faculdade de ilheus
Plansul
Cerveja Je assunção
Buerarema
Ieprol
Navegação na tag

São Paulo

POLÍCIA PRENDE O MAIOR ASSALTANTE DE BANCOS DA BAHIA EM SÃO PAULO

Um criminoso apontado como maior assaltante de banco da Bahia foi preso neste sábado (22), por policiais do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), na região de Osasco, na grande São Paulo.

“Foram cumpridos dois mandados de prisão contra o acusado, no momento da prisão ele apresentou documento falso, sendo autuado em flagrante também por uso de documento falso”, informou o diretor do Draco, delegado José Bezerra Alves Júnior.

(mais…)

Leia mais...

PARQUE ÀS MARGENS DO RIO PINHEIROS LEVARÁ NOME DE BRUNO COVAS, ANUNCIA JOÃO DÓRIA

O futuro parque linear que está sendo implementado às margens do Rio Pinheiros em São Paulo, levará o nome de Parque Linear Bruno Covas, anunciou nesta segunda-feira, 18, o Governador Paulista, João Dória (PSD).

Segundo o tucano, “a homenagem é merecida a quem se dedicou a cuidar da população de São Paulo e trabalhar pela transformação da capital em uma cidade mais atrativa e sustentável.”.

Leia mais...

MORRE PREFEITO BRUNO COVAS, VÍTIMA DE CÂNCER

O prefeito da capital do estado de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), morreu neste domingo (16) vítima de câncer. Bruno lutava contra a doença desde 2019, que atingiu o sistema digestivo com metástase nos ossos e no fígado.

Bruno estava internado no Hospital Sírio-Libanês desde o dia 2 de maio, quando se licenciou da prefeitura. Desde sexta-feira (14) ele apresentou uma piora no quadro, onde chegou a ser considerado irreversível.

Bruno tinha 41 anos e tinha assumido a Prefeitura de São Paulo desde a eleição de João Doria para governador. Foi eleito prefeito nas últimas eleições. Ele deixa o filho Thomas, de 15 anos.

(mais…)

Leia mais...

PREFEITO DE SÃO PAULO BRUNO COVAS É INTUBADO EM UTI APÓS SANGRAMENTO NO ESTÔMAGO

O prefeito Bruno Covas (PSDB), de São Paulo, precisou ser intubado nesta segunda-feira (3) na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Sírio-Libanês. O procedimento precisou ser realizado após os médicos descobrirem um sangramento no estômago do gestor.

Um exame detectou uma úlcera em cima do tumor original de Bruno, na cárdia, que é a passagem do esôfago para o estômago. O médico David Uip, que faz parte do corpo clínico que cuida de Covas, disse que o sangramento foi controlado.

Os médicos ainda disseram em boletim que esse tipo de sangramento não é desejável, mas faz parte de um quadro de tratamento pelo qual o prefeito passa atualmente. Bruno foi internado no último domingo, 2, para realização de exames de rotina, com o objetivo de prosseguir com a quimioterapia e o tratamento imunoterápico.

Bruno solicitou um afastamento temporário da prefeitura por 30 dias. Com informações do G1.

Leia mais...

MINISTRO GILMAR MENDES NEGA SUSPENDER DECRETO PAULISTA QUE VEDA CULTOS, E PLENÁRIO DO STF VAI JULGAR QUESTÃO

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou medida cautelar na Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 811, em que o Partido Social Democrático (PSD) questiona a constitucionalidade do Decreto estadual 65.563/2021, de São Paulo, que vedou integralmente a realização de cultos, missas e outras atividades religiosas coletivas como medida de enfrentamento da pandemia de Covid-19.

Diante da relevância do tema, a pedido do relator, o processo foi incluído pelo presidente da Corte, ministro Luiz Fux, na pauta de julgamentos do dia 7, para referendo do Plenário.

Na ação, a legenda sustenta que o ato normativo, sob a justificativa de instituir medidas de contenção à transmissão do coronavírus, estabeleceu restrições totais ao direito constitucional à liberdade religiosa e de culto.

Medida temporária

Ao negar a liminar, o ministro afirmou que não procede o argumento de que a imposição de restrições à realização de atividades religiosas coletivas afrontaria o direito à liberdade religiosa, considerando a excepcionalidade das medidas restritivas.

