Ieprol – Matrículas Abertas – Desktop Mobile
Navegação na tag

Sindpoc

ITABUNA: COM UM CAIXÃO, POLICIAIS CIVIS REALIZAM MANIFESTAÇÃO DURANTE LANÇAMENTO DO PGP

Representantes do Sindicato da Polícia Civil da Bahia – Sindpoc, realizaram uma manifestação na manhã deste sábado, 4, durante o lançamento do Programa dr Governo Participativo – PGP em Itabuna. Na pauta dos servidores estão a melhoria de condições de trabalho e a valorização salarial da categoria.

O presidente do sindicato Eustácio Lopes, disse que a população precisa conhecer de perto os problemas que a polícia civil enfrenta no estado. “Queremos sim combater a criminalidade, corremos riscos de vida e o governo precisa ter mais atenção com nossa categoria”, disse.

Os agentes levaram cartazes cobrando a regulamentação do salário do nível superior e com dados onde, segundo eles, apontam o estado como ‘tricampeão’ em homicídios. Um caixão também foi levado pelos agentes para simbolizar a estatística.

“Já temos 90 dias na mesa, e o governo não apresenta nenhum diálogo. Estamos impedidos de fazer greve por uma liminar, precisamos de um posicionamento do governador”, finalizou Eustácio.

Leia mais...

ILHÉUS: PREFEITURA E FNN ENTREGAM ELETRODOMÉSTICOS PARA FAMÍLIAS AFETADAS PELAS CHUVAS

Com o intuito de beneficiar os moradores das localidades afetadas pelas fortes chuvas, a Prefeitura de Ilhéus, por meio da Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza (SPS), em parceria com a Frente Nacional de Negros e Negras (FNN) e o Sindicato dos Policiais Civis da Bahia (SINDPOC), entregou 42 fogões às famílias vítimas dos fortes temporais que atingiram a cidade em dezembro do ano passado.

As doações tiveram início na última terça-feira (19). Durante a semana, famílias referenciadas nas unidades do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) Sul, Norte, Sambaituba e Teotônio Vilela foram contempladas. A equipe composta por psicólogos e assistentes realizou o cadastramento dessas famílias, identificando as suas necessidades e realizando a inserção do grupo no sistema Jus Cad, do Governo da Bahia.

Para a dona de casa Maria Dalva, de 59 anos, o eletrodoméstico chegou em momento oportuno. “Eu trabalho com acarajé e estou abrindo um ponto. Esse figão chegou em um boa hora. Agradeço a Deus e a todos que estão nos ajudando”, contou. Para receber as doações as famílias precisaram comprovar falta de renda e que possuíam idosos e crianças na residência atingida. As doações ocorreram na antiga sede da (SPS).

Leia mais...

DEAM E DELTUR DE PORTO SEGURO ESTÃO COM NOVE SERVIDORES INFECTADOS PELA COVID-19

O Sindicato dos Policiais Civis do Estado da Bahia – SINDPOC, denuncia que as Delegacias Especializadas de Porto Seguro estão com surto de Covid-19. O complexo que comporta a Delegacia Especial da Mulher e a Delegacia de Turismo ficam em um mesmo prédio, havendo 9 pessoas infectadas, dentre elas 4 policiais civis.

A entidade solicita providências quanto a sanitização das unidades, distribuição de Equipamentos de Proteção Individuais (EPIs) e revezamento dos servidores para atender apenas casos mais graves. O sindicato também reforça que os policiais estão atuando na linha de frente da Covid-19, realizando operações, além da rotina diária das delegacias.

O SINDPOC alerta que já são mais de dois mil policiais infectados pela Covid-19 na Bahia, sendo 22 óbitos.

Leia mais...

26 POLICIAIS CIVIS TESTAM POSITIVO PARA COVID-19 NO COMPLEXO POLICIAL DE CAMAÇARI

O Sindicato dos Policiais Civis do Estado da Bahia (SINDPOC) denúncia que a Delegacia Territorial de Camaçari está com 26 policiais civis infectados pelo Novo Coronavírus.

De acordo com o presidente do SINDPOC, Eustácio Lopes, nesta segunda-feira (20), os policiais lotados na unidade realizaram teste sorológico, e 26 testaram para à Covid-19.

