essa pessoa esteja passando por um processo de doença, esteja com alteração de algum sistema, seja ele cardíaco e hepático”.

Ele explica que fazer exercícios físicos é excelente alternativa para a manutenção da saúde, mas pontua que existem tipos diferentes de exercícios para cada grupo de pessoas. “Isso depende de fatores, como idade, problemas de saúde. O exercício pode ser leve, como caminhadas, e traz vários benefícios, como prevenção de doenças cardiovasculares, infartos, Acidente Vascular Cerebral (AVC), além de ajudar na questão da depressão”.

Leia mais...

EXEMPLO DE SUPERAÇÃO, PEDREIRO COMPLETA 30 ANOS DE HEMODIÁLISE

O pedreiro Rosenildo Moura dos Santos tinha 18 anos de idade quando uma médica informou que ele precisava iniciar, com urgência, sessões de hemodiálise porque os seus rins deixaram de funcionar. No início, Moura imaginou que não sobreviveria mais por tanto tempo, sobretudo porque o processo, na época, era arcaico e muito desgastante. Por isso, a maioria dos pacientes da diálise tinha pouco tempo de vida.

Na flor da juventude, com muito sonhos pela frente, Rosenildo Moura decidiu que tentaria levar uma vida normal. Na maior parte desses 30 anos em que é atendido no Serviço de Nefrologia da Santa Casa de Itabuna, ele trabalhou duro para garantir o sustento da família. “Tinha uma vida normal. Nunca tive medo de trabalho. Eu mesmo que construir a casa onde moro em Itajuípe. Fiz tudo. Da base a pintura”, conta orgulhoso do feito. O pedreiro ainda pilota moto e faz atividades mais leves.

Rosenildo Moura, hoje com 49 anos de idade, casou-se, mas preferiu não ter filhos. Há dois anos, depois de ser submetido a uma cirurgia em uma das penas e contrair uma bactéria no local do procedimento, o pedreiro não mais conseguiu executar as atividades mais pesadas. Depois disso, ele passou a se locomover com ajuda de moletas. “Antes trabalhava como pedreiro e pintor. Fazia tudo que as pessoas sem complicação de saúde fazem”, relata.

Internamento

O pedreiro recorda-se do dia em que a médica nefrologista Célia Kalil decidiu pelo seu internamento porque estava sofrendo uma crise renal. “Ela disse que o risco era grande de me liberar e eu sofrer um infarto no retorno para casa porque minha pressão era muito alta. Ela passou uma bateria de exames e descobriu que eu sofria com complicações renais. Tive de passar por um procedimento que ficava 24 horas de barriga para cima. Era muito desconfortável”, lembra-se.

Rosenildo Moura conta que os 13 primeiros anos de tratamento foi de muito sofrimento para ele porque, na época, não havia tecnologia disponível que tem hoje. “Conheci muita gente que não resistiu ao tratamento que era feito em uma máquina tanque. Salvava muitas vidas, mas matava muito também. Até hoje tenho sequelas causadas pela máquina, que não conseguia o processamento que as novas fazem hoje”.

Rosenildo não é o único da família Moura a ser submetido a sessões de diálise. A irmã dele, Rosimeire Moura dos Santos fez o procedimento durante 12 anos. Até ser submetida ao transplante de rins na Santa Casa de Itabuna, em março de 2013, e segue com a vida normal. “Graças a Deus, ela está bem”.

Doença crônica

Segundo a Sociedade Brasileira de Nefrologia, a doença renal crônica (DRC) se caracteriza por lesão nos rins que se mantém por três meses ou mais, com diversas consequências, porque os rins têm muitas funções, dentre quais regular a pressão arterial, filtrar o sangue, eliminar as toxinas do corpo, controlar a quantidade de sal e água do organismo e produzir hormônios que evitam a anemia e as doenças ósseas.

Esta matéria faz parte de uma série produzida pela Santa Casa de Itabuna para mostrar a importância dos cuidados para evitar-se as doenças renais e lembrar o Dia Mundial do Rim, que é celebrado na quinta-feira (11). Neste ano a campanha nacional tem como tema principal “Vivendo bem a doença”.

Leia mais...