No âmbito da proteção à liberdade de culto, a seu ver, não há como afirmar que o decreto de alguma maneira impede que os cidadãos respondam apenas à própria consciência, em matéria religiosa, tampouco que a restrição temporária de frequentar eventos religiosos públicos traduz ou promove, dissimuladamente, alguma religião.

Na avaliação do relator, ainda que fosse possível cogitar que a restrição interfere em alguma medida no exercício desse direito fundamental, não há como reconhecer, de imediato, que tal restrição desbordaria da jurisprudência que vem sendo reconhecida pelo Supremo para firmar medidas de restrições de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus.

Ele citou, dentre outros julgados, a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 6341, em que o Supremo assentou, “de forma clara e direta”, que todos os entes federados têm competência para legislar e adotar medidas sanitárias voltadas ao enfrentamento da pandemia de Covid-19.

O ministro frisou que o decreto impugnado foi emitido no país que, contendo 3% da população mundial, concentra 33% das mortes diárias por Covid-19 no mundo. O número de óbitos registrados em março de 2021 supera o quantitativo de 109 países somados, destacou o relator.

Ilegitimidade

Por ilegitimidade do Conselho Nacional de Pastores do Brasil, o ministro Gilmar Mendes indeferiu a ADPF 810, em que se questionava o mesmo decreto paulista.

Leia mais...

INSTITUTO BUTANTAN DESENVOLVE VACINA 100% BRASILEIRA CONTRA COVID-19

Uma nova fórmula de vacina contra a Covid-19 foi desenvolvida pelo Instituto Butantan, em São Paulo. A Butanvac vai ter seu pedido de testagem feito pelo Governo do Estado de São Paulo à Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa.

O diferencial dessa vacina é que ela poderá, caso venha ser aprovada, ser produzida sem limites de doses, o que pode auxiliar muito no avanço da vacinação no país. Já a Coronavac e a de Oxford, que são produzidas aqui no Brasil, existe um limite de doses a ser produzidas.

A informação da nova vacina foi confirmada na noite desta quinta-feira (25). O pedido de testes junto a Anvisa contemplará as fases 1 e 2 do estudo, onde é feita a analise da segurança e a capacidade de promover uma resposta imune ao vírus. Já o teste de eficácia é feito na terceira etapa.

Leia mais...

HERZEM GUSMÃO VOLTA A SER INTERNADO NA UTI DO SÍRIO-LIBANÊS, EM SÃO PAULO

O prefeito do município de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão (MDB), voltou a ser internado em uma Unidade de Terapia Intensiva – UTI, do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.

O retorno de Herzem à UTI foi recomendado pela equipe médica do prefeito, que vem realizando tratamentos em decorrência de sequelas deixadas pela Covid-19.

“Tive esse imprevisto, mas continuo firme, crendo na minha recuperação e que muito em breve estarei na nossa cidade. Conto com as orações de todos”, disse Herzem.

Leia mais...

SÃO PAULO ULTRAPASSA NOVA YORK E SE TORNA ESTADO COM MAIS CASOS DE COVID-19 NO MUNDO

O estado de São Paulo registou nesta sexta-feira, 17, a marca de 407.415 mil casos confirmados da Covid-19, ultrapassando o estado de Nova York, nos Estados Unidos, que registrou 405.581 mil casos.

A informação divulgada pela CNN Brasil, aponta que São Paulo se tornou a região subnacional com o maior número de casos da Covid-19 no mundo.

Completam a lista dos cinco estados com mais casos no mundo, na ordem, três estados americanos: Califórnia (365.126 casos), Flórida (327.234 casos) e Texas (308.611 casos).

Leia mais...

EMPRESÁRIOS LIGADOS AO MBL SÃO PRESOS EM SÃO PAULO

Alessander Mônaco Ferreira e Carlos Augusto de Moraes Afonso (conhecido como Luciano Ayan), foram presos nesta sexta-feira (10) em uma investigação, em São Paulo, contra crimes de lavagem de dinheiro.

A operação, que foi liderada pelo Ministério Público Estadual com parceira da Receita Federal e da Polícia Civil, afirma que a família Ferreira, criadora do Movimento Brasil Livre – MBL, deve cerca de R$ 400 milhões em impostos federais. A sede do MBL, na Vila Mariana, zona sul de São Paulo, também foi alvo das investigações.