“Através de denúncias dos próprios policiais, o Departamento Médico da Polícia Civil, (DEMEP), vem recusando afastar os policiais infectados, segundo a denúncia, o DEMEP está solicitando requisição médica, além de novos exames para comprovar a infecção, dificultando o afastamento dos servidores.

De acordo com o SINDPOC, as delegacias e viaturas não passam por desinfecção, presos não estão sendo testados e permanecendo nas delegacias sem previsão de transferências para as unidades prisionais.

“Queremos pedir pro governo testar todos os policiais e distribuir regularmente máscaras, luvas, álcool em gel e outros equipamentos de proteção individual. Além disso, é preciso desinfetar as delegacias”, solicitou a entidade.

Leia mais...

PRESIDENTE DO SINDPOC TESTA POSITIVO PARA COVID-19

O Presidente do Sindicato dos Policiais Civis da Bahia – Sindpoc, Eustácio Lopes, informou a sua categoria e companheiros de outras entidades e centrais sindicais, que testou positivo para Covid-19.

“Fiz o teste na última quinta-feira (8) e na sábado (10), ao receber o resultado soube que estava positivado para o novo coronavírus. Estou, juntamente com outros membros da diretoria, há várias semanas visitando e vistoriando as delegacias, cobrando a implementação dos protocolos de biossegurança e transferência de presos custodiados das unidades. A nossa luta não irá parar, estarei cumprindo a quarentena, e estaremos trabalhando em home office, funcionários e diretores que tiveram contato comigo também estarão afastados por 14 dias. Infelizmente essa é a realidade de muitos policiais que estão assintomáticos e continuam trabalhando nas Delegacias sem Equipamentos de Proteção Individual e protocolo de biossegurança”, finaliza Eustácio.

Leia mais...

POLICIAIS CIVIS FAZEM PARALISAÇÃO DE 24H NESTA QUARTA-FEIRA (8)

Os Policiais Civis da Bahia vão parar as atividades por 24 horas, a partir desta quarta-feira (8), em Salvador e em todo o Estado. De acordo com o presidente do Sindicato dos Policiais Civis da Bahia (SINDPOC), Eustácio Lopes, 30% do efetivo trabalha em todas as unidades e estão apenas permitidos prisão em flagrantes e levantamento cadavérico.

Segundo o presidente do SINDPOC, a categoria pede a implantação do protocolo de biossegurança nas Delegacias Territoriais, assento no Comitê de Crise de Combate à Covid-19 da SSP e pagamento de insalubridade para todos os policiais civis.

Os policiais se reuniram em assembleia virtual, na última quinta-feira (2) com representantes do sindicato, e demais entidades – Coletivo Juntos Somos mais Fortes, e decidiram por paralisar as atividades por 24h já que não existe diálogo com o governo do Estado.

O SINDPOC, informa que caso o cidadão durante a paralisação necessite realizar algum procedimento que busque a Delegacia Digital na internet.

Leia mais...

SINDPOC BUSCA SE APROXIMAR DOS POLICIAIS EM FORMAÇÃO

“Nossa intenção, com esse evento, é mostrar aos nossos futuros colegas como está estruturado, como atua e os serviços que o Sindpoc oferece aos filiados”, explicou a vice-presidente da entidade, Ana Carla.

Aproximar o Sindpoc dos policiais em formação. Foi esse o objetivo de um lanche oferecido nessa terça-feira, dia 19, pelo Sindicato dos Policiais Civis da Bahia aos futuros agentes, que passam por formação na Academia de Polícia, a Acadepol. O evento, realizado em Salvador, contou com a participação de mais de cem alunos e de parte da diretoria da entidade.

A turma é composta por 315 investigadores, 10 escrivães e 15 delegados.“Nossa intenção, com esse evento, é mostrar aos nossos futuros colegas como está estruturado, como atua e os serviços que o Sindpoc oferece aos filiados”, explicou a vice-presidente da entidade, Ana Carla.

Além do lanche, diretores do Sindpoc bateram um papo com os alunos, explicaram sobre o funcionamento da entidade e coletaram informações de contato dos futuros agentes, “para que possam, desde já, receber informações sobre as pautas e atividades do Sindpoc”, finalizou o presidente Eustácio Lopes.

Leia mais...