Dinheiro apreendido em operação contra integrantes do MBL em SP — Foto: Reprodução TV Globo

O movimento negou a ligação dos empresários presos com o grupo e afirma que Alessander e Carlos Augusto nunca foram membros do movimento. No total, seis mandados de busca e apreensão e dois mandados de prisão foram cumpridos em São Paulo e em Bragança Paulista, interior do estado. Com informações do G1.

Leia mais...

PRIMEIRA MORTE DO CORONAVÍRUS NO BRASIL É CONFIRMADO EM SÃO PAULO

O Estado de São Paulo confirmou agora há pouco que houve a primeira morte de um paciente infectado pelo coronavírus no Brasil. A vítima, um homem de 62 anos, internado em Hospital Particular, com histórico de diabetes, hipertensão e hiperplasia prostática.

O secretário de Estado da Saúde, José Henrique Germann, e o coordenador do Centro de Contingência do Coronavírus de São Paulo, David Uip, farão coletiva às 13 horas para falar sobre a primeira morte relacionada à doença no Estado. Com informações do Estadão.

Outro caso

Segundo a BBC, a prefeitura de Indaiatuba, no interior de São Paulo, investiga se uma paciente de 42 anos, que morreu nessa segunda-feira (16), é a primeira vítima do coronavírus no Brasil.

A paciente morreu no Hospital Augusto de Oliveira Camargo, conforme informações do Executivo municipal. Ela apresentou sintomas gripais no dia 12 de março e estava internada com Síndrome Respiratória Aguda Grave. Ainda de acordo com a prefeitura, ela não tem histórico de viagem.

O Departamento de Vigilância Epidemiológica foi notificado e foi colhido exame para Influenza e Covid-19. O centro de saúde aguarda retorno do Instituto Adolfo Lutz.

Nota completa do hospital

“Essa madrugada tivemos um óbito no Haoc (Hospital Augusto de Oliveira Camargo) de uma paciente do sexo feminino de 42 anos, cardíaca e diabética. Apresentou sintomas gripais no dia 12 de março e estava internada com Síndrome Respiratória Aguda Grave”.

“Não possui histórico de viagem. O Departamento de Vigilância Epidemiológica foi notificado e foi colhido exame para Influenza e Covid-19. Aguardamos retorno do Instituto Adolfo Lutz”.

Leia mais...

JULGAMENTO DO PEDIDO DE CASSAÇÃO DE JOÃO DÓRIA ESTÁ PREVISTO PARA ESTA TERÇA-FEIRA

Está previsto para esta terça-feira (8), no Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP), julgamento de ação de investigação judicial eleitoral que pede a condenação do governador do estado de São Paulo, João Dória, e do vice-governador, Rodrigo Garcia, por uso da publicidade institucional da prefeitura de São Paulo, durante a gestão de Dória como prefeito, a fim de promover sua futura candidatura a governador nas eleições 2018.

A ação, adiada pelo relator no dia 26 de setembro, está na pauta da sessão de amanhã, que deve iniciar às 15 horas no TRE-SP.

Além da perda do mandato, a Procuradoria Regional Eleitoral de São Paulo (PRE-SP) pede a inelegibilidade dos candidatos eleitos e do então secretário de Comunicação, Fábio Souza dos Santos, por oito anos.

Leia mais...

PREFEITURA DE SÃO PAULO APAGA FAIXA VERMELHA DE CICLOVIA POR ACREDITAR QUE ESTÁ ASSOCIADA AO PT

Um fato um tanto inusitado aconteceu em São Paulo nesta sexta-feira, 13. A prefeitura de São Paulo modificou a cor e a sinalização das ciclovias da cidade. A cor vermelha, que é padrão estabelecido pelo Código Nacional de Transito e adotado internacionalmente, foi substituída pela branca pelo simples fato de estar sendo associada a cor do Partido dos Trabalhadores (PT).

Foto Reprodução Rede Globo

As faixas na tonalidade vermelha foram bastante criticadas pelo governo. A medida faz parte, segundo a prefeitura, do novo Plano Cicloviário que ainda não foi anunciado oficialmente. Com informações do G1 São Paulo.

Leia mais...

PAULO PRETO É CONDENADO A 27 ANOS POR CARTEL NO RODOANEL SUL E SISTEMA VIÁRIO

A 5ª Vara Federal Criminal em São Paulo condenou nesta quinta-feira (28) o ex-diretor da Dersa, Paulo Viera de Souza, a 27 anos e oito dias de prisão pela participação na formação de um cartel constituído por várias construtoras – com o aval de agentes públicos lotados nas empresas Dersa (estadual) e Emurb (municipal) e na Secretaria Municipal de Infraestrutura e Obras – para a construção do trecho sul do Rodoanel, obra que conecta as principais rodovias da região metropolitana de São Paulo.

O esquema denunciado pelo MPF baseou-se no conluio entre construtoras que, a partir de 2004, atuaram para eliminar a concorrência e coordenar a definição dos preços de execução dos serviços. O processo que inclui, além de Souza, mais 32 réus, foi desmembrado em 8 ações penais a pedido do MPF, a fim de garantir maior celeridade à tramitação.

Paulo Vieira de Souza é apontado por manter o cartel do Rodoanel Sul a partir de janeiro de 2007 e de levar o acordo para as obras do Sistema Viário Metropolitano, de responsabilidade da Prefeitura de São Paulo, que contratou a Dersa para o gerenciamento das licitações.

Íntegra da sentença

Desvios – Além desse processo, Paulo Vieira responde a outra ação na Justiça Federal de São Paulo por desvio de R$ 7 milhões que deveriam ser aplicados na indenização de moradores impactados pelas obras no entorno do trecho sul do Rodoanel e da ampliação da avenida Jacu Pêssego.

No último dia 25 de fevereiro, a Força-Tarefa da Lava Jato em São Paulo requereu à Justiça que fosse proferida o quanto antes a sentença na ação penal em que Paulo Vieira de Souza é acusado de peculato. O processo já estava concluso para sentença quando, no último dia 13, o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, concedeu habeas corpus solicitado pela defesa, determinando a realização de novas oitivas de testemunhas e o envio de documentos. Contudo, as diligências solicitadas ou já haviam sido cumpridas, ocupando nada menos que três volumes dos autos, ou são inexequíveis, por se tratar de testemunho de pessoa não identificada.

Além disso, há risco de prescrição dos crimes caso a tramitação do processo se alongue, visto que o réu completa 70 anos em março, o que reduz o prazo prescricional pela metade.

Leia mais...

A INSISTÊNCIA DE JOÃO DÓRIA CAUSA DOR DE CABEÇA NO NINHO TUCANO

Parece que depois de perder terreno, levar ovada em Salvador e bater de frente com as principais lideranças de seu partido, o prefeito de São Paulo João Dória (PSDB), desistiu da candidatura a presidência. No entanto, continua causando desconforto e dor de cabeça no ninho tucano.

Segundo a Coluna Painel, aliados do governador Geraldo Alckmin, virtual candidato, se esforçam para dissuadir Dória da ideia de sair candidato a vice-presidente em uma chapa pura tucana e paulista. Eles dizem que a dobradinha não é viável.

O tucanato avalia que o ideal seria Doria continuar prefeito. Mas enxergam forte resistência do prefeito. Mesmo no cenário em que ele disputaria o governo do Estado é difícil achar equação perfeita. Há outros interessados no posto, como o senador José Serra (PSDB-SP).

Leia mais...

APROVAÇÃO DE DÓRIA CAI 10 PONTOS. ELE CULPA O PT!

A aprovação da administração do prefeito de São Paulo João Dória (PSDB), depencou quase dez pontos percentuais, De acordo com levantamento feito pelo Instituto Datafolha, o tucano tem 32% de aprovação (ótimo/bom), 26% de rejeição (ruim/péssimo) e 40% de regular entre os entrevistados na capital paulista. Foram ouvidos 1.092 eleitores nos dias 4 e 5 de outubro. Na sondagem anterior, João Dória tinha 41% de aprovação e 22% de rejeição.

O Datafolha quis saber, também, sobre a candidatura do prefeito paulistano a presidência da república. 58% preferem que ele permaneça como prefeito, enquanto 10% quer que ele se candidate ao palácio do planalto. 55% não votaria nele em hipótese alguma para presidente e 18% votariam com certeza.

Ao comentar o resultado da aferição João Dória afirmou que toda pesquisa deve ser respeitada, mas culpou diretamente a gestão do ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT).”Temos um déficit no orçamento da prefeitura de R$ 7,5 bilhões, que oi herança do PT, que nos deixou esse rombo”, afirmou.

Leia mais...