PREFEITURA DE ILHÉUS E SINDPOC DISCUTEM AÇÕES INTEGRADAS DE SEGURANÇA PÚBLICA

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre se reuniu com representantes do Sindicato dos Policiais Civis do Estado da Bahia (Sindpoc), para discutir ações de fortalecimento da segurança pública do município. O gestor adiantou que a Prefeitura investe na capacitação continuada da Guarda Civil Municipal, para auxiliar os serviços de vigilância ostensiva e preventiva. Os módulos ministrados seguem a grade curricular da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), vinculada ao Ministério da Justiça.

Mário Alexandre explicou que o investimento na segurança oferece melhores condições de trabalho aos guardas municipais, além de reforçar a confiança no trabalho prestado pelos agentes. “O estreitamento entre a Prefeitura Municipal e a Polícia Civil é no intuito de fortalecer a segurança pública no município, e para isso, discutimos sobre a construção de um novo complexo, para melhor atender à demanda da população de onze municípios da região”.

De acordo com as informações de Eustácio Lopes, presidente do Sindpoc, a Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente, Delegacia de Proteção ao Turista e a Delegacia Especial de Atendimento à Mulher funcionam fora do complexo policial. O espaço atual comporta a Delegacia de Homicídios, Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos; a 1ª Delegacia Territorial (DP) e a Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes.

“A reunião atende à demanda da Polícia Civil para a construção de um novo estabelecimento prisional na cidade. Os presos da cidade e da região ficam mais tempo na delegacia, sendo custodiados ali por falta de um espaço adequado. Então, solicitamos ao prefeito que nos ajudasse a sensibilizar o delegado-geral da Polícia Civil, o secretário de Segurança Pública do Governo do Estado para construir um novo complexo policial em Ilhéus”, explicou.

Lopes acrescentou ainda que a cidade vai entrar em crescimento acelerado por conta da construção do complexo Porto Sul e da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (FIOL). “Esses modais vão atrair trabalhadores da região para o município. Sendo assim, precisamos pensar na segurança pública, de fato em um projeto de expansão da Polícia Civil na cidade”.

Investimento

A Prefeitura promove a capacitação da Guarda Municipal Civil (GCM) visando a preservação da ordem pública e da segurança. O comandante da GCM, Leonardo Bandeira, salientou que Ilhéus é o primeiro município baiano a oferecer formação continuada aos agentes e pontua que a iniciativa desenvolvida é uma das metas a serem seguidas por outras corporações do Estado. A GCM também já realizou treinamento com arma de fogo.

Leia mais...

SINDPOC DENUNCIA PRECARIEDADE QUE RESULTOU EM INVASÃO E TIROS NA DELEGACIA DE PAU BRASIL

Leia mais...

SINDPOC EMITE NOTA ESCLARECENDO FATOS RELACIONADOS AO VÍDEO DA MORTE DO DELEGADO MASTIQUE

O Sindicato dos Policiais Civis do Estado da Bahia – Sindpoc, emitiu uma nota nesta sexta-feira, 18, onde esclare sobre a publicação de um vídeo que mostra o momento exato do atentado contra o delegado José Carlos Mastique. A nota corrige uma informação a cerca do tempo de resgate do delegado.

Veja a nota na íntegra:

Nota de correção: o Sindpoc – Sindicato dos Policiais Civis do Estado da Bahia, vem, por meio dessa nota, corrigir e esclarecer um equívoco que houve quando da divulgação do vídeo da morte do delegado Mastique. No referido vídeo, foi afirmado que o oficial ten PM Cerqueira Lima teria demorado 25 minutos para atender o ferido, porém foi constatado que assim que o referido oficial chegou ao local iniciou-se imediatamente o procedimento de socorro. O tenente Cerqueira foi confundido com um outro policial militar que estava no local.

O SINDPOC pede desculpa pelo equívoco das informações lançadas com o nome do referido oficial.

Leia mais...

SINDPOC E UNIME PROMOVEM PALESTRA SOBRE PERÍCIA E INVESTIGAÇÃO CRIMINAL

O Sindpoc – Sindicato dos Policiais Civis do Estado da Bahia e a Unime, através do curso de Direito e da pós-graduação, estará promovendo uma palestra com o tema “Investigação Criminal: A Polícia Civil e a sua atuação constitucional”, que visa discutir a atuação da polícia técnica nas apurações e soluções de crimes através do uso da perícia criminal.

Os palestrantes do evento serão José Ricardo Chagas, doutor em ciências jurídicas e sociais e especialista em segurança pública, o promotor de Justiça, Inocêncio de Carvalho Santana, Ana Paula de Oliveira Gomes, membro da policia internacional de homicídios pelo condado de Miami Dade, nos Estados Unidos, Marcos Miecznikowski, investigador, Alberto Durão, professor de medicina legal, prova material e perito criminal, e Rolemberg Macedo, professor e perito criminal.

“Este evento tem como finalidade a discussão de um ponto pouco abordado pelos profissionais do direito, mas de suma importância para a solução de várias ações jurídicas. É uma oportunidade que muitos profissionais das áreas da operação do direito terão de ter contato com quem realmente faz o trabalho pericial. ”, ressaltou o Gabriel Edler, coordenador do curso de direito da Unime. O evento acontecerá no dia 03 de outubro, no auditório da Unime, às 8h.

Clique aqui para se inscrever no evento. Leia mais...

“UM SOLDADO EMPODERADO LUTA POR DEZ”, DESTACA ROBERTO JOSÉ, SOBRE CURSO DE NEGOCIAÇÃO DE CAMPANHA SALARIAL

Diretores e policiais civis filiados ao Sindpoc de Itabuna e cidades circunvizinhas passaram por um processo de qualificação em “Finanças Públicas”, promovido pelo curso de “Negociação de Campanha Salarial”, realizado pelo Sindpoc, sob coordenação do instrutor e especialista Jorge Nascimento.

Para o escrivão e diretor de base do Sindpoc, Roberto José, o curso promoveu empoderamento dos servidores relativo aos princípios orçamentais que regem a gestão estadual, com ênfase no orçamento da Secretaria de Segurança Pública. “Um soldado empoderado luta por 10. Precisamos entender como funcionam as finanças públicas para negociarmos e sabermos a margem de diálogo e de negociação com o Governo do Estado”, afirma o diretor Roberto José, ao elogiar a iniciativa e parabenizar o Presidente do Sindpoc, Eustácio Lopes, pela “sacada” de idealizar o curso.

A investigadora e diretora do Sindpoc, Júlia Déborah, lotada na 1ª Delegacia Territorial de Itabuna, pertencente à 6ª Coorpin, ressalta que durante o curso aprendeu conceitos básicos como “conta corrente líquida” e nuances da Lei de Responsabilidade Fiscal.

“Por meio deste evento tivemos a oportunidade de conhecer um estudo que está sendo feito pelo colega Roberto José, que aponta o alto índice de gastos aplicados nos inquéritos policiais. Cerca de R$ 15 mil reais por inquérito. É o valor que o Governo da Bahia atualmente investe, sendo que poderiam reduzir esse custo e, em contrapartida, valorizar as carreiras com o almejado salário de Nível Superior”, argumenta a investigadora.

A atividade contou com a participação do Presidente do Sindpoc, Eustácio Lopes, e dos diretores Roberto Cerqueira, Agrimaldo Souza, Paulo Thomé e Ângelo Freitas. O curso será realizado em todas as Coordenadorias Regionais do Estado.

Leia mais...

SINDPOC PROMOVE CURSO PARA CAPACITAR DIRETORES E ASSOCIADOS NA NEGOCIAÇÃO DA CAMPANHA SALARIAL

Sindicato dos Policiais Civis do Estado da Bahia – Sindpoc, promoveram um curso de formação em “Finanças Públicas”, nesta sexta-feira (19), no município de Ilhéus, com o objetivo de capacitar, treinar e orientar diretores e associados em gestão pública nos âmbitos estadual, municipal e federal. A proposta tem como objetivo qualificar a diretoria e policiais filiados ao sindicato, nas atividades referentes ao orçamento público, como por exemplo a Lei de Responsabilidade Fiscal e a reivindicação pela reestruturação salarial. O curso também será realizado em Salvador, região metropolitana e no interior do Estado.

O  professor e instrutor em Finanças Públicas, Jorge Nascimento,  destaca que os contemplados com o curso irão compreender o processo legal da campanha salarial e terão uma visão geral sobre a “governança pública”. “Vão entender a definição das metas,os limites da Lei de Responsabilidade referente à política de pessoal,  a operacionaização do orçamento público.  Quanto mais informação e capacitação tiver o sindicato e seus diretores,  mais fácil será negociar com o Governo do Estado a campanha salarial”, disse o professor Jorge Nascimento.

A atividade contou com a presença do Presidente do Sindpoc, Eustácio Lopes, do Vice-Presidente, Diego Messias, e dos diretores Roberto Cerqueira, Mário Silva,  Agrimaldo Santos, Paulo Tomé, Kelly Alves, Wilza Bransford, Jackson Souza, José Ricardo da Silva e Jandira Isabel.

Leia mais...

AGENTES DE SEGURANÇA PÚBLICA DA BAHIA REALIZARÃO PROTESTO CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA

Um grupo de policiais civis, agentes penitenciários e policiais federais e rodoviário federais sairão em caravana nesta segunda-feira (1) rumo a Brasília, onde ocorrerá um ato, nesta terça-feira (02), na praça dos Três Poderes contra a reforma da previdência.

Segundo o presidente Eustácio Lopes, do Sindicato dos Policiais Civis e Servidores da Secretaria de Segurança Pública – Sindpoc, a reforma penaliza os servidores da área, principalmente os policiais civis, com a retirada da integralidade e da paridade. “Atualmente, as mulheres da Polícia Civil se aposentam com 25 anos de contribuição e os homens com 30 anos de contribuição. Só vamos alcançar a Aposentadoria equivalente a 100% do salário apenas quando completarmos 40 anos de contribuição. Com a aprovação da Reforma da Previdência, aos 30 anos de contribuição iremos receber o valor correspondente a 60% do salário,”, disse o sindicalista ao site Bahia.Ba.

Leia mais...

BANCO DE TALENTOS: ROBERTO JOSÉ É REFERÊNCIA POLÍTICA EM ITABUNA

O quadro “Banco de Talentos” do SINDPOC que tem como objetivo promover a valorização dos policiais civis baianos, homenageia, nesta quarta-feira (29), o escrivão Roberto José, lotado na Coordenadoria de Itabuna, na delegacia de Repressão a Furtos e Roubos. O nosso servidor que faz a diferença atuou à frente da Secretaria de Cultura e da Secretaria de Transportes e Trânsitos, do município de Itabuna, de 2013 a 2016.

Na condição de responsável pela pasta de cultura do município, Roberto José desenvolveu projetos direcionados aos jovens  na área de arte-educação que tinham como foco realizar um trabalho de prevenção à violência. ” Além de uma repressão qualificada, precisamos fazer uma prevenção primária que é uma responsabilidade do município. Itabuna sempre aparece como uma das cidades mais violentas do Brasil, fruto de um quadro de vulnerabilidade e risco social originado pelo tráfico de drogas e falta de oportunidades aos jovens”, salienta o escrivão.

Os projetos beneficiaram cerca de 7000 jovens que  aprenderam diversas linguagens artísticas, além de terem sido contemplados com palestras e debates que discorriam sobre o uso indevido das drogas e protagonismo juvenil. “Contratamos mais de 100 arte-educadores que realizaram esse trabalho de qualificação da juventude”,destaca o escrivão.

À frente da pasta de Transporte e Trânsito, o escrivão Roberto José implementou um Programa de Mobilidade Urbana o qual conseguiu reduzir em 70% o índice de acidente de trânsito, em apenas 10 meses de execução. ” A mobilidade urbana de uma cidade promove, simultaneamente, mais qualidade de vida aos seus cidadãos. Eu levei para a Secretaria de Cultura e a de Transportes uma visão sistêmica de gestão pública”, pontua.

Atualmente, o escrivão Roberto José desenvolve um trabalho social junto ao SINDPOC através do projeto “Fique Sabendo!” o  qual realiza palestras, debates e seminários sobre diversos temas de interesse da sociedade civil como violência e exploração sexual, Direitos da Criança e do Adolescente, entre outras temáticas.

Roberto José é diretor do SINDPOC, foi candidato a deputado federal pelo partido Rede Sustentabilidade nas eleições de 2018 e obteve 8 mil votos válidos sendo que, seis mil votos,  foram dos moradores no município de Itabuna. O servidor é graduado em Geografia, Mestre em Geografia com ênfase em Criminologia de Ambiente e graduando de Direito.

 Ascom – SINDPOC

Leia mais...